Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 652
Filter
1.
ABCS health sci ; 46: e021208, 09 fev. 2021. graf, tab
Article in English | LILACS | ID: biblio-1152222

ABSTRACT

INTRODUCTION: Substance use disorder (SUD) is seen as a serious and growing public safety and health problem worldwide. Long-term sequelae may involve permanent damage to physical fitness, body balance, and coordination skills, with a severe motor, functional, and emotional consequences. OBJECTIVE: To verify the effect of 16 sessions of a multimodal physical exercise program on physical fitness, body balance, and internalized stigma of inpatients for the treatment of Substance use disorder. METHODS: Forty-three males with Substance use disorder (aged 33.9±12.4 years) were divided into an Intervention Group (IG, n=21) and Control Group (CG, n=22). The IG was submitted to eight weeks of training with physical exercises. Participants were submitted to the evaluation of internalized stigma, body balance, agility, and flexibility, before and after the intervention period. RESULTS: Positive results were observed in physical fitness (agility, p=0.001) and body balance variables (center of pressure path with closed eyes, p=0.050, and ellipse area with closed eyes, p=0.031). The time of substance use correlated with lower performance in agility and body balance tests. CONCLUSION: The data seem to support the potential benefit of physical exercise as an adjunct in Substance use disorder rehabilitation process, particularly for physical fitness and body balance variables.


INTRODUÇÃO: A dependência química (DQ) é vista como um problema grave e crescente de saúde e segurança pública ao redor do mundo. As sequelas a longo prazo podem envolver prejuízos à aptidão física, equilíbrio corporal e capacidades coordenativas, com consequências motoras, funcionais e emocionais severas. OBJETIVO: Verificar o efeito de 16 sessões de um programa multimodal de exercícios físicos na aptidão física, equilíbrio corporal e estigma internalizado em pacientes internados para o tratamento de dependência química. MÉTODOS: Foram avaliados 43 homens com dependência química (idade 33,9±12,4 anos), divididos em Grupo Intervenção (GI, n=21) e Grupo Controle (GC, n=22). O GI foi submetido a oito semanas de treinamento com exercícios físicos. Os participantes foram submetidos à avaliação do estigma internalizado, equilíbrio corporal, agilidade e flexibilidade, antes e após o período de intervenção. RESULTADOS: Resultados positivos foram observados na aptidão física (agilidade, p=0,001) e variáveis do equilíbrio corporal (centro de pressão com os olhos fechados, p=0,050, e área da elipse com os olhos fechados, p=0,031). O tempo de uso de substância correlacionou-se com os piores desempenhos nos testes de agilidade e equilíbrio corporal. CONCLUSÃO: Os dados parecem corroborar os potenciais benefícios do exercício físico como um adjuvante no processo de reabilitação da dependência química, particularmente para as variáveis da aptidão física e equilíbrio corporal.


Subject(s)
Humans , Male , Exercise , Physical Fitness , Substance-Related Disorders , Postural Balance , Exercise Therapy , Social Stigma , Mental Health , Men's Health , Inpatients
2.
Invest. educ. enferm ; 39(1): [E12], 15 febrero 2021. table 1, table 2
Article in English | LILACS, BDENF - Nursing, COLNAL | ID: biblio-1151110

ABSTRACT

Objective. To evaluate the effectiveness of short-term in-service education program in improving nurse's knowledge, attitude and self-reported practices related to physical restraint use. Methods. A quasi-experimental one group pre-post study was conducted involving nurses working at a tertiary mental health care setting, Dharwad, India. We provided 3 consecutive days of intensive restraint management education (total 6 hours-two hours per day) with a follow-up assessment after one month. The standard questionnaires on knowledge, attitude and practice regarding physical restraints were used as tools for measuring the impact of in-service education program. The program was conducted for a group of five to six nurses at a time. Teaching was done using lecture method, group discussion and demonstrations. Results. Of the 52 nurses who participated in the study, 52% were male, 58.5% had a baccalaureate degree. The mean age of respondents was 33.3 years, the mean work experience was 6.7 years. The findings of the study revealed that the mean scores on the knowledge regarding physical restraints increased after the in-service education from 6.4 to 8.2 (p<0.001). The mean attitude scores improved from 18.5 to 23.1 (p<0.001). There was a significant difference in mean practice scores between pre and post-intervention phases (23.7 versus 25.4; p<0.001). There was a significant correlation between post-test knowledge, attitude and practice scores. Conclusion. The in-service education program improved nurse's knowledge, attitude and self-reported practice scores. This may lead to more effective restraints management by psychiatric nurses.


Objetivo. Evaluar la efectividad a corto plazo de un programa de educación en servicio para enfermeros, el cual tenía como fin mejorar los conocimientos, las actitudes y las prácticas auto-informadas en relación al uso de medidas de contención física. Métodos. Se realizó un estudio cuasi-experimental con evaluación de pre y post-intervención de un grupo de enfermeros que trabajaban en un entorno de atención terciaria de salud mental en Dharwad (India). Durante tres días consecutivos, se hizo educación sobre el manejo de la contención física (un total de 6 horas, dos horas por día) con una evaluación de seguimiento después de un mes. Los cuestionarios estándar sobre conocimientos, actitudes y prácticas con respecto a la contención física se utilizaron como herramientas para medir el impacto del programa en servicio. Las sesiones se llevaron a cabo en grupos de cinco a seis enfermeras a la vez. La enseñanza se realizó mediante el método de conferencias, debates en grupo y demostraciones. Resultados. De los 52 enfermeros que participaron en el estudio, el 52% eran hombres, el 58.5% tenía un título de bachillerato en enfermería (formación profesional de 4 años). La edad media de los encuestados fue de 33.3 años, con una experiencia laboral media de 6.7 años. Los hallazgos del estudio revelaron que las puntuaciones medias en el conocimiento sobre restricciones físicas aumentaron después de la educación en el servicio de 6.4 a 8.2 (p<0.001). Las puntuaciones medias de actitud mejoraron de 18.5 a 23.1 (p<0.001). También se observó una diferencia significativa en las puntuaciones medias de práctica entre las fases pre y post-intervención (23.7 versus 25.4). Hubo una correlación significativa entre los puntajes de conocimientos, actitudes y prácticas posterior a la prueba. Conclusión. El programa de educación en el servicio mejoró el conocimiento, las actitudes y las prácticas auto-reportadas de los enfermeros, lo que puede conducir a un manejo más efectivo de la contención física por parte de los enfermeros psiquiátricos.


Objetivo. Avaliar a eficácia em curto prazo de um programa de educação em serviço para enfermeiros que buscam aprimorar conhecimentos, atitudes e práticas autorreferidas em relação ao uso de medidas de contenção física. Métodos. Foi realizado um estudo quase experimental com avaliação pré e pós-intervenção de um grupo de enfermeiras trabalhando em um ambiente terciário de saúde mental em Dharwad (Índia). Educação sobre o manejo da contenção física (um total de 6 horas, duas horas por dia) foi dada por três dias consecutivos com uma avaliação de acompanhamento após um mês. Questionários padronizados sobre conhecimentos, atitudes e práticas em relação à contenção física foram usados como ferramentas para medir o impacto do programa em serviço. As sessões foram realizadas em grupos de cinco a seis enfermeiras de cada vez. O ensino era feito por meio de palestras, discussões em grupo e demonstrações. Resultados. Dos 52 enfermeiros que participaram do estudo, 52% eram homens, 58.5% tinham o título de bacharel em enfermagem (4 anos de formação profissional). A idade média dos entrevistados era de 33.3 anos, a experiência de trabalho média era de 6.7 anos. Se realizou o teste t pareado para encontrar a diferença média entre a educação pré e pós-formação em serviço. Os resultados do estudo revelaram que as pontuações médias no conhecimento sobre restrições físicas aumentaram após a educação em serviço de 6,4 para 8,2 (p<0.001). As pontuações médias de atitude melhoraram de 18.5 para 23.1 (p<0.001). Uma diferença significativa também foi observada nas pontuações médias de prática entre as fases pré e pós-intervenção (23.7 versus 25.4). Houve uma correlação significativa entre as pontuações de conhecimento, atitude e prática pós-teste. Conclusão. O programa de educação em serviço melhorou os conhecimentos, atitudes e práticas autorreferidas dos enfermeiros, o que pode levar a um gerenciamento mais eficaz das restrições físicas pelos enfermeiros psiquiátricos


Subject(s)
Humans , Psychiatric Nursing , Restraint, Physical , Health Knowledge, Attitudes, Practice
3.
Rev. enferm. UFSM ; 11: e41, 2021. tab
Article in English, Portuguese | LILACS, BDENF - Nursing | ID: biblio-1223674

ABSTRACT

Objetivo: analisar o perfil dos tabagistas em tratamento e os fatores associados ao abandono do tratamento e cessação do tabagismo em um programa municipal. Método: estudo transversal realizado em Araranguá, Santa Catarina com 109 pessoas do Programa Controle do Tabagismo, entre março e dezembro de 2018. Foram coletadas informações sociodemográficas e de saúde, incluindo sintomas depressivos, impulsividade e capacidade de enfrentamento. Realizou-se análises descritivas e inferenciais. Resultados: 40,4% dos participantes abandonaram o tratamento, grupo que obteve maior média para impulsividade. Os principais motivos relatados para o abandono do tratamento foram: "estar bem sem fumar", situações relacionadas ao trabalho e sintomas de abstinência. Observou-se que 7,64% cessaram o tabagismo e 93,8% apresentavam dependência leve à nicotina. Conclusão: apesar do abandono ser alto, alguns permaneceram em cessação. Os com 49 anos ou menos tiveram abandono significativamente maior e a dependência à nicotina apresenta-se como dificultador significativo da cessação.


Objective: to analyze the profile of smokers undergoing treatment and the factors associated with smoking cessation and smoking cessation in a municipal programo of treatment. Method: cross-sectional study carried out in Araranguá, state of Santa Catarina, with 109 people from the Tobacco Control Program, between March and December of the year 2018. Sociodemographic and health information, including depressive symptoms, impulsivity and coping skills, were collected. Descriptive and inferential analyzes were carried out. Results: 40.4% of the participants abandoned the treatment, group that obtained the highest mean for impulsivity. The main reasons reported for abandoning treatment were: "being well without smoking", work-related situations and withdrawal symptoms. It was observed that 7.64% quit smoking and 93.8% had mild dependence on nicotine. Conclusion: although abandonment is high, some remained in cessation. Those aged 49 years or less were significantly more abandoned and nicotine addiction is a significant impediment to cessation.


Objetivo: analizar el perfil de los tabaquistas en tratamiento y los factores asociados al abandono del tratamiento y cesación del tabaquismo en un programa municipal. Método: estudio transversal realizado en Araranguá, Santa Catarina con 109 personas Programa Controle del Tabaquismo, entre marzo y diciembre de 2018. Fueron colectadas informaciones sociodemográficas y de salud, incluindo síntomas depresivos, impulsividad y capacidad de enfrentamiento. Se realizó análisis descriptivas e inferenciales. Resultados: 40,4% de los participantes abandonaron el tratamiento, grupo que obtuvo mayor media para impulsividad. Los principales motivos relatados para el abandono del tratamiento fueron: "estar bien sin fumar", situaciones relacionadas al trabajo y síntomas de abstinencia. Se observo que 7,64% cesaran el tabaquismo y 93,8% presentaban dependencia leve a la nicotina. Conclusión: a pesar del abandono ser alto, algunos siguieron con la cesación. Los con 49 años o menos tuvieron abandono significativamente mayor y la dependencia a la nicotina se presentaba como dificultador significativo de la cesación.


Subject(s)
Humans , Rehabilitation , Tobacco Use Disorder , Mental Health , Public Health , Tobacco Use Cessation
4.
Rev. eletrônica enferm ; 23: 1-7, 2021.
Article in English, Portuguese | LILACS, BDENF - Nursing | ID: biblio-1151452

ABSTRACT

Objetivou-se verificar a relação entre ansiedade, autocompaixão e ações de promoção à saúde mental de idosos residentes em Instituições de Longa Permanência. Estudo exploratório, transversal e quantitativo, realizado com 88 idosos residentes em seis instituições de cinco cidades do interior do Estado de São Paulo, entre 2016 e 2017, utilizando um questionário de caracterização dos participantes, o Mini exame do Estado Mental, o Inventário de Ansiedade de Beck e a Escala de Autocompaixão. Foram realizadas análises descritivas, correlacionais e de regressão linear múltipla pelos mínimos quadrados ordinários. Todos os cuidados éticos foram respeitados. Para cada um ponto de aumento nos escores de autocompaixão houve redução de 1,11% nos escores de ansiedade (p=0,005). Ações de promoção à saúde mental reduziram em 0,54% (p=0,043) os escores de ansiedade. Concluiu-se que a autocompaixão e as ações de promoção à saúde mental reduziram a ansiedade em idosos institucionalizados.


The objective of this study has been to verify the relationship between anxiety, self-compassion, and actions to promote mental health of older adults living in long-term facilities. This is an exploratory, cross-sectional, and quantitative study, carried out with 88 older adults living in six institutions in five cities in the state of São Paulo, Brazil, between 2016 and 2017, using a questionnaire to characterize the participants, the Mini-Mental State Examination, the Beck Anxiety Inventory, and the Self-Compassion Scale. Descriptive, correlational, and multiple linear regression analyses were performed using ordinary least squares. All ethical precautions were followed. For each point of increase in self-compassion scores, there was a 1.11% decrease in anxiety scores (p = 0.005). Actions to promote mental health reduced anxiety scores by 0.54% (p = 0.043). Thus, this study concludes that self-compassion and mental health promotion actions reduced anxiety in institutionalized older adults.


Subject(s)
Aged , Aged, 80 and over , Mental Health/statistics & numerical data , Homes for the Aged , Health Promotion
5.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 13: 41-49, jan.-dez. 2021. graf, tab
Article in English, Portuguese | LILACS, BDENF - Nursing | ID: biblio-1146053

ABSTRACT

Objetivo: Caracterizar o perfil dos adolescentes usuários de crack em tratamento no CAPS ADIII de Pelotas/ Rio Grande do Sul. Método: estudo descritivo de abordagem quantitativa realizado com 14 adolescentes usuários de crack em tratamento no CAPS ADIII. A coleta de dados ocorreu por meio de entrevistas utilizando o instrumento Teen Addiction Severity Index. Na análise dos dados empregou-se a estatística descritiva através de frequência simples. Resultados: a maioria é do sexo masculino, entre 13 e 17 anos, solteiros, negros. O início do uso de drogas variou de oito e 17 anos. Apresentam ensino fundamental incompleto e abandono escolar. Identificou-se o uso de cocaína/crack e a relação com atividades ilegais. Constatou-se a existência de conflitos familiares. O uso de substancias também é identificado entre os amigos próximos. Conclusão: os resultados apontam para a necessidade de investimentos em ações de promoção à saúde e prevenção ao uso de substâncias


Objective: To characterize the profile of adolescent user of crack in treatment in the CAPS ADIII in Pelotas/Rio Grande do Sul. Method: a descriptive study with a quantitative approach performed with 14 teenage users of crack treatment in the CAPS ADIII. The data collection occurred through interviews using the Teen Addiction Severity Index. In the data analysis was employed descriptive statistics through simple frequency. Results: the majority are male, between 13 and 17 years old, single, black. The onset of drug use ranged from eight to 17 years. They present incomplete elementary education and drop out of school. It was identified the use of cocaine/crack and the relation with illegal activities. The existence of family conflicts was verified. Substance use is also identified among close friends. Conclusion: the results point to the need for investments in actions to promote health and prevent substance use


Objetivo: Caracterizar el perfil del adolescente usuario de crack en tratamiento en el CAPS ADIII de Pelotas/Rio Grande do Sul. Método: estudio descriptivo de abordaje cuantitativo realizado con 14 adolescentes usuarios de crack en tratamiento en el CAPS ADIII. La recolección de datos ocurrió a través de entrevistas utilizando el instrumento Teen Addiction Severity Index. En el análisis de los datos se empleó la estadística descriptiva a través de frecuencia simple. Resultados: la mayoría es del sexo masculino, entre 13 y 17 años, solteros, negros. El inicio del uso de drogas varía de ocho a 17 años. Se presenta una enseñanza fundamental incompleta y abandono escolar. Se identificó el uso de cocaína/crack y la relación con actividades ilegales. Se constató la existencia de conflictos familiares. El uso de sustancias también se identifica entre los amigos cercanos. Conclusión: los resultados apuntan a la necesidad de inversiones en acciones de promoción a la salud y prevención del uso de sustancias


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adolescent , Crack Cocaine , African Continental Ancestry Group , Health Promotion , Mental Health Services , Student Dropouts , Cocaine , Adolescent Health , Disease Prevention , Family Conflict , Drug Users
6.
Rev. eletrônica enferm ; 23: 1-10, 2021. tab
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1146863

ABSTRACT

Objetivou descrever o perfil de problemas associados ao uso de substâncias entre adolescentes, estudantes de ensino fundamental de uma escola situada em território de intensa circulação de drogas, e verificar as relações com uso e características sociodemográficas. Estudo transversal e correlacional preditivo, com 109 estudantes do nono ano, que responderam ao questionário contendo informações sociodemográficas e o Drug Use Screening Inventory (DUSI). Os dados foram analisados por estatísticas descritivas, testes de associação e cálculo de densidades de problemas investigadas pelo DUSI. Houve maior densidade de problemas para todas as áreas de vida investigadas dentre os escolares que já haviam feito uso de substâncias psicoativas. "Praticar a religião" foi identificado como fator de proteção para o uso de substâncias psicoativas e "trabalhar" como fator de risco para o uso de álcool. Evidenciou-se a necessidade de estratégias preventivas direcionadas ao uso de substâncias e orientadas a esse público.


It aimed to describe the profile of problems associated with substance use among adolescents, elementary school students from a school located in a territory with a high circulation of drugs, and to verify the relationships between use and sociodemographic characteristics. Cross-sectional and predictive correlational study, with 109 ninth-year students, who answered the questionnaire containing sociodemographic information and the Drug Use Screening Inventory (DUSI). The data were analyzed by descriptive statistics, association tests, and calculation of problem densities investigated by the DUSI. There was a greater density of problems for all areas of life investigated among students who had already used psychoactive substances. "Practice religion" was identified as a protective factor for the use of psychoactive substances and "work" as a risk factor for the use of alcohol. The need for preventive strategies directed to the use of substances and directed to this public was evidenced.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adolescent , Students , Illicit Drugs , Substance-Related Disorders/epidemiology , Underage Drinking , Religion , Socioeconomic Factors , Work , Logistic Models , Cross-Sectional Studies , Risk Factors , Substance-Related Disorders/prevention & control
7.
Texto & contexto enferm ; 29: e20190232, Jan.-Dec. 2020.
Article in English | LILACS, BDENF - Nursing | ID: biblio-1150236

ABSTRACT

ABSTRACT Objective: to evaluate harm reduction strategies in the Psychosocial Care Network of a small city in the southern region of Brazil. Method: qualitative study, using the methodological assumptions of the Empowerment Evaluation. The research was carried out in the Psychosocial Care Network of a small city in Rio Grande do Sul, Brazil, from March to December 2017. Forty-two managers and workers of the psychosocial care network services and the intersectoral network for drug users participated in the study. Thematic analysis was used for data analysis. Results: the mission of the network under study involved a work proposal aimed at harm reduction. In the knowledge of the current situation, the integrated action of the harm reduction team to the other services in the network was identified and the need for greater understanding of the specifics of this work. Concerning the perspectives for the future of the network, efforts were made to strengthen harm reduction strategies that redeem the potential of individuals and investments in human and structural resources in damage reduction teams. Conclusion: the study presents support for the construction of harm reduction proposals integrated into the psychosocial care network, which can guide the prioritization of investments and improvements in the decision making of network managers and workers.


RESUMEN Objetivo: evaluar estrategias de reducción de daños en la Red de Atención Psicosocial de una ciudad del interior de la región sur de Brasil. Método: estudio cualitativo, utilizando los supuestos metodológicos de la Evaluación de Empoderamiento. La investigación se llevó a cabo en la Red de Atención Psicosocial de una pequeña ciudad de Rio Grande do Sul, Brasil, de marzo a diciembre de 2017. Participaron del estudio 42 gerentes y trabajadores incluidos en los servicios de la red de atención psicosocial y la red intersectorial para los consumidores de drogas. El análisis temático se utilizó para el análisis de datos. Resultados: la misión de la red en estudio involucró una propuesta de trabajo con perspectivas a la reducción de daños. En el Conocimiento de la situación actual, se identificó la acción integrada del equipo de reducción de daños con los demás servicios de la red y la necesidad de un mayor entendimiento de las especificidades de este trabajo. En las perspectivas de futuro de la red, se hicieron esfuerzos para fortalecer las estrategias de reducción de daños que rescatan el potencial de las personas y las inversiones en recursos humanos y estructurales en los equipos de reducción de daños. Conclusión: el estudio presenta subsidios para la construcción de propuestas de reducción de daños integradas a la red de atención psicosocial, que pueden orientar la priorización de inversiones y mejoras en la toma de decisiones de los gestores y trabajadores de la red.


RESUMO Objetivo: avaliar as estratégias de Redução de danos na Rede de Atenção Psicossocial de um município do interior da região Sul do Brasil. Método: estudo qualitativo, com a utilização dos pressupostos metodológicos da Avaliação de Empoderamento. A pesquisa foi realizada na Rede de Atenção Psicossocial de um município de pequeno porte do Rio Grande do Sul, Brasil, no período de março a dezembro de 2017. Participaram do estudo 42 gestores e trabalhadores inseridos nos serviços da rede de atenção psicossocial e da rede intersetorial ao usuário de drogas. Para análise dos dados utilizou-se a análise temática. Resultados: a missão da rede em estudo envolveu uma proposta de trabalho na perspectiva da redução de danos. No Conhecimento da situação atual identificou-se a atuação integrada da equipe da redução de danos aos demais serviços da rede e a necessidade de maior compreensão sobre as especificidades desse trabalho. Nas perspectivas para o futuro da rede buscou-se fortalecer estratégias de redução de danos que resgatem as potencialidades dos sujeitos e os investimentos em recursos humanos e estruturais nas equipes de Redução de danos. Conclusão: o estudo apresenta subsídios para a construção de propostas de redução de danos integradas à rede de atenção psicossocial, podendo orientar a priorização de investimentos e melhorias na tomada de decisão dos gestores e trabalhadores das redes.


Subject(s)
Humans , Adult , Health Evaluation , Mental Health , Comprehensive Health Care , Harm Reduction , Drug Users
8.
Rev. cuba. salud pública ; 46(4): e2174, oct.-dic. 2020. tab
Article in Spanish | LILACS, CUMED | ID: biblio-1156624

ABSTRACT

Introducción: La hipertensión arterial del adulto tiene sus orígenes en la infancia. Los adolescentes copian los mismos estilos de vida del adulto que son desencadenantes potenciales de enfermedades cardiovasculares. Objetivo: Caracterizar los factores asociados a la hipertensión arterial en los adolescentes de San Juan y Martínez en el 2018. Métodos: Se realizó una investigación descriptiva, transversal. El universo estuvo constituido por 522 adolescentes de San Juan y Martínez y la muestra estuvo integrada por 203 adolescentes tomados al azar en los diferentes centros de estudio del Consejo Popular Pueblo. Resultados: El sexo femenino fue el más representativo, predominó el color de la piel negra, los antecedentes patológicos familiares más representativos fueron la hipertensión arterial y la diabetes mellitus, un elevado porcentaje de los adolescentes fuman e ingieren bebidas alcohólicas. Existe un predominio de los hábitos dietéticos malos y regulares, así como una tendencia sedentaria; gran número de ellos presentan obesidad o sobrepeso. Conclusiones: En los adolescentes de San Juan y Martínez se observa un aumento de los factores que predisponen a padecer una hipertensión arterial, lo que posibilita su desarrollo en edades tempranas de la vida. De ahí que los médicos generales integrales deban trabajar en su prevención para evitar el avance de esta enfermedad en este grupo etario(AU)


Introduction: Adult´s high blood pressure has its onset in the childhood. Adolescents copy the same lifestyles that adults have which are potential triggers for cardiovascular diseases. Objective: Characterize the factors associated with high blood pressure in the adolescents of San Juan y Martinez municipality in 2018. Methods: A descriptive, cross-sectional research was conducted. The group sample was formed by 522 teenagers from San Juan y Martínez municipality and the sample by 203 adolescents selected randomly in the different study centers of Pueblo district. Results: The female sex was the most representative; there was predominance of the black skin; the most representative family pathological history were high blood pressure and diabetes mellitus; a high percent of adolescents smoke and consume alcoholic beverages. There is a predominance of bad and regular dietary habits, as well as a sedentary trend; a large number of adolescents are obese or overweight. Conclusions: In the adolescents of San Juan y Martínez there is an increase in the factors that predispose to high blood pressure, which makes it possible to develop at an early stage of life. Hence, comprehensive general doctors must work on its prevention to stop the progression of this disease in this age group(AU)


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adolescent , Alcoholism/prevention & control , Smoking Prevention , Hypertension/epidemiology , Obesity/epidemiology , Epidemiology, Descriptive , Cross-Sectional Studies , Risk Factors , Feeding Behavior
9.
Washington; Organización Panamericana de la Salud; dic. 09, 2020. 18 p. tab..
Non-conventional in English, Spanish | LILACS | ID: biblio-1150960

ABSTRACT

Los eventos que causan un grado de estrés importante, como la pandemia de COVID-19, constituyen un factor de riesgo para la aparición, agudización o recaída de toda una gama de trastornos mentales, neurológicos y por consumo de sustancias psicoactivas, en especial en los grupos de población más vulnerables. En los estudios de ámbito nacional en la Región de las Américas se describe un aumento del desasosiego, la depresión, la ansiedad y el insomnio, entre otros, como resultado de la pandemia de COVID-19. Además, los casos de COVID-19 dan lugar a varias complicaciones neurológicas y mentales.Los eventos que causan un grado de estrés importante, como la pandemia de COVID-19, constituyen un factor de riesgo para la aparición, agudización o recaída de toda una gama de trastornos mentales, neurológicos y por consumo de sustancias psicoactivas, en especial en los grupos de población más vulnerables. En los estudios de ámbito nacional en la Región de las Américas se describe un aumento del desasosiego, la depresión, la ansiedad y el insomnio, entre otros, como resultado de la pandemia de COVID-19. Además, los casos de COVID-19 dan lugar a varias complicaciones neurológicas y mentales. Para comprender la repercusión de la pandemia en los servicios para los trastornos mentales, neurológicos y por consumo de sustancias psicoactivas, la OMS elaboró una encuesta, que fue realizada por la OMS y la OPS y se envió a los puntos focales de salud mental designados para ello en los ministerios de salud de todos los Estados Miembros de la OMS. Este informe utiliza los datos presentados por los Estados Miembros de la OPS en respuesta a la encuesta para presentar un panorama general de la repercusión de la COVID-19 en tales servicios en la Región de las Américas. Esta información será útil para fundamentar la planificación y las respuestas destinadas a atenuar los efectos de la pandemia por los países de la Región.


Major stressors such as the COVID-19 pandemic represent risk factors for the development, exacerbation and relapse of a range of mental, neurological and substance use (MNS) disorders, particularly in the most vulnerable groups. National studies from the Region of the Americas, demonstrate increases in distress, depression, anxiety, and insomnia, among other conditions, as a result of the COVID-19 pandemic. Furthermore, COVID-19 itself is associated with neurological and mental complications. This report is based on the results of a survey, developed by the World Health Organization (WHO) and implemented by the WHO and the Pan American Health Organization (PAHO), which was sent to designated mental health focal points in ministries of health of all WHO Member States. It uses data submitted by PAHO Member States in response to the survey to provide an overview of the impact of COVID-19 on MNS services in the Region of the Americas. This information will help to inform planning and response to mitigate the effects by countries in the Region.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/psychology , Social Isolation/psychology , Mental Health , Immunization Programs/organization & administration , Coronavirus Infections/psychology , Substance-Related Disorders/complications , Pandemics/prevention & control , Mental Disorders/epidemiology , Americas/epidemiology
10.
Texto & contexto enferm ; 29: e20190094, Jan.-Dec. 2020. tab, graf
Article in English | LILACS, BDENF - Nursing | ID: biblio-1145146

ABSTRACT

ABSTRACT Objective: to identify factors related to harmful alcohol consumption, considering both sociodemographic characteristics and mood states. Method: a quantitative cross-sectional study, carried out with 395 non-teaching workers on a campus of a public university in the interior of the state of São Paulo, from July 2017 to June 2018. Information on the sociodemographic profile, mood state and alcohol use pattern were used. Pearson's Chi Square, Fischer Exact and Logistic Regression Tests were performed for data analysis, using the SPSS statistical program. Results: it was identified that 66% of workers had consumed alcoholic beverages in the last 12 months. Of these, 19% were classified in the range of harmful alcohol consumption. It is noteworthy that 35.2% (n=139) of workers mentioned the use in binge and 26.5% (n=105) consume alcohol two to four times a month. These variables were statistically associated with gender, religion and educational level. In addition, a negative correlation was identified between the AUDIT score and the "fatigue" factor of the mood scale. In the end, it was observed that male individuals and those with less education were more likely to consume alcohol in the harmful pattern. Conclusion: it is suggested the development of health promotion and disease prevention initiatives through health education actions and other psychosocial strategies for welcoming these workers.


RESUMEN Objetivo: identificar factores relacionados con el consumo nocivo de alcohol, considerando tanto características sociodemográficas como estados de ánimo. Método: estudio cuantitativo transversal, realizado con 395 trabajadores no docentes en un campus de una universidad pública del interior del estado de São Paulo, de julio de 2017 a junio de 2018. Se utilizó información sobre el perfil sociodemográfico, el estado de ánimo y el patrón de consumo de alcohol. Se realizaron Pruebas de Chi-cuadrado de Pearson, Regresión Logística y Exacta de Fischer para el análisis de datos, utilizando el programa estadístico SPSS. Resultados: se identificó que el 66% de los trabajadores había consumido bebidas alcohólicas en los últimos 12 meses. De estos, el 19% se clasificó en el rango de consumo nocivo de alcohol. Es de destacar que el 35,2% (n=139) de los trabajadores mencionó el uso binge y el 26,5% (n=105) consumen alcohol de dos a cuatro veces al mes. Además, se identificó una correlación negativa entre la puntuación AUDIT y el factor de "fatiga" de la escala del estado de ánimo. Al final, se observó que los hombres y los que tenían menos educación tenían más probabilidades de consumir alcohol en el patrón nocivo. Conclusión: se sugiere el desarrollo de iniciativas de promoción de la salud y prevención de agravios a través de acciones de educación en salud y otras estrategias psicosociales para la acogida de estos trabajadores.


RESUMO Objetivo: identificar os fatores relacionados ao consumo nocivo de álcool, considerando tanto as características sociodemográficas quanto os estados de humor. Método: estudo quantitativo transversal, realizado com 395 trabalhadores não docentes em um campus de uma universidade pública do interior do estado de São Paulo, no período de julho de 2017 a junho de 2018. Foram utilizadas informações sobre o perfil sociodemográfico, o estado de humor e o padrão de uso de álcool. Foram empreendidos os Testes de Qui Quadrado de Pearson, Exato de Fischer e Regressão Logística para análise dos dados, utilizando o programa estatístico SPSS. Resultados: identificou-se que 66% dos trabalhadores consumiram bebidas alcoólicas nos últimos 12 meses. Desses, 19% foram classificados na faixa de consumo nocivo de álcool. Destaca-se que 35,2% (n=139) dos trabalhadores mencionaram o uso em binge e 26,5% (n=105) consomem álcool de duas a quatro vezes ao mês. Essas variáveis foram associadas estatisticamente com o sexo, religião e nível de escolaridade. Além disso, identificou-se correlação negativa entre o escore AUDIT e o fator "fadiga" da escala de humor. Ao final, observou-se que os indivíduos do sexo masculino e aqueles com menor escolaridade tinham mais chances de consumir álcool no padrão nocivo. Conclusão: sugere-se o desenvolvimento de iniciativas de promoção de saúde e prevenção de agravos por meio de ações de educação em saúde e outras estratégias psicossociais para o acolhimento destes trabalhadores.


Subject(s)
Humans , Social Class , Alcohol Drinking , Wit and Humor , Health Promotion , Occupational Groups
11.
Rev. NUFEN ; 12(3): 1-18, set.-dez. 2020.
Article in Portuguese | LILACS-Express | Index Psychology - Scientific journals, LILACS | ID: biblio-1136663

ABSTRACT

O Grupo Comunitário de Saúde Mental (GCSM), desenvolvido desde 1997, propõe um cuidado à pessoa por via do compartilhamento de experiências cotidianas, trata-se de um programa inovador no campo da saúde mental e das práticas grupais. Este estudo qualitativo, de abordagem fenomenológica clássica, tem como objetivo compreender as intervenções do coordenador nesta modalidade, a partir de concepções da fenomenologia. Foram analisadas seis sessões grupais deste programa, de forma a individuar características essenciais da coordenação, que foram, posteriormente, compreendidas em interlocução com a perspectiva fenomenológica. No GCSM, o coordenador encaminha o trabalho grupal para o terreno da experiência vivida, além de acolher os relatos e favorecer um percurso partilhado de significação destes, sustentado pela vivência empática. Foi possível identificar aproximações entre o modo de fazer do coordenador e alguns gestos teórico-metodológicos da fenomenologia, como as reduções fenomenológicas, contribuindo com a fundamentação teórico-filosófica da coordenação deste e de outros grupos no campo.


The Community Mental Health Group (CMHG), developed since 1997, proposes an attention to the human person through the sharing of daily experiences, being an innovative program within the mental health and group practices field. This qualitative study, based on the classical phenomenological approach, aims to comprehend the coordinator's interventions in this group, considering concepts from the phenomenological perspective. Six group sessions were analysed, aiming to identify this group handling essential characteristics, which were further understood in dialogue with the phenomenological perspective. Within the CMHG, the coordinator undertakes the group work to the lived experience ground, besides receiving the reports of the daily experiences and contributing to its elaboration, sustained by the empathic lived experience. It was possible to identify the approximations between the coordination practice within this group and some phenomenological theoretic-methodological gestures, as the phenomenological reductions, contributing to the theoretic-philosophical foundation of this and other group's handling.


El Grupo Comunitario de Salud Mental (GCSM), desarrollado desde 1997,y que propone un cuidado con la persona a través del intercambio de experiencias diarias, es un programa innovador en el campo de la salud mental y las prácticas grupales. Este estudio cualitativo, con un enfoque fenomenológico clásico, tiene como objetivo comprender las intervenciones del coordinador en esta modalidad, basadas en concepciones de la fenomenología. Se analizaron seis sesiones grupales de este programa, para identificar las características esenciales de la coordinación, que luego se entendieron en diálogo con la perspectiva fenomenológica. En el GCSM, el coordinador dirige el trabajo grupal al campo de la experiencia vivida, además de recibir los relatos y favorecer un camino compartido de elaboración, apoyado por la experiencia empática. Fue posible identificar aproximaciones entre la forma de manejar del coordinador y algunos gestos teórico-metodológicos de la fenomenología, como las reducciones fenomenológicas, contribuyendo a la base teórico-filosófica de la coordinación de este y otros grupos en el campo.

13.
Rev. bras. ativ. fís. saúde ; 25: 1-8, set. 2020. fig, tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1140110

ABSTRACT

O objetivo foi monitorar indicadores de saúde mental e a prática de exercícios de respiração e alongamento no contexto doméstico durante dois meses da pandemia COVID-19 entre mulheres participantes de dois grupos de atividade física de Unidades Básicas de Saúde. A amostra foi composta por 17 mulheres, que participaram de quatro contatos telefônicos. As variáveis foram a autopercepção de saúde, da ansiedade, da qualidade do sono e da concentração, além de dificuldades econômicas (falta do básico em casa no período) e a prática de exercícios de respiração e alongamento no domicílio, bem como as dificuldades para a realização destas. O teste de Friedman foi utilizado para verificar diferenças nas variáveis nos quatro momentos. Diferenças significativas na autopercepção da qualidade do sono (com piores resultados em T4) e na prática de exercícios (piores resultados em T1) foram observadas. Em três dos quatro momentos do monitoramento, pelo menos uma mulher referiu que havia faltado o básico para a sobrevivência. Onze mulheres citaram barreira(s) em pelo menos um dos momentos do estudo para a realização dos exercícios, sendo a mais citada: não saber realizar o exercício ou se sentir insegura realizando sozinha. Conclui-se que, considerando a necessidade de adequação dos serviços de saúde em função da pandemia, ações de monitoramento, combinadas com estratégias de escuta e aconselhamento, podem ser uma boa alternativa para o acompanhamento da saúde dos participantes dos grupos de atividade física


The objective was to monitor mental health indicators and the practice of breathing and stretching exercises in the domestic context during two months of the COVID-19 pandemic among women who were enrolled in two physical activity groups in Primary Health Care. The sample included 17 women, who participated in all telephone contacts at four moments. The variables were self-perceived health, anxiety, quality of sleep and concentration, in addition to economic difficulties (lack of basics at home in the period), breathing and stretching exercises at home, and possible barriers to performing these exercises. The Friedman test was used to verify differences in the variables at the four moments. Significant differences in self-perception of sleep quality (with worst results in T4) and in the practice of exercises (worst results in T1) were observed. In three of the four moments of monitoring, at least one woman reported that she lacked the basics for survival. Eleven women mentioned barriers in at least one of the moments of the study to perform the exercises, being not knowing how to perform the exercise or feeling insecure performing the most mentioned barrier. Considering the need to adapt health services to the pandemic, monitoring actions, combined with listening and counseling strategies, can be a good alternative for monitoring the health of participants in physical activity groups


Subject(s)
Exercise , Mental Health , Longitudinal Studies , Coronavirus Infections , Counseling
14.
Rev. bras. ativ. fís. saúde ; 25: 1-9, set. 2020. fig
Article in English | LILACS | ID: biblio-1129587

ABSTRACT

The Academia da Saúde programme has been considered an important health promotion strategy in the scope of primary health care in Brazil. However, there is little evidence on what and how professional practices have been developed as a means to enact health promotion processes in the programme. The study ́s purpose was to analyse the health promotion work in a Academia da Saúde programme ́s unit from Lajeado city, Brazil. The study employed a qualitative approach and grounded theory research method. Participants included a female Health and Physical Education professional (aged 32y), a female health centre coordinator (aged 41y) and eight users (2 men, 6 women, aged 30-69y). Data were collected through condensed fieldwork, involving interviews and non-participant observation of group sessions. Using salutonegesis theory, qualitative analysis generated key findings on the elements of the health promotion work, namely: holistic care, use of diversification into cognitive, psychosocial and physical activities, development of skills and capacities that served as health resources, and the occurrence of resistance and challenges in the programme. Furthermore, the findings offered practical examples of possibilities to enact health promotion process, which represents a significant contribution to knowledge on health work. The study may support both future interventions and professional education, indicating alternative pathways for practitioners and undergraduate students to widen the scope of health promotion actions beyond the biophysical dimension


O programa Academia da Saúde tem sido considerado uma importante estratégia de promoção da saúde no âmbito da atenção primária à saúde no Brasil. Entretanto, existem poucas evidências sobre quais e como práticas profissionais têm sido desenvolvidas como forma de operacionalizar processos de promoção da saúde no programa. O objetivo do estudo foi analisar o trabalho de promoção da saúde em uma unidade do programa Academia da Saúde de Lajeado, Brasil. O estudo empregou uma abordagem qualitativa e o método de pesquisa da teoria fundamentada nos dados. Os participantes incluíram uma profissional de Educação Física (32 anos), uma coordenadora de centro de saúde (41 anos) e oito usuários (2 homens, 6 mulheres, 30-69 anos). Os dados foram coletados por meio do trabalho de campo condensado, envolvendo entrevistas e observação não-participante das atividades coletivas. Utilizando a teoria da salutogênese, a análise qualitativa gerou os resultados sobre os elementos do trabalho de promoção da saúde, a saber: cuidado holístico, uso da diversificação em atividades cognitivas, psicossociais e físicas, desenvolvimento de habilidades e capacidades que serviram como recursos de saúde, e a ocorrência de resistências e desafios no programa. Além disso, os resultados ofereceram exemplos práticos de possibilidades para mobilizar o processo de promoção da saúde, o que representa uma contribuição significativa para o conhecimento sobre o trabalho em saúde. O estudo pode subsidiar intervenções futuras e a formação profissional, indicando caminhos alternativos para profissionais e estudantes de graduação ampliarem o escopo das ações de promoção da saúde para além da dimensão biofísica


Subject(s)
Professional Practice , Community Mental Health Services , Health Facility Merger , Holistic Health , National Health Programs
15.
Brasília; Fiocruz Brasília;Instituto de Saúde de São Paulo; ago. 4, 2020. 13 p.
Non-conventional in Portuguese | LILACS, Coleciona SUS, MOSAICO - Integrative health, PIE | ID: biblio-1118201

ABSTRACT

As práticas corporais da Medicina Tradicional Chinesa (MTC) envolvem movimento ou manipulação corporal, atitude mental e respiração com intuito de equilibrar a energia vital-Qi. As práticas da MTC são recomendadas para promoção, manutenção e recuperação da saúde, bem como prevenção de agravos e doenças. As práticas corporais da MTC, no Brasil, incluem acupuntura, lian gong, chi gong(qigong,chi kung);tui-na e tai chi chuan. Estas práticas foram incorporadas no SUS mediante Portaria no 971,de 03 de maio de 2006.PerguntaQualéa eficácia/efetividade e a segurança das práticas corporais da Medicina Tradicional Chinesa(MTC), exceto acupuntura, na cessação do tabagismo em adultos e/ou idosos? As buscas por revisão sistemática foram realizadas em cinco bases de dados sem restrição de ano de publicação, publicados em inglês, português e espanhol. A busca foi por estudos que avaliassem o efeito das práticas corporais na cessação do tabagismo em adultos e idosos. Uma busca adicional por ensaios clínicos randomizados foi realizada em seis bases de dados, respeitando os mesmos critérios de elegibilidade. A acupuntura, embora faça parte das práticas da MTC, não foi incluída porque estás endo analisada separadamente em outras revisões realizadas por esta mesma equipe. De 111 revisões sistemáticas e 1.525 ensaios clínicos recuperados nas bases de dados, nenhum estudo atendeu aos critérios de elegibilidade. Devido à falta de evidências não é possível tecer considerações sobre a eficácia e segurança das práticas de MTC no controle do tabagismo na população adulta.


Subject(s)
Humans , Adult , Aged , Tobacco Use Disorder/prevention & control , Smoking Cessation , Medicine, Chinese Traditional/methods , Treatment Outcome
16.
Brasília; Fiocruz Brasília;Instituto de Saúde de São Paulo; ago. 18, 2020. 53 p.
Non-conventional in Portuguese | LILACS, Coleciona SUS, MOSAICO - Integrative health, PIE | ID: biblio-1118194

ABSTRACT

A acupuntura se caracteriza pela estimulação de pontos cutâneos específicos por meio do uso de agulhas. A auriculoterapia consiste na estimulação mecânica de pontos específicos do pavilhão auricular com esferas de aço, ouro, prata, plástico, agulhas ou sementes de mostarda. Acupressão é o estímulo dos pontos de acupuntura por meio de pressão física. A acupuntura é recomendada para promoção, manutenção e recuperação da saúde, bem como prevenção de agravos e doenças. Além disso, parece propiciar a liberação de neurotransmissores e outras substâncias responsáveis pela promoção da analgesia. A auriculoterapia e acupressão promovem a regulação psíquico-orgânica do indivíduo. Estas práticas foram incorporadas no SUS mediante Portaria nº 971, de 03 de maio de 2006. Qual é a eficácia e a segurança da acupuntura, auriculoterapia e acupressão na cessação do tabagismo em adultos e/ou idosos? As buscas foram realizadas em sete bases de dados sem restrição de ano de publicação. Os critérios de inclusão foram: revisões sistemáticas em inglês, português e espanhol que avaliaram os efeitos da acupuntura, auriculoterapia e acupressão no controle do tabagismo na população adulta e idosa. A avaliação da qualidade metodológica foi realizada por meio da ferramenta AMSTAR 2, feita por uma pesquisadora e revisada por outra. Nesta revisão rápida, produzida em cinco dias, foram utilizados atalhos metodológicos, de maneira que apenas o processo de seleção foi realizado em duplicidade e de forma independente. De 127 relatos encontrados nas bases de dados, foram incluídas seis revisões sistemáticas que atenderam aos critérios de elegibilidade. Na avaliação da qualidade metodológica uma revisão apresentou alta qualidade, e cinco, qualidade criticamente baixa. As revisões analisaram o efeito de acupuntura, auriculoterapia e acupressão, combinadas ou não entre si e a outras tecnologias. A maioria dos resultados de metanálises e ensaios clínicos individuais mostraram similaridade da acupuntura em comparação a diversas intervenções. Em geral, a acupuntura e a acupressão mostraram-se superiores em relação a acupuntura simulada, medicamento placebo ou nenhum tratamento. A acupuntura foi inferior à terapia de reposição de nicotina. Duas revisões avaliaram a segurança das intervenções, com relatos sobre ocorrência de eventos adversos leves com o uso da acupuntura, eletroacupuntura, auriculoterapia e acupressão auricular. Esta revisão identificou que, de maneira geral, não houve diferença nos resultados entre acupuntura e auriculoterapia e seus diversos comparadores Acupuntura e acupressão mostraram resultados melhores na comparação com suas modalidades simuladas, medicamento placebo ou nenhum tratamento. No entanto, é necessário atenção ao interpretar estes resultados, uma vez que houve diversidade de terapias utilizadas nos estudos primários e a qualidade metodológica da maioria das revisões sistemáticas foi avaliada como criticamente baixa.


Subject(s)
Humans , Adult , Aged , Tobacco Use Disorder/prevention & control , Acupuncture Therapy/methods , Smoking Cessation , Acupressure/methods , Auriculotherapy/methods , Treatment Outcome
17.
Enferm. foco (Brasília) ; 11(1,n.esp): 162-167, ago. 2020.
Article in Portuguese | LILACS, BDENF - Nursing | ID: biblio-1116611

ABSTRACT

Objetivo: relatar a experiência no desenvolvimento do projeto de extensão "Vida em Quarentena" com uma estratégia para promoção da saúde mental de enfermeiros atuantes na linha de frente do combate à COVID-19. Método: Relato de experiência do projeto Vida em Quarentena: Saúde Mental em Foco, com ações desenvolvidas nas redes sociais nos meses de março e abril de 2020 por discentes e docentes de duas universidades públicas mediante relatos de onze enfermeiros que estão na linha de frente no combate do COVID-19 com foco na expressão de sentimentos e comportamentos. Resultados: O projeto desenvolve atividades, como lives e postagens com temas pertinentes a saúde mental na quarentena, e vídeos com depoimentos dos participantes. Os profissionais da enfermagem demonstraram instabilidade emocional; altruísmo; apelo à população; crença na ciência; fé e esperança e medo da contaminação, além de formas de adaptação e de superação dos problemas instalados com mecanismos para vivenciar a situação. Considerações finais: A pandemia suscita a importância do gerenciamento da saúde mental com fatores que potencializem o bem-estar mental nos enfermeiros, e aponta a necessidade de medidas de segurança e conhecimentos sustentados pela ciência que operem na direção de diminuir impactos negativos, nos aspectos físicos e mentais nesse público. (AU)


Objective: Report the experience of developing the extension project "Life in Quarantine", with a strategy for mental health promotion to nurses acting at the front line of the combat against coronavirus (COVID-19). Method: Experience report of the Life During Quarantine Project: mental health in focus, with actions developed in social networks during March and April 2020 by students and professors of two public universities by means of reports of eleven nurses who are at the front line of the combat against COVID-19 with emphasis on the expression of feelings and behaviors. Results: The project develops activities such as live streams and posts with relevant topics about mental health during quarantine period, and videos with testimonials from participants. Nurse practitioners are experiencing, exponentially challenges already know to the profession, which showed some feelings regarding this situation, such as fear of contamination; emotional instability; altruism; appeal to the population; belief in science; faith, and hope. Final Considerations: This pandemic raises the importance of mental health management with factors that enhance mental wellbeing in nurses and points out to the need for security measures and knowledge sustained by science so that they work aimed at decreasing negative impacts in physical and mental aspects of this public. (AU)


Objetivo: relatar el desarrollo del proyecto de extesión "Vida em Cuarentena" con una estrategia para la promoción de la salud mental de enfermeros que actúan en la línea de frente del combate al COVID-19. Método: Relato de experiencia del proyecto Vida en Cuarentena: salud mental en foco, con acciones desarrolladas en las redes sociales en marzo y abril de 2020 por discentes y docentes de dos universidades públicas mediante relatos de diez enfermeros que están en la línea de frente en el combate al COVID-19 con foco en la expresión de sentimientos y comportamientos. Resultados: El proyecto desarrolla actividades, como vidas y publicaciones con temas relevantes para la salud mental en cuarentena, y videos con testimonios de los participantes. Los profesionales de enfermería están vivenciando de forma potencializada los desafíos ya conocidos de la profesión, los cuales mostraron algunos sentimientos referentes a esta situación, como: inestabilidad emocional; altruismo; llamamiento a la población; creencia en la ciencia; fe y esperanza; miedo de la contaminación. Consideraciones finales: La pandemia suscita la necesidad mayor de gerenciamiento de la salud mental con factores que potencien el bienestar mental en los enfermeros, e indica la necesidad de medidas de seguridad y conocimientos sostenidos por la ciencia para que operen en la dirección de disminuir impactos negativos, en los aspectos físicos y mentales en este público. (AU)


Subject(s)
Mental Health , Coronavirus Infections , Pandemics , Nurse Practitioners
18.
Salud ment ; 43(4): 151-157, Jul.-Aug. 2020. tab
Article in English | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1139528

ABSTRACT

Abstract Introduction Impaired control over drinking has been frequently cited in diverse theoretical descriptions regarding harmful alcohol use and is considered a DSM criterion for alcohol use disorder. Differences in the frequency of endorsement of impaired control have been viewed as a reflection of the severity of the problem. Moreover, it has been posited that the ability to place a limit on alcohol consumption may be mediated through enhanced craving. Objective In this study, we addressed the relationship between impaired control, self-reported craving, and alcohol dependence severity among heavy drinkers. Method We conducted a latent class analysis of impaired control dimensions (perceived control, failed control, and attempted control) of 208 heavy drinkers. To determine whether the identified classes could represent different forms of severity of the disorder, the best-fit model was contrasted with scores on the Alcohol Dependence Scale. Furthermore, we assessed the relationship between impaired control criteria (using the Impaired Control Scale [ICS]) with alcohol craving. Results We identified a three-class solution based on impaired control severity. A graded increase of the craving scores and alcohol severity among the three classes was also identified. Only the ICS items comprising perceived control and partially those related to failed control, but not those evaluating attempted control, distinguished the gradient among the latent classes. Discussion and conclusion This study provides further support of the proposal of a unidimensional continuum of severity among heavy drinkers and strengthens the theoretical relationship between impaired control and alcohol craving.


Resumen Introducción El deterioro del control sobre el consumo del alcohol se ha mencionado con frecuencia en diversas descripciones teóricas relativas al uso nocivo y es un criterio clínico del DSM para el trastorno por uso de alcohol. Las diferencias en la frecuencia con que se admite el deterioro del control se han considerado como un reflejo de la gravedad del problema. Además, se ha postulado que la capacidad de poner un límite al consumo de alcohol puede estar mediada por el deseo de consumirlo (craving). Objetivo En este estudio se abordó la relación entre el deterioro del control, el autoreporte del craving y la gravedad de la dependencia del alcohol en un grupo de bebedores fuertes. Método Se realizó un análisis de clases latentes usando las dimensiones del deterioro del control (control percibido, control fallido e intento de control) de 208 bebedores fuertes. Para determinar si las clases identificadas podían representar diferentes formas de gravedad del trastorno se contrastó el modelo más adecuado con las puntuaciones de la Escala de Dependencia del Alcohol. Además, se evaluó la relación entre los criterios de deterioro del control (utilizando la Escala de Control Deficiente, ECD) y el craving. Resultados Identificamos una solución de tres clases basada en la gravedad del deterioro de control. En esa solución se identificó una relación con el aumento graduado de las puntuaciones de craving y la gravedad de la dependencia entre las clases. Sólo los elementos de la ECD que comprenden el control percibido y parcialmente los relacionados con el control fallido, pero no los que evalúan el intento de control, distinguieron el gradiente entre las clases latentes. Discusión y conclusión Este estudio proporciona más apoyo a la propuesta de un continuum unidimensional de gravedad entre los usuarios de alcohol y refuerza la relación teórica entre el fenómeno de deterioro del control y el craving.

19.
Brasília; Fiocruz Brasília;Instituto de Saúde de São Paulo; jul. 12, 2020. 40 p.
Non-conventional in Portuguese | LILACS, Coleciona SUS, MOSAICO - Integrative health, PIE | ID: biblio-1118198

ABSTRACT

A meditação é uma prática que consiste no foco da atenção para o momento presente, de modo não analítico ou discriminativo, podendo ser dividida em dois tipos: meditação concentrativa e mindfulness. A meditação e mindfulness trazem benefícios para o fortalecimento físico, emocional, mental, social e cognitivo. Dessa forma, são indicados para estímulo do bem-estar, relaxamento, redução do estresse, da hiperatividade e dos sintomas depressivos. A prática também pode ser efetiva no tratamento do tabagismo. Qual a eficácia e a segurança de meditação/mindfulness no controle do tabagismo em adultos e/ou idosos? As buscas foram realizadas em sete base de dados sem restrição de ano de publicação. Foram incluídas revisões sistemáticas em inglês, português e espanhol que avaliaram os efeitos da tecnologia no tratamento do tabagismo em população adulta e idosa. A avaliação da qualidade metodológica foi realizad por uma profissional e revisada por outra, utilizando-se a ferramenta AMSTAR 2. Nesta revisão rápida, produzida em dez dias, foram utilizados atalhos metodológicos, de maneira que apena so processo de seleção foi realizado em duplicidade e de forma independente. De 64 revisões sistemáticas recuperadas nas bases de dados, nove atenderam aos critérios de elegibilidade e foram incluídas. A avaliação da qualidade metodológica indicou que duas revisões são de qualidade baixa e seis de qualidade criticamente baixa. Não foram encontradas evidências sobre meditação concentrativa. As revisões apresentaram resultados sobre o uso de diversas categorias de mindfulness no controle do tabagismo. A prática de mindfulness mostrou efeito sobre a cessação, o desejo e a abstinência de fumar, bem como no estado de humor de ex-tabagistas. Os estudos mostraram não haver diferença entre mindfulness e outras terapias na redução do consumo de cigarros. É importante ressaltar que a maior parte destes resultados se refere a ensaios clínicos únicos e com número reduzido de participantes. Apenas uma revisão relatou sobre a segurança da prática de mindfulness, mostrando a não ocorrência de eventos adversos. Diversas modalidades do mindfulness mostraram efeitos positivos para o controle do tabagismo com relação à cessação, ao desejo de fumar, à abstinência ao fumo, e ao estado de humor de ex-tabagistas. A segurança da prática de mindfulness e meditação foi pouco investigada. Estes achados, no entanto, devem ser interpretados com cautela, visto que a confiança nos resultados das revisões foi considerada baixa e criticamente baixa na avaliação da qualidade metodológica. Além disso, a grande diversidade de intervenções incluídas nas comparações tornou difícil a realização de metanálises, de forma que os resultados na maioria das vezes foram apresentados de forma descritiva e com frequência sem dados numéricos. Há necessidade de mais estudos, com qualidade metodológica adequada, para afirmar sobre a eficácia da prática de mindfulness no controle do tabagismo.


Subject(s)
Humans , Adult , Middle Aged , Aged , Tobacco Use Disorder/prevention & control , Treatment Outcome , Smoking Cessation , Meditation/methods , Mindfulness/methods
20.
Brasília; Fiocruz Brasília;Instituto de Saúde de São Paulo; jun. 16, 2020. 15 p.
Non-conventional in Portuguese | LILACS, Coleciona SUS, MOSAICO - Integrative health, PIE | ID: biblio-1118205

ABSTRACT

O yoga caracteriza-se como uma prática integrativa de origem oriental que combina posições corporais, técnicas de respiração, meditação e relaxamento. É indicada no tratamento de sistemas musculoesquelético, endócrino, respiratório, além de outros agravos à saúde, e estimula as funções cognitivas. Há evidências de que o yoga pode ser uma alternativa para auxiliar na cessação do tabagismo. Qual a eficácia e a segurança do yoga no controle do tabagismo em adultos e/ou idosos? As buscas foram realizadas em sete base de dados sem restrição de ano de publicação. Foram incluídas revisões sistemáticas em inglês, português e espanhol que avaliaram os efeitos da tecnologia no tratamento do tabagismo em população adulta e idosa. A avaliação da qualidade metodológica foi realizada por uma profissional e revisada por outra, utilizando-se a ferramenta AMSTAR 2. Nesta revisão rápida, produzida em três dias, foram utilizados atalhos metodológicos, de maneira que apenas o processo de seleção foi realizado em duplicidade e de forma independente. De 33 revisões sistemáticas recuperadas nas bases de dados, três atenderam aos critérios de elegibilidade e foram incluídas. A avaliação da qualidade metodológica indica que essas revisões são de qualidade criticamente baixa. As revisões apresentaram resultados sobre o uso de yoga no controle do tabagismo, incluindo as categorias hatha yoga e yoga vinyasa. O uso de hatha yoga e yoga vinyasa como método único ou associado a Terapia Cognitivo-Comportamental mostrou efeito na redução e cessação do desejo de fumar, na abstinência de fumar, no estágio de prontidão para mudanças e no estado de humor dos participantes dos estudos. No entanto, esses resultados têm como base ensaios clínicos únicos e com número reduzido de participantes. Uma revisão relatou sobre a segurança daprática de yoga, mostrando a não ocorrência de eventos adversos. As modalidades de hatha yoga e yoga vinyasa mostraram efeitos positivos para o controle do tabagismo com relação ao desejo de fumar, abstinência, estágio de prontidão para mudanças e humor. Os resultados são baseados em poucos ensaios clínicos. A segurança da prática de yoga foi pouco investigada. Além disso, esses achados devem ser interpretados com cautela, visto que a confiança nos resultados das revisões foi considerada criticamente baixa na avaliação da qualidade metodológica. Há necessidade de mais estudos, com qualidade metodológica adequada, para afirmar sobre a eficácia da prática de yoga no controle do tabagismo.


Subject(s)
Humans , Adult , Middle Aged , Aged , Tobacco Use Disorder/prevention & control , Yoga , Treatment Outcome , Smoking Cessation
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL
...