Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 3.146
Filtrar
1.
Arq. ciências saúde UNIPAR ; 27(2): 967-978, Maio-Ago. 2023.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1425162

RESUMO

Objetivos: compreender as dificuldades enfrentadas pelos profissionais de saúde para o atendimento de casos de urgências/emergências em unidades básica de saúde e identificar as proposições de resolubilidade. Métodos: Pesquisa qualitativa, realizada com dez profissionais de saúde, em uma unidade básica de saúde do interior paulista. As entrevistas foram transcritas e analisadas utilizando-se a estratégia metodológica do Discurso do Sujeito Coletivo. Resultados: As dificuldades foram atreladas a fatores como despreparo da equipe, falta de infraestrutura, insumos e equipamentos, carência de profissional médico, pouca aproximação das unidades básicas de saúde com o setor de emergência hospitalar e escasso investimento do município para realização desses atendimentos. As proposições de melhorias destacaram a necessidade de capacitação dos profissionais de saúde, investimentos em recursos materiais e equipamentos, permanência de médico em período integral no serviço, implantação de protocolos de atendimento e empenho dos gestores. Conclusão: Os discursos evidenciaram que o serviço não tem condições de atender casos de urgência/emergência, em virtude do despreparo da equipe e da falta de recursos humanos e materiais. Além disso, não é prioridade do município oferecer condições mínimas para a realização deste atendimento nas unidades básicas de saúde, para que sejam integrantes da rede de atenção de Atenção às Urgências no Sistema Único de Saúde.


Objective: understand the difficulties health professionals face in urgency/emergency care at primary health care units and identify the propositions of problem-solving ability. Methods: Qualitative research, conducted with ten health professionals at a primary health care unit in the interior of São Paulo. The interviews were transcribed and analyzed using the methodological strategy of the collective subject discourse. Results: The difficulties were linked to factors such as unpreparedness of the team, lack of infrastructure, supplies and equipment, lack of medical professional, little cooperation between the primary health care units and the hospital emergency sector and scarce investment of the municipality to carry out these services. The proposals for improvements highlighted the need for training of health professionals, investments in material resources and equipment, full-time presence of physician at the service, implementation of care protocols and commitment of managers. Conclusion: The discourse showed that the service is not able to attend urgency/emergency cases, due to the unpreparedness of the team and the lack of human and material resources. In addition, the municipality does not prioritize the supply of minimum conditions for this care in primary health care units to make them part of the emergency care network in the Unified Health System.


Objetivo: comprender las dificultades enfrentadas por los profesionales de salud para la atención de casos de Urgencias/Emergencias en unidades básicas de salud e identificar las proposiciones de resolubilidad. Métodos: Investigación cualitativa, desarrollada con diez profesionales de salud, en una unidad básica de salud del interior paulista. Las entrevistas fueron transcritas y analizadas utilizando la estrategia metodológica del Discurso del Sujeto Colectivo. Resultados: Las dificultades fueron ligadas a factores como la falta de preparación del equipo, falta de infraestructura, insumos y equipamientos, carencia de profesional médico, poca aproximación de las unidades básicas de salud con el sector de emergencia hospitalaria y escasa inversión del municipio para realizar esas atenciones. Las propuestas de mejorías destacaron la necesidad de capacitación de los profesionales de salud, inversiones en recursos materiales y equipamientos, permanencia de médico a tiempo completo en el servicio, implantación de protocolos de atención y empeño de los gestores. Conclusión: Los discursos evidenciaron que el servicio no tiene condiciones de atender casos de urgencia/emergencia, en virtud de la falta de preparación del equipo y de la falta de recursos humanos y materiales. Además, no es prioridad del municipio ofrecer condiciones mínimas para la realización de esta atención en las unidades básicas de salud, para que sean integrantes de la red de atención de atención a las urgencias en el Sistema Único de Salud.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Centros de Saúde , Serviços Médicos de Emergência/organização & administração , Recursos em Saúde/provisão & distribuição , Médicos/provisão & distribuição , Atenção Primária à Saúde/organização & administração , Sistema Único de Saúde , Recursos Humanos/organização & administração , Capacitação Profissional , Assistência Ambulatorial/organização & administração
2.
Coimbra; s.n; set. 2023. 90 p. tab., ilus., graf..
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1531577

RESUMO

Este relatório reporta-se à prática clínica, desenvolvida numa Unidade de Saúde Familiar (USF) do ACES PIN. Numa abordagem inicial caracterizam-se as famílias do ficheiro da Enfermeira Especialista cooperante, tendo como referenciais teóricos os Modelos de Intervenção Familiar. Constatou-se que 23% dos utentes têm idade igual ou superior a 65 anos. Muitos idosos, vivem sozinhos ou com o seu cônjuge/companheiro e alguns em casa de seus familiares, dependentes de cuidados. Para que o Enfermeiro de Família possa intervir de forma mais eficaz, junto das famílias constituídas por idosos, será necessário identificar as suas necessidades. Assim sendo, estudámos as necessidades sentidas por uma amostra de 27 famílias, constituída por idosos. Realizámos um estudo exploratório e descritivo, tendo como objetivos identificar necessidades em relação às atividades de vida familiar, os tipos de apoio mobilizados pela família, as dificuldades sentidas no dia a dia familiar, e avaliar a funcionalidade da família. Das necessidades sentidas sobressaíram a ajuda das necessidades instrumentais, ajuda nas AVD´s, total ou parcial. Relativamente aos apoios mobilizados identificou-se como o mais significativo o da rede familiar. Quanto às dificuldades sentidas no quotidiano identificaram-se a falta de tempo pessoal e cansaço como papel de cuidador e os condicionantes da idade. O desenvolvimento da aplicação na prática de uma consulta de enfermagem à família surge como um desafio deste trabalho de investigação na área da intervenção familiar em contexto dos CSP. Desenvolver conhecimentos sobre os contextos familiares, ao nível do ambiente, do rendimento familiar, da habitação, da classe social e da capacidade nesta etapa do ciclo de vida onde se encontram. As intervenções de enfermagem foram sugeridas de acordo com as necessidades específicas de cada família. Foram atingidos os objectivos propostos no início do estágio.


Assuntos
Idoso , Centros de Saúde , Enfermagem Familiar , Enfermeiras de Saúde da Família , Apoio Familiar
3.
Reumatol. clín. (Barc.) ; 19(6): 328-333, Jun-Jul. 2023. tab
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-221272

RESUMO

Objetivo: Describir la metodología, los objetivos y exponer los datos iniciales del registro de pacientes adultos jóvenes con diagnóstico de artritis idiopática juvenil (AIJ), registro JUVENSER, así como sus fortalezas y limitaciones. El objetivo principal del proyecto es conocer las características sociodemográficas, clínicas y la actividad de la enfermedad de pacientes con AIJ en el periodo de transición a la vida adulta. Material y método: Estudio longitudinal, prospectivo y multicéntrico que incluye pacientes adultos jóvenes, entre 16 y 25 años, con diagnóstico de AIJ en cualquiera de sus categorías, atendidos en consultas de reumatología de 16 centros hospitalarios españoles cuyo objetivo principal es determinar las características y la actividad de las AIJ en los primeros años de la vida adulta. Se diseñó un registro en el que se incluyeron variables sociodemográficas, variables clínicas, índices de actividad y daño articular, datos de la utilización de recursos sanitarios, y los fármacos y tratamientos utilizados. El periodo de reclutamiento fue de 27 meses y la duración total del proyecto serán 3 años. Se ha conseguido una cohorte de 534 pacientes adultos jóvenes. Conclusiones: El registro JUVENSER constituirá una cohorte de pacientes adultos jóvenes con AIJ, que permitirá evaluar las características clínicas y la respuesta al tratamiento de los pacientes con inicio de su enfermedad en edad pediátrica que llegan a las consultas de adultos. Se espera que la información recogida en las visitas suponga una amplia fuente de datos para futuros análisis.(AU)


Objective: To describe the methodology, objectives, and initial data of the registry of young adult patients diagnosed with Juvenile Idiopathic Arthritis (JIA), JUVENSER. The main objective of the project is to know the sociodemographic and clinical characteristics, and disease activity of patients with JIA reaching the transition to adulthood. Material and method: Longitudinal, prospective, multicentre study, including patients between 16 and 25 years old, with a diagnosis of JIA in any of its categories. The main objective is to determine the characteristics and activity of JIA in the young adult. It includes sociodemographic variables, clinical variables, disease activity and joint damage rates, data on the use of health resources, and treatments used. The total duration of the project will be 3 years. A cohort of 534 young adult patients was obtained. Conclusions: The JUVENSER registry will constitute a cohort of young adults with JIA, which will allow the evaluation of the clinical characteristics and response to treatment of patients with disease onset in childhood, moving to adult clinics.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto Jovem , Artrite Juvenil/diagnóstico , Centros de Saúde , Pacientes , Estudos Longitudinais , Estudos Prospectivos , Reumatologia , Doenças Reumáticas , Espanha
5.
Rev. Ciênc. Méd. Biol. (Impr.) ; 22(1): 105-112, jun 22, 2023. tab
Artigo em Francês | LILACS | ID: biblio-1443790

RESUMO

Objetivo: caracterizar o acesso aos medicamentos anti-hipertensivos pelas pessoas com hipertensão arterial atendidas em uma unidade ambulatorial. Metodologia: estudo descritivo, quantitativo, desenvolvido com 103 pessoas com hipertensão arterial em uso de anti-hipertensivos. Os dados foram coletados por meio de questionário com perguntas sociodemográficas, sobre tratamento e acesso aos medicamentos anti-hipertensivos. Utilizou-se a estatística descritiva e teste qui-quadrado de Pearson ou exato de Fisher para análise dos dados. Resultados: Predominou a faixa etária de 50-69 (68,9%), sexo feminino (85,4%) e raça/cor autodeclarada preta (46,6%). Quanto ao acesso aos anti-hipertensivos, 70,9% relataram ter acesso gratuito, 60,2% os obtêm nas unidades de saúde, 65,7% não referiram dificuldades na aquisição e 86,4% que tinham acesso total. Todos os participantes que tinham dificuldade econômica também tinham dificuldade de acesso aos anti-hipertensivos. Verificou-se associação significativa entre a dificuldade de acesso aos anti-hipertensivos com forma de acesso (total ou parcial), quantidade de drogas e disponibilidade do medicamento nas farmácias (p<0,005). Conclusão: observou-se que, embora a maioria dos participantes do estudo não encontre dificuldades para obtenção dos anti-hipertensivos nas farmácias das unidades básicas de saúde, ainda assim, existe uma parcela da população sem acesso total aos anti-hipertensivos de forma gratuita, sendo essencial melhorias dos programas de fornecimento de medicamentos.


Objective: to characterize access to antihypertensive drugs by patients with arterial hypertension treated at an ambulatory unit. Methodology: descriptive, quantitative study, developed with a group of 103 people with arterial hypertension currently using antihypertensive drugs. The data were collected through a questionnaire with sociodemographic questions, with respect to treatment and access to antihypertensive drugs. Descriptive statistics and Pearson's chi-square test or Fisher's exact test were used for data analysis. Results: the age group 50-69 (68.9%), female (85.4%) and black self-declared race (46.6%) predominated. Regarding access to antihypertensive drugs, 70.9% reported having free access, 60.2% obtained them at health units, 65.7% did not mention difficulties in acquiring them and 86.4% that had full access. All participants who had economic difficulties also had difficulty accessing antihypertensive drugs. It was identified a significant association between difficulty in accessing antihypertensive drugs and the means of access (total or partial), quantity of drugs and availability of the drug in pharmacies (p<0.005). Conclusion: it was observed that, that most of the study participants did not find it difficult to obtain antihypertensive drugs in the pharmacies of basic health units, notwithstanding, there is a portion of the population without full access to antihypertensive drugs free of charge, improvements in drug supply programs are essential.


Assuntos
Humanos , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Centros de Saúde , Centros Médicos Acadêmicos , Adesão à Medicação , Acesso a Medicamentos Essenciais e Tecnologias em Saúde , Hipertensão , Anti-Hipertensivos , Epidemiologia Descritiva , Estudos de Avaliação como Assunto
6.
Tog (A Coruña) ; 20(1): 119-124, May 31, 2023. tab
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-223820

RESUMO

Introducción: tanto la terapia ocupacional como la atención primaria centran sus intervenciones en las necesidades y preferencias individuales de la persona, y establecen una estrecha colaboración con ésta y con su entorno. Dentro del sistema sanitario público andaluz se contempla la figura de la terapia ocupacional en los dispositivos de apoyo, pero no está clara su estructura asistencial. El objetivo de este trabajo es profundizar en la necesidad e importancia de la figura de la terapia ocupacional en niveles asistenciales primarios. Métodos: durante el mes de octubre de 2021, cinco terapeutas ocupacionales contratados por el Distrito Sanitario Granada-Metropolitano para funciones de rastreo COVID-19, llevamos a cabo un trabajo externo relacionado con funciones propias de la disciplina en cinco centros de salud de la provincia. Recogimos datos a través de la Medida Canadiense del Desempeño Ocupacional y de una encuesta de elaboración propia. Conclusión: existe una base teórica muy amplia que sustenta los beneficios que puede aportar la terapia ocupacional a la atención primaria. La combinación entre ambas puede ayudar al sistema sanitario público andaluz a mejorar resultados en prevención, rehabilitación y reducción de costes.(AU)


Introduction: Both Occupational Therapy and primary care focus their interventions on the client’s individual needs and preferences and establish close collaboration with them and their environment. Within the Andalusian public health system, Occupational Therapy is included in the support devices, but the care structure is not clear. The aim of this study is to explore the need and importance of Occupational Therapy at the primary care level. Methods: During 2021 October, five occupational therapists contracted by the Granada-Metropolitan Health District for COVID-19 follow-up functions carried out external work related to the discipline’s own functions in five health centers in the province. Data were collected through the Canadian Occupational Performance Measure and a self-developed survey. Conclusion: There is a board theoretical basis for the benefits that Occupational Therapy can bring to primary care. The combination can help the Andalusian public health system to improve outcomes in prevention, rehabilitation and cost reduction.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Atenção Primária à Saúde , Terapia Ocupacional , Custos de Cuidados de Saúde , Centros de Saúde , Espanha
7.
Recurso educacional aberto em Português | CVSP - Regional | ID: oer-4128

RESUMO

A Implementação do Acesso Avançado (AA) em UBS envolve uma série de questões, dentre elas, a adaptação dos processos de enfermagem levando-se em conta a complexidade e atribuições profissionais que vão da assistência direta ao usuário ao gerenciamento de programas. No modelo Acesso Avançado utilizado nas UBS, adaptado do modelo criado por Mark Murray (2000), o usuário acessa o serviço conforme sua necessidade, não havendo a necessidade de agendamento prévio, partindo-se da premissa "fazer hoje o serviço de hoje''.


Assuntos
Processo de Enfermagem , Acesso aos Serviços de Saúde , Atenção Primária à Saúde , Centros de Saúde
8.
Rev Panam Salud Publica ; 47, 2023. Centros Colaboradores de la OPS/OMS
Artigo em Espanhol | PAHO-IRIS | ID: phr-57144

RESUMO

[RESUMEN]. Objetivo. Medir el efecto de la pandemia de COVID-19 en la implementación de un programa de detección oportuna, intervención breve y referencia para tratamiento por consumo de alcohol en centros de salud del primer nivel de atención de la Ciudad de México. Métodos. Se recopilaron los datos en 18 centros de salud de la Ciudad de México entre 2019 y 2021, como parte de un estudio más amplio. Participaron 287 profesionales de la salud, quienes midieron el consumo de alcohol de sus pacientes con la prueba AUDIT-C. Se analizaron aspectos demográficos y patrones de con- sumo de los pacientes, así como las acciones de atención (detección, intervención breve, entrega de folletos, monitoreo y referencia) en tres momentos: antes de la pandemia de COVID-19, durante el confinamiento y luego del confinamiento. Se realizaron pruebas paramétricas y no paramétricas para identificar la relación y las diferencias entre las variables en los tres períodos. Resultados. Se identificaron 9090 personas con consumo de alcohol; el porcentaje de detección del con- sumo tuvo fluctuaciones en los tres períodos estudiados (26%, 53% y 37%, respectivamente). El consumo de riesgo medio y alto fue más frecuente entre hombres jóvenes y con mayor escolaridad durante y después del confinamiento. En el período posconfinamiento aumentaron las acciones de monitoreo y referencia. Conclusiones. La medición del impacto de la pandemia en la implementación de un programa de detección oportuna, asesoramiento breve y referencia para el tratamiento del consumo de alcohol en centros de salud ayuda a elaborar políticas en salud por edad, género, escolaridad y tipo de consumo para el primer nivel de atención.


[ABSTRACT]. Objective. To measure the impact of the COVID-19 pandemic on the implementation of a program for timely detection, brief intervention, and referral for treatment of alcohol consumption in health centers at the first level of care in Mexico City. Methods. The data were collected at 18 health centers in Mexico City between 2019 and 2021, as part of a lar- ger study. A total of 287 participating health professionals measured their patients' alcohol consumption using the AUDIT-C test. The patients' demographic aspects and consumption patterns were analyzed, as well as care actions (detection, brief intervention, provision of leaflets, monitoring, and referral) at three points in time: before the COVID-19 pandemic, during confinement, and after confinement. Parametric and nonparametric tests were performed to identify the relationship and differences between the variables at the three points. Results. A total of 9090 people who consumed alcohol were identified; detection of consumption fluctuated in the three periods studied (26%, 53%, and 37%, respectively). Medium- and high-risk consumption was more frequent among young men with higher schooling during and after confinement. In the post-confinement period, monitoring and referral actions increased. Conclusions. Measuring the impact of the pandemic on the implementation of a program for timely detection of alcohol consumption, brief intervention, and referral for treatment in health centers helps to develop health policies by age, gender, schooling, and type of consumption at the first level of care.


[RESUMO]. Objetivo. Medir o efeito da pandemia de COVID-19 na implementação de um programa de detecção opor- tuna, intervenção breve e encaminhamento para tratamento pelo consumo de álcool em centros de saúde no nível da atenção primária na Cidade do México. Métodos. Foram coletados dados em 18 centros de saúde na Cidade do México entre 2019 e 2021, como parte de um estudo mais amplo. Participaram 287 profissionais de saúde, que mediram o consumo de álcool de seus pacientes com o teste AUDIT-C. Foram analisados aspectos demográficos e o padrão de consumo dos pacientes, bem como as medidas em termos de atendimento (triagem, intervenção breve, entrega de folhetos, monitoramento e encaminhamento) em três momentos: antes da pandemia de COVID-19, durante o confinamento e após o confinamento. Foram feitos testes paramétricos e não paramétricos para identificar a relação e as diferenças entre as variáveis nos três períodos. Resultados. Foram identificadas 9.090 pessoas com consumo de álcool, sendo que a porcentagem de con- sumo detectada flutuou nos três períodos estudados (26%, 53% e 37%, respectivamente). O consumo de médio e alto risco foi mais prevalente entre homens jovens e com nível maior de escolaridade durante e após o confinamento. No período posterior ao confinamento, as medidas de monitoramento e encaminhamento aumentaram. Conclusões. Medir o impacto da pandemia na implementação de um programa de detecção oportuna, intervenção breve e encaminhamento para tratamento do consumo de álcool em centros de saúde ajuda na formulação de políticas de saúde por idade, gênero, escolaridade e tipo de consumo para o primeiro nível de atenção.


Assuntos
Consumo de Bebidas Alcoólicas , Detecção do Abuso de Substâncias , Centros de Saúde , Atenção Primária à Saúde , COVID-19 , México , Consumo de Bebidas Alcoólicas , Detecção do Abuso de Substâncias , Centros de Saúde , Atenção Primária à Saúde , Consumo de Bebidas Alcoólicas , Atenção Primária à Saúde
9.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 18(45): 3499, 20230212. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-1428240

RESUMO

Introdução: Os folhetos informativos são um dos instrumentos de comunicação mais utilizados para informar os doentes. Objetivo: Pretende-se, assim, analisar os folhetos informativos recolhidos num centro de saúde responsável pela prestação de cuidados de saúde primários em Portugal. Métodos: A análise foi realizada com a aplicação da grelha Suitability Assessment of Materials. Esse teste tem como objetivo avaliar os materiais informativos quanto à sua adequabilidade, classificando-os como inadequados, adequados ou muito adequados. Resultados: Os folhetos disponíveis nessa unidade de saúde são muito adequados para a promoção da saúde e a prevenção da doença. Conclusões: A produção de materiais informativos, como folhetos informativos, usualmente disponíveis nas salas de espera das unidades de saúde, deve continuar a ser um dos instrumentos de comunicação desenvolvidos pelas instituições responsáveis pelos cuidados de saúde primários, em Portugal, para informar os doentes.


Introduction: Pamphlets are one of the most commonly used communication tools to provide patients with information. Objective: The aim of this study was to analyze the pamphlets collected at a health center responsible for primary health care in Portugal. Methods: The analysis was performed by applying the SAM grid. This test is aimed at assessing the suitability of information materials, classifying them as inadequate, adequate or very adequate. Results: The pamphlets available in the health unit were very adequate for health promotion and disease prevention. Conclusions: The production of information materials, such as pamphlets, usually available in the waiting rooms of health units, should continue to be one of the communication tools developed by the institutions responsible for primary health care in Portugal to provide patients with information.


Introducción: los prospectos son una de las herramientas de comunicación más utilizadas para informar a los pacientes. Objetivo: El objetivo de este estudio fue analizar los prospectos recogidos en un centro de salud responsable de la atención primaria en Portugal. Métodos: El análisis se realizó aplicando la cuadrícula SAM. Esta prueba tiene como objetivo evaluar la idoneidad de los materiales de información, clasificándolos como inadecuados, adecuados o muy adecuados. Resultados: Los folletos disponibles en esta unidad sanitaria son muy adecuados para la promoción de la salud y la prevención de enfermedades. Conclusiones: La producción de materiales informativos, como los folletos, que suelen estar disponibles en las salas de espera de las unidades de salud, debe seguir siendo una de las herramientas de comunicación desarrolladas por las instituciones responsables de la atención primaria en Portugal para informar a los pacientes.


Assuntos
Educação em Saúde , Comunicação em Saúde , Atenção Primária à Saúde , Centros de Saúde
10.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 27: e20220323, 2023.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1440101

RESUMO

Resumo Objetivo Compreender a atenção à saúde de puérperas em uma região de fronteira na vigência da pandemia por COVID-19. Método Pesquisa qualitativa do tipo Teoria Fundamentada nos Dados, vertente straussiana, realizada em região de fronteira, na atenção primária à saúde, com 30 participantes, que formaram três grupos amostrais entre mulheres, profissionais de saúde e gestores, por meio de entrevistas semiestruturadas, realizadas por chamada de voz e de forma presencial entre agosto de 2021 a maio de 2022. Resultados Identificaram-se cinco categorias, conforme modelo paradigmático, sendo elas: Identificando serviços de atenção ao puerpério; retornando para a atenção primária à saúde no puerpério; identificando fatores que interferiram no atendimento à puérpera; apontando estratégias para promoção da saúde no puerpério; e tendo uma atenção puerperal frágil. Conclusão e implicações para a prática Fragilidades existentes foram agravadas no curso da pandemia por COVID-19. Recomenda-se qualificar a contrarreferência para garantir a continuidade da atenção puerperal em tempo oportuno; o teleatendimento para viabilizar o acompanhamento, quando condições epidemiológicas forem de risco para a saúde materna; políticas públicas podem fortalecer a assistência a estrangeiras e migrantes em região de fronteira.


Resumen Objetivo Comprender la atención a la salud de puérperas en una región fronteriza durante la presencia de la pandemia por COVID-19. Método Investigación cualitativa del tipo Teoría Fundamentada, vertiente straussiana, realizada en una región fronteriza, en atención primaria de salud, con 30 participantes, que conformaron tres grupos muestrales entre mujeres, profesionales de la salud y directivos, a través de entrevistas semiestructuradas, realizadas por llamada de voz y personal directivo entre agosto de 2021 y mayo de 2022. Resultados Se identificaron cinco categorías, de acuerdo con el modelo paradigmático: Identificar los servicios de atención al puerperio; volver a la atención primaria de salud en el puerperio; identificar los factores que interfirieron en la atención puérpera; señalar estrategias para la promoción de la salud en el puerperio; teniendo un cuidado puerperal frágil. Conclusión e implicaciones para la práctica las debilidades existentes fueron exacerbadas en el curso de la pandemia por COVID-19. Se recomienda calificar la contrarreferencia para asegurar la continuidad de la atención puerperal en tiempo y forma; el teleservicio para permitir el seguimiento, cuando las condiciones epidemiológicas representen un riesgo para la salud materna; Las políticas públicas pueden fortalecer la atención a los extranjeros y migrantes en la región fronteriza.


Abstract Objective To understand the health care of puerperal women in a border region during the COVID-19 pandemic. Method Grounded Theory qualitative research, straussian strand, conducted in a border region, in primary health care, with 30 participants, who formed three sample groups among women, health professionals, and managers through semi-structured interviews conducted by voice call and in-person between August 2021 and May 2022. Results Five categories were identified, according to the paradigmatic model, namely: Identifying postpartum care services; returning to primary health care in the postpartum; identifying factors that interfered in the care of postpartum women; pointing out strategies for health promotion in the postpartum period; and having fragile postpartum care. Conclusion and implications for practice Existing weaknesses were exacerbated during the pandemic by COVID-19. It is recommended to qualify the counter-referral to ensure continuity of postpartum care on time; teleservice to enable follow-up when epidemiological conditions pose a risk to maternal health; public policies can strengthen assistance to foreign women and migrants in the border region.


Assuntos
Humanos , Feminino , Cuidado Pós-Natal , Saúde na Fronteira , Serviços de Saúde Materno-Infantil , Paraguai , Brasil , Aleitamento Materno , Centros de Saúde , Acesso aos Serviços de Saúde , Visita Domiciliar
11.
Gac. sanit. (Barc., Ed. impr.) ; 37: [102350], 2023. ilus, tab
Artigo em Inglês | IBECS | ID: ibc-228788

RESUMO

Objective: To adapt the Primary Primary Care Assessment Tool-Adult Edition into the Moroccan Arabic dialect and to assess its reliability and validity from the perspective of Moroccan adult patients. Method: A committee of experts carried out the cross-cultural adaptation of the Primary Care Assessment Tool. The adapted questionnaire was subject to forward and backward translation and a pilot study. Exploratory factor analysis assessed the internal consistency, reliability, and construct validity of items and scales. Finally, descriptive statistics were performed on the final factor structure. Results: A 43-item Moroccan Arabic dialect version of the Primary Care Assessment Tool-Adult Edition was developed. It consisted of six multi-item scales that represented the four main dimensions of primary care: first contact, continuity, comprehensiveness, and coordination. Four derived dimensions were included: cultural competence, communication, advice, and community orientation. All six scales demonstrated robust internal consistency, item-total solid correlations, and construct validity. The calculated Cronbach's alpha coefficients ranged from 0.78 to 0.90. Conclusions: Comprehensive metric analyses supported the reliability and validity of the Moroccan Arabic dialect version of the Primary Care Assessment Tool-Adult Edition in assessing core primary care domains from the patients’ experience. This tool could be used for future research on primary care in Morocco.(AU)


Objetivo: Adaptar la Herramienta de Evaluación de Atención Primaria para Adultos al dialecto árabe marroquí y evaluar su fiabilidad y validez desde la perspectiva de pacientes adultos marroquíes. Método: Un comité de expertos realizó la adaptación transcultural de la Herramienta de Evaluación de Atención Primaria. El cuestionario adaptado fue sometido a traducción directa e inversa y a un estudio piloto. El análisis factorial exploratorio evaluó la consistencia interna, la fiabilidad y la validez de constructo de los ítems y escalas. Finalmente, se realizaron estadísticas descriptivas sobre la estructura factorial final. Resultados: Se elaboró una versión en dialecto árabe marroquí de 43 ítems de la Herramienta de Evaluación de Atención Primaria para Adultos. Consiste en seis escalas de múltiples ítems que representan las cuatro dimensiones principales de la atención primaria: primer contacto, continuidad, integralidad y coordinación. Se incluyeron cuatro dimensiones derivadas: competencia cultural, comunicación, consejo y orientación comunitaria. Las seis escalas demuestran una sólida consistencia interna, correlaciones totales sólidas de ítems y validez de constructo. Los coeficientes alfa de Cronbach calculados variaron de 0,78 a 0,90. Conclusiones: Los análisis métricos exhaustivos respaldan la confiabilidad y la validez de la versión en dialecto árabe marroquí del Instrumento de Evaluación de Atención Primaria Edición para Adultos al evaluar los dominios centrales de la atención primaria desde la experiencia de los pacientes. Esta herramienta podría ser utilizada para investigaciones futuras sobre la atención primaria en Marruecos.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Atenção Primária à Saúde/métodos , Comparação Transcultural , Reprodutibilidade dos Testes , Qualidade da Assistência à Saúde , Centros de Saúde , Marrocos , Inquéritos e Questionários , 50230 , Saúde Pública
13.
Ciênc. cuid. saúde ; 22: e65820, 2023. graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1447924

RESUMO

RESUMO Objetivo: identificar as Tecnologias da Informação e Comunicação utilizadas por enfermeiros da atenção primária à saúde durante o processo de trabalho frente à Covid-19. Método: estudo exploratório e qualitativo, por meio de entrevistas semiestruturadas, com 10 enfermeiros da Atenção Primária à Saúde, coletado em fevereiro de 2022. Utilizou-se a análise de conteúdo de Bardin. Resultados: evidenciou-se a inclusão das tecnologias como uma ferramenta de complementação e extensão para desenvolver do processo de trabalho da enfermagem, nesse período. A Tecnologia mais utilizada foi o WhatsApp, com a finalidade de realizar monitoramento, orientações e agendamentos. Discussão: a tecnologia permite ao enfermeiro desenvolver o processo de trabalho, favorecendo ao cuidado em saúde e à comunicação, entre os profissionais e desses com os usuários. Entretanto, há entraves como dificuldade de acesso à internet de qualidade. Considerações finais: as tecnologias da informação se constituem como possibilidades ao enfermeiro para desenvolver a sua prática. Apesar das dificuldades de acesso à internet, a utilização das tecnologias durante a pandemia esteve presente na rotina de todos os enfermeiros, sendo utilizadas para qualificar a comunicação e o acesso às informações necessárias à população.


RESUMEN Objetivo: identificar las Tecnologías de la Información y Comunicación utilizadas por enfermeros de la atención primaria de salud durante el proceso de trabajo frente a Covid-19. Método: estudio exploratorio y cualitativo, por medio de entrevistas semiestructuradas, con 10 enfermeros de la Atención Primaria de Salud, recolectado en febrero de 2022. Se utilizó el análisis de contenido de Bardin. Resultados: se evidenció la inclusión de las tecnologías como una herramienta de complementación y extensión para desarrollar el proceso de trabajo de enfermería, en ese período. La Tecnología más utilizada fue WhatsApp, con la finalidad de realizar monitoreo, orientaciones y planificaciones. Discusión: la tecnología permite al enfermero desarrollar el proceso de trabajo, favoreciendo el cuidado en salud y la comunicación, entre los profesionales y de estos con los usuarios. No obstante, existen obstáculos como la dificultad de acceso a Internet de calidad. Consideraciones finales: las tecnologías de la información se constituyen como posibilidades al enfermero para desarrollar su práctica. A pesar de las dificultades de acceso a Internet, la utilización de las tecnologías durante la pandemia estuvo presente en la rutina de todos los enfermeros y se utilizó para cualificar la comunicación y el acceso a las informaciones necesarias a la población.


ABSTRACT Objective: to identify the Information and Communication Technologies used by primary health care nurses during the work process against Covid-19. Method: exploratory and qualitative study, through semi-structured interviews, with 10 nurses from Primary Health Care, collected in February 2022. Bardin content analysis was used. Results: the inclusion of technologies as a tool of complementation and extension to develop the nursing work process in this period was evidenced. The most used technology was WhatsApp, for the purpose of monitoring, guidance and scheduling. Discussion: technology allows nurses to develop the work process, favoring health care and communication between professionals and users. However, there are obstacles such as difficulty in accessing quality internet. Final thoughts: information technologies constitute as possibilities for nurses to develop their practice. Despite the difficulties in accessing the internet, the use of technologies during the pandemic was present in the routine of all nurses, being used to qualify communication and access to the information needed by the population.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Comunicação , Centros de Saúde
14.
Trab. Educ. Saúde (Online) ; 21: e02470231, 2023. tab, mapas, il. color
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1530568

RESUMO

RESUMO: O artigo analisa modos de vida e organização do trabalho de agentes comunitários de saúde que atuam em comunidades rurais atendidas por Unidade Básica de Saúde Fluvial, no município de Manaus. Foram investigados atividades e desafios cotidianos desses profissionais, interação com as famílias atendidas, vínculos com as comunidades e com o ambiente natural. Pesquisa qualitativa exploratória realizada em 17 comunidades rurais ribeirinhas distribuídas na margem esquerda do Rio Negro, ao longo de 190 quilômetros. A coleta de dados em 2021 e 2022 abrangeu entrevista semiestruturada, questões escalonadas de apego ao lugar e observação participante da atuação dos agentes comunitários de saúde. Os resultados mostraram que a qualificação dos agentes atende às principais demandas do trabalho cotidiano em meio rural. O tempo de experiência mostrou-se relevante no cargo, indicando robusto conhecimento da natureza e apego ao lugar/comunidade, estabelecido por vínculos de parentesco, identificação e conhecimento do ambiente natural. Eles reconstroem práticas intersetoriais, priorizando intervenções associadas aos determinantes sociais, micropolíticos e culturais do processo saúde-doença e à participação na vida comunal em domicílios acessados exclusivamente por deslocamento fluvial e espalhados num vasto território. O trabalho administrativo intramuros foi interpretado como desvio de função e afastamento das interações cotidianas nos domicílios gerando insatisfação e desmotivação desses trabalhadores.


ABSTRACT: The article analyzes ways of life and organization of work of community health workers working in rural communities served by Basic Fluvial Health Unit, in the city of Manau, Brazil. Daily activities and challenges of these professionals were investigated, interaction with the families served, links with the communities and with the natural environment. Exploratory qualitative research conducted in 17 rural riverside communities distributed on the left bank of Rio Negro, along 190 kilometers. Data collection in 2021 and 2022 covered semi-structured interviews, staggered issues of attachment to the place and participant observation of the performance of community health workers. The results showed that the qualification of these workers meets the main demands of daily work in rural areas. The time of experience was relevant in the position, indicating robust knowledge of nature and attachment to the place/community, established by kinship links, identification and knowledge of the natural environment. They rebuild intersectoral practices, prioritizing interventions associated with social, micropolitical and cultural determinants of the health-disease process and participation in communal life in households accessed exclusively by river displacement and spread across a vast territory. The intramural administrative work was interpreted as deviation of function and removal of daily interactions in households, generating dissatisfaction and demotivation of these workers.


RESUMEN: El artículo analiza las formas de vida y organización del trabajo de los agentes comunitarios de salud que trabajan en comunidades rurales atendidas por la Unidad Básica de Salud Fluvial, en la ciudad de Manaus, Brasil. Se investigaron las actividades cotidianas y los desafíos de estos profesionales, la interacción con las familias atendidas, los vínculos con las comunidades y con el entorno natural. Investigación cualitativa exploratoria realizada en 17 comunidades ribereñas rurales distribuidas en la margen izquierda del Río Negro, a lo largo de 190 kilómetros. La recolección de datos en 2021 y 2022 abarcó entrevistas semiestructuradas, temas escalonados de apego al lugar y observación participante del desempeño de los agentes comunitarios de salud. Los resultados mostraron que la calificación de los agentes cumple con las principales demandas del trabajo diario en las zonas rurales. El tiempo de experiencia fue relevante en la posición, indicando un sólido conocimiento de la naturaleza y el apego al lugar/comunidad, establecido por vínculos de parentesco, identificación y conocimiento del medio natural. Reconstruyen las prácticas intersectoriales, priorizando las intervenciones asociadas a los determinantes sociales, micropolíticos y culturales del proceso salud-enfermedad y la participación en la vida comunal en los hogares a los que se accede exclusivamente por desplazamiento fluvial y que se extienden por un vasto territorio. El trabajo administrativo intramuros fue interpretado como desviación de función y eliminación de interacciones diarias en los hogares, generando insatisfacción y desmotivación de estos trabajadores.


Assuntos
Humanos , Atenção Primária à Saúde , Centros de Saúde , Saúde da População Rural , Medicina de Família e Comunidade
15.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1524731

RESUMO

Este artigo coloca em debate a relação entre trabalho, formação e política a partir de uma experiência de pesquisa-intervenção realizada com trabalhadores de uma Unidade Básica de Saúde do município de Porto Alegre. Iniciamos posicionando a tríade "trabalho-formação-política" esboçando a compreensão que temos dessa relação. A seguir, apresentamos os principais operadores teórico-metodológicos utilizados na pesquisa, destacando o emprego da cartografia e o dispositivo da instrução ao sósia. Por fim, desenvolvemos trechos do material analisado por meio dos operadores conceituais e metodológicos propostos, indicando que a análise da atividade suscita a colocação de problemas aos saberes construídos no trabalho, constituindo outras maneiras de trabalhar em meio a debates que envolvem decisões relacionadas aos impactos do trabalho para os trabalhadores e o território onde atuam. Concluímos, com base na investigação feita, que a construção de saberes ao trabalhar não é somente uma tessitura de si ou de saberes, mas também, e necessariamente, da própria política, visto que viver o/no/pelo trabalho, renormatizando os processos, implica a tessitura dos modos de viver em conjunto


This article discusses the relationship between work, professional development, and politics based on an intervention-research experience conducted with workers of a Basic Health Unit in the city of Porto Alegre. We begin by positioning the "work-education-politics" triad, outlining our understanding of this relationship. Next, we present the main theoretical-methodological operators used in this research, highlighting the use of cartography and the device of the instruction to the double. Finally, we developed excerpts of the analyzed material with the proposed conceptual and methodological operators, indicating that the analysis of the activity leads to posing problems to the knowledge built at work, constituting other ways of working in the midst of debates that involve decisions related to the impacts of the work for the workers and the territory where they work. We conclude, based on the investigation carried out, that the construction of knowledge when working is not only a weaving of itself, or of knowledge, but also, and necessarily, of the policy itself, since living the/in/through work, normalizing the processes again, implies weaving the modes to live together


Assuntos
Humanos , Política , Trabalho , Centros de Saúde , Capacitação de Recursos Humanos em Saúde
16.
Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. (Online) ; 23: e20210005, 2023. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1422694

RESUMO

Abstract Objectives: to evaluate the association between intimate partner physical violence (IPPV) and inadequate gestational weight gain (GWG). Methods: cross-sectional study composed of 554 women who attended four Basic Health Units in the city of Rio de Janeiro between 2005 and 2009. The GWG was calculated through the difference between the final weight of pregnancy and pre-gestational weight. For the measurement of IPPV, the Portuguese version of the Conflict Tactics Scales (CTS-1) was used. Data analysis was based on multinomial logistic regression models, estimating odds ratios and respective 95% confidence intervals for associations between the variables of interest. Results: the prevalence of minor and severe IPPV was 31.6% and 16.3%, respectively. Almost two-thirds of the women had insufficient or excessive GWG. After adjusting the model, it was observed that the presence of IPPV increased by 1.66 (CI95%=1.05-2.64) times the chances of insufficient GWG, compared to couples who did not experience this type of violence. Concerning the excessive GWG, the associations with IPPV were not statistically significant. Conclusion: women who experience IPPV in their relationships are more likely to have insufficient GWG during pregnancy. From this perspective, prenatal care becomes an essential service for screening domestic violence and its possible repercussions.


Resumo Objetivos: avaliar a associação entre violência física entre parceiros íntimos (VFPI) e o ganho de peso gestacional (GPG) inadequado. Métodos: estudo seccional composto por 554 mulheres que compareceram a quatro Unidades Básicas de Saúde do município do Rio de Janeiro, entre 2005 e 2009. O GPG foi calculado através da diferença entre o peso final da gestação e o peso pré-gestacional. Para a mensuração da VFPI foi utilizada a versão em português da Conflict Tactics Scales (CTS-1). A análise dos dados se baseou em modelos de regressão logística multinomial, estimando-se razões de chance e respectivos intervalos de 95% de confiança para as associações entre as variáveis de interesse. Resultados: a prevalência de VFPI menor e grave foi 31,6% e 16,3%, respectivamente. Quase dois terços das mulheres apresentaram GPG insuficiente ou excessivo. Após o ajuste do modelo, observou-se que a presença de VFPI aumentou em 1,66 (IC95%=1,05-2,64) vezes as chances de GPG insuficiente, em comparação aos casais que não vivenciaram este tipo de violência. Em relação ao GPG excessivo as associações com VFPI não foram estatisticamente significantes. Conclusões: mulheres que vivenciam a VFPI têm maiores chances de apresentarem GPG insuficiente. Nessa perspectiva, o pré-natal passa a ser um serviço fundamental para o rastreamento de violência doméstica e suas possíveis repercussões.


Assuntos
Humanos , Feminino , Cuidado Pré-Natal , Cuidado Pré-Concepcional , Violência Doméstica , Violência por Parceiro Íntimo/estatística & dados numéricos , Ganho de Peso na Gestação , Brasil , Centros de Saúde , Saúde Materno-Infantil , Estudos Transversais
17.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1418371

RESUMO

Este relato de experiência tem como objetivo apresentar a realização de um Grupo de Gestantes como prática de estágio curricular do Curso de Psicologia em uma Unidade Básica de Saúde, em Erechim/RS. O grupo buscou contribuir com a saúde das mulheres no período gestacional, promovendo um espaço de conhecimento, de acolhimento, de escuta e de troca de experiências, possibilitando o desenvolvimento de maior autonomia e compreensão das mudanças na gestação ao nascimento do bebê e ampliação do acesso aos serviços de saúde mental. Participaram do grupo 40 gestantes, entre 15 e 37 anos, em períodos gestacionais variados, em acompanhamento pré-natal. Realizado semanalmente, no formato de um grupo aberto e concomitante às consultas pré-natais, a partir de 05 temas principais, realizado um assunto por mês, além da escuta e do acolhimento das demandas. Os resultados se mostraram positivos devido à troca de experiências, à similaridade nas vivências, à escuta e ao acolhimento especializado.


This experience report aims to present the realization of a Group of Pregnant Women as a curricular internship practice of the Psychology Course in a Basic Health Unit in Erechim/RS. The group sought to contribute to the health of women in the gestational period, promoting a space for knowledge, reception, listening and exchange of experiences, enabling the development of greater autonomy and understanding of the changes in pregnancy to the birth of the baby, and expansion of access to services of mental health. 40 pregnant women participated in the group, between 15 and 37 years old, in different gestational periods, in prenatal care. Held weekly, in the format of an open group and concomitant with prenatal consultations, from 05 main topics, with one subject per month, in addition to listening and meeting demands. The results were positive due to the exchange of experiences, similarity in experiences, listening and specialized reception.


Assuntos
Psicologia Social , Centros de Saúde , Gestantes
18.
Geriatr., Gerontol. Aging (Online) ; 17: e2200098, 2023. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1516082

RESUMO

Objectives: To estimate the anticholinergic burden in geriatric patients using two scales and to assess the degree of agreement between them. Methods: Data from an observational study conducted in a primary health care service were used. Anticholinergic burden was assessed using the Belgian Scale Muscarinic Acetylcholinergic Receptor ANTagonist Exposure Scale and the Brazilian Scale of Medicines with Anticholinergic Activity. The cumulative anticholinergic burden score was classified using a categorical approach: Brazilian scale (0: none; 1 ­ 2: low; ≥ 3: high) and Belgian scale (0: none; 0.5 ­ 1.5: low; ≥ 2: high). The degree of agreement between the two instruments was obtained through Cohen's kappa coefficient. Results: A total of 374 older people were included, most of them female and aged between 60 and 69 years. At least one potentially inappropriate drug with anticholinergic activity was used by 60.70% of patients according to the Brazilian scale and 32.89% by the Belgian scale. On average, 20.85% were under high anticholinergic exposure. Overall, on both scales, the most commonly recurrent medications were those indicated for the treatment of psychiatric disorders. Agreement between the scales was moderate (Kappa = 0.43). Conclusions: A high percentage of older adults was exposed to drugs with an anticholinergic burden, posing risks to health and quality of life. Consensus is needed on how anticholinergic burden is calculated by these scores, as well as standardization of the list of included drugs.


Objetivos: Estimar a carga anticolinérgica em idosos com base em duas escalas e avaliar o grau de concordância entre estas. Metodologia: Foram utilizados dados de um estudo observacional realizado em um serviço de atenção primária. A carga anticolinérgica foi avaliada pela escala belga Muscarinic Acetylcholinergic Receptor ANTagonist Exposure Scale e da Escala Brasileira de Medicamentos com Atividade Anticolinérgica. A pontuação da carga anticolinérgica cumulativa foi classificada utilizando uma abordagem categórica: escala brasileira (0: nenhuma, 1 ­ 2: baixa, ≥ 3: alta) e escala belga (0: nenhuma, 0,5 ­ 1,5: baixa, ≥ 2: alta). O grau de concordância entre as duas ferramentas foi obtido por meio do coeficiente Capa de Cohen. Resultados: Foram incluídos 374 idosos, a maioria do sexo feminino e com idade entre 60 a 69 anos. O uso de pelo menos um medicamento potencialmente inapropriado com atividade anticolinérgica foi verificado em 60,70% dos idosos com a aplicação da escala brasileira e em 32,89% com a escala belga. Em média, 20.85% estavam sob alta exposição anticolinérgica. De modo geral, os medicamentos mais recorrentes, para ambas as escalas, foram os indicados para o tratamento de transtornos psiquiátricos. A concordância entre as escalas foi moderada (Capa = 0,43). Conclusão: Um percentual elevado de idosos estava exposto a medicamentos com carga anticolinérgica, representando riscos para a saúde e a qualidade de vida. É necessário um consenso sobre como calcular a carga anticolinérgica nos diferentes escores, bem como a padronização da lista de medicamentos incluídos.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Centros de Saúde , Antagonistas Colinérgicos/administração & dosagem , Prescrição Inadequada/estatística & dados numéricos , Serviços de Saúde para Idosos , Estudos Retrospectivos
19.
Cad. saúde colet., (Rio J.) ; 31(1): e31010384, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1430140

RESUMO

Resumo Introdução O excesso de peso é um fator de risco para doenças crônicas. Objetivo Estimar a prevalência de sobrepeso e obesidade, e investigar sua associação com variáveis demográficas, socioeconômicas e reprodutivas e com comportamentos relacionados à saúde entre mulheres usuárias de unidade de atenção especializada. Método Estudo transversal com mulheres em atendimento por mastologista. O estado nutricional foi classificado por meio do índice de massa corporal. Foram utilizados modelos de regressão logística multinomial brutos e ajustados, com estimativa de razões de chance (RC) e intervalos de confiança de 95% (IC95%). A eutrofia foi considerada como categoria de referência. Resultados Participaram 182 mulheres com média de idade de 51 anos. A prevalência de sobrepeso foi de 34,1% (IC95% 27,1-41,0) e de obesidade foi de 31,8% (IC95% 25,0-38,7). Apresentaram maiores chances de obesidade as mulheres: com 60 anos ou mais, que exerciam atividade remunerada, que tiveram menarca antes dos 13 anos e com três ou mais gestações. Após análise ajustada, permaneceram associadas à maior chance de obesidade a menarca antes dos 13 anos (RC 4,40; IC95% 1,76-10,99) e três ou mais gestações (RC 8,50; IC95% 2,14-33,70). Conclusão Verificou-se elevada prevalência de sobrepeso e obesidade entre as participantes, associada às características reprodutivas.


Abstract Background Overweight is a risk factor for chronic diseases. Objective To estimate the prevalence of overweight and obesity and to investigate its association with demographic, socioeconomic, reproductive and health behaviors related among women users of specialized care units. Method Cross-sectional study with women in care by a mastologist. Nutritional status was classified by Body Mass Index (BMI). Gross and adjusted multinomial logistic regression models were used, to estimate an Odds Ratios (OR) and 95% Confidence Intervals (95% CI). Eutrophy was considered as a reference category. Results 182 women with a mean age of 51 years. The prevalence of overweight was 34.1% (CI 95% 27.1-41.0) and obesity was 31.8% (CI 95% 25.0-38.7). Women were more likely to be obese: 60 years of age or older, who were gainfully employed, who had menarche before age 13, and with three or more pregnancies. After adjusted analysis, they remained associated with a greater chance of the development of obesity to menarche before 13 years (OR 4.40 CI 95% 1.76-10.99) and three or more pregnancies (OR 8.50 CI 95% 2.14-33.70). Conclusion There was a high prevalence of overweight and obesity among the participants, associated with reproductive characteristics.


Assuntos
Humanos , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Mulheres , Centros de Saúde , Estudos Transversais , Sobrepeso , Obesidade , Mama/fisiopatologia , Estado Nutricional
20.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e254081, 2023. graf
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1440799

RESUMO

Este artigo pretende conhecer como a rede de cuidados em saúde tem se operacionalizado a partir da percepção de familiares de crianças com demanda de cuidado em saúde mental (SM). Foram realizados dois grupos focais, um com familiares da Atenção Básica (AB) e outro com familiares do Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil (CAPSij), totalizando 15 participantes. Seguiu-se com a análise lexical do tipo classificação hierárquica descendente, com o auxílio do software R Interface, a fim de análises multidimensionais de textos e questionários (IRaMuTeQ), resultando em cinco classes: A Pílula Mágica; Forças e Fraquezas dos serviços; Procurando por ajuda; Aceitando o diagnóstico da criança e Onde procurei ajuda. Os resultados apontam para dificuldades presentes na AB em identificar e manejar situações de Saúde Mental Infantojuvenil (SMIJ), por meio de uma lógica ainda medicalizante. Ressalta-se que a escola é apresentada como lugar de destaque na produção da demanda por cuidado e a família ainda é pouco convocada à construção das ações. Conclui-se, então, que avanços ainda são necessários para operacionalização de um cuidado pautado nas diretrizes da política de SMIJ.(AU)


This article aims to know how the healthcare network has been operationalized from the perception of family members of children with demand for mental health care (MH). Two focus groups were held, one with family members from Primary Care (PC) and the other with family members from the Child Psychosocial Care Center (CAPSij), totaling 15 participants. A lexical analysis of the descending hierarchical classification type was performed with the help of the software R Interface for multidimensional analyzes of texts and questionnaires (IRAMUTEQ), resulting in five classes: The Magic Pill; Strengths and Weaknesses of services; Looking for help; Accepting the child's diagnosis; and Where did I look for help. The results point to difficulties present in PC in identifying and managing situations of mental health in children and adolescents (MHCA), with a medicalization logic. Note that the school is presented as a prominent place in producing the demand for care, and the family is still not very much involved in the actions. It is, thus, concluded that advances are still needed for operationalization of care guided by MHCA policy guidelines.(AU)


Este artículo tuvo por objetivo conocer cómo opera una red asistencial a partir de la percepción de familiares de niños con demanda de atención en salud mental (SM). Se realizaron dos grupos focales, uno con familiares de Atención Primaria (AP) y otro con familiares del Centro de Atención Psicosocial Infantojuvenil (CAPSij), totalizando 15 participantes. Se realizó análisis léxico del tipo clasificación jerárquica descendente con la ayuda del software Interface de R pour les Analyses Multidimensionnelles de Textes et de Questionnaires (IRAMUTEQ), lo que resultó en cinco clases: "La píldora mágica"; "Fortalezas y debilidades de los servicios"; "En busca de ayuda"; "Aceptar el diagnóstico del niño" y "¿Dónde busqué ayuda?". Los resultados apuntan las dificultades presentes en AP para identificar y manejar situaciones de salud mental infantojuvenil (SMIJ) mediante una lógica aún medicalizante. La escuela tiene un lugar destacado en la producción de la demanda de cuidados y la familia aún no está muy involucrada en la construcción de acciones. Se concluye que se necesitan avances para ofertar una atención guiada por lineamientos de la política del SMIJ.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pré-Escolar , Criança , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Criança , Adolescente , Colaboração Intersetorial , Assistência à Saúde Mental , Política de Saúde , Transtornos de Ansiedade , Pais , Serviço de Acompanhamento de Pacientes , Pediatria , Jogos e Brinquedos , Ludoterapia , Preconceito , Relações Profissional-Família , Relações Profissional-Paciente , Propriocepção , Psicanálise , Psicologia , Transtornos Psicomotores , Psicoterapia , Transtornos Psicóticos , Encaminhamento e Consulta , Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade , Autocuidado , Transtorno Autístico , Alienação Social , Meio Social , Isolamento Social , Apoio Social , Socialização , Condições Patológicas, Sinais e Sintomas , Terapêutica , Violência , Inclusão Escolar , Timidez , Neurociências , Adaptação Psicológica , Aceitação pelo Paciente de Cuidados de Saúde , Centros de Saúde , Terapia Cognitivo-Comportamental , Comorbidade , Defesa da Criança e do Adolescente , Transtornos do Comportamento Infantil , Cuidado da Criança , Desenvolvimento Infantil , Deficiências do Desenvolvimento , Linguagem Infantil , Terapia Ocupacional , Cognição , Transtornos da Comunicação , Manifestações Neurocomportamentais , Transtorno de Movimento Estereotipado , Disciplinas e Atividades Comportamentais , Crianças com Deficiência , Afeto , Choro , Agressão , Dermatite de Contato , Diagnóstico , Transtornos Dissociativos , Dislexia , Ecolalia , Educação , Educação de Pessoa com Deficiência Intelectual , Educação Especial , Emoções , Conflito Familiar , Fonoaudiologia , Adesão à Medicação , Apatia , Terapia de Aceitação e Compromisso , Ajustamento Emocional , Alfabetização , Transtornos do Neurodesenvolvimento , Transtorno do Espectro Autista , Orientação Espacial , Análise do Comportamento Aplicada , Remediação Cognitiva , Terapia Focada em Emoções , Pediatras , Análise de Dados , Tristeza , Angústia Psicológica , Interação Social , Acesso aos Serviços de Saúde , Direitos Humanos , Hipercinese , Inteligência , Relações Interpessoais , Ira , Transtornos da Linguagem , Aprendizagem , Deficiências da Aprendizagem , Solidão , Imperícia , Transtornos Mentais , Deficiência Intelectual , Doenças do Sistema Nervoso , Transtorno Obsessivo-Compulsivo
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...