Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 8 de 8
Filtrar
1.
Belo Horizonte; Faculdade de Medicina da UFMG;Ministério da Saúde; 2024. 105 p. ilus, graf.
Monografia em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-1526821

RESUMO

O Sistema Único de Saúde tem enfrentado grandes desafios relacionados à formação, qualificação e organização do processo de trabalho dos profissionais de saúde. Neste momento, com a incorporação da Estratégia e-SUS Atenção Primária à Saúde, alinhada à Estratégia de Saúde Digital do Brasil, já em um patamar de cobertura bastante avançada de municípios com prontuário eletrônico, vivenciamos um cenário de qualificação permanente no uso de tecnologias digitais e uma frente promissora no enfrentamento dos obstáculos para prover saúde para todos e fixar profissionais em áreas mais afastadas dos grandes centros urbanos e nas regiões de maior vulnerabilidade social. No entanto, prover recursos tecnológicos não basta; é preciso estar atento aos profissionais que, de fato, fazem a transformação digital acontecer. Nesse sentido, a Secretaria de Atenção Primária à Saúde coordena uma agenda positiva e apresenta um projeto de retomada da construção do SUS com base na inovação tecnológica centrada nas pessoas. E, dentre as diversas estratégias, implanta um projeto nacional de educação permanente em saúde digital, que potencializa o uso qualificado, ético e responsável do Sistema e-SUS APS e da estratégia como um todo. O Educa e-SUS APS oferece trajetórias formativas para a adequação do perfil profissional e técnico às demandas e necessidades do cuidado primário, mediado por tecnologia e fortalecido pelo conjunto de inovações que compõem a saúde digital. Acreditamos que, quando capacitada e motivada, a força de trabalho da APS será capaz de transformar os mais diversos cenários do cuidado em dados, analisar as informações geradas e utilizá-las no aprimoramento do cuidado à saúde das pessoas, da gestão e transparência de suas ações. Além disso, poderá contribuir para ampliar a cobertura e a resolutividade da diversa carteira de serviços da APS, com o emprego de recursos de comunicação à distância, incorporados aos protocolos de cuidado. É o comprometimento de cada um, aliado à educação permanente para consolidação das boas práticas em saúde digital, que trará mudanças significativas na tomada de decisão baseada em informação confiável e oportuna, fomentando as melhores soluções para enfrentar os grandes desafios da atenção à saúde no país.


Assuntos
Atenção Primária à Saúde , Educação em Saúde , Cursos de Capacitação , Médicos , Odontólogos , Guia de Estudo , Enfermeiras e Enfermeiros
2.
Belo Horizonte; Faculdade de Medicina da UFMG;Ministério da Saúde; 2024. 162 p.
Monografia em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-1553493

RESUMO

O Sistema Único de Saúde tem enfrentado grandes desafios relacionados à formação, qualificação e organização do processo de trabalho dos profissionais de saúde. Neste momento, com a incorporação da Estratégia e-SUS Atenção Primária à Saúde, alinhada à Estratégia de Saúde Digital do Brasil, já em um patamar de cobertura bastante avançada de municípios com com prontuário eletrônico, vivenciamos um cenário de qualificação permanente no uso de tecnologias digitais e uma frente promissora no enfrentamento dos obstáculos para prover saúde para todos e fixar profissionais em áreas mais afastadas dos grandes centros urbanos e nas regiões de maior vulnerabilidade social. No entanto, prover recursos tecnológicos não basta; é preciso estar atento aos profissionais que, de fato, fazem a transformação digital acontecer. Nesse sentido, a Secretaria de Atenção Primária à Saúde coordena uma agenda positiva e apresenta um projeto de retomada da construção do SUS com base na inovação tecnológica centrada nas pessoas. E, dentre as diversas estratégias, implanta um projeto nacional de educação permanente em saúde digital, que potencializa o uso qualificado, ético e responsável do Sistema e-SUS APS e da estratégia como um todo. O Educa e-SUS APS oferece trajetórias formativas para a adequação do perfil profissional e técnico às demandas e necessidades do cuidado primário, mediado por tecnologia e fortalecido pelo conjunto de inovações que compõem a saúde digital. Acreditamos que, quando capacitada e motivada, a força de trabalho da APS será capaz de transformar os mais diversos cenários do cuidado em dados, analisar as informações geradas e utilizá-las no aprimoramento do cuidado à saúde das pessoas, da gestão e transparência de suas ações. Além disso, poderá contribuir para ampliar a cobertura e a resolutividade da diversa carteira de serviços da APS, com o emprego de recursos de comunicação à distância, incorporados aos protocolos de cuidado. É o comprometimento de cada um, aliado à educação permanente para consolidação das boas práticas em saúde digital, que trará mudanças significativas na tomada de decisão baseada em informação confiável e oportuna, fomentando as melhores soluções para enfrentar os grandes desafios da atenção à saúde no país


Assuntos
Médicos , Guia de Estudo , Enfermeiros
3.
Belo Horizonte; Faculdade de Medicina da UFMG;Ministério da Saúde; 2023. 124 p. ilus, graf.
Monografia em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-1516599

RESUMO

O Sistema Único de Saúde tem enfrentado grandes desafios relacionados à formação, qualificação e organização do processo de trabalho dos profissionais de saúde. Neste momento, com a incorporação da Estratégia e-SUS Atenção Primária à Saúde, alinhada à Estratégia de Saúde Digital do Brasil, já em um patamar de cobertura bastante avançada de municípios com com prontuário eletrônico, vivenciamos um cenário de qualificação permanente no uso de tecnologias digitais e uma frente promissora no enfrentamento dos obstáculos para prover saúde para todos e fixar profissionais em áreas mais afastadas dos grandes centros urbanos e nas regiões de maior vulnerabilidade social. No entanto, prover recursos tecnológicos não basta; é preciso estar atento aos profissionais que, de fato, fazem a transformação digital acontecer. Nesse sentido, a Secretaria de Atenção Primária à Saúde coordena uma agenda positiva e apresenta um projeto de retomada da construção do SUS com base na inovação tecnológica centrada nas pessoas. E, dentre as diversas estratégias, implanta um projeto nacional de educação permanente em saúde digital, que potencializa o uso qualificado, ético e responsável do Sistema e-SUS APS e da estratégia como um todo. O Educa e-SUS APS oferece trajetórias formativas para a adequação do perfil profissional e técnico às demandas e necessidades do cuidado primário, mediado por tecnologia e fortalecido pelo conjunto de inovações que compõem a saúde digital. Acreditamos que, quando capacitada e motivada, a força de trabalho da APS será capaz de transformar os mais diversos cenários do cuidado em dados, analisar as informações geradas e utilizá-las no aprimoramento do cuidado à saúde das pessoas, da gestão e transparência de suas ações. Além disso, poderá contribuir para ampliar a cobertura e a resolutividade da diversa carteira de serviços da APS, com o emprego de recursos de comunicação à distância, incorporados aos protocolos de cuidado. É o comprometimento de cada um, aliado à educação permanente para consolidação das boas práticas em saúde digital, que trará mudanças significativas na tomada de decisão baseada em informação confiável e oportuna, fomentando as melhores soluções para enfrentar os grandes desafios da atenção à saúde no país.


Assuntos
Atenção Primária à Saúde , Educação em Saúde , Cursos de Capacitação , Médicos , Odontólogos , Guia de Estudo , Enfermeiros
6.
Rev. medica electron ; 41(5): 1205-1216, sept.-oct. 2019.
Artigo em Espanhol | LILACS, CUMED | ID: biblio-1094123

RESUMO

RESUMEN El hombre con su sabiduría e inteligencia ha sido capaz de crear medios de enseñanza, que no se han quedado relegados en el tiempo, los ha puesto al servicio de la educación para el logro de la formación integral de la personalidad. El nuevo siglo se ha caracterizado por un aumento del volumen de conocimientos en cualquier rama de la ciencia, necesita del trabajo independiente en la formación del estudiante, en cualquier nivel de enseñanza. El propósito orientar a los profesores un grupo de requerimientos didácticos para estructurar guías de estudio en función del trabajo independiente para estudiantes de las Ciencias Médicas. Se realizó un estudio documental del tema, mediante búsquedas en las bases de datos SciELO Cuba, SciELO Regional, Pubmed, de todo lo relacionado con el tema en el período 2017-2018. Se define como guía didáctica al instrumento digital o impreso que constituye un recurso para el aprendizaje a través del cual se concreta la acción del profesor y los estudiantes dentro del proceso docente, de forma planificada y organizada. Se declaran requerimientos didácticas para el desarrollo del proceso de enseñanza aprendizaje que complementan la forma de asimilación de los conocimientos. Las guías didácticas en función del trabajo independiente constituyen recursos que tienen el propósito de orientar metodológicamente al estudiante en su actividad independiente, al mismo tiempo que sirvan de apoyo a la dinámica del proceso docente, al guiar al alumno en su aprendizaje, al favorecer la autonomía, la relación de los conocimientos, habilidades y valores, así como la participación comunitaria como escenario para realizar el trabajo independiente (AU).


SUMMARY The man, with his wisdom and intelligence, has been able to create teaching aids that have not been forgotten through the times; they have been put in to service of teaching to achieve the comprehensive training of the personality. The new century, characterized by the increase of knowledge volume in every branch of the sciences, needs the independent work for training students of all education levels. The purpose is providing the teachers a group of didactic requirements to prepare study guidelines for the independent work of Medical Sciences students. A documental study of the theme was carried out searching all publications on the theme published in Scielo Cuba, Scielo Regional, and Pubmed in the period 2017-2018. Didactic guideline is the digital or printed document used as a resource for learning, through which the performance of the teacher and the students is fulfilled in the teaching process, in an organized and planned way, and declares didactic requirements for the development of the teaching learning process complementing the assimilation of knowledge. Didactic guidelines in function of the independent work are resources having the purpose of methodologically orienting the student in its independent activity, serving at the same time as a support for the dynamic of the teaching process while guiding the student in its learning, favoring autonomy, the relation between knowledge, skills and values and also community participation as scenery for performing the independent work (AU).


Assuntos
Humanos , Materiais de Ensino , Capacitação Profissional , Guia de Estudo , Estudantes de Medicina , Ensino , Guias como Assunto , Aula , Aprendizagem
7.
Rev. inf. cient ; 97(supl.2): i:476-f:585, 2018.
Artigo em Espanhol | LILACS, CUMED | ID: biblio-999401

RESUMO

Se propone elaborar una guía de evaluación para el examen práctico de la asignatura Operatoria Clínica, con el objetivo de lograr el mejor desempeño de los profesores en la evaluación de los estudiantes. La guía de evaluación propuesta expresa la integración de los contenidos en el programa de la asignatura, permite la correspondencia real con las habilidades y el sistema evaluativo, garantizando la unificación de criterios entre evaluadores, lo cual disminuye la variación en los resultados evaluativos y mejora la calidad de la práctica estomatológica(AU)


It is proposed to develop an evaluation guide for the practical examination of the Clinical Operative subject, with the aim of achieving the best performance of teachers in the evaluation of students. The evaluation guide proposed the integration of the contents in the program of the subject, allows the real correspondence with the skills and the evaluation system, guaranteeing the unification of criteria between evaluators, which decreases the variation in the evaluation results and improves the quality of stomatological practice(AU)


Assuntos
Humanos , Dentística Operatória , Avaliação Educacional , Guia de Estudo
8.
Edumecentro ; 4(3): 188-197, sep.-dic. 2012.
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-728416

RESUMO

Tipo de estudio: descriptivo en estudiantes de primer año de la Facultad de Estomatología de Villa Clara en el curso 2011-2012. Objetivo: determinar los factores motivacionales que influyeron en estos estudiantes para elegir la carrera. Universo: constituido por todos los estudiantes matriculados en la sede central. Muestra: se obtuvo mediante un muestreo aleatorio simple con el 50 % de los alumnos. Métodos: teóricos, empíricos y matemáticos. Resultados: el 50.9% de los ingresados a la carrera fueron del municipio Santa Clara; de éstos, el 49% acceden por preuniversitario, el resto por concurso. Entre ellos, el 51.6% declaran haber recibido conferencias orientadoras y solamente un estudiante del propio municipio señala participación en círculo de interés, el resto de los municipios no refieren haber recibido alguna orientación. Los factores motivacionales identificados en los estudiantes fueron el reconocimiento social representado por 22 (41.5%) y la familia o amistades 21 (39.6). Conclusiones: la mayoría de los estudiantes ingresaron por vía preuniversitario, y predominaron los del municipio Santa Clara. Se identificaron como factores influyentes el reconocimiento social y la influencia afectiva, la escasez de orientación y formación vocacional, y en mayor medida, la casi nula participación en círculo de interés. Por lo que proponemos el análisis en las enseñanzas media superior y superior, de factores como los ya descritos para que se desarrollen acciones con el fin de lograr una mayor motivación en los estudiantes.


Type of study: descriptive study in fresh more students of the Villa Clara Odontology Faculty in the academic year2011- 2012. Objective: to determine the motivational factors that influenced upon fresh more students to select the Odontology career. Universe: All the students registered in the central site. Sample: conglomerated and randomized sampling of 50% of the students of the groups. Method: a survey was applied to the students. Results: 50.9 % of the students are from Santa Clara, and 49% come from the pre- university, the rest entered through contest. 51.6% referred they had received orientation lectures in Santa Clara municipality and only one student participated in a special training and orientation group, the rest of the municipalities haven't received any orientation. The identified motivational factors that the students referred were the social recognition 22(41.5%) and the family or friendships 21(39.6) Conclusions: most of the students entered coming from the pre-university and the ones from Santa Clara municipality are predominant. It is stated the presence of motivational factors such as the social recognition and the affective influence, it is also stated the lack of orientation, vocational formation and in a greater extent the participation in special training and orientation groups.


Assuntos
Corrida , Orientação Vocacional , Medicina Bucal , Capacitação Profissional , Guia de Estudo , Motivação
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...