Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 32
Filtrar
1.
Rev. Ciênc. Plur ; 7(3): 43-60, set. 2021. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1290808

RESUMO

Introdução:O Brasil está no ranking dos 10 países que mais desperdiçam alimentos no mundo, é também o 3º maior produtor de frutas. As cascas e sementes, que são desprezadas, podem ser utilizadas na alimentação por meio do aproveitamento integral de alimentos. Objetivo:Verificar características organolépticas de preparações culinárias elaboradas com farinha das sementes de melão cantaloupe (Cucumis melo L. var. reticulatus). Metodologia:O trabalho trata-se de um estudo piloto, em que foi elaborada farinha de sementes do melão utilizada na produção de dois coprodutos, bolo simples e torta de frango, elaborados com diferentes percentuais de farinha das sementes, sendo de 25%, 50% e 75% adicionada à farinha de trigo enriquecida com ferro e ácido fólico. Posteriormente foi realizada degustação das amostras para realização da avaliação das características organolépticas dos coprodutos elaborados. Resultados:As preparações feitas com farinha cuja constituição possuía 50% de farinha de sementes foram as comentadas na avaliação das características organolépticas, visto que eram mais palatáveis, em virtude da menor quantidade de resíduos, bem como apresentaram aroma e sabor mais agradáveis quando comparadas às amostras de 75% de farinha de sementes. Conclusões:Diante dos resultados observou-se que os participantes optaram pelos produtos que possuíam quantidade intermediária de resíduos de melão nas preparações, sendo os produtos cuja concentração era 50% de farinha de sementes, visto que não dificultavam a mastigação e deglutição, bem como não tiveram alterações significativas nas características organolépticas como aroma e sabor. Espera-se que em breve com a volta das atividades presenciais, a análise sensorial com provadores não treinados seja realizada para continuidade e conclusão do estudo (AU).


Introduction:Brazil is in the ranking of the 10 countries that most waste food in the world, it is also the 3rd largest fruit producer. The husks and seeds that are neglected can be used in food through the full use of food. Objective:To verify organoleptic characteristics of culinary preparations made with flour from cantaloupe melon seeds (Cucumis melo L. var. Reticulatus).Methodology:The work is a pilot study in which cantaloupe melon melon seed meal flour was used to produce two co-products, simple cake and chicken pie, made with different percentages of flour of the seeds, 25%, 50% and 75% being added to wheat flour enriched with iron and folic acid. Subsequently, samples were tasted to evaluate the organoleptic characteristics of the elaborated by-products.Results:The preparations made with flour whose constitution had 50% of seed meal were those mentioned in the evaluation of the organoleptic characteristics, since they were more palatable, due to the lower amount of residues, as well as presenting a more pleasant aroma and flavor when compared to 75% samples. of seed meal. Conclusions:In view of the results, it was observed that the participants opted for products that had an intermediate amount of melon residues in the preparations, being the products whose concentration was 50% ofseed meal, since they did not hinder chewing and swallowing, as well as had no significant changes in organoleptic characteristics such as aroma and flavor. It is expected that soon with the return of face-to-face activities, sensory analysis with untrained tasters will be carried out for the continuity and conclude of the study (AU).


Introducción: Brasil está en el ranking de los 10 países que más desperdician alimentos en el mundo, también es el 3er productor de frutas más grande. Las cáscaras y semillas que se descuidan se pueden utilizar en los alimentos mediante el uso completo de los alimentos.Objetivo: Verificar las características organolépticas de preparaciones culinarias elaboradas con harina de semillas de melón cantalupo (Cucumis melo L. var. Reticulatus).Metodología: El trabajo es un estudio piloto en el que se utilizó harina de melón cantalupo harina de semilla de melón para producir dos coproductos, bizcocho simple y pastel de pollo, elaborado con diferentes porcentajes de harina de las semillas, 25% , 50% y 75% se agrega a la harina de trigo enriquecida con hierro y ácido fólico. Posteriormente, se cantaron muestras para evaluar las características organolépticas de los subproductos elaborados. Resultados: Las preparaciones elaboradas con harina cuya constitución tenía 50% de harina de semillas fueron las mencionadas en la evaluación de las características organolépticas, ya que resultaron más palatables, por la menor cantidad de residuos, además de presentar un aroma y sabor más agradable al compararse con 75% de muestras de harina de semillas. Conclusiones:A la vista de los resultados, se observó que los participantes optaron por productos que presentaban una cantidad intermedia de residuos de melón en las preparaciones, siendo los productos cuya concentración era del 50% de harina de semillas, ya que no dificultaban la masticación yla deglución, así como no tuvo cambios significativos en las características organolépticas como aroma y sabor. Se espera que próximamente con el regreso de las actividades presenciales se realice un análisis sensorial com catadores no capacitados para continuar y concluir el estudio (AU).


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Brasil/epidemiologia , Cucumis melo , Aproveitamento Integral dos Alimentos , Indicadores de Desenvolvimento Sustentável , Alimentos , Sementes , Sensação , Farinha
2.
Demetra (Rio J.) ; 15(1): e41995, jan.- mar.2020. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1103904

RESUMO

Introdução: O desperdício é um grande problema enfrentado pelo Brasil, em função dos hábitos alimentares, sendo o aproveitamento de cascas de frutas, folhas e talos de hortaliças ainda baixo. Sabe-se, no entanto, que a utilização dessas partes tradicionalmente não aproveitadas pode contribuir para a produção de alimentos mais saudáveis, nutritivos e com menor impacto negativo para o meio ambiente. Objetivo: Aproveitar os vegetais na sua forma integral ou de suas partes alimentícias não convencionais, e caracterizar as farinhas obtidas, com vistas à alimentação humana. Métodos: As farinhas foram obtidas de banana verdes (casca e polpa), casca de tangerina, casca e polpa de berinjela e bagaço de uva oriundo da produção de suco de uva, que foram secas em estufa ventilada a 40°C por 48 horas. Foram realizadas análises físico-químicas e microbiológicas. Resultados: As farinhas apresentaram alto teor de fibras (17,7 a 48,94 g/100g) e compostos fenólicos (778,81 a 2708,11 mg EAG/100g), e baixo teor de lipídeos (0,70 a 3,40 g/100g). Para a quantidade de proteínas, a farinha de berinjela foi a que mais se destacou (13,81 g/100g), podendo ser uma alternativa aos indivíduos que não consomem produtos de origem animal. Conclusões: Todas as farinhas são seguras do ponto de vista microbiológico, de acordo com a legislação vigente, e portanto, podem ser utilizadas na alimentação humana para aumentar o aporte de nutrientes e diminuir os impactos da poluição, contribuindo para a manutenção do meio ambiente e gerando renda. (AU)


Introduction: Waste is a great problem faced by Brazil, due to dietary habits, with a low use of fruit peels, leaves and stems of vegetables. However, it is known that the use of these parts traditionally not used can contribute to the production of healthier and more nutritious food with less negative impact on the environment. Objective: Take advantage of vegetables in their entirety or from their non-conventional food parts, and to characterize the flours obtained, for human consumption. Methods: Flours were obtained from green bananas (peel and pulp), tangerine peel, eggplant peel and pulp and grape marc from grape juice production, which were dried in a ventilated oven at 40 ° C for 48 hours. Physical-chemical and microbiological analyzes were realized. Results: Flours showed a high fiber (17.7 to 48.94 g/100g) and phenolic compounds (778.81 to 2708.11 mg EAG/100g) content, and low lipid content (0.70 to 3.40 g/100g). For the amount of proteins, eggplant flour was the one that stood out the most (13.81g/100g), it can be an alternative to individuals who do not consume animal products. Conclusions: All flours are safe in a microbiological point of view, according to current legislation, and therefore they can be used in food to increase the supply of nutrients and reduce the impacts of pollution, contributing to the environment maintenance and income generating. (AU)


Assuntos
Aproveitamento Integral dos Alimentos , Plantas Comestíveis , Resíduos de Alimentos
3.
Hig. aliment ; 33(288/289): 599-603, abr.-maio 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482004

RESUMO

O Brasil é um dos maiores produtores de alimentos do mundo, mas há um desperdício desde a colheita até os centros de distribuição e durante o preparo. Os frutos adquiridos no fim da feira foram levados ao laboratório para higienização, despolpamento, as cacas foram secas, trituradas e peneiradas para obtenção da farinha e esta utilizadas na formulação dos cookies em diferentes concentrações. Os mesmos foram submetidos a análises físico-químicas, microbiológicas e sensoriais. Os resultados obtidos, pH variou 10,32 – 8,47, °brix 3,0. A aceitabilidade sensorial as formulações de 40% e 60% foram os mais aceitos pelos provadores. De acordo com os aspectos analisados o reaproveitamento da casca da manga na forma de farinha é viável, quanto à aceitabilidade do produto, além de agregar valor nutricional, aroma e o sabor natural do fruto.


Assuntos
Humanos , Alimentos Fortificados/microbiologia , Aproveitamento Integral dos Alimentos , Biscoitos , Comportamento do Consumidor/estatística & dados numéricos , Mangifera , 24454 , Fenômenos Químicos
4.
Hig. aliment ; 33(288/289): 604-608, abr.-maio 2019. ilus
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482005

RESUMO

Toneladas de resíduos são gerados no processamento de frutos, fazendo parte a casca e sementes. Esses resíduos possuem nutrientes e compostos antioxidantes importantes para o organismo humano, que podem ser fermentados em biorreatores, minimizando o desperdício, gerando uma nova fonte alimentar. Logo, objetivou-se o enriquecimento proteico dos resíduos de frutas, através da fermentação semi-sólida, visando o aumento do teor de proteína e melhorando seu valor nutricional. Os resíduos de maracujá, laranja e goiaba foram misturados com 15% de levedura e foram inseridos em biorreatores tipo bandejas de alumínio a 37 ºC em um período 60 horas, onde foram retiradas amostras em intervalos de 8 horas. Os resíduos foram bem aproveitados, apresentando-se como uma fonte reutilizável no processo de fermentação e com expressivo valor proteico.


Assuntos
Aproveitamento Integral dos Alimentos , Fermentação , Frutas/química , Proteínas , Reatores Biológicos , Alimentos Fortificados , Saccharomyces cerevisiae
5.
Hig. aliment ; 33(288/289): 633-636, abr.-maio 2019. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482011

RESUMO

Devido a crescente demanda por alimentos que contribuam para uma qualidade de vida melhor, oriunda principalmente de fontes naturais. O objetivo do trabalho foi submeter o resíduo do tomate ao processo de secagem para produção da farinha do resíduo de tomate (FRT), e posterior fabricação de pães de forma nas proporções de substituição (7,5%, 15%, 22,5% e 30% FRT). Os resultados mostraram que as amostras são caracterizadas por diferentes atributos. Através do Mapa de Preferência Externo observou-se que o pão de forma de marca comercial (Padrão) foi caracterizado pela textura, aparência e sabor. Já a amostra P4(30%FRT) se caracterizou pela cor. A amostra P1(7,5%FRT) se caracterizou pela aceitação global. Já as amostras P2(15%FRT) e P3(22,5%FRT) foram correlacionadas negativamente com os atributos pesquisados. Dessa forma, os pães de forma foram caracterizados por diferentes atributos inferindo nas características próprias que cada amostra teve com a substituição da farinha do resíduo de tomate e consequentemente em diferentes escolhas por parte do consumidor final.


Assuntos
Humanos , Aproveitamento Integral dos Alimentos , Comportamento do Consumidor , Solanum lycopersicum , Pão , Conservação de Alimentos
6.
Hig. aliment ; 33(288/289): 647-651, abr.-maio 2019. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482014

RESUMO

O aproveitamento de cascas tem se destacado na elaboração de novos produtos. Diante disto, o objetivo do trabalho foi produzir biscoitos enriquecidos com farinha da casca da pitaia e farinha de castanha de caju. Os ingredientes foram pesados, homogeneizados, modelados e a massa foi assada a 180 °C por 15 minutos, em que foram resfriados e submetidos à avaliação sensorial. O biscoito com farinha da casca da pitaia (M1) apresentou o maior índice de aceitabilidade para os atributos textura e aroma. Enquanto o biscoito com farinha da castanha de caju (M2) obteve maior aceitação para os atributos cor, sabor e impressão global. Conclui-se que a inclusão de farinha da casca de pitaia e farinha da castanha de caju são opções viáveis para produção de biscoitos, pois contribuem com as propriedades sensoriais e aceitabilidade dos produtos.


Assuntos
Humanos , Anacardium , Aproveitamento Integral dos Alimentos , Biscoitos , Cactaceae , Comportamento do Consumidor/estatística & dados numéricos , Alimentos Fortificados
7.
Hig. aliment ; 33(288/289): 803-806, abr.-maio 2019. ilus
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482046

RESUMO

O pão é um dos alimentos mais difundidos no mundo, seu consumo é frequente em todas as classes sociais. A fabricação de pães com farinhas mistas possibilita o enriquecimento nutricional do alimento, e consequentemente diminuindo a emissão de resíduo no ambiente. O objetivo do trabalho foi submeter o resíduo do tomate ao processo de secagem para produção da farinha do resíduo de tomate (FRT), e posterior fabricação de pães nas proporções de substituição (7,5%, 15%, 22,5% e 30%), e verificar sua aceitação sensorial. A análise sensorial realizada comum total de 90 julgadores não treinados e um pão comercial foi utilizado para a análise. Houve uma preferência dos julgadores pelos pães que tiveram uma menor porcentagem da FRT sendo P1 (7,5%), P2 (15%) e P3 (22,5%). Conclui-se que é possível desenvolver produtos alimentícios com boa aceitabilidade sensorial, utilizando a farinha de resíduo de tomate como ingrediente de suas formulações.


Assuntos
Humanos , Aproveitamento Integral dos Alimentos , Comportamento do Consumidor , Solanum lycopersicum , Pão , Conservação de Alimentos , Resíduos de Alimentos
8.
Hig. aliment ; 33(288/289): 1329-1333, abr.-maio 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482155

RESUMO

Após o processamento industrial da manga, cerca de 60% do peso do fruto é resíduo, que é desperdiçado pela indústria de alimentos. Dessa forma, o objetivo do presente estudo foi caracterizar a polpa e a farinha da fibra da manga. Esse material foi obtido após o descasque, descaroçamento e despolpamento, onde se obteve a polpa e o resíduo que ficou retido no equipamento, o qual foi denominado de fibra. A polpa foi armazenada a -18°C e a fibra foi desidratada e triturada para a obtenção de uma farinha. Após estes processos, determinou-se os valores de pH, umidade, cinzas, teor de sólidos solúveis e ácido ascórbico tanto para a polpa quanto para a farinha, enquanto que a acidez foi determinada somente para a polpa e o teor de fibra alimentar total e lipídeos apenas para a farinha da fibra. Os resultados demonstram que este resíduo tem características interessantes para indústria, podendo ser utilizado como enriquecimento para alimentação animal e humana.


Assuntos
Aproveitamento Integral dos Alimentos , Fenômenos Químicos , Mangifera/química , Resíduos de Alimentos , Conservação de Alimentos
9.
Hig. aliment ; 33(288/289): 1362-1366, abr.-maio 2019. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482162

RESUMO

A cenoura é uma hortaliça bastante utilizada pela indústria alimentícia. Possui carotenoide, o qual desempenha um importante papel como potente antioxidante. Afim de se evitar desperdício e garantir maior vida de prateleira, este trabalho teve como objetivo analisar quimicamente farinha de cenoura e cenoura in natura, ambas com casca. As cenouras foram trituradas e congeladas a -18 °C. Parte da amostra foi secada em câmara climática a 60 °C por 45h, em seguida, a cenoura in natura e a farinha de cenoura foram submetidas a análises químicas e físico-químicas. A análise do teor de água mostrou que a farinha de cenoura está de acordo com os padrões estabelecidos pela Legislação Brasileira. A cenoura após secagem, apresentou concentração quanto aos níveis de proteínas, fibras, carotenoides e polifenóis totais em relação a cenoura in natura.


Assuntos
Aproveitamento Integral dos Alimentos , Composição de Alimentos , Daucus carota/normas , Daucus carota/química , Antioxidantes/análise , Conservação de Alimentos
10.
Hig. aliment ; 33(288/289): 1415-1419, abr.-maio 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482173

RESUMO

Este projeto teve como objetivo substituir parcialmente a farinha de trigo por farinha de resíduos de bananeira na elaboração de massa fresca de macarrão e avaliar a composição centesimal, antioxidante e aspectos sensoriais. Para o preparo da massa fresca de macarrão foi utilizado a farinha de bráctea de bananeira (10%, 20% e 30% em substituição a farinha de trigo) e outros ingredientes. Os resultados das análises de composição centensimal indicaram que não houve diferença significativa (p≥0,05) entre as amostras nos teores de proteína e fibra bruta. Os teores de umidade, cinzas, lipídios totais e compostos fenólicos aumentaram proporcionalmente à adição de farinha de bráctea. Na análise sensorial e na intenção de compra, observou-se que todas as formulações foram bem aceitas pelos provadores em todos os atributos.


Assuntos
Humanos , Aproveitamento Integral dos Alimentos , Comportamento do Consumidor , Composição de Alimentos , Massas Alimentícias , Musa , Antioxidantes/análise , Compostos Fenólicos/análise , Farinha
11.
Hig. aliment ; 33(288/289): 1425-1429, abr.-maio 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482175

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi verificar o efeito da atividade de água (Aw) nas farinhas de cascas e albedo de maracujá (FCAM) e farinha de arroz (FA) processadas por extrusão, gerando uma farinha mista pré-cozida de casca e albedo e arroz (FMCAMA). A determinação da (Aw) foi realizada utilizando aparelho digital Aqualab®, modelo CX-2, à temperatura de 25ºC. Os resultados da (Aw) foram mais baixos para as amostras de farinha de cascas e albedo de maracujá e arroz nas amostras FMCAMA1 (0,276±0,015), FMCAMA2 (0,227±0,005) e FMCAMA3 (0,259±0,034) do que para as amostras de FMI industrializada: FMI1 (0,618±0,005), FMI2 (0,553±0,003) e FMI3 (0,540±0,004).


Assuntos
Aproveitamento Integral dos Alimentos , Oryza , Passiflora , Água/análise , Fenômenos Químicos , Resíduos de Alimentos
12.
Hig. aliment ; 33(288/289): 1430-1434, abr.-maio 2019. graf, tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482176

RESUMO

A produção de geleia vem se tornando uma alternativa para a conservação de matérias-primas. Desta forma, objetivou-se elaborar geleia mista de entrecasca de melancia e polpa de maracujá e avaliar o teor de acidez e atividade de água. Para a elaboração da geleia mista foi utilizada a proporção de 60 partes da mistura do suco para 40 partes de açúcar. Foram realizadas análises de acidez e atividade de água da geleia mista após 1, 15, 30, 45, 60 e 90 dias de estocagem a 25 ºC. Os valores obtidos foram analisados pelo teste de Tukey. Os valores de pH e atividade de água da geleia mista foram influenciados pelo tempo de estocagem. Conclui-se que é viável a utilização da entrecasca de melancia para a elaboração de geleia mista, o que valoriza a utilização desse subproduto que muitas vezes seria descartado.


Assuntos
Acidez/análise , Aproveitamento Integral dos Alimentos , Citrullus , Geleia de Frutas , Passiflora , Água/análise , Fenômenos Químicos , Prazo de Validade de Produtos
13.
Hig. aliment ; 33(288/289): 1477-1481, abr.-maio 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482186

RESUMO

A pitomba é uma fruta nativa da região amazônica e amplamente aceita no Brasil, porém somente a polpa é consumida, havendo o desperdício das cascas. A secagem é uma alternativa viável para o aproveitamento das cascas. Objetivou-se a determinação da composição centesimal da casca da pitomba e avaliação dos efeitos da temperatura (50°C, 60°C e 70°C) do processo de secagem em estufa com circulação de ar sobre esses parâmetros. As farinhas produzidas foram analisadas com relação ao teor de umidade, sólidos totais, cinzas, carboidratos, proteínas e lipídeos. O aumento da temperatura aplicada resultou em valores superiores para o teor de sólidos totais, cinzas e de lipídeos e valores inferiores para o teor de umidade e de proteínas. O elevado teor de carboidrato totais indica que a farinha da casca da pitomba é um pó com alto teor fibras.


Assuntos
Composição de Alimentos , Conservação de Alimentos , Sapindaceae/química , Temperatura Alta/efeitos adversos , Aproveitamento Integral dos Alimentos
14.
Hig. aliment ; 33(288/289): 1493-1497, abr.-maio 2019. graf, tab
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482189

RESUMO

A granadilla (Passiflora ligularis) é uma fruta exótica de regiões tropicais do mundo, o seu consumo vem crescendo no Brasil e é obtida através de importação. Além da importância em termos de economia, é conhecida pelos seus benefícios nutricionais. É consumida in natura ou em forma processada, como, polpa e sorvetes. Após o processamento, o resíduo é geralmente descartado em lixos ou destinado para alimentação animal, o que pode ocasionar em problemas ambientais, tornando importante o seu estudo para reutilização. Dessa maneira, o presente estudo objetivou determinar a composição físico-química e o teor de compostos bioativos (fenólicos totais e flavonoides totais) em sementes de granadilla (Passiflora ligularis). As análises realizadas foram: umidade, cinzas totais, carboidratos, lipídios, proteína bruta, flavonoides totais e fenólicos totais. A farinha das sementes de granadilla continha 5,5% de umidade, 3,6% de cinzas, 14,6% de proteínas, 20,2% de lipídios e 56,0% de carboidratos. Diferentes extratos da farinha do resíduo foram obtidos com água destilada, acetona, metanol e etanol nas concentrações de 40 e 80%. Os extratos obtidos demonstraram teores de compostos fenólicos totais entre 656,0 e 2.455,8 mg EAG/100g de resíduo em base seca e flavonoides totais entre 280,0 e 666,4 mg QCA/100 g de resíduo em base seca. Os resultados indicaram perspectivas promissoras para o reaproveitamento das sementes de granadilla como fonte de compostos bioativos.


Assuntos
Compostos Fitoquímicos/análise , Fenômenos Químicos , Passiflora , Sementes/química , Aproveitamento Integral dos Alimentos
15.
Hig. aliment ; 33(288/289): 2938-2942, abr.-maio 2019. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482489

RESUMO

O trabalho visou verificar a aceitação sensorial e intenção de compra de quatro formulações de omelete em pó, sendo: CO (Controle - adicionado de cascas de ovos, ovo em pó, sal light, creme de cebola, tomate seco e parmesão); CE (CO + cascas de cenoura); CV (CO + talos de couve); AB (CO + cascas de abobrinha). Os resultados mostraram que a CV foi a mais aceita principalmente nos atributos de sabor, consistência e aceitação global, apresentando também maior intenção de compra.


Assuntos
Aproveitamento Integral dos Alimentos , Comportamento do Consumidor , Ovos , Proteínas Alimentares
16.
HU rev ; 42(2): 143-148, jul.-ago. 2016.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1954

RESUMO

Este trabalho objetivou elaborar e avaliar sensorialmente preparações de mousses elaboradas com soro de leite, um resíduo industrial de laticínios rico em proteínas de elevado valor biológico, visando a sua utilização sustentável em duas versões: (1) tradicional com açúcar; e (2) diet. Foi realizada analise sensorial e do potencial mercadológico dos dois produtos, aplicada a 150 provadores adultos não treinados, em Belo Horizonte - MG, em dezembro de 2014, através de avaliação, por escala hedônica de 9 pontos, dos quesitos sensoriais aroma, cor, sabor, textura; e por escala de 7 pontos, para os quesitos mercadológicos de intenção de consumo e de intenção de compra. Os dados obtidos foram comparados por análise de variância e, para a comparação das médias entre as amostras, utilizou-se o teste de Friedman, seguida de pós-teste de Dunns. O nível de significância adotado foi de 5%. Ambos os produtos apresentaram aceitação sensorial (7,75 e 8,2, respectivamente) e potencial de compra e consumo (4,85 e 5,65, respectivamente) médios elevados, indicando alta aceitabilidade das preparações. Surpreendentemente, a versão diet mostrou-se significativamente mais bem avaliada na observação dos quesitos aroma, sabor, textura, intenção de consumo e intenção de compra (p<0,05) em comparação à versão açucarada, além de exibir coloração semelhantemente, indicando padronização visual. Apresentou ainda maior aceitabilidade e potencial mercadológico. Estes resultados representam elevado potencial para introdução do soro de leite em preparações de mousses e aceitabilidade superior da versão diet. A utilização de soro de leite na elaboração de novos produtos é uma alternativa para a redução de resíduos na indústria de lacticínios, bem como para a elevação da qualidade nutricional e para a redução de custos na elaboração de alimentos, inclusive para dietas com restrição de açúcar.


Assuntos
Aproveitamento Integral dos Alimentos , Proteínas do Leite , Gestão da Qualidade Total , Substitutos do Leite , Proteínas do Soro do Leite , Soro do Leite , Alimentos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...