Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 73.694
Filtrar
1.
Coimbra; s.n; fev. 2024. 59 p. tab., ilus..
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1531715

RESUMO

Introdução: Atualmente, a violência, por ser um fenómeno complexo e dinâmico, exige, dos enfermeiros em geral e em particular daqueles que trabalham em serviços de psiquiatria forense, uma compreensão multidimensional e intervenções sistémicas e resilientes. Objetivo: Mapear as intervenções implementadas pelos enfermeiros, para prevenção da violência por parte das pessoas internadas, em serviços de psiquiatria forense. Metodologia: Protocolo de Scoping Review com base nos princípios preconizados pelo Joanna Briggs Institute, considerando os materiais bibliográficos publicados de janeiro de 2018 a julho de 2023, nas bases de dados CINAHL e MEDLINE e selecionados com recurso à plataforma Rayyan. Esta revisão considerou a inclusão de estudos, independentemente da área geográfica ou do desenho, nos idiomas português, inglês e espanhol, disponíveis sem custos para os revisores. Esta pesquisa procura responder à questão norteadora, fundamentada pela estratégia PopulaçãoConceito-Contexto (PCC): Que intervenções são implementadas pelos enfermeiros, para prevenção da violência por parte das pessoas internadas, em contexto de psiquiatria forense? Resultados: Foram incluídos quatro artigos na revisão e identificadas intervenções e programas de treino para a prevenção/redução da violência, pelos enfermeiros, em serviços de psiquiatria forense. Espera-se que os resultados possam contribuir para melhorar a prática de cuidados à pessoa com doença mental nestes contextos. Conclusão: Esta pesquisa identificou intervenções e programas de treino sustentados, dois deles baseados na Terapia Cognitivo-Comportamental, para prevenção da violência por parte das pessoas internadas, em serviços de psiquiatria forense. Mais estudos devem ser realizados para identificar intervenções inovadoras com foco na prevenção/redução do comportamento violento das pessoas internadas em serviços de psiquiatria forense.


Assuntos
Enfermagem Psiquiátrica , Violência , Psiquiatria Legal , Enfermagem Forense , Enfermeiras e Enfermeiros
2.
Rev Enferm UFPI ; 13(1): e5307, 2024-02-17.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1531247

RESUMO

A educação de pós-graduação representa um caminho de importante valor na formação profissional e no desenvolvimento de pesquisas e estudos notáveis para a comunidade científica. Para tanto, a qualificação desse ensino é objetivo permanente dos programas de pós-graduação e advém do esforço coletivo entre coordenadores, docentes e discentes, além de parceiras com outras instituições nacionais e internacionais de ensino superior. Contudo, ainda que os caminhos sejam geralmente prósperos, a pós-graduação também resguarda desafios e dificuldades que podem ser obstáculos nessa experiência. Pesquisas recentes em saúde mental têm evidenciado a presença de sintomas depressivos, ansiosos ou de estresse entre os alunos de pós-graduação. Ainda que o adoecimento mental entre mestrandos e doutorandos seja um fenômeno complexo e multifacetado, algumas questões norteadoras podem ser pontuadas para o entendimento desse panorama. As volumosas exigências do curso e a dedicação intensa à construção do projeto de pesquisa, combinadas a um conjunto multidimensional de fatores sociais, individuais, econômicos e/ou interpessoais, têm potencial de impactar significativamente no equilíbrio psicoemocional dos pós-graduandos e podem ser fatores preditivos para o sofrimento mental. Além disso, a pressão contínua em manter a elevada produção de pesquisas originais de alta qualidade em periódicos de grande impacto científico ­muitas vezes, sob prazos rigorosos ­pode levar ao aumento dos sintomas de estresse agudo e a quedas na produtividade positiva em decorrência da sensação constante dos rendimentos muito abaixo das expectativas propostas


ostgraduate education represents a path of important value in professional training and in the development of remarkable research and studies for the scientific community. For this purpose, postgraduate programs are permanently aiming to provide proper teaching qualification achieved through a joint collective effort made by coordinators, teachers and students, as well as partnerships with other national and international higher education institutions.However, although the paths are generally prosperous, postgraduate programs also bring challenges and difficulties that may turn into obstacles in this experience. Recent research on mental health has highlighted the presence of symptoms related to depression, anxiety, or stress among postgraduate students. Although mental illness among master's and doctoral students is a complex and multifaceted phenomenon, some guiding questions can be highlighted to understand this scenario. The numerous requirements demanded by the course and the intense dedication necessary to construct a research project combined with a multidimensional set of social, individual, economic and/or interpersonal factors have the potential to significantly impact the psycho-emotional balance of postgraduate students and can also be predictive factors for mental distress. Furthermore, the continuous pressure to maintain a significant production of high-quality original research papers in journals of great scientific impact ­often under strict deadlines ­may lead to an increase in symptoms of acute stress and a decline in positive productivity as these students constantly feel that their outcome is way below the expectations.


Assuntos
Estudantes , Saúde Mental , Bem-Estar Psicológico
3.
Ciudad de México; s.n; 20240223. 125 p.
Tese em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1531954

RESUMO

Introducción: El 50% de la población mundial usa tratamientos alternativos como productos herbarios. El 20% los consume de manera simultánea con algún tratamiento farmacológico para el control la Diabetes Mellitus tipo 2; enfermedad prevalente en adultos mayores. Es escasa la información acerca de las interacciones medicamentosas que pudieran producirse, siendo responsables de más de 7,000 muertes al año. Objetivo: Identificar los productos herbarios de mayor consumo del Adulto Mayor con Diabetes Mellitus Tipo 2, en Chapulco, Puebla, México y describir las posibles interacciones medicamentosas entre fármaco hipoglucemiante ­ producto herbario reportados en la literatura científica. Metodología: Estudio observacional, prolectivo, transversal, descriptivo, en una población de 35 adultos mayores diabéticos, con edad promedio de 70±7 años. Para la identificación de los productos herbarios de uso común y sus aplicaciones terapéuticas se aplicó el cuestionario U-PLANMED. Resultados: Se identificaron 50 productos herbarios y 18 combinaciones entre estos a la vez. El 40% de los participantes consumen simultáneamente más de dos productos herbarios con uno o dos fármacos hipoglucemiantes. Entre los productos de mayor consumo se encuentran el nopal (Opuntia ficus-indica L.), la manzanilla (Matricaria chamomilla L.) y el zacate de limón (Cymbopogon citratus DC. Stapf.). Las interacciones medicamentosas potenciales identificadas, principalmente en estudios experimentales en animales, sugieren que, existe una acción hipoglucemiante del producto herbario al aumentar la capacidad orgánica sobre la secreción/liberación de insulina endógena. Conclusiones: Se ha evidenciado la presencia de interacciones medicamentosas ante el consumo simultaneo de fármacos prescritos para el control de la diabetes mellitus tipo 2 con productos herbarios. Es necesario que, los profesionales en atención a la salud identifiquen el uso de dichos productos y orienten a los adultos mayores sobre las posibles repercusiones en los niveles de glucosa ante el consumo.


Introduction: 50% of the world's population uses alternative treatments such as herbal products. Twenty percent use them in conjunction with some form of pharmacological treatment to control type 2 diabetes mellitus, a disease prevalent in older adults. There is little information on the drug interactions that may occur, which are responsible for more than 7,000 deaths per year. Objective: To identify the most consumed herbal products among older adults with type 2 diabetes mellitus in Chapulco, Puebla, Mexico, and to describe the possible drug-drug interactions between hypoglycemic drugs and herbal products reported in the scientific literature. Methodology: Observational, prospective, cross-sectional, descriptive study in a population of 35 diabetic older adults with a mean age of 70±7 years. The U-PLANMED questionnaire was used to identify commonly used herbal products and their therapeutic applications. Results: Fifty herbal products and 18 combinations of them were identified. Forty percent of the participants used more than two herbal products simultaneously with one or two hypoglycemic drugs. The most used products included prickly pear cactus (Opuntia ficus-indica L.), chamomile (Matricaria chamomilla L.), and lemon grass (Cymbopogon citratus DC. Stapf.). Potential drug-drug interactions identified mainly in experimental animal studies suggest that there is a hypoglycemic effect of the herbal product by increasing the organic capacity on endogenous insulin secretion/release. Conclusions: The presence of drug-drug interactions has been demonstrated with the simultaneous consumption of drugs prescribed for the control of type 2 diabetes mellitus with herbal products. It is necessary for health care professionals to recognize the use of such products and to inform older adults about the possible repercussions on glucose levels when consuming them.


Introdução: 50% da população mundial utiliza tratamentos alternativos como os produtos à base de plantas. Vinte por cento utilizam-nos em conjunto com algum tipo de tratamento farmacológico para controlar a diabetes mellitus tipo 2, uma doença prevalente em adultos mais velhos. Há pouca informação sobre as interacções medicamentosas que podem ocorrer e que são responsáveis por mais de 7.000 mortes por ano. Objetivos: Identificar os produtos fitoterápicos mais consumidos entre os idosos com diabetes mellitus tipo 2 em Chapulco, Puebla, México, e descrever as possíveis interações medicamentosas entre medicamentos hipoglicemiantes e produtos fitoterápicos relatados na literatura científica. Metodologia: Estudo observacional, prospetivo, transversal e descritivo numa população de 35 idosos diabéticos com uma idade média de 70±7 anos. O questionário U-PLANMED foi utilizado para identificar os produtos fitoterápicos mais utilizados e suas aplicações terapêuticas. Resultados: Foram identificados 50 produtos à base de plantas e 18 combinações dos mesmos. Quarenta por cento dos participantes utilizaram mais de dois produtos à base de plantas em simultâneo com um ou dois medicamentos hipoglicemiantes. Os produtos mais utilizados foram o cato de figo da Índia (Opuntia ficus-indica L.), a camomila (Matricaria chamomilla L.) e o capim-limão (Cymbopogon citratus DC. Stapf.). As potenciais interacções medicamentosas identificadas principalmente em estudos experimentais em animais sugerem que existe um efeito hipoglicémico do produto à base de plantas através do aumento da capacidade orgânica na secreção/libertação de insulina endógena. Conclusões: A presença de interacções medicamentosas foi demonstrada com o consumo simultâneo de medicamentos prescritos para o controlo da diabetes mellitus tipo 2 com produtos à base de plantas. É necessário que os profissionais de saúde reconheçam o uso de tais produtos e informem os idosos sobre as possíveis repercussões nos níveis de glicose ao consumi-los.


Assuntos
Humanos , Diabetes Mellitus
4.
Bragança; s.n; 20240000. tab..
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1527051

RESUMO

O Serviço de Urgência (SU) é direcionado para o doente crítico, com necessidade de estabilização emergente, estando subjacente o cuidado emergente. Mas não são só estes doentes que procuram este serviço, também os doentes em fim de vida com necessidades de cuidados paliativos (CP) entram na porta do SU, sendo necessário que os enfermeiros(as) que lá exercem possam dar uma resposta efetiva neste âmbito. Daí ser fulcral colocar ênfase à investigação de forma a refletir nas estratégias de intervenção mais adequadas a estas pessoas. Objetivo: Analisar as vivências dos enfermeiros no cuidado à pessoa em fim de vida (PFV), no SU. Metodologia: Estudo qualitativo. A recolha de dados foi realizada com recurso a uma entrevista semiestruturada a um grupo focal de sete enfermeiros participantes no estudo, de uma Unidade Local de Saúde (ULS) do Norte de Portugal, durante a primeira semana do mês de abril de 2023. Resultados: Os enfermeiros (as) atribuem o conceito de PFV a uma doença incurável com pouco tempo de vida. Ao conceito de CP associam a promoção de conforto e bem-estar ao doente, a promoção do bem-estar da família, os cuidados promotores de dignidade. Os sentimentos negativos vivenciados pelos enfermeiros expressam sentimentos negativos (frustração) e emoções negativas, como a tristeza, raiva e revolta. As principais intervenções destes enfermeiros dirigidas à PFV enquadram-se no paradigma paliativo como alívio dos sintomas, apoio ao doente e à sua família e proporcionar medidas de conforto. Consideram intervenções fundamentais dirigidas à PFV, o conforto físico e psicológico, dando-se ainda enfâse ao toque. Apontam para a adoção de medidas terapêuticas centradas na abordagem curativa com a formatação e formação recebida e a pressão da família. Foi possível distinguir nas dificuldades a "Sobrecarga de trabalho", "Dificuldades de apoio ao nível da instituição", "Dificuldades ao nível dos recursos". Por sua vez, de entre as necessidades sentidas emergiram a "Necessidade de uma estrutura física adequada", "Necessidade de melhoria ao nível organizacional". Todos foram unânimes em salientar a falta da dignidade para a PFV no SU, por razões físicas/estruturais e por défice de formação. Como estratégias de melhoria, os enfermeiros propõem: o investimento nas equipas multidisciplinares, a melhoria da estrutura física e a uniformização de procedimentos na abordagem da PFV. Conclusão: Os resultados apontam para um leque de dificuldades associadas às vivências dos enfermeiros no cuidado à PFV, contudo também emergem estratégias de melhoria. Devem ser promovidas estratégias organizacionais e individuais. Um exemplo seria a formação/ promoção de atividades de melhoria das estratégias de coping, visando facilitar a gestão dos sentimentos e emoções por parte dos enfermeiros. Das várias medidas propostas destaca-se a criação de uma rede de urgência de CP.


The Emergency Service (ES) is geared towards critically ill patients in need of emergent stabilization, with emergent care as its underlying principle. But it's not only these patients who come to this service. End-of-life patients in need of palliative care (PC) also enter the ES, and nurses working in these services need to provide an effective response in this area. That's why it's crucial to put the emphasis on research in order to reflect on the most appropriate intervention strategies for these people. Objective: To analyze the experiences of nurses in caring for people at the end of life (PEL) in the ES. Methodology: A qualitative study. Data was collected using a semi-structured interview with a focus group of seven nurses participating in the study, from a Local Health Unit in Northern Portugal, during the first week of April 2023. Results: Nurses attribute the concept of PEL to an incurable disease with a short time to live. To the concept of PC they associate the promotion of comfort and well-being for the patient, the promotion of the family's well-being and care that promotes dignity. The negative feelings experienced by the nurses express negative feelings (frustration) and negative emotions, such as sadness, anger, and revolt. These nurses' main interventions aimed at the PEL fall within the palliative paradigm, such as relieving symptoms, supporting the patient and their family and providing comfort measures. They consider physical and psychological comfort to be fundamental interventions aimed at the PEL, with an emphasis on touch. They point to the adoption of therapeutic measures centered on the curative approach with the formatting and training received and pressure from the family. Difficulties included "Work overload", "Difficulties with support from the institution" and "Difficulties with resources". Among the needs felt, the following emerged: "Need for an adequate physical structure", "Need for organizational improvement". All were unanimous in highlighting the lack of dignity for PEL in the ES, due to physical/structural reasons and a lack of training. As strategies for improvement, the nurses propose: investing in multidisciplinary teams, improving the physical structure, and standardizing procedures for dealing with PEL. Conclusion: The results point to a range of difficulties associated with nurses' experiences in caring for people at the end of life, but strategies for improvement also emerge. Organizational and individual strategies should be promoted. One example would be training / promoting activities to improve coping strategies, with the aim of making it easier for nurses to manage their feelings and emotions. Of the various measures proposed, the creation of an emergency PC network stands out.


Assuntos
Humanos , Morte , Serviço Hospitalar de Emergência
5.
Bragança; s.n; 20240000. tab..
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1527055

RESUMO

A experiência de Assédio Moral no Trabalho (AMT) em Enfermagem, apresenta consequências importantes, que acentuam a pertinência de pesquisa na área. Com os objetivos de caracterizar os estudos que aqui assumem o estatuto de elementos de amostra; identificar categorias que expressem os contornos do AMT; analisar a fundamentação da literatura para as categorias de AMT encontradas. Como metodologia, foi desenvolvida uma Revisão Sistemática da Literatura, a partir da amostra, selecionada em bases de dados Web of Science e PubMed, através do método PRISMA, e critérios PICO. A seleção emerge a partir da expressão de busca e termos MeSH, dos operadores booleanos (Moral harassment) OR (mobbing) OR (bullying) AND (nursing) AND (nursing professionals) AND (workplace) AND (stress). Resultam 116 estudos, e foram selecionados 11, por responderem à Questão de Investigação, emergentes de 4 países da Europa, 4 da Ásia, 1 da América do Sul e 1 da Austrália. Resultou na identificação de 18 categorias que expressam os contornos do AMT: as categorias fortes são "Burnout ­ exaustão emocional e despersonalização", fundamentada por 8 Componentes Discursivas (CD), de 6 estudos, seguida de "Insatisfação laboral, sentimentos de fracasso e frustração" por 5 CD de 5 estudos; e ainda "Stress Laboral, menor Capacidade de gestão de stress", "Relação entre exposição ao assédio moral vertical e satisfação no trabalho" por 4 CD de 4 estudos, respetivamente. Concluiu-se que as co-morbilidades consequentes ao AMT - burnout e sintomatologia psicossomática ­ são indicadores para maior investigação e formação de enfermeiros, assim como para a implementação de estratégias preventivas.


The experience of Moral Harassment at Work (AMT) in Nursing has important consequences, which accentuate the relevance of research in the area. In order to characterize the studies that here assume the status of sample elements; Identify categories that express the contours of the AMT; to analyze the rationale of the literature for the categories of AMT found. As a methodology, a Systematic Literature Review was developed, based on the sample, selected in Web of Science and PubMed databases, using the PRISMA method, and PICO criteria. The selection emerges from the search expression and terms MeSH, the Boolean operators (Moral harassment) OR (mobbing) OR (bullying) AND (nursing) AND (nursing professionals) AND (workplace) AND (stress). A total of 116 studies were conducted, and 11 were selected for answering the Research Question, emerging from 4 countries in Europe, 4 from Asia, 1 from South America and 1 from Australia. It was concluded that the comorbidities resulting from AMT - burnout and psychosomatic symptomatology - are indicators for further investigation and training of nurses, as well as for the implementation of preventive strategies.


Assuntos
Assédio não Sexual
6.
Bragança; s.n; 20240000. il., tab..
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1527118

RESUMO

[{"text": "A dor torácica (DTC) aguda é o sintoma comum de Síndrome Coronário Agudo (SCA), que mais frequentemente leva as pessoas a procurarem cuidados de emergência no mundo. Dois terços das mortes por eventos coronários agudos ocorrem por arritmias fatais, em ambiente pré-hospitalar. O reconhecimento rápido de sintomas é mandatório para redução da mortalidade. O Enfermeiro SIV tem um papel fundamental na a determinação do diagnóstico célere e, no tratamento adequado da pessoa com SCA. Objetivos: Visando conhecer a atuação do enfermeiro Suporte Imediato de Vida (SIV) nas ocorrências de DTC, na pessoa com suspeita de SCA, relativamente às ambulâncias SIV de dois distritos do interior norte de Portugal, delinearam-se como objetivos específicos: (i) Analisar as ativações das ambulâncias SIV para ocorrências de DTC, na pessoa com suspeita de SCA, relativamente às características sociodemográficas e geográficas; (ii) Identificar o perfil de risco cardiovascular (verificável) nas ocorrências de DTC, da pessoa com suspeita de SCA, por ambulâncias SIV; (iii) Identificar os fatores de risco cardiovasculares (FRCV) modificáveis (verificáveis) nas ocorrências de DTC, da pessoa com suspeita de SCA, por ambulância SIV; (iv) Conhecer os tempos de resposta do pré-hospitalar nos diferentes momentos do socorro, nas ocorrências de DTC, na pessoa com suspeita de SCA; (v) Analisar a atuação do Enfermeiro tendo por base, a utilização do protocolo da DTC e, complementares, por ambulância SIV; (vi) Verificar a melhoria de sintomatologia decorrente da atuação do enfermeiro SIV em ocorrência de DTC, da pessoa com suspeita de SCA; (vii) Identificar episódios de complicações ocorridas durante a atuação do enfermeiro SIV, em situações de DTC, na pessoa com suspeita de SCA. Metodologia: Foi realizado um estudo retrospetivo, analítico transversal, de cariz quantitativo, envolvendo uma amostra por conveniência de 75 ativações para DTC, com suspeita de SCA, nas ambulâncias SIV do interior norte de Portugal, no período compreendido entre 01 junho de 2017 e o 31 de dezembro de 2018. A recolha de dados foi efetuada através de um IRD concebido para o efeito. Resultados: É predominante o sexo masculino, nas ativações de DTC, com suspeita de SCA, sendo a idade média de 65,90 anos na SIV 1 e, na SIV 2 de 72,33 anos. Na SIV 2 verificou-se que, entre o sexo masculino e a idade, existe relação estatística significativa (p=0,013), apresentando este uma idade inferior (


Assuntos
Humanos , Masculino , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Dor no Peito , Doenças Cardiovasculares , Síndrome Coronariana Aguda , Enfermeiros
7.
Bragança; s.n; 20240000. tab..
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1527123

RESUMO

A segurança dos doentes nos serviços de saúde, foi sempre uma preocupação dos gestores em saúde. Um dos aspetos que a pode comprometer, é a transferência de cuidados do doente entre os profissionais responsáveis por ele. Seja nas passagens de turno, ou transferências intra e inter-hospitalares. É essencial que seja estabelecida uma comunicação eficaz, de modo a assegurar a fluidez de assunção de cuidados e responsabilidades. Estes pressupostos evitam a ocorrência de efeitos adversos, de eventuais atrasos no diagnóstico e tratamentos, que podem dar origem a atrasos no restabelecimento da pessoa em situação crítica. Objetivos: Conhecer a perceção dos enfermeiros do Serviço de Urgência (SU), relativamente à informação transmitida durante as passagens de turno. Tornar mais eficaz a comunicação interpares, e garantir, como consequência, a segurança e a melhoria dos cuidados de enfermagem, nos momentos de transição de doentes, no SU. Metodologia: Trabalho realizado com base na metodologia investigação-ação, dividido em três processos metodológicos parcelares e consecutivos. Primeiramente, foi aplicado um questionário, a 59 enfermeiros em SU, com prestação direta de cuidados à pessoa em situação crítica. No segundo momento, foi realizado um diagnóstico de situação com a aplicação do Guia de Observação, durante os momentos de passagem de turno. No terceiro momento, após a análise dos resultados emergentes do Guia de Observação, foi criado, e implementado, o instrumento estruturado para aplicar nas passagens de turno, baseado na metodologia Identify, Situation, Background, Assessment e Recommendation (ISBAR), e aplicado novamente o Guia de Observação, para estudo de eficácia e/ou eficiência trazida por este instrumento. Resultados: A perceção dos enfermeiros sobre a comunicação durante as passagens de turno é favorável em relação à maioria dos aspetos abordados. Estes valorizaram a comunicação no contexto da equipa multidisciplinar, e aspetos relacionados com a importância da formação e da experiência profissional com a qualidade da comunicação. A perceção favorável do enfermeiro traduz-se no elevado nível de situações significativas (70 a 90%) que cerca de 80% enfermeiros reportam conseguir transmitir durante a passagem de turno. 36% dos participantes apontam a necessidade de melhorias, 65% relacionadas com a organização do processo de transição de cuidados e 45% com o problema das interrupções. Após a implementação da metodologia ISBAR nas passagens de turno, houve uma melhoria em vários aspetos, como se depreende da percentagem média de conformidade ser cerca de 69%, tendo melhorado cerca de 48%. O tempo de transmissão de informação aumentou, em média, 0,4 minutos por doente. Conclusão: Os resultados do presente trabalho apontam uma perspetiva favorável da perceção dos enfermeiros sobre a comunicação durante a passagem de turno, ainda que alguns aspetos tenham margem para melhoria, relacionados com a objetividade e pertinência da informação, e com a necessidade de ter um contexto calmo que favoreça a concentração, logo sem interrupções. Este contexto é, por sua vez, facilitador da mudança, como se veio a verificar ao comparar a qualidade da passagem de turno antes e depois de implementar a metodologia ISBAR, a certificação das melhorias demonstra o interesse e eficácia da sua utilização.


Patient safety in health services has always been a concern of health managers. One of the aspects that can compromise it is the transfer of the patient's care between the professionals responsible for it. Be it in handovers, or intra and inter-hospital transfers. It is essential that effective communication is established to ensure the fluidity of the assumption of care and responsibilities. These assumptions prevent the occurrence of adverse effects, possible delays in diagnosis and treatment, which can lead to delays in the recovery of the person in critical condition. Objectives: To know the nurses' perception in the Emergency Department (ED) regarding the information transmitted during handover. To make peer-to-peer communication more effective, and to ensure, consequently, the safety and improvement of nursing care, in moments of patient transition, in the ED. Methodology: This work was carried out based on the research-action methodology, divided into three partial and consecutive methodological processes. First, a questionnaire was applied to 59 nurses in the ED, with direct care provided to the critically ill person. In the second moment, a diagnosis of the situation was carried out with the application of the Observation Guide, during handovers. In the third moment, after the analysis of the results emerging from the Observation Guide, a structured instrument was created and implemented to be applied in handover, based on the Identify, Situation, Background, Assessment and Recommendation (ISBAR) methodology, and the Observation Guide was applied again to study the effectiveness and/or efficiency brought by this instrument. Results: Nurses' perception of communication during handover is favorable in relation to most of the aspects addressed. They valued communication in the context of the multidisciplinary team, and aspects related to the importance of training and professional experience with the quality of communication. The favorable nurses' perception translates into the high level of significant situations (70 to 90%) that about 80% of nurses report being able to transmit during handover. 36% of the participants point to the need for improvements, 65% related to the organization of the care transition process and 45% to the problem of interruptions. After the implementation of the ISBAR methodology in handovers, there was an improvement in several aspects, as can be seen from the average percentage of compliance being about 69%, having improved about 48%. The information transmission time increased by an average of 0.4 minutes per patient. Conclusion: The results of the present study point to a favorable perspective of nurses' perception of communication during handover, although some aspects have room for improvement, related to the objectivity and relevance of the information, and to the need to have a calm context that favors concentration, thus without interruptions. This context is a facilitator of change, as it turned out when comparing the quality of handovers before and after implementing the ISBAR methodology, the certification of improvements demonstrates the interest and effectiveness of its use.


Assuntos
Humanos , Comunicação , Serviço Hospitalar de Emergência , Enfermagem Médico-Cirúrgica
8.
Bragança; s.n; 20240000.
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1527124

RESUMO

O presente trabalho, insere-se no plano de estudos do III Curso de Mestrado em Enfermagem Médico-cirúrgica, da Unidade Curricular Semestral, Estágio com relatório da Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Bragança. A unidade curricular contempla três campos de estágio, com um total de 540 horas de contacto dedicados a prática clinica, que decorreram no período de setembro de 2019 a fevereiro de 2020. Os ensinos clínicos foram realizados em três serviços: Centro de Hemodiálise, Serviço de Medicina Intensiva (SMI), Serviço de Urgência Polivalente (SUP). Todos estes campos envolvem o atendimento e tratamento da pessoa em situação crítica. O objetivo da elaboração deste trabalho, passa por analisar a evolução ao longo dos ensinos clínicos, fazendo uma reflexão crítica sobre as aprendizagem alcançadas e seus contributos para o desenvolvimento de saberes e competências profissionais. A metodologia utilizada foi essencialmente descritiva e reflexiva, de forma a descrever o pensamento e processo de tomada de decisão desenvolvidos durante este percurso de aquisição e desenvolvimento das competências nos contextos de prática clínica. Os contextos de estágio foram ricos em oportunidades de aprendizagem e permitiram-me desenvolver e adquirir novas competências. Relativamente à aquisição de competências de investigação, foi desenvolvida uma pesquisa científica sobre "Estratégias e dificuldades de comunicação do enfermeiro com o doente crítico e família: scoping review ", a qual se encontra em apêndice a este relatório.


The present work is part of the study plan of the III Master in Nursing-Specialization in Medical- Surgical, of the Semester Curricular Unit, Internship with report of the School of Health of the Polytechnic Institute of Bragança. The curricular unit includes three internship camps, with a total of 540 contact hours dedicated to clinical practice, which took place from September 2019 to February 2020. Clinical teaching was carried out in three services: Hemodialysis Center, Intensive Care Medicine Service (SMI), and Multipurpose Emergency Service (SUP). All these fields involve the care and treatment of the person in a critical situation. The objective of this work is to analyze the evolution throughout clinical teaching, making a critical reflection on the learning achieved and its contributions to the development of knowledge and professional skills. The methodology used was essentially descriptive and reflective, in order to describe the thinking and decision-making process developed during this path of acquisition and development of skills in the contexts of clinical practice. The internship contexts were rich in learning opportunities and allowed me to develop and acquire new skills. Regarding the acquisition of research skills, a scientific research was developed on "Strategies and difficulties of communication between nurses and critically ill patients and families: scoping review", which is attached to this report.


Assuntos
Cuidados Críticos , Enfermagem Médico-Cirúrgica
9.
Bragança; s.n; 20240000. tab..
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1527125

RESUMO

O Estágio Profissional visa o desenvolvimento das competências comuns e especificas para uma determinada área de especialidade, neste caso a Enfermagem de Médico-cirúrgica na área da pessoa em situação critica. As competências de investigação foram desenvolvidas com um estudo sobre a dor aguda do pós-operatório, uma vez que é um problema de saúde pública fundamentado pela sua prevalência, potenciais complicações e subtratamento. A opção pela gestão da dor aguda nos doentes submetidos a artroplastia primária da anca justificou-se por ser uma cirurgia cada vez mais comum, pela relação que se estabelece com a patologia osteoarticular degenerativa e o envelhecimento da população, e porque a dor pós-operatória associada a este procedimento se manifesta habitualmente por dor moderada a intensa. Objetivos: Analisar o processo de aquisição de competências para a prestação de cuidados à pessoa em situação critica. Caracterizar os níveis de intensidade de dor (em repouso e em movimento), os efeitos adversos (bloqueio motor, sensitivo e efeitos sistémicos) e a necessidade de analgesia de resgate, em doentes submetidos a artroplastia primária da anca, com recurso a técnicas de bloqueio de nervo periférico dose única; verificar a relação existente entre os níveis de intensidade de dor, os efeitos adversos, a necessidade de analgesia de resgate e de reavaliação depois das 24 horas, com as técnicas de bloqueio de nervo periférico dose única; verificar a relação entre a presença de efeitos secundários sistémicos com o uso de analgesia de resgate e de analgesia sistémica. Métodos: Estudo analítico-correlacional e retrospetivo. Foram incluídos 994 doentes submetidos a Artroplastia Total Primária da Anca e submetidos a técnicas de bloqueio de nervo periférico dose única [bloqueio de nervo femoral (BNF) + cutâneo lateral da coxa (CLC); bloqueio do grupo nervoso pericapsular (PENG) + Cutâneo lateral da coxa (CLC); Bloqueio da fáscia ilíaca (BFI)], seguidos numa Unidade de Dor Aguda de um hospital da região Norte, no período compreendido entre 1 de janeiro de 2013 e 15 outubro de 2023. Foram salvaguardados os princípios éticos. Os dados foram submetidos a análise descritiva e inferencial, com recurso ao programa Python Programming Language (versão 3.12). Resultados: O estágio permitiu o desenvolvimento de competências para a prestação de cuidados à pessoa em situação critica. No estudo, no total de doentes, o BNF+CLC foi utilizado em 77,5%, o PENG+CLC em 14,4% e o BFI em 8,1%, todos os doentes foram avaliados às 24 horas após o procedimento cirúrgico. A maioria doentes referiu ausência de dor em repouso (82,7%) e dor ligeira em movimento (55,2%). Os principais efeitos adversos identificados foram o bloqueio sensitivo com parestesias em pequena área (13%), o bloqueio motor com ligeira diminuição da força muscular (4,9%) e as náuseas e vómitos (3,5%). Apenas 7,8% necessitaram de analgesia de resgate. As hipóteses propostas não se confirmaram, exceto uma diferença estatisticamente significativa quando comparados os grupos de BNF+CLC e PENG+CLC em relação ao bloqueio sensitivo (p = 0.036) e a comparação dos grupos com administração de paracetamol e paracetamol+tramadol em relação aos efeitos adversos sistémicos (p = 0.047). Conclusão: A avaliação efetuada pelos enfermeiros da UDA, nas primeiras 24 horas após ATA, com recurso a técnicas de bloqueio de nervo periférico dose única em combinação com analgesia sistémica, revela uma adequada gestão da dor aguda do pós-operatório. A necessidade de analgesia de resgate foi muito reduzida e os efeitos adversos associados à analgesia estiveram ausentes na maioria dos doentes. Os doentes submetidos a PENG+CLC apresentaram menor grau de bloqueio sensitivo do que os submetidos a BNF+CLC.


The Professional Internship aims at developing common and specific skills for a particular area of expertise, in this case, Medical-Surgical Nursing in the individual critical care setting. Research skills were developed through a study on acute postoperative pain, as it is a public health problem justified by its prevalence, potential complications, and under treatment. The choice to focus on the management of acute pain in patients undergoing primary hip arthroplasty was justified due to its increasing prevalence, its relationship with degenerative osteoarticular pathology and the aging population, and because postoperative pain associated with this procedure typically manifests as moderate to severe pain. Objective: Analyse the process of acquiring skills for providing care to individuals in critical situations. Characterize the levels of pain intensity (at rest and in motion), adverse effects (motor and sensory block, systemic effects), and the need for rescue analgesia in patients undergoing primary hip arthroplasty using single-dose peripheral nerve block techniques. Examine the relationship between pain intensity levels, adverse effects, the need for rescue analgesia, and reassessment after 24 hours with single-dose peripheral nerve block techniques. Investigate the correlation between the presence of systemic side effects and the use of rescue analgesia and systemic analgesia. Methodology: Analytical-correlational and retrospective study. A total of 994 patients who underwent Primary Total Hip Arthroplasty and received single-dose peripheral nerve block techniques [femoral nerve block (FNB) + Lateral cutaneous nerve of the thigh (LFCN); Pericapsular nerve block (PENG) + Lateral cutaneous nerve of the thigh (LFCN); Iliac fascia block (IFB)] were included in the study. These patients were followed in an Acute Pain Unit of a hospital in the Northern region between January 1, 2013, and October 15, 2023. Ethical principles were adhered to. The data underwent descriptive and inferential analysis using the Python Programming Language (version 3.12). Results: The internship allowed the development of skills for providing care to individuals in critical situations. In the study, among the total number of patients, FNB+LFCN was used in 77.5%, PENG+LFCN in 14.4%, and IFB in 8.1%. All patients were assessed 24 hours after the surgical procedure. The majority of patients reported no pain at rest (82.7%) and mild pain during movement (55.2%). The main identified adverse effects were sensory block with paresthesias in a small area (13%), motor block with slight decrease in muscle strength (4.9%), and nausea and vomiting (3.5%). Only 7.8% required rescue analgesia. The proposed hypotheses were not confirmed, except for a statistically significant difference when comparing the FNB+LFCN and PENG+LFCN groups regarding sensory block (p = 0.036) and the comparison of groups with administration of paracetamol and paracetamol+tramadol regarding systemic adverse effects (p = 0.047). Conclusion: The evaluation conducted by the nurses in the Acute Pain Unit (UDA) in the first 24 hours after Primary Total Hip Arthroplasty, using single-dose peripheral nerve block techniques in combination with systemic analgesia, reveals an adequate management of acute postoperative pain. The need for rescue analgesia was greatly reduced, and adverse effects associated with analgesia were absent in the majority of patients. Patients undergoing PENG+LFCN showed a lower degree of sensory block than those undergoing FNB+LFCN.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Artroplastia de Quadril , Enfermagem Médico-Cirúrgica , Analgesia
10.
Bragança; s.n; 20240000. il., tab..
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1527170

RESUMO

Os enfermeiros são um grupo profissional particularmente suscetível de experienciar com o stresse, pela natureza das suas funções. A exposição permanente ao contacto humano com doentes e familiares, a gestão de situações de emergência, em que um pequeno erro pode comprometer a sobrevivência ou o prognóstico do doente, a interação com outros profissionais de saúde, o trabalho por turnos e a disrupção de ritmos circadianos, a morte de doentes, de entre outros fatores, criam uma conjuntura em que o enfermeiro experiencie níveis elevados de stresse no seu dia-a-dia. Objetivos: Caracterizar o perfil sociodemográfico e profissional dos enfermeiros do Serviço de Urgência de um Centro Hospitalar da região norte de Portugal; Identificar os principais fatores indutores de stresse nos enfermeiros do Serviço de Urgência de um Centro Hospitalar da região norte de Portugal; Avaliar a relação entre os fatores indutores de stresse e as variáveis sociodemográficas e profissionais. Métodos: Foi realizado um estudo descritivo, transversal correlacional, avaliando os níveis de stresse numa amostra de 54 enfermeiros de um serviço de urgência de um hospital da região do norte de Portugal através da aplicação da Escala de Stresse Profissional dos Enfermeiros e de um questionário para fazer o levantamento de aspetos sociodemográficos e profissionais. Resultados: Os participantes no estudo (n=54) eram maioritariamente do sexo feminino (68,5%). A classe etária dominante (63%) foi a dos 31-40 anos. O estado civil dos enfermeiros dividiu-se quase equitativamente entre os que estão sozinhos e aqueles casados ou união de facto. Quarenta enfermeiros (74,1%) eram licenciados, e os restantes 25,9% mestres. Trinta e três eram enfermeiros (61.1%), os restantes eram especialistas (38,9%). O tempo de serviço mais frequente (46,3%) foi 11 a 20 anos, e 2 a 10 anos no Serviço de Urgência. O contrato sem termo foi a modalidade de vínculo mais frequente (74,1%). Só 35,2% dos enfermeiros indicou acumular funções noutra instituição. O valor médio observado para o conjunto de profissionais que constituíram a amostra foi de 80,94±11,95. Considerando que o ponto médio da escala é de 85 pontos, pode considerar-se que os enfermeiros do SU apresentam, em média, níveis medianos de stresse. Das várias componentes da escala, a "carga de trabalho" integrada na componente "ambiente físico" foi um domínio onde foram registados níveis de stresse elevados. Na componente de "ambiente psicológico" a morte do doente e a incerteza quanto aos tratamentos representaram maior stresse para os enfermeiros. No "ambiente social" a relação com os médicos mostrou-se como um fator importante na perceção de stresse pelos enfermeiros. Atendendo aos resultados da relação das variáveis sociodemográficas na perceção do stresse percecionado pelos enfermeiros, avaliado com a ESPE, os enfermeiros do sexo masculino e aqueles que têm a habilitação de mestre apontam para níveis mais elevados de perceção de stresse. Também ao nível do estado civil verifica-se que os enfermeiros casados percecionarem níveis mais elevados de stresse. Pelo contrário, a idade dos enfermeiros, avaliada em classes de 10 anos, não evidenciou ter influência na perceção de stresse. Não se observou uma relação entre as variáveis profissionais e a perceção do stresse pelos enfermeiros, avaliado pela pontuação total da ESPE. Há, porém, diferenças pontuais em fatores da escala que apontam para os enfermeiros que trabalham há pouco tempo no SU e aqueles que aí trabalham entre 11 e 20 anos percecionarem mais stresse associado ao conflito com outros profissionais, assim como uma tendência para os profissionais com contrato a termo certo sentirem percecionarem mais stresse Conclusão: O enfermeiro que trabalha num serviço de urgência está sujeito a inúmeros stressores. Há aspetos técnicos, relacionais e emocionais que potencial o agravamento do stresse nos enfermeiros. Tratando-se de um serviço que lida permanentemente com a vida ou morte do doente, particularmente na área do doente crítico, o stresse do enfermeiro deve ser olhado com atenção, pois as implicações cognitivas do stresse crónico podem fazer o profissional ter uma prestação de menor qualidade. Particularmente na área dedicada a doentes críticos, todas as capacidades cognitivas do enfermeiro são valiosas, pelo que é determinante que se consiga criar um ambiente de reduzido stresse para que os cuidados prestados sejam de elevada qualidade, como se espera e exige que aconteça.


Nurses are a professional group particularly susceptible to experiencing stress due to the nature of their work. The constant exposure to human contact with patients and their families, the management of emergency situations where a small error can compromise the patient's survival or prognosis, interaction with other healthcare professionals, shift work and disruption of circadian rhythms, and the death of patients, among other factors, create a situation in which nurses experience high levels of stress in their daily lives. Objectives: Characterize the sociodemographic and professional profile of nurses in the Emergency Service of a Hospital Center in the north of Portugal; Identify the main factors that induce stress in nurses in the Emergency Department of a Hospital Center in the north of Portugal; Assess the relationship between stress-inducing factors and sociodemographic and professional variables. Methods: A descriptive, cross-sectional correlational study was conducted, evaluating stress levels in a sample of 54 nurses from an emergency department in a hospital in the northern region of Portugal. This was done through the application of the Nurses' Professional Stress Scale and a questionnaire to collect sociodemographic and professional information. Results: The study participants (n=54) were predominantly female (68.5%). The dominant age group (63%) was between 31 and 40 years old. The marital status of the nurses was almost equally divided between those who are single and those who are married or in a domestic partnership. Forty nurses (74.1%) had a bachelor's degree, and the remaining 25.9% had a master's degree. Thirty-three were general nurses (61.1%), while the remaining were specialists (38.9%). The most frequent length of service was 11 to 20 years (46.3%), both overall and in the Emergency Department. Permanent contracts were the most common employment type (74.1%). Only 35.2% of nurses indicated that they held additional positions in another institution. The average observed value for the professionals in the sample was 80.94±11.95. Considering that the midpoint of the scale is 85 points, it can be considered that nurses in the Emergency Department have, on average, moderate to high levels of stress. Among the various components of the scale, "workload" within the "physical environment" domain was an area where high levels of stress were reported. In the "psychological environment" component, the death of patients and uncertainty about treatments were identified as major sources of stress for nurses. In the "social environment," the relationship with doctors was found to be an important factor in nurses' perception of stress. Regarding the relationship between sociodemographic variables and the perceived stress reported by nurses, as evaluated by the Nurses' Professional Stress Scale, male nurses and those with a master's degree reported higher levels of perceived stress. Additionally, married nurses indicated higher levels of stress. On the other hand, the age of nurses, assessed in 10-year intervals, did not show any influence on the perception of stress. There was no significant relationship between professional variables and nurses' perception of stress, as measured by the total score of the Nurses' Professional Stress Scale. However, there were some isolated differences in scale factors indicating that nurses who had recently started working in the Emergency Department and those who had been working there for 11 to 20 years perceived more stress related to conflicts with other professionals. There was also a tendency for professionals with fixed-term contracts to report higher levels of perceived stress. Conclusion: Nurses working in an emergency department are exposed to numerous stressors. Technical, relational, and emotional aspects contribute to the exacerbation of stress in nurses. Considering that this department deals constantly with life or death situations, particularly in critical care, nurses' stress should be closely monitored, as the cognitive implications of chronic stress can impair their performance. In the field dedicated to critical patients, all cognitive abilities of the nurse are valuable, so it is crucial to create a low-stress environment to ensure the provision of high-quality care, as expected and demanded.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Angústia Psicológica , Enfermeiros
11.
Bragança; s.n; 20240000. il., tab..
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1527236

RESUMO

O presente relatório de estágio, foi elaborado no âmbito do Mestrado em Enfermagem Médico-Cirúrgica da Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Bragança, alusivo ao período entre setembro de 2020 e abril de 2021, realizado em três serviços distintos ­ Serviço de Urgência Médico-Cirúrgica, Unidade de Cuidados Intensivos e Bloco Operatório ­ que proporcionou o aprimoramento de competências clínicas e de pesquisa como enfermeiro especialista. A pesquisa pelo progresso no conhecimento demanda uma prática fundamentada nas evidências mais recentes, orientada para resultados sensíveis aos cuidados de enfermagem. O enfermeiro especialista assume um papel central como líder em projetos de formação, consultoria e investigação, conforme o regulamento da Ordem dos Enfermeiros (OE n.º 429/2018 de julho, p.19360). A atuação do Enfermeiro Especialista em Enfermagem Médico-Cirúrgica perante pacientes em estado crítico demanda conhecimentos precisos e competências específicas. O estágio concentrou-se no desenvolvimento de competências comuns e específicas em enfermagem Médico-Cirúrgica na área da pessoa em situação critica, desde a gestão de doenças críticas até a atuação em emergências, conforme os regulamentos nº 140/2019 e nº429/2018 da OE. O estágio realizado na Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano, abrangeu os serviços de Urgência Médico-Cirúrgica, Bloco Operatório e Unidade de Cuidados Intensivos. Os objetivos gerais incluíram consolidar e analisar competências adquiridas, identificar situações e dificuldades na prática clínica, elaborar uma reflexão aprofundada sobre as práticas nos diferentes serviços e contribuir para a aquisição do Grau de Mestre em Enfermagem Médico-Cirúrgica. Durante o estágio foi incentivado a prática baseada na evidencia e, por esse mesmo motivo, foi realizado um artigo científico com o tema - "Intervenções de Enfermagem para Gerir a Dor na Canulação da Fistula Arteriovenosa ­ Scoping Review" - submetido à Revista Referência. O relatório em conjunto com o artigo científico, representa a síntese do percurso educacional e profissional, visando aprimorar competências práticas e contribuir para o avanço do conhecimento.


Assuntos
Fístula Arteriovenosa
12.
Bragança; s.n; 20240000. il., tab..
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1527239

RESUMO

O trauma é lesão no organismo que pode estar associado à morte ou a incapacidades temporárias ou permanentes de extensão variável. O seu prognóstico depende da celeridade de cuidados de saúde adequados. Os sistemas de saúde têm organizados redes estruturadas de emergência para atender a essas situações, sendo em Portugal operacionalizada por diretrizes produzidas pela Direção Geral de Saúde, a Via Verde Trauma (VVT). Objetivos: Descrever os resultados da implementação do protocolo da Via Verde Trauma num Serviço de Urgência Geral de um centro hospitalar da região norte de Portugal, no período de janeiro de 2021 a agosto de 2022 e analisar a mortalidade dos doentes inseridos em Via Verde Trauma. Métodos: Estudo transversal analítico. A população do estudo são todos os doentes inseridos em VVT num SU centro hospitalar da região norte de Portugal, com registos na base de dados de VVT, obtendo-se assim uma amostra de 204 participantes. Foi construída uma grelha para onde foi transposta a informação sobre sexo e idade da vítima, prioridade estabelecida pelo sistema de triagem de Manchester, tempo de permanência na SE, tipo de trauma e segmento afetado, critérios de ativação da VVT e causa subjacente ao trauma, destino do doente após os cuidados na SE, altas e óbitos. O estudo obteve o parecer favorável da comissão de ética. Resultados: A amostra foi constituída maioritariamente por vítimas do sexo masculino (75,0 %), com mais de 60 anos 41,7% e triados cor laranja 93,6%. O nível de consciência foi o critério absoluto que determinou a ativação da VVT (19,1%), mais frequente e a queda de uma altura superior a três metros (19,6%) foi o critério relativo mais frequente. A principal causa de ativação foram os acidentes de viação (55,4%), seguido das quedas (24,5%). O trauma fechado representou a esmagadora maioria (97,2%) dos traumas registados, que afetaram principalmente o segmento cranioencefálico (46,6%), seguido das extremidades e do torácico. Tiveram como destino outra valência do SU (72%). A taxa de mortalidade foi de 1,47% ocorreram na SE eram homens, com mais de 60 anos e triados com cor vermelha, com traumatismo cranioencefálico fechado e com tempo em emergência superior a uma hora. Não se verificou associação da mortalidade com as restantes variáveis. Conclusão: A VVT foi ativada maioritariamente em casos envolvendo o sexo masculino e pessoas mais velhas. O trauma é maioritariamente desencadeado por acidentes de viação e quedas, e resulta em traumas fechados, maioritariamente traumatismo cranioencefálico, das extremidades e torácicos. A mortalidade dos doentes inseridos na VVT foi reduzida, com três óbitos em 204 casos, associado a traumatismo cranioencefálico em vítimas com idade superior a 60 anos, dois do sexo masculino e uma do sexo feminino.


Trauma is injury to the body that can be associated with death or temporary or permanent disabilities of varying extent. Prognosis depends on the time of adequate healthcare. Health systems have organized structured emergency networks to respond to these situations, which in Portugal are operationalized by guidelines produced by the General Directorate of Health, Trauma Green Lane (TGL) [Via Verde Trauma]. Objectives: Objectives: To describe the results of the implementation of the Trauma Green Lane protocol in an Emergency Department of a hospital center in the northern region of Portugal, from January 2021 to August 2022 and analyze the mortality of patients included in Trauma Network protocol. Methods: Cross-sectional and analytical study. The study population was all patients undergoing TGL in a hospital center in the north of Portugal, with records in the TGL database, thus obtaining a sample of 204 participants. The information was transposed to a database on the victim's sex and age, priority established by the Manchester triage system, length of stay in the ED, type of trauma and affected segment, TGL activation criteria and underlying cause of the trauma, destination of the patient after care in the ED, discharges and deaths. The study obtained a favorable opinion from the ethics committee. Results: The sample was predominantly composed of male victims (75.0%), 41.7% were over 60 years old and 93.6% were screened orange. The level of consciousness was the absolute criterion that determined the activation of the TGL (19.1%). The main cause of activation was car accidents (55.4%), followed by falls (24.5%). Blunt trauma represented the majority (97.2%) of recorded traumas, which mainly affected the cranioencephalic segment (46.6%), followed by the extremities and the thoracic segment. Victims were transferred mainly to another part of the ED (72%). The mortality rate was 1.47%, they occurred in the ED and were men, over 60 years old and screened as red, with closed head trauma and time spent in the emergency room for more than one hour. There was no association between mortality and the remaining variables. Conclusion: Trauma Green Lane was predominantly activated in cases involving male individuals and older people. Trauma was mostly triggered by car accidents and falls, and results in blunt trauma, mostly to the head, extremities and chest. The mortality of patients inserted into the Trauma Network was reduced, with three deaths in 204 cases, associated with traumatic brain injury in victims aged over 60, two were male, and one was female.


Assuntos
Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Ferimentos e Lesões , Mortalidade , Enfermagem , Serviço Hospitalar de Emergência
13.
Bragança; s.n; 20240000. tab..
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1527240

RESUMO

As infeções do trato urinário associadas ao cateter vesical são uma realidade constante, associada aos cuidados de saúde, sendo a causa principal da morbilidade, prolongamento do período de internamento e dos custos relacionados. A norma da Direção Geral de Saúde: "Feixe de Intervenções para a Prevenção da Infeção Urinária Associada Ao Cateter Vesical" surge no sentido de uniformizar as intervenções de Enfermagem. Este estudo tem como objetivo analisar o conhecimento dos enfermeiros sobre o Feixe de Intervenções de Prevenção de Infeção Urinária Associada a Cateter Vesical numa unidade local de saúde do norte de Portugal. Metodologia: Estudo transversal analítico, realizado em 103 enfermeiros numa população de 731 de uma Unidade Local de Saúde do Norte de Portugal. Os critérios de inclusão: Enfermeiros que estão diretamente na prestação de cuidados. O instrumento de recolha de dados foi um questionário, via Google Forms, constituído por duas partes: a primeira com questões sobre a caraterização sociodemográfica e profissional e a segunda sobre as intervenções de enfermagem em relação ao Feixe de Intervenções de Prevenção de Infeção Urinária Associada a Cateter Vesical. Para a recolha de dados foi solicitado ao enfermeiro diretor o envio do link do IRD aos enfermeiros gestores e por sua vez estes a cada elemento da sua equipa. O estudo obteve o parecer favorável da Comissão de Ética n.º 5/2023. Resultados: O conhecimento dos enfermeiros no geral revela-se moderado (74,8%). Há maior predomínio no sexo feminino (86,4%), idade entre os 36 e 40 anos, casados (58,3%), licenciatura (74,8%), enfermeiros generalistas (63,1%), contrato individual de trabalho sem termo (62,1%), tempo de serviço médio 41,66 ± 7,61 anos, hospital como local de trabalho (87,4%), horário por turnos (85,4%), formação sobre a prevenção da IUACV (69,9%) e conhecimento da existência de norma sobre a prevenção da IUACV (92,2%). Verificou-se relação, estatisticamente significativa, entre o conhecimento do feixe e a formação. O sexo feminino apresenta mais conhecimento no Elemento "Cumprir técnica assética no procedimento de cateterização vesical e conexão ao sistema de drenagem", e os enfermeiros especialistas mostram mais conhecimento no elemento "Manter o CV seguro com o saco coletor abaixo do nível da bexiga…". Os enfermeiros com formação apresentam um conhecimento global superior e mostram mais conhecimento no Elemento "Cumprir técnica assética no procedimento de CV e conexão ao sistema de drenagem" e "Avaliar diariamente a possibilidade de remover o CV, retirando-o logo que possível…" Conclusão: O conhecimento dos enfermeiros é moderado. A formação associou-se com o conhecimento; o sexo e a categoria profissional associaram-se com alguns elementos do feixe. Sugere-se implementação de "Bundles" para uniformizar intervenções, a promoção de formação continua e académica e a realização de outros estudos.


Urinary tract infections associated with bladder catheters are a constant reality associated with healthcare, and are the main cause of morbidity, prolonged hospitalization and related costs. The General Directorate of Health's standard: "Interventions for the Prevention of Bladder Catheter-Associated Urinary Tract Infection", aims to standardize nursing interventions. The aim of this study was to analyze nurses' knowledge of the Bundle of Interventions for the Prevention of Bladder Catheter-Associated Urinary Tract Infection in a local health unit in northern Portugal. Methodology: Analytical cross-sectional study carried out on 103 nurses in a population of 731 from a Local Health Unit in the north of Portugal. Inclusion criteria: Nurses directly involved in the provision of care. The data collection instrument was a questionnaire, via Google Forms, consisting of two parts: the first with questions on sociodemographic and professional characterization and the second on nursing interventions in relation to the Bundle of Interventions for the Prevention of Bladder Catheter-Associated Urinary Tract Infection. To collect the data, the nurse manager was asked to send the IRD link to the nurse managers, who in turn sent it to each member of their team. The study received a favorable opinion from the Ethics Committee No. 5/2023. Results: Nurses' knowledge overall is shown to be moderate (74.8%). There was a greater predominance of females (86.4%), average age between 36 and 40 years, married (58.3%), university degree (74.8%), generalist nurses (63.1%), individual employment contract without term (62.1%), average length of service 41, 66±7.61 years, hospital as place of work (87.4%), shift work (85.4%), training in the prevention of IUACV (69.9%) and knowledge of the existence of regulations on the prevention of IUACV (92.2%). There was a statistically significant relationship between knowledge of the beam and training. Females showed more knowledge in the element "Comply with aseptic technique in the bladder catheterization procedure and connection to the drainage system", and specialist nurses showed more knowledge in the element "Keep the CV secure with the collection bag below the level of the bladder...". Trained nurses have a higher overall knowledge and show more knowledge in the Element "Comply with aseptic technique in the CV procedure and connection to the drainage system" and "Evaluate daily the possibility of removing the CV, removing it as soon as possible...". Conclusion: Nurses' knowledge is moderate. Training was associated with knowledge, gender and professional category were associated with some elements of the bundle. It is suggested that "Bundles" be implemented to standardize interventions, that continuing and academic training be promoted and that further studies be carried out.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Infecções Urinárias , Cateteres Urinários , Cuidados de Enfermagem
14.
Bragança; s.n; 20240000. tab..
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1527241

RESUMO

Emergências Clínicas em Cuidados Paliativos, são todas as circunstâncias que colocam a pessoa em necessidade de ser paliado, ou seja, conjunto de procedimentos, inserido no contexto e conceito de ato de enfermagem (Regulamento n.º 613/2022, de 8 de julho), e que diz respeito a todas as interações autónomas ou interdependentes, em contexto de Cuidados Paliativos. A análise da tipologia destas ocorrências, é pertinente para a equipa de saúde em geral, e para a enfermagem em particular, no sentido de reconhecer a profundidade de Cuidados Paliativos necessários, duração de internamentos e necessidade de recursos em geral. Objetivos: Analisar a incidência da tipologia de Emergências em Cuidados Paliativos e conhecer as variáveis sociodemográficas, clínicas e de contexto cuidativo, que determinam esses episódios. Metodologia: Estudo retrospetivo, transversal, quantitativo e descritivo, a partir da recolha de dados em processos clínicos, através do "Inventário das variáveis de contexto no ato de paliar, em Emergências em Cuidados Paliativos" (Rodrigues, M. J. B. & Veiga- Branco, M. A. R., 2023), relativos a uma amostra de 360 episódios de internamento na UCP da ULSNE, na janela temporal entre janeiro a dezembro de 2021. A recolha revela episódios relativos a 286 pessoas internadas, maioritariamente do sexo masculino (N=223), e idade média de 75,3 anos, que devido à recorrência de internamentos equivale a 360 episódios. Residem, geralmente, em domicílio próprio, no concelho de Bragança. Os filhos são, normalmente, a pessoa de referência. Resultados: Relativamente à tipologia de Emergências em CP, verificou-se que as mais incidentes são as exéreses hemorrágicas (n=40) e dellirium (n=17), e o menos incidente é o Síndrome da Veia Cava Superior (n=1). Relativamente às variáveis clínicas ­ diagnose e metastização - verificou-se que são prevalentes, a neoplasia maligna do intestino (n=48), a neoplasia maligna do pâncreas, fígado e vias biliares (n=37) e ainda a neoplasia da próstata (n=33), e, a presença de metástases pulmonares (n=48), hepáticas (n=46) e/ou ganglionares (n=32) foram as mais frequentemente verificadas. As variáveis de contexto cuidativo prevalentes foram: (1) internamentos (+/-10 dias) para controlo sintomático da dor (n=53), e internamentos recorrentes. O Palliative Performance Score (PPS%) aquando da admissão foi, em média, de 30%, e, de 25% aquando da alta. No que respeita à alta clínica, foi verificado que 55,4% (n=93) dos internados, foram para o domicílio e 41 utentes, foram para Unidades de Cuidados Continuados (UCC). Durante a colheita de dados, 19,9% dos casos não tinha falecido. Conclusão: Os episódios hemorrágicos foram a tipologia de Emergência Clínica Paliativa mais frequente. E os refentes com metástases pulmonares/mediastínicas, com presença de traqueostomias ou nefrostomias, ou aqueles em situação de últimos dias de vida têm maior probabilidade de desenvolver situações de Emergências Clínicas Paliativas.


Clinical Emergencies in Palliative Care encompass all circumstances that require palliative care for the patient, meaning a set of procedures within the context and concept of nursing care (Regulation No. 613/2022, July 8), related to all autonomous or interdependent interactions in the context of Palliative Care. Analyzing the typology of these occurrences is essential for the healthcare team in general, and particularly for nursing, to recognize the depth of required Palliative Care, the duration of hospitalizations, and the need for resources in general. Objectives: To analyze the incidence of the typology of Emergencies in Palliative Care and understand the sociodemographic, clinical, and care context variables that determine these episodes. Methodology: A retrospective, cross-sectional, quantitative, and descriptive study was conducted by collecting data from clinical records using the "Inventory of context variables in the act of palliating in Palliative Care Emergencies" (Rodrigues, M. J. B. & Veiga-Branco, M. A. R., 2023). The data were related to a sample of 360 hospitalization episodes in the Palliative Care Unit (UCP) of ULSNE, within the time frame from January to December 2021. The data collection included episodes involving 286 hospitalized patients, mostly male (N=223), with an average age of 75.3 years. Due to the recurrence of hospitalizations, this equates to 360 episodes. These patients generally reside in their own homes in the Bragança municipality, with their children typically being the primary caregivers. Results: Regarding the typology of Emergencies in Palliative Care, the most common were hemorrhagic exeresis (n=40) and dellirium (n=17), while Superior Vena Cava Syndrome was the least common (n=1). Concerning clinical variables, malignant intestinal neoplasia (n=48), malignant pancreatic, hepatic, and biliary neoplasms (n=37), and prostate neoplasia (n=33) were prevalent, along with the presence of pulmonary (n=48), hepatic (n=46), and/or nodal (n=32) metastases. Prevalent care context variables included hospitalizations (+/-10 days) for symptomatic pain control (n=53) and recurrent hospitalizations. The Palliative Performance Score (PPS%) at admission averaged 30% and 25% at discharge. Regarding clinical discharge, it was found that 55.4% (n=93) of the patients were discharged to their homes, and 41 patients were transferred to Units of Continuous Care (UCC). During the data collection, 19.9% of cases had not yet deceased. Conclusion: Hemorrhagic episodes were the most common type of Clinical Palliative Emergency. Patients with pulmonary/mediastinal metastases, tracheostomies or nephrostomies, or those in their last days of life have a higher probability of developing Clinical Palliative Emergencies.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Cuidados Paliativos , Emergências , Oncologia
15.
Bragança; s.n; 20240000. il..
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1527244

RESUMO

A sépsis e o choque séptico são problemas de saúde importantes, que afetam milhões de pessoas todos os anos, em todo mundo. Uma entre cada cinco pessoas infetadas morre. A identificação precoce e o tratamento adequado nas primeiras horas, após o desenvolvimento da sépsis, melhoram os resultados, sendo a Via Verde Sépsis uma resposta. Objetivos: Analisar os resultados da implementação do protocolo Via Verde Sépsis no Serviço de Urgência de Uma Unidade Local de Saúde do Norte do País, entre 2018 e 2022. Como objetivos específicos, delinearam-se os seguintes: Traçar um perfil sociodemográfico e clínico dos utentes admitidos em Via Verde Sépsis; Verificar o tratamento dos utentes admitidos em Via Verde Sépsis e os tempos alvo; Averiguar a associação entre a mortalidade e as variáveis sociodemográficas e clínicas; Relacionar a mortalidade e a ordem das médias dos tempos alvo de admissão-triagem, triagem- observação médica, observação médica-lactatos e dias de internamento. Métodos: Estudo observacional de natureza quantitativa, descritivo-correlacional e analítico com enfoque transversal e retrospetivo, com recolha de dados clínicos para analisar os resultados da implementação do protocolo Via Verde Sépsis no Serviço de Urgência de Uma Unidade Local do Norte do País, entre 2018 e 2022. A amostra ficou constituída por 316 utentes. Os dados foram recolhidos a partir de uma grelha elaborada had hoc. O estudo obteve parecer favorável da Comissão de Ética. Resultados: Registou-se um total de 316 utentes, correspondendo a 50,9% de homens e 40,1% de mulheres, com uma média de idade de 58,33±21,13 anos. Os anos com uma percentagem mais expressiva de utentes admitidos em Via Verde Sépsis foram 2019 (41,1%) e 2018 (37,0%). Na maioria, durante o turno de trabalho da tarde (51,3%), triados com prioridade "Amarela" (52,2%). Destacou-se o ponto de partida respiratório (54,1%). Em relação à primeira linha de antibióticos utilizada, prevaleceu o Ceftriaxone (55,1%), como antibióticos de segunda linha, destacou-se a Claritromicina, com 11,1%, sendo 13,0% homens. Prevaleceram os utentes cujo destino foi a alta clínica (39,2%) e o internamento no Serviço de Medicina (38,9%). A ativação da Via Verde Sépsis, ocorreu em quase todos os utentes aquando da triagem (93,7%). Foi reduzida a taxa de utentes que faleceram (2,5%) N=8, entre os quais, 4 (50,0%) eram homens e 4 (50,0%) mulheres, com 5 (62,5%) na faixa etária dos 56-75 anos e 3 (37,5%) com idade superior aos 75 anos, 6 (75%) foram triados com prioridade laranja e 2 (25,0%) com prioridade amarela. Conclusão: A triagem exata, o reconhecimento rápido, a reanimação precoce, a administração precoce de antibióticos e a erradicação da fonte de infeção são os componentes fundamentais para a prestação de cuidados de qualidade em caso de sépsis. Como tal, é fundamental aumentar a ativação do protocolo da Via Verde Sépsis para que ocorra uma redução da mortalidade.


Sepsis and septic shock are important health problems that affect millions of people every year around the world. One in five infected people dies. Early identification and appropriate treatment in the first hours after sepsis develops improves results, with Via Verde Sépsis being an answer. Objectives: To analyze the results of the implementation of the Via Verde Sépsis protocol in the Emergency Department of a Local Health Unit of the North of the Country, between 2018 and 2022. The specific objectives were as follows: To draw up a sociodemographic and clinical profile of patients admitted to Via Verde Sepsis; To verify the treatment of patients admitted to Via Verde Sepsis and the target times; To ascertain the association between mortality and sociodemographic variables; To relate mortality and the order of the mean target times for admission - triage, triage - medical observation, medical observation - lactate clarification and hospitalization days. Methods: This is a quantitative, descriptive-correlational and analytical observational study with a cross-sectional and retrospective approach, collecting clinical data to analyze the results of the implementation of the Via Verde Sepsis protocol in the Emergency Department of a Local Health Unit of the North of the Country, between 2018 and 2022. The sample consisted of 316 patients. The data was collected using a had hoc grid. The study was approved by the Ethics Committee. Results: A total of 316 users were registered, corresponding to 50.9% men and 40.1% women, with an average age of 58.33±21.13 years. The years with the highest percentage of patients admitted to Via Verde Sepsis were 2019 (41.1%) and 2018 (37.0%). The majority were admitted during the afternoon work shift (51.3%) and triaged with "Yellow" priority (52.2%). The respiratory starting point stood out (54.1%). The first line of antibiotics used was Ceftriaxone (55.1%) and the second line of antibiotics was Clarithromycin (11.1%), of which 13.0% were men. The majority of patients were discharged from hospital (39.2%) and admitted to the Medical Service (38.9%). Almost all patients had their Via Verde Sépsis activated during triage (93.7%). There was a low rate of patients who died (2,5%) N=8, of whom 4 (50,0%) were men and 4 (50,0%) women, with 5 (62,5%) in the 56-75 age group and 3 (37,5%) aged over 75, 6 were triaged with orange priority and 2 (25,0%)with yellow priority. Conclusion: Accurate triage, rapid recognition, early resuscitation, early administration of antibiotics and eradication of the source of infection are the key components in providing quality care in the event of sepsis. It is therefore essential to increase the activation of the Via Verde Sépsis protocol in order to reduce mortality.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Sepse , Serviço Hospitalar de Emergência
16.
Bragança; s.n; 20240000. tab..
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1527245

RESUMO

A construção de uma ostomia de eliminação intestinal, confere à pessoa portadora, necessidades acrescidas e processos de transição, sendo obrigada a adaptações e transformações em todos os níveis. Objetivos: Analisar os fatores que influenciam a adaptação da pessoa à ostomia de eliminação numa consulta de Estomaterapia de uma unidade local de saúde do norte de Portugal. Método: Estudo analítico transversal, com 21 doentes portadores de ostomia de eliminação, seguidos em Consulta de Enfermagem de Estomaterapia, durante o mês de julho de 2023. Como instrumento de recolha de dados foi utilizado a Escala de Adaptação à Ostomia de Eliminação, após autorização prévia da sua autora. Este teve o parecer favorável da Comissão de Ética. Resultados: A maioria dos doentes são do sexo masculino (66,7%), com uma média de idades de 69,14 anos, casados ou em união de facto, com o ensino básico, sendo 66,7% reformados e vivem 61,9% com o companheiro. 85,7% possuem colostomia, definitivas 57,1%. O total da escala apresentou o valor médio de 177,49± 19,62 pontos evidenciando boa adaptação à ostomia. As características sociodemográficas e clínicas, não se associaram com as dimensões e com o total da Escala de adaptação à ostomia de eliminação. Conclusão: Registamos uma boa adaptação. Sugerimos a elaboração de um guia de cuidados ao doente ostomizado, de forma a serem apreendidos de forma uniforme, os ensinos ministrados assim como o reforço das práticas de enfermagem.


The construction of an intestinal elimination ostomy gives the carrier increased needs and transition processes, being forced to adaptations and transformations at all levels. Objectives: To analyze the factors that influence the person's adaptation to the elimination ostomy in a Stomatherapy consultation of a local health unit in the north of Portugal. Methodology: This is a cross-sectional analytical study with 21 patients with elimination ostomy, followed in a Stomatherapy Nursing Consultation, during the month of July 2023. The Elimination Ostomy Adaptation Scale was used as a data collection instrument, after prior authorization from the author. This was approved by the Ethics Committee. Results: The majority of patients are male (66.7%), with an average age of 69.14 years, married or in a non-marital relationship, with basic education, 66.7% are retired and 61.9% live with their partner. 85.7% had a colostomy, 57.1% had a permanent colony. The total of the scale presented a mean value of 177.49± 19.62 points, showing good adaptation to the ostomy. Sociodemographic and clinical characteristics were not associated with the dimensions and total of the Elimination Ostomy Adaptation Scale. Conclusive We have adapted well. We suggest the elaboration of a care guide for ostomized patients, in order to be apprehended in a uniform way, the teachings given as well as the reinforcement of nursing practices.


Assuntos
Humanos , Masculino , Idoso , Estomia , Estomaterapia
17.
Bragança; s.n; 20240000. tab..
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1527250

RESUMO

O controlo da dor abarca todas as intervenções destinadas à sua prevenção e tratamento. Sempre que o enfermeiro preveja a ocorrência de dor ou avalie a sua presença, deve intervir na promoção de cuidados que a aliviem ou reduzam para níveis considerados toleráveis pela pessoa, gerindo ações farmacológicas e não-farmacológicas, para garantir o bem-estar físico, psicossocial e espiritual do indivíduo. Objetivo: Identificar as principais intervenções, sentimentos e limitações vivenciadas pelos enfermeiros de urgência de uma ilha de Cabo Verde, no que concerne ao controlo da dor da pessoa em situação crítica. Metodologia: Foi desenvolvido um estudo qualitativo com enfoque fenomenológico, de caráter exploratório e descritivo, numa amostra de 6 enfermeiros de um Banco de Urgência de uma ilha de Cabo Verde. Foram realizadas entrevistas por videochamada, conforme a disponibilidade dos participantes, recorrendo-se a um guião de entrevista semiestruturada, com 8 questões, sendo feita análise de conteúdo. Resultado: Os enfermeiros da amostra relataram um leque de sentimentos, uns negativos e outros positivos, relativamente às necessidades de intervenções para controlo da dor nos doentes críticos. Como negativos obtiveram-se: ansiedade, stress, desanimo, impotência, angustia, esgotamento físico, entre outros. Os sentimentos positivos percecionados foram a empatia, comunicação e humanismo. Verbalizaram utilizar medidas de enfermagem interdependentes e autónomas, para controlo da dor dos doentes críticos no SU. Todos recorrem às medidas farmacológicas, segundo prescrição médica. Foram reconhecidas algumas intervenções não farmacológicas, voltadas para a promoção do conforto, tais como adequação do posicionamento, aplicação de calor e frio e massagens. Das principais limitações apontadas surgiram como subcategorias: Défice ou falta de formação no controlo da dor e Carência de recursos humanos. Conclusão: O estudo revelou uma gama complexa de sentimentos nos enfermeiros de urgência da amostra, destacando alguns desafios emocionais e algumas estratégias farmacológicas e não farmacológicas no controle da dor em pacientes críticos. Os resultados apontam para a necessidade de abordagens abrangentes que promovam tanto o bem-estar emocional dos enfermeiros quanto ao aprimoramento das práticas no controlo da dor em ambientes de urgência. Para tal, urge reverter a escassez de recursos humanos, bem como promover a formação específica destes enfermeiros na gestão da dor.


Pain control encompasses all interventions aimed at its prevention and treatment. Whenever the nurse predicts the occurrence of pain or assesses its presence, he or she must intervene to promote care that alleviates it or reduces it to levels considered tolerable by the person, managing pharmacological and non-pharmacological actions, to ensure physical and psychosocial well-being. and spirituality of the individual. Objective: To identify the main interventions, feelings and limitations experienced by emergency nurses on an island in Cape Verde, with regard to controlling the pain of people in critical situations. Methodology: A qualitative study was developed with a phenomenological focus, of an exploratory and descriptive nature, on a sample of 6 nurses from an Emergency Bank on an island in Cape Verde. Interviews were carried out via video call, depending on the participants' availability, using a semi-structured interview guide, with 8 questions, and content analysis was carried out. Result: The nurses in the sample reported a range of feelings, some negative and others positive, regarding the need for interventions to control pain in critically ill patients. The following were negative: anxiety, stress, discouragement, impotence, anguish, physical exhaustion, among others. The positive feelings perceived were empathy, communication and humanism. They verbalized the use of interdependent and autonomous nursing measures to control the pain of critically ill patients in the ED. Everyone resorts to pharmacological measures, according to medical prescription. Some non- pharmacological interventions were recognized, aimed at promoting comfort, such as adjusting positioning, applying heat and cold and massages. Of the main limitations highlighted, the following subcategories emerged: Deficit or lack of training in pain control and Lack of human resources. Conclusion: The study revealed a complex range of feelings in the emergency nurses in the sample, highlighting some emotional challenges and some pharmacological and non- pharmacological strategies in controlling pain in critically ill patients. The results point to the need for comprehensive approaches that promote both the emotional well-being of nurses and the improvement of pain control practices in emergency environments. To this end, there is an urgent need to reverse the shortage of human resources, as well as promote the specific training of these nurses in pain management.


Assuntos
Humanos , Dor , Serviço Hospitalar de Emergência
18.
Enferm. foco (Brasília) ; 15(1,n.esp): 1-6, jan. 2024.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1531595

RESUMO

Trata de nota técnica sobre Práticas Avançadas de Enfermagem (PAE) no Brasil, elaborada por comissão e submetida à aprovação do plenário do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen). O documento aborda conceitos, ações, implementação e regulação das práticas avançadas de Enfermagem, expandindo os limites do escopo da atuação do enfermeiro e reforçando a sua prática clínica. (AU)


This is a technical note on Advanced Nursing Practices (ANP) in Brazil, prepared by a committee and submitted for approval by the plenary of the Federal Nursing Council (Cofen). The document addresses concepts, actions, implementation and regulation of advanced nursing practices, expanding the limits of the scope of nurses' work and reinforcing their clinical practice. (AU)


Esta es una nota técnica sobre las Prácticas Avanzadas de Enfermería (PAE) en Brasil, elaborada por un comité y sometida a la aprobación del plenario del Consejo Federal de Enfermería (Cofen). El documento aborda los conceptos, acciones, implementación y reglamentación de las prácticas avanzadas de enfermería, ampliando los límites del ámbito de actuación de las enfermeras y reforzando su práctica clínica. (AU)


Assuntos
Enfermagem , Estratégias de Saúde Globais , Regulação e Fiscalização em Saúde , Prática Avançada de Enfermagem , Padrões de Prática em Enfermagem , Estratégias para Cobertura Universal de Saúde
19.
Acta Paul. Enferm. (Online) ; 37: eAPE01361, 2024. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1519823

RESUMO

Resumo Objetivo Validar o conteúdo do roteiro de um recurso audiovisual para pessoas vivendo com HIV. Métodos Estudo metodológico com abordagem quantitativa, norteado pelo referencial teórico metodológico da psicometria. A validação de conteúdo foi realizada por juízes especialistas na área temática usando a técnica Delphi. A amostra foi composta por 22 juízes na primeira análise de validação e sete juízes na segunda análise. Resultados Todos domínios analisados apresentaram coeficiente de validade de conteúdo (CVC) >0,80, com CVC total (CVCt) de 0,96, consistência interna quase perfeita, Alfa de Cronbach de 0,988, ICC de 0,982 [IC95% 0,969-0,991] e p<0,005 significativo na primeira rodada de avaliação dos especialistas. Na segunda análise, os critérios usados para validação de conteúdo apresentaram CVCt de 0,97, com os critérios de objetividade, simplicidade, clareza, relevância, precisão, variedade, credibilidade e equilíbrio, atingindo 100% de aprovação. Conclusão O roteiro foi validado quanto ao conteúdo, mostrando ser um instrumento representativo e pertinente para construção do recurso audiovisual. Ele contribui para o avanço do conhecimento científico pois apresenta resultados com rigor metodológico, com inovações no campo da educação em saúde para pessoas vivendo com HIV.


Resumen Objetivo Validar el contenido del guion de un recurso audiovisual para personas que viven con el VIH Métodos Estudio metodológico con enfoque cuantitativo, norteado por el marco referencial teórico metodológico de la psicometría. La validación de contenido fue realizada por jueces especialistas en el área temática mediante el uso del método Delphi. La muestra estuvo compuesta por 22 jueces en el primer análisis de validación y siete jueces en el segundo análisis. Resultados Todos los dominios analizados presentaron coeficiente de validez de contenido (CVC) >0,80, con un CVC total (CVCt) de 0,96, consistencia interna casi perfecta, Alfa de Cronbach de 0,988, ICC de 0,982 [IC95 % 0,969-0,991] y p<0,005 significativo en la primera ronda de evaluación de los especialistas. En el segundo análisis, los criterios usados para la validación de contenido presentaron un CVCt de 0,97, con los criterios de objetividad, simplicidad, claridad, relevancia, precisión, variedad, credibilidad y equilibrio, con un 100 % de aprobación. Conclusión Se validó el guion en cuanto al contenido, lo que demuestra que es un instrumento representativo y pertinente para la elaboración del recurso audiovisual. Contribuye al avance del conocimiento científico ya que presenta resultados con rigor metodológico, con innovaciones en el campo de la educación para la salud para personas que viven con el VIH.


Abstract Objective The study aimed to validate the script content of an audiovisual resource for people living with HIV. Methods This methodological study had a quantitative approach and was guided by the methodological theoretical framework of psychometrics. Content validation was performed by expert judges in the thematic area using the Delphi technique. The sample consisted of 22 judges in the first validation analysis and seven judges in the second analysis. Results All domains analyzed had a content validity coefficient (CVC) >0.80, with a total CVC (CVCt) of 0.96, almost perfect internal consistency, Cronbach's alpha of 0.988, ICC of 0.982 [95%CI 0.969-0.991], and p<0.005 which was significant in the first round of expert evaluation. In the second analysis, the criteria used for content validation showed a CVCt of 0.97, with the criteria of objectivity, simplicity, clarity, relevance, accuracy, variety, credibility, and balance achieving 100% approval. Conclusion The script was validated in terms of content, showing to be a representative and relevant instrument for building the audiovisual resource. It contributes to the advancement of scientific knowledge as it presents results with methodological accuracy and innovations in the field of health education for people living with HIV.


Assuntos
Humanos , Educação em Saúde , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida , HIV , Tecnologia Educacional/métodos , Recursos Audiovisuais , Materiais de Ensino , Pesquisa Qualitativa
20.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 16: e12261, jan.-dez. 2024. ilus, tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1526925

RESUMO

Objetivo: avaliar o efeito da intervenção educativa no conhecimento da equipe de enfermagem sobre o suporte básico de vida para o atendimento à parada cardiorrespiratória de adultos no ambiente intra-hospitalar. Método: estudo transversal com abordagem quantitativa, realizado com 25 profissionais de enfermagem em dois hospitais de região oeste de Santa Catarina - Brasil. Avaliou-se por meio da aplicação de um pré-teste, intervenção educativa e pós-teste. Resultados: houve aumento significativo no conhecimento dos profissionais. O hospital A obteve a média de acertos de 7,23 no pré-teste, elevando para 11,33 no pós-teste, com valor de p ≤ 0,0001. Já o hospital B pontuou 6,07 no pré-teste, progredindo para 11,15 no pós-teste, valor de p ≤ 0,0006. Conclusão: a intervenção realizada demonstrou ser uma estratégia eficaz, visto que os resultados pré-teste demostravam déficit significativo de conhecimento, e após a intervenção educativa, mostraram melhoria na maioria dos itens avaliados em relação ao atendimento específico.


Objective: to evaluate the effect of an educational intervention on the nursing team's knowledge about basic life support for adult cardiac arrest care in the in-hospital environment. Method: cross-sectional study with a quantitative approach, carried out with 25 nursing professionals in two hospitals in the western region of Santa Catarina - Brazil. A pre-test, educational intervention and post-test were applied. Results: there was a significant increase in the professionals' knowledge. Hospital A had a mean score of 7.23 in the pre-test, increasing to 11.33 in the post-test, with p-value ≤ 0.0001. Hospital B scored 6.07 in the pre-test, increasing to 11.15 in the post-test, p-value ≤ 0.0006. Conclusion: the intervention proved to be an effective strategy, since the pre-test results showed significant knowledge deficit, and after the educational intervention, showed improvement in most of the items evaluated in relation to specific care.


Objetivos:evaluar el efecto de una intervención educativa en el conocimiento del equipo de enfermería sobre el soporte vital básico para la atención del paro cardíaco del adulto en el ambiente intrahospitalario. Método: estudio transversal con abordaje cuantitativo, realizado con 25 profesionales de enfermería en dos hospitales de la región oeste de Santa Catarina - Brasil. Se aplicó un pre-test, una intervención educativa y un post-test. Resultados: hubo un aumento significativo de los conocimientos de los profesionales. El Hospital A obtuvo una puntuación media de 7,23 en el pre-test, aumentando a 11,33 en el post-test, con valor p ≤ 0,0001. El Hospital B obtuvo una puntuación de 6,07 en el pre-test, aumentando a 11,15 en el post-test, con valor p ≤ 0,0006. Conclusión: una intervención realizada demostró ser una estrategia eficaz, visto que os resultados previos demostraron un déficit significativo de conhecimento, y después de una intervención educativa, mostraron una mejoría na maioria dos itens avaliados em relação ao atendimento específico.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Parada Cardíaca/enfermagem , Capacitação em Serviço , Pessoal Técnico de Saúde/educação
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...