Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 631
Filtrar
1.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 14(41): e1798, fev. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-970809

RESUMO

Objetivo: Avaliar a fotoproteção dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) de 5 equipes da Estratégia Saúde da Família. Métodos: A casuística consistiu em 56 ACS, os quais foram submetidos a um questionário autoaplicável com perguntas sobre os hábitos de exposição solar e os conhecimentos acerca do assunto. Resultados: Verificou-se que 48,2% dos ACS se expunham ao sol durante 2 a 6 horas entre segunda e sexta-feira e que 55,4% deles tinham exposição entre 10 e 15 horas. Além disso, 58,9% dos ACS utilizam filtros solares raramente ou nunca e, entre esses, 53,6% os aplicam com frequência inadequada. Contudo, 100% dos pesquisados relataram conhecer as consequências negativas da exposição solar. Conclusão: A fotoproteção dos ACS foi considerada inadequada, já que poucos utilizam filtros solares e os que relataram o uso do produto o faziam de maneira inapropriada. Ademais, o conhecimento sobre os riscos e as consequências da exposição solar foi considerado excelente.


Objective: To evaluate the photoprotection of Community Health Agents (CHA) in five health units. Methods: A casuistry of 56 CHA was used, which were submitted to a self-administered questionnaire with questions about their solar exposure habits and their knowledge about this subject matter. Results: From the analysis of the obtained data, it was verified that 48.2% CHA exposed themselves to the sun during 2 to 6 hours between Monday and Friday and that 55.4% of them are exposed between 10 AM and 3 PM. Furthermore, 58.9% of CHA rarely or never use solar filters and among them, 53.6% apply the product with an inappropriate frequency. However, 100% of the CHA reported to know about the negative consequences and the risks of the solar exposure. Conclusion: The agents' photoprotection was considered inappropriate, since just a few of them use solar filters and the ones, which reported using the product, do it improperly. Besides that, their knowledge about the risks and consequences of the solar exposure was considered excellent.


Objetivo: Evaluar la fotoprotección de los Agentes Comunitarios de Salud (ACS) de cinco unidades estudiadas. Métodos: La casuística consistió en 56 ACS, los cuales han sido sometidos a un cuestionario autoaplicable con preguntas sobre los hábitos de exposición solar y los conocimientos sobre el asunto. Resultados: Se verificó que el 48,2% de los ACS se exponían al sol durante 2 a 6 horas entre el lunes y el viernes y que el 55,4% de ellos se exponen entre las 10 de la mañana y 3 de la tarde. Además, el 58,9% de los ACS utilizan filtros solares raramente o nunca, y, entre ellos, 53,6% los aplican con frecuencia inadecuada. Sin embargo, el 100% de los entrevistados relataron conocer las consecuencias negativas de la exposición al sol. Conclusión: La fotoprotección de los ACS fue considerada inadecuada, en razón de la poca utilización de filtros solares y los que relataron el uso del producto lo hacían de manera inadecuada. Además, el conocimiento sobre los riesgos y las consecuencias de la exposición solar fue considerado excelente.


Assuntos
Atenção Primária à Saúde , Prevenção Primária , Protetores Solares , Saúde do Trabalhador , Agentes Comunitários de Saúde
2.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 14(41): e1963, fev. 2019.
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-981942

RESUMO

Neste editorial, são apresentadas as novas práticas editoriais e instruções aos autores que nortearão a Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (RBMFC) a partir de 2019. Com elas, a RBMFC renova seu compromisso com a publicação de trabalhos acadêmicos de qualidade para médicos de família e comunidade e outros profissionais da Atenção Primária à Saúde, contribuindo para a melhoria do cuidado à população.


This editorial presents the new editorial practices and author guidelines for Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (Brazilian Journal of Family and Community Medicine ­ RBMFC) starting in 2019. With them, RBMFC renews its commitment to publishing quality academic papers for family and community physicians and other primary care practitioners, contributing to the improvement of health care.


Este editorial presenta las nuevas prácticas editoriales y las directrices para autores para la Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (Revista Brasileña de Medicina Familiar y Comunitaria ­ RBMFC) a partir de 2019. Con ellas, RBMFC renueva su compromiso de publicar documentos académicos de calidad para los médicos de familia y comunidad y otros profesionales de atención primaria, contribuyendo para la mejora de la atención de salud.


Assuntos
Atenção Primária à Saúde , Publicação Periódica , Políticas Editoriais , Medicina de Família e Comunidade , Comunicação Acadêmica
3.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 14(41): e1791, fev. 2019.
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-981943

RESUMO

Apesar dos importantes progressos ocorridos no âmbito da saúde pública no Brasil, as mortes maternas por abortos inseguros representam um desafio persistente. Por tratar-se de condição prevalente na população, a mulher que busca o serviço de saúde por questões relacionadas ao aborto deve encontrar no serviço de atenção primária uma porta de entrada segura e um espaço de diálogo aberto. Considerando que o contexto legal do Brasil é um dos mais restritivos do mundo em relação ao aborto, este texto apresenta ideias de como o(a) médico(a) de família e comunidade pode atuar frente a uma situação de gravidez indesejada, baseado na experiência de outros países, considerando os atributos da atenção primária e o código de ética médica. Por fim, a experiência do Fórum Aborto Legal RS é relatada, no intuito de compartilhar ações concretas visando à qualificação do atendimento às mulheres que recorrem a um aborto permitido por lei. Conclui-se que, no nosso meio, um primeiro passo para avançar no direito ao aborto é fazer cumprir a lei que garante a sua realização em situações específicas e que a atuação dos(as) profissionais da atenção primária na redução de danos parece ser uma estratégia chave para evitar abortos inseguros e, por consequência, reduzir a mortalidade materna


Despite important progress in public health in Brazil, maternal deaths from unsafe abortion remain a continuous challenge. Because it is a prevailing condition in the population, a woman who seeks health care for abortion-related issues must find in the primary care facility a safe doorway and an open space for dialogue. Considering that Brazil's legal context is one of the most restrictive in the world in relation to abortion, this text presents ideas on how the family physician can act in dealing with a situation of unwanted pregnancy, based on the experience of other countries and considering the primary care attributes and the medical ethics code. Finally, the experience of the Legal Abortion Forum in Rio Grande do Sul is reported, in order to share concrete actions aimed at the qualification of care for women who seek an abortion that is granted by law. In conclusion, in our country, a first step to acquire more significant progress on the right to abortion is to enforce the law that guarantees its fulfillment in specific situations. Moreover, the engagement of primary care professionals in harm reduction seems to be a key strategy to prevent unsafe abortion and, consequently, to reduce maternal mortality


A pesar de los importantes progresos ocurridos en el ámbito de la salud pública en Brasil, las muertes maternas por abortos inseguros representan un desafío persistente. Por tratarse de condición prevalente en la población, la mujer que busca el servicio de salud por cuestiones relacionadas al aborto debe encontrar en el servicio de atención primaria una puerta de entrada segura y un espacio de diálogo abierto. Considerando que el contexto legal de Brasil es uno de los más restrictivos del mundo en relación al aborto, este texto presenta ideas de cómo el (la) médico (a) de familia y comunidad puede actuar frente a una situación de embarazo no deseado, basado en la experiencia de otros países, considerando los atributos de la atención primaria y el código de ética médica. Por último, se comparte la experiencia del Foro Aborto Legal de Rio Grande do Sul, con el fin de proponer acciones concretas para la calificación de la atención a las mujeres que recurren a un aborto permitido por ley. Se concluye que, en nuestro contexto, un primer paso para avanzar en el derecho al aborto es hacer cumplir la ley que garantiza su realización en situaciones específicas y que la actuación de los profesionales de la atención primaria en la reducción de riesgos y daños parece ser una estrategia clave para evitar abortos inseguros y, por consiguiente, reducir la mortalidad materna.


Assuntos
Atenção Primária à Saúde , Aborto Induzido , Aborto Legal , Medicina de Família e Comunidade
4.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 14(41): e1788, fev. 2019. ilus
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-981944

RESUMO

Objetivo: Relatar a experiência da implementação de oficinas de saúde e sexualidade por residentes de saúde da família com adolescentes do 8º ano de uma escola pública em Florianópolis. Relato de experiência: As oficinas foram organizadas sob a forma de encontros mensais, com turmas do 8º ano dos períodos matutino e vespertino, da Escola de Ensino Básico Hilda Teodoro, situada no bairro da Trindade, em Florianópolis, entre os meses de março a dezembro de 2017. Os encontros eram realizados em pequenos grupos, com 16 alunos por turma, dispostos em roda de maneira a permitir a interação e participação de todos os membros, tendo duração de 45 a 90 minutos. Durante os encontros, eram realizadas palestras, dinâmicas e rodas de conversa, estimulando a reflexão, debate e conscientização dos adolescentes acerca da importância de temas como: gravidez na adolescência, doenças sexualmente transmissíveis, orientação sexual e identidade de gênero, machismo, métodos anticoncepcionais e anatomia dos órgãos reprodutivos. Discussão: Por meio da experiência, notou-se participação ativa e ricas contribuições por parte dos adolescentes, principalmente das meninas, evidenciando interesse considerável sobre a temática da sexualidade, principalmente a gravidez na adolescência e os métodos contraceptivos. Os discursos e pontos de vista ressaltaram as mudanças em curso na sociedade brasileira, em direção à igualdade de gênero e empoderamento feminino. Conclusão: As oficinas de saúde e sexualidade desenvolvidas pelos residentes de medicina de família e comunidade e saúde da família representaram uma oportunidade ímpar de interação entre os programas de residência, as equipes de Estratégia de Saúde da Família e a comunidade, utilizando o cenário escolar como ferramenta para a promoção de saúde e empoderamento social.


Objective: To describe an experience of implementing a health and sexuality workshop by family health residents with students from 8th grade classes from a public school in Florianópolis. Experience report: Workshops were organized in the form of monthly meetings, with 8th grade classes of morning and afternoon shifts, from the Hilda Teodoro Elementary School, located in the Trindade neighborhood, Florianópolis, from March to December, 2017. The meetings were performed in small groups, with 16 students per class, organized in circle allowing the interaction and participation of all members, lasting from 45 to 90 minutes. During the workshops, lectures, dynamics and conversation were developed, stimulating adolescents to wonder, discuss and reflect about the importance of topics such as teenage pregnancy, sexually transmitted diseases, sexual orientation and gender identity, machismo, contraceptive methods and anatomy of the reproductive organs. Discussion: Through the experience, it was noticed active participation and rich contributions by the adolescents, mainly of the girls, evidencing considerable interest on the subject of sexuality, especially teenage pregnancy and contraceptive methods. The speeches and points of view highlighted the changes taking place in Brazilian society, towards gender equality and women's empowerment. Conclusion: Health and sexuality workshops organized by family medicine and family health residents represented a relevant opportunity to interaction amongst Family Health Strategy Residence Programs, Family Health Strategy teams and communities, using the school scenario as a tool for health promotion and social empowerment.


Objetivo: Informar la experiencia de la implementación de talleres de salud y sexualidad por residentes de salud de la familia con adolescentes del 8º año de una escuela pública en Florianópolis. Relato de experiencia: Los talleres fueron organizados en forma de encuentros mensuales, con clases del 8º año, períodos matutino y vespertino, de la Escuela de Educación Básica Hilda Teodoro, ubicada en el barrio de la Trinidad en Florianópolis, entre los meses de marzo a diciembre de 2017. Los encuentros se realizaban en pequeños grupos, con 16 alumnos por clase, dispuestos en de manera que permita la interacción y participación de todos los miembros, teniendo una duración de 45 a 90 minutos. Durante los encuentros se realizaron charlas, dinámicas y ruedas de conversación, estimulando la reflexión, debate y concientización de los adolescentes acerca de la importancia de temas como embarazo en la adolescencia, enfermedades sexualmente transmisibles, orientación sexual e identidad de género, machismo, métodos anticonceptivos y anatomía de los adolescentes órganos reproductivos. Discusión: Por medio de la experiencia, se notó participación activa y ricas contribuciones por parte de los adolescentes, principalmente de las niñas, evidenciando un interés considerable sobre la temática de la sexualidad, principalmente el embarazo en la adolescencia y los métodos anticonceptivos. Los discursos y puntos de vista resaltaron los cambios en curso en la sociedad brasileña, en dirección a la igualdad de género y empoderamiento femenino. Conclusión: Los talleres de salud y sexualidad desarrollados por los residentes de medicina de la familia y salud de la familia representaron una oportunidad relevante de interacción entre los Programas de Residencia en Salud de la Familia, los equipos de Estrategia de Salud de la Familia y la comunidad, utilizando el escenario escolar como herramienta para la promoción de la salud y el empoderamiento social.


Assuntos
Especialização , Adolescente , Sexualidade , Internato e Residência
5.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 14(41): e1786, fev. 2019. graf, ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-981946

RESUMO

Objetivo: Conhecer o perfil do imigrante que utiliza a atenção primária de Florianópolis. Métodos: Estudo transversal de base populacional com dados cadastrais de estrangeiros moradores de Florianópolis, que utilizaram a Atenção Primária à Saúde entre os anos de 2014 e 2016. As variáveis utilizadas foram: nacionalidade, sexo, idade, nível de escolaridade, raça, endereço de moradia e tipos de serviços utilizados. Resultados: Um total de 10.108 estrangeiros utilizaram a atenção básica em Florianópolis no período do estudo, com predomínio de adultos, brancos, com ensino médio ou superior, predominância de argentinos, uruguaios e haitianos, utilizando predominantemente serviços da farmácia e consultas médicas, distribuídos em todas unidades de saúde da capital. Houve maior nível de escolaridade e maior proporção de crianças e idosos na população provinda de países desenvolvidos, além de uma menor utilização dos serviços. Discussão: Estudo pioneiro no Brasil. O perfil dos imigrantes estudados é comparável à população de estudos europeus, com predomínio de latino-americanos e caribenhos, com faixa etária prevalecendo população economicamente ativa, utilizando consultas médicas e com alta escolaridade entre imigrantes de países desenvolvidos.


Objective: To know the immigrant's profile who use primary care in Florianopolis. Methods: Cross-sectional populational-based study with register data from foreigners who used Primary Health Care in Florianopolis between 2014 and 2016. The variables were nationality, sex, age, level of education, race and service used. Results: A total of 10,108 immigrants accessed primary care in Florianopolis during the study period, with a predominance profile of adults, Caucasian, with medium/high level of education, Latin Americans, mainly using pharmacy and medical consultations, distributed in all primary care units at Florianopolis. We observed a higher level of schooling and a greater proportion of children and elderly people in the population coming from developed countries, in addition to a lower use of services. Discussion: The profile of immigrants in the study population is comparable to the immigrant population in some European studies, with a predominance of Latin Americans and Caribbean, with a high frequency of economically active age group, using medical consultations and high education among immigrants from developed countries.


Objetivo: Conocer el perfil del inmigrante que utiliza la atención primaria a la salud de Florianópolis. Métodos: Estudio transversal de base poblacional con datos de registro de extranjeros que utilizaron la Atención Primaria a la Salud de Florianópolis entre los años 2014 y 2016. Las variables utilizadas fueron: nacionalidad, sexo, edad, nivel de escolaridad, raza, dirección de vivienda y residencia tipos de servicios utilizados. Resultados: Total de 10.108 inmigrantes utilizaron la atención básica en Florianópolis en el período del estudio, con un perfil de predominio de adultos, blancos, con enseñanza media o superior de escolaridad, predominio de argentinos, uruguayos y haitianos, utilizando predominantemente servicios de la farmacia y consultas médicos, distribuidos en todas las unidades de salud de la capital. Se observó un mayor nivel de escolaridad y mayor proporción de niños y ancianos en la población proveniente de países desarrollados, además de una menor utilización de los servicios. Discusión: Estudio pionero en Brasil, el perfil de los inmigrantes en la población del estudio es comparable a la población de estudios europeos, con predominio de latinoamericanos y caribeños, con rango de edad prevaleciendo población económicamente activa, utilizando consultas médicas y con alta escolaridad entre inmigrantes de países desarrollados.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Recém-Nascido , Lactente , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Atenção Primária à Saúde , Perfil de Saúde , Emigrantes e Imigrantes
6.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 14(41): e1824, fev. 2019. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-981947

RESUMO

Objetivo: Analisar o estado atual da cobertura vacinal (CV) de crianças menores de três anos no município de Fortaleza, CE, e sua relação com a condição socioeconômica das famílias. Métodos: Pesquisa transversal de base populacional com amostragem aleatória. As informações foram obtidas por meio da aplicação de questionários e conferência de Cadernetas de Saúde quanto ao estado vacinal, bem como de dados ecológicos de desenvolvimento humano. A CV foi estimada em crianças na faixa etária de 19 a 36 meses. Resultados: Observou-se que 45,2% das crianças estudadas apresentavam-se com a CV recomendada pelo Ministério da Saúde (MS). Além disto, verificou-se fatores socioeconômicos determinantes de cobertura vacinal e que áreas descobertas de Agentes Comunitários de Saúde apresentaram pior cobertura. Conclusão: O presente estudo revela que é necessário fortalecer as ações que aumentem as cobertura vacinais no município.


Objective: To analyze the current state of the vaccination coverage (VC) of children under three years old in the city of Fortaleza, CE, and its relation with the socioeconomic status of the families. Methods: A population-based cross-sectional survey with random sampling, information was obtained through questionnaires applied and Health Booklets conferred to the vaccination status, as well as ecological human development data. VC was estimated in children between the ages of 19 and 36 months. Results: It was observed that 45.2% of studied children presented a VC recommended by the Ministry of Health. In addition, socioeconomic factors which are determinants of vaccine coverage were identified and that areas not covered by community health agents have worse coverage. Conclusion: The present study reveals that it is necessary to strengthen actions that increase VC in the municipality.


Objetivo: Analizar el estado actual de la cobertura vacunal (CV) de niños menores de tres años en el municipio de Fortaleza y su relación con la condición socioeconómica de las familias. Métodos: Investigación transversal de base poblacional con muestreo aleatorio, se obtuvo información a través de cuestionarios aplicados y Cuadernos de Salud conferidos al estado vacunal, así como datos ecológicos de desarrollo humano. La CV fue estimada en niños en el grupo de edad de 19 a 36 meses. Resultados: Se observó que el 45,2% de los niños estudiados se presentaban con la CV recomendada por el Ministerio de Salud. Además, que factores socioeconómicos son determinantes de cobertura vacunal y que áreas descubiertas de agentes comunitarios de salud presentan peor cobertura. Conclusión: El presente estudio revela que es necesario fortalecer las acciones que aumenten las CV en el municipio.


Assuntos
Vacinas , Saúde da Criança , Programas de Imunização , Cobertura Vacinal
7.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 14(41): e1864, fev. 2019. graf
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-981948

RESUMO

Introdução: A Estratégia de Saúde da Família, a partir de 1998, representa o modelo de organização e de qualificação da Atenção Primária à Saúde no Brasil. No município do Rio de Janeiro, nos últimos anos, ocorreu um incremento rápido na cobertura da população pelas equipes de saúde da família, com a perspectiva de desenvolvimento de uma Atenção Primária à Saúde abrangente. Nesta perspectiva surge a cirurgia ambulatorial, que tem sido incorporada muito timidamente às práticas das Unidades Básicas. Objetivos: Este artigo analisa a incorporação da cirurgia ambulatorial pelas Equipes de Saúde da Família como um dos aspectos envolvidos na ampliação da coordenação do cuidado e da resolutividade da Atenção Primária à Saúde. Métodos: Foi realizado um estudo exploratório descritivo, utilizando-se da análise dos dados da produção dos procedimentos cirúrgicos na rede de atenção básica da cidade. O estudo analisou as informações disponíveis no banco de dados denominado Carteirômetro no período de outubro de 2015 a março de 2017, além de entrevistas online com médicos de família atuantes na Estratégia de Saúde da Família. A expansão das equipes de saúde da família neste período foi acompanhada do aumento percentual dos procedimentos de cirurgia ambulatorial (63,8%). Resultados: Contudo, esta evolução representa, ainda, um tímido quantitativo de cirurgias realizadas pelo número de equipes implantadas, ou seja, cerca de 1,5 procedimento/equipe no último trimestre pesquisado. Conclusão: Entre os fatores limitadores destas intervenções, identificou-se a ausência de capacitação profissional para a execução destes procedimentos, além de estrutura física e processual inadequada das unidades de saúde.


Introduction: The Family Health Program was created in 1994 and was reoriented as a strategy to change the care model from 1998 onwards, becoming a model for the organization and qualification of Primary Health Care in Brazil. In Rio de Janeiro city, in recent years, there has been a rapid increase in the coverage of the population by the family health teams, with the perspective of developing comprehensive Primary Health Care. In this perspective emerges the outpatient surgery, which has been incorporated very timidly to the practices of the Basic Health Units. Objectives: This article analyzes the incorporation of outpatient surgery by the Family Health Teams as one of the aspects involved in the expansion of the coordination of care and the resolution of Primary Health Care in this municipality. Methods: A descriptive exploratory study was carried out using the data analysis of the production of surgical procedures in the basic care network of the city. The study analyzed the information available on the Carteirômetro database for the period of October 2015 to March 2017, in addition to online interviews with family doctors working in the Family Health Strategy. It was observed that the expansion of the Family Health Strategy teams during the study period was accompanied by the percentage increase in outpatient surgery procedures (63.8%). Results: However, this evolution also represents a timid amount of surgeries performed by the number of teams implanted, that is, about 1.5 procedure/team in the last quarter surveyed. Conclusion: Among the limiting factors for the development of these interventions in Primary Health Care was the lack of professional training for the execution of these procedures, as well as inadequate physical and procedural structure of the health units.


Introducción: La estrategia de Salud de la Familia, a partir de 1998, modelo de organización y de calificación de la Atención Primaria a la Salud en Brasil. En la ciudad de Rio de Janeiro, en los últimos años, ocurrió un rápido incremento en la cobertura de la población por los equipos de salud de la familia, con la perspectiva de desarrollar una Atención Primaria a la Salud integral. En esta perspectiva surge la cirugía ambulatoria, que ha sido incorporada muy tímidamente a las prácticas de las Unidades Básicas de Salud. Objetivos: Este artículo analiza la incorporación de la cirugía ambulatoria por los Equipos de Salud de la Familia como uno de los aspectos involucrados en la ampliación de la coordinación del cuidado y de la resolutividad de la Atención Primaria a la Salud en este municipio. Métodos: Se realizó un estudio exploratorio descriptivo, utilizando el análisis de los datos de la producción de los procedimientos quirúrgicos en la red de atención básica de la ciudad. El estudio analizó la información disponible en la base de datos Carteirômetro y Tabnet referente al período de octubre de 2015 a marzo de 2017, además de entrevistas en línea con médicos de familia actuantes en la Estrategia de Salud de la Familia. Se observó que la expansión de los equipos de la Estrategia de Salud de la Familia durante el período de estudio fue acompañada del aumento porcentual de los procedimientos de cirugía ambulatoria (63,8%). Resultados: Sin embargo, esta evolución representa, además, un tímido cuantitativo de cirugías realizadas por el número de equipos implantados, o sea, cerca de 1,5 procedimiento/equipo en el último trimestre investigado. Conclusión: Entre los factores limitadores del desarrollo de estas intervenciones en la Atención Primaria a la Salud se identificó la ausencia de capacitación profesional para la ejecución de estos procedimientos, además de estructura física y procesal inadecuada de las unidades de salud.


Assuntos
Atenção Primária à Saúde , Estratégia Saúde da Família , Procedimentos Cirúrgicos Ambulatórios
8.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 14(41): e1707, fev. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-981949

RESUMO

Introdução: Embora existam internacionalmente diversos sumários online baseados em evidências, a maioria é de língua inglesa, pago ou com restrições de acesso internacional. Desta forma, estamos desenvolvendo um sumário de prática clínica baseado em evidências, em português, gratuito, transparente e livre de insumos da indústria farmacêutica. Métodos: Selecionamos 28 tópicos para a primeira fase do projeto. Estes tópicos compõem problemas que abrangem 50% da demanda em atenção primária, são desenvolvidos sob a metodologia de revisões rápidas e submetidos à revisão por pares. A busca por evidência é realizada de forma discricionária, dando preferência às revisões sistemáticas. O website é financiado pelos autores, os quais não possuem conflitos de interesse. O conteúdo do site está sob licença Creative Commons BY-NC-SA. Resultados: Criamos um manual para o desenvolvimento dos tópicos e o site www.condutas.com.br está disponível para acesso, com três tópicos desenvolvidos: resfriado comum, hipertensão arterial e pré-natal. Conclusão: O Condutas em Atenção Primária possui qualidade editorial e metodologia baseada em evidências adequada, se comparada a outros sumários online, o que é um avanço para a prática clínica nacional. Seu perfil inovador democratiza o acesso a informações atuais, consistentes e diversas, antes restritas ao leitor de língua inglesa, contudo, ao mesmo tempo enfrenta as limitações por seu pioneirismo e inerente amadorismo.


Introduction: While there are, internationally, several evidence-based online summaries most are English-language, paid or internationally restricted. Thus, we are developing an online evidence-based point-of-care summary, in Portuguese, free of charge, transparent and free of pharmaceutical industry inputs. Methods: We selected 28 topics for the first phase of the project. These topics comprise problems that cover 50% of the demand in primary care, are developed under the methodology of rapid reviews, and are peer reviewed. We conduct the search for evidence in a discretionary manner, giving preference to systematic reviews. The authors, who have no conflicts of interests, fund the website. The content of the site is under Creative Commons BY-NC-SA license. Results: We created a manual for the development of the topics and the website www.condutas.com.br is available for access with three topics developed: resfriado comum (common cold), hipertensão arterial (hypertension) and pré-natal (antenatal care). Conclusion: The Condutas em Atenção Primária has editorial quality and adequate evidence-based methodology, compared to other online summaries, which is an advance for the Brazilian clinical practice. Its innovative profile democratizes access to current, consistent and diverse information previously restricted to the English-language reader, yet, at the same time, it faces the limitations of its pioneering and inherent amateurism.


Introducción: Aunque existan internacionalmente diversos sumarios en línea basados en evidencias, la mayoría es de lengua inglesa, pago o con restricciones de acceso internacional. Así, estamos desarrollando un sumario de medicina basada en evidencias, accesible desde internet, en portugués, gratis, transparente y sin humus industriales. Métodos: Seleccionamos 28 temas para la primera fase del proyecto. Estos temas comprenden problemas que cubren el 50% de la demanda en atención primaria, se desarrollan bajo la metodología de revisiones rápidas y son sometidos a revisión por pares. Llevamos a cabo la búsqueda de pruebas de manera discrecional, dando preferencia a las revisiones sistemáticas. El sitio web es financiado por los autores, que no tienen conflictos de intereses. El contenido del sitio está bajo la licencia Creative Commons BY-NC-SA. Resultados: Creamos un manual para el desarrollo de los temas y el sitio www.condutas.com.br está disponible para el acceso con tres temas desarrollados: resfriado comum (resfriado común), hipertensão arterial (hipertensión arterial) y pré-natal (prenatal). Conclusión: El Condutas em Atenção Primária tiene calidad editorial y metodología basada en evidencias adecuada si se compara a otros sumarios en línea, lo que es un avance a la práctica clínica brasileña. Su perfil innovador democratiza el acceso a informaciones actuales, coherentes y diversas, antes restringidas al lector en idioma inglés, sin embargo, al mismo tiempo enfrenta las limitaciones por su pionerismo e inherente inexperiencia.


Assuntos
Atenção Primária à Saúde , Guias de Prática Clínica como Assunto , Medicina Baseada em Evidências , Tomada de Decisões
9.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 14(41): e1881, fev. 2019. ilus
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-981952

RESUMO

Novos desafios epidemiológicos e demográficos demandam novas formas de organizar os sistemas de saúde. O presente ensaio propõe a telessaúde como ferramenta organizativa, capaz de suavizar o triângulo de ferro da atenção à saúde e de facilitar a busca pelo triple aim, pelo seu potencial de aumento do acesso e qualidade com redução de custo. A integração da telessaúde ao processo de referência e transição entre serviços assistenciais aumenta a resolutividade da Atenção Primária à Saúde (APS), favorece a coordenação do cuidado, promove adesão terapêutica, diminui reinternações e estimula a prevenção quaternária. Este ensaio propõe a telessaúde como metasserviço que confere densidade tecnológica à APS e permite que ela se torne coordenadora efetiva do cuidado, passando a organizar o fluxo de informações, pessoas e insumos. Frente às inovações propostas, é essencial avaliar o impacto de ações já existentes de telessaúde para viabilizar a sua aplicação como metasserviço de saúde.


New epidemiological and demographic challenges require new ways of organizing healthcare systems. This essay proposes telehealth as an organizational tool, capable of smoothing the iron triangle of health care and facilitating achievement of the triple aim, namely greater access and quality with cost reduction. The integration of telehealth into the referral process and the transition between care services increases the resolvability of primary health care (PHC), facilitates the coordination of care, promotes treatment adherence, decreases readmissions, and stimulates quaternary prevention. This essay introduces the notion of telehealth as a meta-service that confers technological density to PHC and allows it to become an effective coordinator of care, organizing the flow of information, people and supplies. In view of the innovations proposed, it is essential to evaluate the impact of existing telehealth initiatives so as to extend their applicability as meta-service.


Nuevos desafíos epidemiológicos y demográficos demandan nuevas formas de organizar los sistemas de salud. El presente ensayo propone la telesalud como herramienta organizacional, capaz de suavizar el triángulo de hierro de la atención a la salud y de facilitar la búsqueda por el triple aim, por su potencial de aumento del acceso y calidad con reducción de costo. La integración de la telesalud al proceso de referencia y transición entre servicios asistenciales aumenta la capacidad resolutiva de la Atención Primaria a la Salud (APS), favorece la coordinación del cuidado, promueve la adhesión terapéutica, disminuye reinternaciones y estimula la prevención cuaternaria. Este ensayo propone la telesalud como metaservicio que confiere densidad tecnológica a la APS y permite que ella se convierta en coordinadora efectiva del cuidado, pasando a organizar el flujo de informaciones, personas e insumos. Frente a las innovaciones propuestas, es esencial evaluar el impacto de acciones ya existentes de telesalud para viabilizar su aplicación como metaservicio de salud.


Assuntos
Sistemas de Saúde , Telemedicina , Inovação
10.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 14(41): e1992, fev. 2019.
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-981953

RESUMO

A WONCA, em conjunto com a Planetary Health Alliance, lançou uma conclamação para a ação dos MFCs do mundo pela saúde planetária. Este comentário discute os efeitos das mudanças ambientais e a conclamação em relação o papel do médico de família na perspectiva da saúde planetária.


WONCA, with the Planetary Health Alliance, issued a declaration calling family doctors of the world to act on planetary health. This commentary discusses environmental changes and the call in relation to the role of the family doctor in the perspective of planetary health.


WONCA, junto con la Planetary Health Alliance, lanzó un llamamiento a la acción de los medicos de familia del mundo por la salud planetaria. Este comentario discute los efectos de los cambios ambientales y el llamamiento y el papel del médico de familia en la perspectiva de la salud planetaria.


Assuntos
Mudança Climática , Saúde Ambiental , Medicina de Família e Comunidade
11.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 14(41): e1781, fev. 2019. ilus
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-981954

RESUMO

A Medicina tem convocado as pessoas a realizarem cada vez mais ações preventivas, desde medidas de pressão arterial até a aplicação de novas vacinas; entretanto, médicas e médicos de família e comunidade têm identificado riscos e limitações das ações preventivas, mostrando que nem todas elas são ética ou cientificamente justificáveis. Esse é o escopo da prevenção quaternária, que visa poupar as pessoas de sobremedicalização e procedimentos desnecessários. Vivendo em uma sociedade que prima pela alta tecnologia, onde o terror virou negócio e o autocuidado, uma obsessão, pode ser muito difícil desaconselhar a realização de algum exame ou desprescrever alguma medicação; porém, é exatamente nesse contexto que a prevenção quaternária é profundamente necessária, e a dificuldade de sua prática exige articular outros saberes e recursos além do nível de evidência ou do grau de recomendação de uma ou outra ação. As crenças em saúde são objeto de um cuidado centrado na pessoa, e muitas delas são inspiradas ou traduzidas por ditados populares. Nesse ensaio, discuto o excesso de intervenções e a prevenção quaternária a partir de alguns deles. Analisando frases como "é melhor prevenir do que remediar", apresento os aforismos como ferramentas de compreensão da prevenção quaternária, podendo ser usados por profissionais e docentes para discutir essa prática contra-hegemônica com pacientes e estudantes. Ao articular os saberes popular e profissional, o texto contribui à competência cultural da Atenção Primária à Saúde e ajuda a produzir encontros clínicos mais harmoniosos e a promover um cuidado menos invasivo, medicalizador e danoso.


Medicine has been calling on people to carry out more and more preventive actions, from blood pressure measurements to the application of new vaccines; however, family physicians have been identifying risks and limitations of preventive actions, showing that not all of them are ethically or scientifically justifiable. This is the scope of quaternary prevention, which aims to protect people from over-medicalization and unnecessary procedures. Living in a society that excels in high technology, where terror has turned into business and self-care, an obsession, it can be very difficult to discourage some exam or to unprescribe some medication; but it is precisely in this context that quaternary prevention is deeply necessary, and the difficulty of its practice requires articulating other knowledge and resources beyond the level of evidence or the degree of recommendation of one or another action. Health beliefs are object of person-centered care, and many of them are inspired or translated by popular sayings. In this essay, I discuss the excess of interventions and quaternary prevention from some of them. Analyzing phrases such as "better safe than sorry", I present aphorisms as tools for understanding quaternary prevention, which can be used by professionals and teachers to discuss this counter-hegemonic practice with patients and students. By articulating popular and professional knowledge, the text contributes to the cultural competence of Primary Health Care and helps to produce more harmonious clinical encounters and to promote less invasive, medicalizing and harmful care.


La Medicina ha convocado a las personas a realizar cada vez más acciones preventivas, desde medidas de presión arterial hasta la aplicación de nuevas vacunas; sin embargo, médicas y médicos de familia y comunidad han identificado riesgos y limitaciones de las acciones preventivas, mostrando que no todas ellas son ética o científicamente justificables. Este es el alcance de la prevención cuaternaria, que intenta ahorrar a las personas de sobremedicalización y procedimientos innecesarios. En una sociedad que prima por la alta tecnología, donde el terror se volvió negocio y el autocuidado, una obsesión, puede ser muy difícil desaconsejarse la realización de algún examen o desprescribir alguna medicación, pero es precisamente en ese contexto que la prevención cuaternaria es profundamente necesaria, y la dificultad de su práctica exige articular otros saberes y recursos más allá del nivel de evidencia o del grado de recomendación de cada acción. Muchas creencias en salud son inspiradas o traducidas por dichos populares; en este ensayo, discuto el exceso de intervenciones y la prevención cuaternaria a partir de algunos de ellos. Analizando frases como "más vale prevenir que curar", presento los aforismos como herramientas de comprensión de la prevención cuaternaria, pudiendo ser usados por profesionales y docentes para discutir esa práctica contra-hegemónica con pacientes y estudiantes. Al articular los saberes popular y profesional, el texto contribuye a la competencia cultural de la Atención Primaria a la Salud y ayuda a producir encuentros clínicos más armoniosos y a promover un cuidado menos invasivo, medicalizador y dañino.


Assuntos
Aforismos e Provérbios como Assunto , Competência Cultural , Medicina de Família e Comunidade , Medicalização , Prevenção Quaternária
12.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 14(41): e1904, fev. 2019.
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-981956

RESUMO

Este artigo constitui-se em um estudo teórico, cuja premissa é a imposição feita pelo atual estágio do capitalismo aos países pobres, entre eles o Brasil, que visa flexibilizar a estruturação de suas políticas sociais, ameaçando conquistas importantes, como é o caso do Sistema Único de Saúde (SUS). Como objetivo, importou analisar as políticas sociais no Brasil no contexto do capitalismo contemporâneo, em que predomina a mais fetichizada forma do capital, qual seja, o capital portador de juros, e seus desdobramentos para o SUS. Além disso, buscou-se compreender o papel dos organismos internacionais, especialmente o Banco Mundial, neste contexto. A primeira parte apresenta uma discussão acerca da crise do Estado de Bem-Estar e da reconfiguração das políticas sociais, segundo a lógica da fase atual do capitalismo. Além disso, discute a disputa pelo fundo público e sua relevância para o processo de acumulação e expansão do capital portador de juros. A segunda parte expõe o papel estratégico dos organismos internacionais, sobretudo o Banco Mundial, como porta-voz da agenda neoliberal. Trata da influência do Banco Mundial sobre a política interna dos Estados, de modo a articular a geopolítica internacional, segundo os "interesses dos mercados". Por fim, fazem-se alguns apontamentos para o futuro do sistema de saúde brasileiro, principalmente para a Atenção Primária à Saúde.


This paper is a theoretical study whose premise is the imposition made by the current stage of capitalism on poor countries, among them Brazil, which aims to make the structuring of its social policies more flexible, threatening important achievements, such as the Unified Health System. It was important, as a goal, to analyze the Brazilian social policies in the context of contemporary capitalism, in which the most fetishized form of capital, namely, the interest-bearing capital, and its unfolding for the SUS, predominates. We also sought to understand the role of international organizations, especially the World Bank, in this context. The first part shows a discussion about the crisis of the Welfare State and the reconfiguration of social policies according to the rationale of the current stage of capitalism. Furthermore, it discusses the dispute over public funds and its relevance to the process of accumulated and expanded interest-bearing capital. The second part shows the strategic role of international organizations, especially the World Bank, as the spokesperson for the neoliberal agenda. It addresses the influence of the World Bank on the domestic policy of the states so as to articulate international geopolitics according to "market interests". Finally, some remarks are made regarding the future of the Brazilian health system, particularly for Primary Health Care.


Este artículo se constituye en un estudio teórico, cuya premisa es la imposición hecha por la actual fase del capitalismo a los países pobres, entre ellos Brasil, y que pretende flexibilizar la estructuración de sus políticas sociales, amenazando logros importantes, como es el caso del Sistema Único de Salud. Como objetivo, importó analizar las políticas sociales en Brasil en el contexto del capitalismo contemporáneo, en el que predomina la más fetichizada forma del capital, cuál es, el capital portador de interés, y sus desdoblamientos para SUS. Además, se buscó comprender el papel de los organismos internacionales, especialmente el Banco Mundial, en este contexto. La primera parte presenta una discusión acerca de la crisis del Estado de Bienestar y de la reconfiguración de las políticas sociales, según la lógica de la fase actual del capitalismo. También se discute la disputa por los fondos públicos y su relevancia para el proceso de acumulación y expansión del capital portador de interés. La segunda parte expone el papel estratégico de los organismos internacionales, sobre todo el Banco Mundial, como portavoz de la agenda neoliberal. Trata de la influencia del Banco Mundial sobre la política interna de los Estados, para articular la geopolítica internacional según los "intereses de los mercados". Por último, se hacen algunos apuntes para el futuro del sistema de salud brasileño, en particular para la Atención Primaria de Salud.


Assuntos
Atenção Primária à Saúde , Política Pública , Sistema Único de Saúde , Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento
13.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 14(41): e1815, fev. 2019. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-986445

RESUMO

Objetivo: Apresentar informações sobre o diagnóstico e tratamento da síndrome PFAPA na Atenção Primária à Saúde. Métodos: Revisão sistemática de literatura baseada na recomendação PRISMA e realizada nas bases de dados Scielo, Lilacs, Medline, IBECS e PubMed, incluindo estudos publicados no período de 2004 a 2018, além da consulta a outros documentos específicos da síndrome PFAPA. Resultados: Após busca e seleção, foram incluídos 31 artigos. Avaliação e Diagnóstico: A síndrome PFAPA acomete principalmente crianças, sendo caracterizada por febre periódica acompanhada por faringite, estomatite aftosa e/ou adenite cervical. Seu diagnóstico é clínico e por exclusão, baseado em critérios estabelecidos. Recomendações: Os episódios costumam responder a prednisona e, em graus variáveis, a cimetidina e colchicina. Casos refratários e acompanhados de hipertrofia tonsilar são candidatos a tonsilectomia, devendo ser encaminhados à avaliação otorrinolaringológica.


Objective: To present information about the diagnosis and treatment of PFAPA syndrome in Primary Health Care. Methods: Systematic review of literature based on the PRISMA recommendation and carried out in the Scielo, Lilacs, Medline, IBECS and PubMed databases, including studies published from 2004 to 2018, in addition to consulting other PFAPA syndrome specific documents. Results: After search and selection, 31 articles were included. Assessment and Diagnosis: PFAPA syndrome affects mainly children and is characterized by periodic fever accompanied by pharyngitis, aphthous stomatitis and/or cervical adenitis. Its diagnosis is clinical and by exclusion, based on established criteria. Recommendations: The episodes usually respond to prednisone and, in varying levels, cimetidine and colchicine. Refractory cases and accompanied by tonsillar hypertrophy are candidates for tonsillectomy, and should be referred to otorhinolaryngological evaluation.


Objetivo: Presentar informaciones sobre el diagnóstico y tratamiento del síndrome PFAPA en la Atención Primaria a la Salud. Métodos: Revisión sistemática de literatura basada en la recomendación PRISMA y realizada en las bases de datos Scielo, Lilacs, Medline, IBECS y PubMed, incluyendo estudios publicados en el período 2004 a 2018, además de la consulta a otros documentos específicos del síndrome PFAPA. Resultados: Después de la búsqueda y selección, se incluyeron 31 artículos. Evaluación y Diagnóstico: El síndrome PFAPA acomete principalmente niños, siendo caracterizada por fiebre periódica acompañada por faringitis, estomatitis aftosa y/o adenitis cervical. Su diagnóstico es clínico y por exclusión, basado en criterios establecidos. Recomendaciones: Los episodios suelen responder a la prednisona y, en grados variables, a la cimetidina y colchicina. Los casos refractarios y acompañados de hipertrofia tonsilar son candidatos a tonsilectomía, debiendo ser encaminados a la evaluación otorrinolaringológica.


Assuntos
Atenção Primária à Saúde , Febre Recorrente , Estomatite Aftosa , Faringite , Linfadenite
14.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 14(41): e1710, fev. 2019. ilus
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-986696

RESUMO

Introdução: O Médico de Família e Comunidade tem como função cuidar dos agravos mais comuns em seu território adstrito e coordenar o cuidado dos usuários. A infecção pelo vírus da imunodeficiêcia humana, por ser uma condição comum em várias populações e comunidades, deve ser uma doença de interesse deste profissional. Métodos: Trata-se de estudo descritivo, relato de experiência, vivenciado por preceptor e residente no município de Florianópolis. Resultados: O presente artigo pretende discutir a reorganização do atendimento às pessoas vivendo com o vírus e a importância da atenção primária na aplicação de diferentes abordagens preventivas e na construção da meta 90-90-90. Conclusão: A busca da descentralização no cuidado desta população mostra-se como uma grande potencialidade local para o cumprimento do objetivo de melhorar os indicadores de controle da doença, destacando-se fatores locais como a rede de atenção primária estruturada, a gestão eficiente e a busca da qualificação profissional.


Introduction: The Family Physician is responsible for coordinating and providing care to address the most common diseases in a particular territory. Given that the Human Immunodeficiency Virus infection affects various segments of the population, this professional should be aware about the issue. Methods: This is a descriptive report based on what the resident and his/her tutor experienced in Florianópolis. Results: The article discusses the reorganization of the patient care model in order to serve people living with the virus. It also explores the importance of Primary Health Care strategies adopted by the city government in order to use different preventive approaches and build 90-90-90 treatment targets. Conclusion: The decentralization in this population health care appear to be a local potentiality to improve the disease control, mainly because of the structured primary care, efficient management and search of professional qualification.


Introducción: El Médico de Familia y Comunidad tiene como función cuidar de las enfermedades más comunes en su territorio y coordinar el cuidado ofrecido a los usuarios del sistema de salud. La infección por el virus de la inmunodeficiencia humana, por ser común en varias poblaciones y comunidades, debe ser una condición de interés para este profesional. Método: Esta publicación es una descripción basada en relato de la experiencia vivida por el preceptor y su residente en la ciudad de Florianópolis. Resultados: El presente artículo pretende discutir la reorganización de la atención a las personas que viven con el vírus y la importancia de la reorganización centrada en la Atencíon Pimaria de Salud para crear estrategias con diferentes enfoques preventivos y construir la meta 90-90-90. Conclusão: La descentralización del cuidado de esta población se muestra como una gran potencialidad local para cumplir el objetivo de mejorar los indicadores de control de la infección, resaltándose los fatores locales como la atención primaria organizada, la gestión eficiente y la búsqueda por la calificación profesional.


Assuntos
Humanos , Médicos de Família , Atenção Primária à Saúde , HIV
15.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 14(41): e1809, fev. 2019. ilus
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-986714

RESUMO

Objetivos: Elaborar infográficos para decisão compartilhada sobre o benefício e risco do uso de estatinas como prevenção primária em pacientes com alto risco cardiovascular. Métodos: A partir do "the NNT", que analisou o uso de estatinas para prevenção primária em pessoas de baixo risco cardiovascular a partir de meta-análises do US Preventive Services Task Force (USPSTF) e da Cochrane, buscou-se definir o balanço de risco e benefício dessa terapia na prevenção primária de pessoas com alto risco. Como o USPSTF e a Cochrane tinham 10 estudos primários diferentes incluídos em suas análises e populações com risco cardiovascular variável, foi realizada uma busca adicional por revisões sistemáticas e meta-análises publicadas desde a data da revisão Cochrane (dezembro de 2012) até outubro de 2017. Buscou-se no Medline via PubMed, na Biblioteca Virtual em Saúde, na Cochrane e no NHS Evidence por estudos de pessoas com risco cardiovascular estimado em 10 anos de mais de 10% com mais um fator de risco ou com mais de 20%, sem história de doença cardiovascular prévia, que comparassem o uso de estatina com placebo ou nenhum tratamento. Os desfechos deveriam ser a redução de doenças cardio e cerebrovasculares, da mortalidade cardiovascular ou geral e a ocorrência de eventos adversos. Resultados: Foram encontrados 225 estudos entre meta-análises e revisões sistemáticas elaboradas desde dezembro de 2012 até outubro de 2017. Foram excluídos 224 estudos por motivos diversos. Selecionou-se para elaboração do infográfico de benefícios o Statins for primary prevention, 2012, com população de 100% de diabéticos sem eventos cardiovasculares prévios com redução de risco absoluto (RRA) quanto a AVC fatal de 0,78 pontos percentuais/NNT 128 e Doenças Cardio/Cerebrovasculares RRA 2,6 pontos percentuais/NNT 39, cardiovascular. Quanto à redução de mortalidade geral (RR 0,79; IC95% 0,58-1,08) e revascularização (RR 0,74; IC 95% 0,55-1,00) não foi encontrada diferença estatística significante. Devido às limitações encontradas nas revisões sistemáticas avaliadas, não foi possível compilar dados, no formato de infográfico, sobre a incidência de diabetes e abandono de terapia. Assim, para elaboração da parte referente a danos, foi selecionado o ECR Aspen, com população de diabéticos de alto risco para desenvolvimento de eventos cardiovasculares, sem eventos prévios, quanto à mialgia com aumento do risco absoluto (ARA) de 1,43 pontos percentuais/NND 70 (RR 1,91; IC95% 1,03-3,53). Conclusão: Foi elaborado infográfico, com e sem uso de estatina, para desfechos cardiocerebrovasculares não fatais, AVC fatal, necessidade de revascularização, mortalidade geral e para ocorrência adversa de sintomas musculares. Esse instrumento pode ser utilizado na Atenção Primária durante o encontro clínico visando à tomada de decisão compartilhada, facilitando a compreensão dos riscos e benefícios do uso de estatina em pacientes de alto risco cardiovascular (RCV 10% com pelo menos um fator de risco adicional ou > 20 % em 10 anos), diabéticos, nos quais a prescrição de estatina seja cogitada


Assuntos
Atenção Primária à Saúde , Doenças Cardiovasculares , Transtornos Cerebrovasculares , Inibidores de Hidroximetilglutaril-CoA Redutases , Tomada de Decisões
16.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 14(41): e1900, fev. 2019. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-986718

RESUMO

Objetivo: Avaliar a Atenção Básica quanto aos insumos, imunobiológicos e medicamentos disponibilizados nos serviços de saúde da família de município de Minas Gerais, Brasil. Métodos: Trata-se de pesquisa transversal, analítica, conduzida em 2014, a partir de instrumento ministerial intitulado Autoavaliação para Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica, de equipes de saúde da família. Oito itens foram considerados, com valores entre zero a 10 pontos, da total inadequação à total adequação da Unidade Básica de Saúde (UBS), ao item avaliado. Classificaram-se as unidades em padrões de qualidade "muito insatisfatório" a "muito satisfatório" e analisou-se conforme localização rural e urbana, nível de significância p<0,05. Resultados: Participaram 75 equipes, que apresentaram expressiva inadequação nos itens: UBS dispor todas as vacinas exigidas no calendário básico, 5,95 (±4,003); possuir insumos e medicamentos para abordagem inicial de urgência/emergência, 2,33 (±2,500); apresentar os medicamentos básicos com regularidade, 3,68 (±3,146). A classificação foi regular para 45,3% das unidades e insatisfatória para 29,3%, sem diferenças quanto à localização urbana ou rural (p=0,479). Conclusão: Evidenciou-se avaliação insatisfatória, com inadequações relativas às vacinas, à abordagem inicial nas situações de urgência e emergência e à disponibilidade dos medicamentos. Tal situação prejudica o elenco de ações e a resolutividade dos serviços, afetando a capacidade da equipe para atender, efetivamente, as demandas de saúde da população


Objective: To evaluate the Basic Care regarding the supplies, immunobiologicals and medicines available in the family health services of the municipality of Minas Gerais, Brazil. Methods: Cross-sectional, analytical research, conducted in 2014, from a ministerial instrument titled Self-Assessment for Improving Access and Quality of Primary Care, of family health teams. Eight items were considered, with values between zero and 10 points, of the total inadequacy to the total adequacy of the Basic Health Unit (UBS), to the evaluated item. The units were classified in quality standards "very unsatisfactory" to "very satisfactory" and analyzed according to rural and urban locations, level of significance p<0.05. Results: 75 teams participated, which presented significant inadequacy in the items: UBS dispose of all the vaccines required in the basic calendar, 5.95 (±4.003); to have supplies and medicines for the initial emergency/emergency approach, 2.33 (±2.500); presenting the basic medicines regularly, 3.68 (±3.146). The classification was regular for 45.3% of the units and unsatisfactory to 29.3%, without differences in urban or rural locations (p=0.479). Conclusion: There was an unsatisfactory evaluation, with inadequacies related to vaccines, the initial approach in emergency and emergency situations and the availability of medicines. Such a situation undermines the list of actions and the resolution of services, affecting the capacity of the team to effectively meet the population's health demands.


Objetivo: Evaluar la Atención Básica en cuanto a los insumos, inmunobiológicos y medicamentos disponibles en los servicios de salud de la familia del municipio de Minas Gerais, Brasil. Métodos: Se trata de investigación transversal, analítica, conducida en 2014, a partir de instrumento ministerial titulado Autoevaluación para la mejora del acceso y de la calidad de la atención básica, de los equipos de salud de la familia. Se consideraron ocho ítems, con valores entre cero y diez puntos, de la total inadecuación a la total adecuación de la Unidad Básica de Salud (UBS), al ítem evaluado. Se clasificaron las unidades en estándares de calidad "muy insatisfactorio" a "muy satisfactorio" y se analizó según ubicación rural y urbana, nivel de significancia p<0,05. Resultados: Participaron 75 equipos, que presentaron expresiva inadecuación en los ítems: UBS disponer todas las vacunas requeridas en el calendario básico, 5,95 (±4,003); poseer insumos y medicamentos para el enfoque inicial de urgencia/emergencia, 2,33 (±2,500); presentar los medicamentos básicos con regularidad, 3,68 (±3,146). La clasificación fue regular para el 45,3% de las unidades e insatisfactoria para el 29,3%, sin diferencias en cuanto a la ubicación urbana o rural (p=0,479). Conclusión: Se evidenció una evaluación insatisfactoria, con inadecuaciones relativas a las vacunas, al abordaje inicial en las situaciones de urgencia y emergencia y a la disponibilidad de los medicamentos. Tal situación perjudica el elenco de acciones y la resolutividad de los servicios, afectando la capacidad del equipo para atender efectivamente las demandas de salud de la población.


Assuntos
Humanos , Atenção Primária à Saúde , Avaliação em Saúde , Estratégia Saúde da Família , Insumos Farmacêuticos , Pesquisa sobre Serviços de Saúde
17.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 14(41): e1795, fev. 2019. ilus
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-996051

RESUMO

Introdução: Travestis, transexuais e transgêneros (trans) fazem parte das minorias sexuais. São vítimas de estigmatização, discriminação e violência desde a infância, o que os leva muitas vezes à marginalização. Posto isso, se faz necessário políticas públicas que lhes forneçam condições para o exercício da cidadania. O presente trabalho apresenta os resultados de uma revisão integrativa sobre o acesso das pessoas trans aos serviços de saúde da atenção básica. Métodos: Coleta de dados realizada em dezembro de 2017 nas plataformas MEDLINE, SciELO e LILACS, utilizando os descritores em associação: transexual, transgênero ou travesti, acesso e atenção primária, atenção básica ou saúde. Os estudos deveriam ser publicados a partir de 2007 e estarem disponíveis gratuitamente. Resultados: Dos 578 estudos encontrados (incluídos as repetições) foram selecionados 6, provenientes do Brasil, EUA e África do Sul. Cinco com metodologia qualitativa e uma revisão sistemática. O acesso à Atenção Primária à Saúde (APS) por parte da população trans encontra barreiras multidimensionais. Há entraves políticos, socioeconômicos, organizacionais, técnicos e simbólicos, porém as barreiras técnicas são as mais impactantes ao acesso. Conclusão: Para que haja um acesso equitativo, livre de preconceitos e de discriminação, e cuidado pautados na empatia e compaixão, faz-se necessário incluir a temática diversidade sexual e de gênero na formação dos profissionais de saúde na graduação, na pós-graduação e, principalmente, na educação permanente daqueles implicados aos cuidados das pessoas trans. A APS, ao fazer valer seus atributos, mostra-se como o cenário ideal para o cuidado longitudinal destas pessoas


Introduction: Crossdressers, transsexuals and transgenders (trans) are part of the sexual minorities. They have been victims of stigmatization, discrimination and violence since childhood, which often leads to marginalization. Considering this, it is necessary to have public policies that provide them the conditions for the exercise of citizenship. The present paper presents the results of an integrative review on the access of trans people to primary health care (PHC). Methods: Data collection performed in December 2017 on the MEDLINE, SciELO and LILACS platforms, using the descriptors in association: transsexual, transgender or transvestite, access and primary care, basic care or health. The studies should be published as of 2007 and available for free. Results: Of the 578 studies found (including replicates), 06 were selected from Brazil, USA and South Africa. Five of them used qualitative methodology and one is a systematic review. Access to PHC by trans people encounters multidimensional barriers. There are political, socioeconomic, organizational, technical and symbolic obstacles, but the technical barriers are the most impacting to access. Conclusion: In order to ensure equal access, free of prejudice and discrimination, and care based on empathy and compassion, it is necessary to include the theme of sexual and gender diversity in the training of health professionals in undergraduate, postgraduate and, in the permanent education of those involved in the care of transgender people. PHC, when asserting its attributes, shows itself as the ideal setting for the longitudinal care of these people


Introducción: Travestis, transexuales y transgéneros (trans) hacen parte de las minorías sexuales. Son víctimas de estigmatización, discriminación y violencia desde la infancia, lo que los lleva a la marginación. Por eso, se hacen necesarias políticas públicas que les proporcionen condiciones para el ejercicio de la ciudadanía. El presente trabajo presenta los resultados de una revisión integrativa sobre el acceso de las personas a los servicios de salud de la atención básica (AB). Métodos: Recolección de datos para la revisión efectuada en diciembre de 2017 en las plataformas MEDLINE, SciELO y LILACS, utilizando los descriptores en asociación: transexual, transgénero o travesti, acceso y atención primaria, atención básica o salud. Los estudios deberían publicarse a partir de 2007 y estar disponibles gratuitamente. Resultados: De los 578 estudios encontrados (incluidas las repeticiones) fueron seleccionados 06. Los artículos provenían de Brasil, EE.UU. y Sudáfrica. Cinco de ellos usaron metodología cualitativa, siendo una revisión sistemática. El acceso a la AB por parte de la población trans encuentra diversas barreras, siendo multidimensionales. Hay obstáculos políticos, socioeconómicos, organizacionales, técnicos y simbólicos, pero las barreras técnicas son las más impactantes. Conclusión: Para que haya un acceso ecuánime, libre de prejuicios y de discriminación, y cuidado pautados en la empatía y compasión del paciente, se hace necesario incluir la temática diversidad sexual y de género en la formación de los profesionales de salud en la graduación, en el postgrado y, principalmente, en la educación permanente de aquellos implicados en el cuidado de las personas trans. La APS, al hacer valer sus atributos, se muestra como el escenario ideal para el cuidado longitudinal de estas personas.


Assuntos
Humanos , Atenção Primária à Saúde , Medicina de Família e Comunidade , Pessoas Transgênero , Acesso aos Serviços de Saúde
18.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 14(41): e1758, fev. 2019.
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-996052

RESUMO

Objetivo: Relatar uma experiência de educação em saúde com agentes comunitários de saúde acerca da saúde da população LGBT na atenção básica. Métodos: Foi realizada uma ação de educação continuada por meio do estudo de casos escolhidos pelos agentes de saúde dentro de suas microáreas de atuação seguida de discussão em grupo e reflexão sobre as práticas vigentes. Resultados: Foram discutidos três casos apresentados pelos agentes de saúde que abordavam as temáticas de: (1) a escola e o preconceito; (2) a importância do apoio familiar e social; e (3) o papel da estratégia saúde da família e da educação em saúde. Percebeu-se que o tema permanece excluído das grandes discussões, sobretudo nas escolas médicas e na atenção básica, que é o primeiro contato do usuário com o Sistema Único de Saúde. Dessa forma, estratégias que objetivem discutir as peculiaridades da prevenção, promoção e assistência à saúde desses grupos devem ser estimuladas e reproduzidas tendo em vista uma melhor qualidade do atendimento a fim de captar esses pacientes em um ambiente favorável a práticas integrativas com respeito à diversidade sexual. Conclusão: Conclui-se que a atividade educacional realizada foi de extrema importância para desmistificar mitos e preconceitos envolvendo a saúde LGBT no cenário da atenção básica. Observou-se que após a atividade educacional os ACS se mostraram mais confiantes e sensibilizados sobre as temáticas abordadas e mudaram concepções no sentido de respeitar as decisões dos pacientes e realizar abordagem adequada para o acolhimento a esses usuários.


Objective: To report a health education experience with community health agents about the health of the LGBT population in basic care. Methods: A continuous education action was carried out by means of the study of cases chosen by health agents within their micro-areas of action followed by group discussion and reflection on current practices. Results: Three cases presented by the health agents that dealt with the themes of: (1) school and prejudice; (2) the importance of family and social support; and (3) the role of family health strategy and health education. It was noticed that the theme remains excluded from the great discussions, especially in medical schools and primary care, the first contact with the Brazilian health system (SUS), thus strategies that aim to discuss the peculiarities of prevention, promotion and health care of these groups should be stimulated and reproduced with a view to a better quality of care in order to capture these patients in an environment favorable to integrative practices with respect to sexual diversity. Conclusion: It was concluded that the educational activity performed was extremely important to demystify myths and prejudices involving LGBT health in the primary care setting. It was observed that after the educational activity the CHAs were more confident and sensitized on the topics addressed and changed conceptions in order to respect the decisions of the patients and to carry out an appropriate approach to the reception of these users.


Objetivo: Informar una experiencia de educación en salud con agentes comunitarios de salud acerca de la salud de la población LGBT en la atención básica. Métodos: Se realizó una acción de educación continuada por medio del estudio de casos escogidos por los agentes de salud dentro de sus microáreas de actuación seguido de discusión en grupo y reflexión sobre las prácticas vigentes. Resultados: Hemos discutido tres casos presentados por los funcionarios de salud que abordaron los siguientes temas: (1) la escuela y el prejuicio; (2) la importancia del apoyo familiar y social; y (3) el papel de la estrategia sanitaria de la familia y de la educación en salud. Se percibió que el tema permanece excluido de las grandes discusiones, sobre todo en las escuelas médicas. Estrategias que objetiven discutir las peculiaridades de la promoción y asistencia a la salud de esos grupos deben ser estimuladas teniendo en vista una mejor calidad de la atención a fin de captar esos pacientes en un ambiente favorable a prácticas integrativas con respecto a la diversidad sexual. Conclusión: Se concluye que la actividad educativa realizada fue de extrema importancia para desmitificar mitos y prejuicios involucrando la salud LGBT en el escenario de la atención básica. Se observó que después de la actividad educativa los ACS se mostraron más confiados y sensibilizados sobre las temáticas abordadas y cambiaron concepciones en el sentido de respetar las decisiones de los pacientes y realizar un abordaje adecuado para la acogida a esos usuarios.


Assuntos
Agentes Comunitários de Saúde , Direitos Sexuais e Reprodutivos , Educação Continuada , Homofobia , Minorias Sexuais e de Gênero
19.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 14(41): e1879, fev. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-996057

RESUMO

Introdução: A Residência Médica de Medicina de Família e Comunidade e a residência Multiprofissional em Saúde da Família contribuem, para além do aprendizado, à qualidade do atendimento à comunidade, e a avaliação desse processo mantém a qualidade do serviço, sendo os indicadores instrumentos que permitem planejamentos em saúde. Objetivo: Avaliar o desempenho da Residência Médica de Medicina de Família e Comunidade e residência Multiprofissional em Saúde da Família da Atenção Básica pelo monitoramento dos indicadores de qualidade do PMAQ-AB. Métodos: Realizou-se estudo transversal com análise da série histórica de dados secundários do PMAQ-AB (2011 a 2013) referentes aos indicadores do 1º e 2º ciclo das equipes com residentes e ou egressos da residência da Atenção Básica. Realizou-se análise descritiva, com frequência absoluta e relativa, e média e desvio padrão dos dados. Resultados: 38,6% das equipes no 1º ciclo e 34,66% do 2º ciclo apresentavam egressos da residência. Atendimentos de pré-natal média de 8,75 (±2,24), gestantes com pré-natal em dia, média de 91,43% (±8,91). Crianças menores de quatro meses com aleitamento exclusivo, 82,51% (±13,17) e 93,91% (±6,59) de crianças menores de um ano com vacina em dia. Pessoas com diabetes 60,27% (±16,28) e hipertensão 61,31% (±12,04). Consultas médicas por cuidado continuado/programado com média de 26,00% (±22,22). Satisfação do usuário 100% com desempenho mediano ou acima da média. Conclusão: O estudo evidenciou predominância de avaliação positiva das equipes avaliadas acerca dos indicadores da saúde da mulher, criança, produção geral e avaliação externa, porém alcançou baixo desempenho no indicador de doenças crônicas.


Introduction: The Medical Residency of Family and Community Medicine and the Multiprofessional residence in Family Health contribute, in addition to learning, quality of care to the community, and the evaluation of this process maintains the quality of the service, the indicators being the instruments that allow planning in health. Objective: To evaluate the performance of the Medical Residency of Family and Community Medicine and Multiprofessional residence in Health of the Primary Care Family by monitoring the quality indicators of PMAQ-AB. Methods: A cross-sectional study was carried out with the analysis of the PMAQ-AB secondary data series (2011 to 2013) referring to the indicators of the first and second cycle of the teams with residents and/or graduates of the Primary Care residence. Descriptive analysis was performed, with absolute and relative frequency, and mean and standard deviation of the data. Results: 38.6% of the teams in the first cycle and 34.66% of the second cycle had their residency graduates. Average prenatal care of 8.75 (± 2.24), pregnant women with prenatal care on average, 91.43% (± 8.91). Children less than four months old exclusively breastfed, 82.51% (± 13.17) and 93.91% (± 6.59) of children under one year of age with up-to-date vaccine. People with diabetes 60.27% (± 16.28) and hypertension 61.31% (± 12.04). Medical consultations for continued/scheduled care averaging 26.00% (± 22.22). 100% user satisfaction with medium or above average performance. Conclusion: The study showed a predominance of positive evaluation of the teams evaluated in relation to indicators of women's, child's, general production and external evaluation, but it achieved a low performance in the indicator of chronic diseases.


Introducción: La Residencia Médica de Medicina de Familia y Comunidad y la residencia Multiprofesional en Salud de la Familia contribuyen, además del aprendizaje, calidad de la atención a la comunidad, y la evaluación de ese proceso mantiene la calidad del servicio siendo los indicadores instrumentos que permiten planificaciones en salud. Objetivo: Evaluar el desempeño de la Residencia Médica de Medicina de Familia y Comunidad y residencia Multiprofesional en Salud de la Familia de la Atención Básica a través del monitoreo de los indicadores de calidad del PMAQ-AB. Métodos: Se realizó un estudio transversal con análisis de la serie histórica de datos secundarios del PMAQ-AB (2011 a 2013) referentes a los indicadores del 1º y 2º ciclo de los equipos con residentes y/o egresados de la residencia de la Atención Básica. Se realizó un análisis descriptivo, con frecuencia absoluta y relativa, y media y desviación estándar de los datos. Resultados: El 38,6% de los equipos en el primer ciclo y el 34,66% del 2º ciclo presentaban egresados de la residencia. Los atendimientos de prenatal promedio del 8,75 (± 2,24), mujeres embarazadas con prenatal en día, promedio del 91,43% (± 8,91). Niños menores de cuatro meses con lactancia exclusiva, el 82,51% (± 13,17) y el 93,91% (± 6,59) de niños menores de un año con vacuna al día. Personas con diabetes 60,27% (± 16,28) e hipertensión 61,31% (± 12,04). Consultas médicas por cuidado continuado/programado con promedio del 26,00% (± 22,22). Satisfacción del usuario 100% con desempeño mediano o por encima de la media. Conclusión: El estudio evidenció predominio de evaluación positiva de los equipos evaluados a cerca de los indicadores de la salud de la mujer, niño, producción general y evaluación externa, pero alcanzó bajo desempeño en el indicador de enfermedades cónicas.


Assuntos
Humanos , Indicadores Básicos de Saúde , Avaliação de Desempenho Profissional , Pesquisa sobre Serviços de Saúde , Internato e Residência , Saúde da Criança , Saúde da Mulher
20.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 14(41): e1624, fev. 2019. ilus
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-996061

RESUMO

Objetivo: Compreender a extensão dos componentes do Método Clínico Centrado na Pessoa na prática da acupuntura a partir da percepção dos usuários. Métodos: Por meio de uma pesquisa qualitativa com grupo focal, buscou-se entender como a acupuntura faz a pessoa perceber suas experiências de saúde e doença; intensifica a percepção da pessoa enquanto ser integral; viabiliza a pessoa se sentir participante do processo de cuidado; auxilia na intensificação da relação médico-pessoa. Resultados: Emergiram temas que versavam sobre emancipação, autoconhecimento, integralidade, vínculos e afetos, que foram sistematizados nas categorias: A prática integrada do MCCP/MTC produzindo rizomas; Unidade mente-corpo no contexto do cuidado; Percepção de uma anatomia emocional e MCCP E MTC como reconfiguradoras do Circuito dos Afetos. Conclusões: O estudo reflete, a partir da percepção dos usuários, a utilização dos conhecimentos advindos de outras racionalidades para potencializar o cuidado realizado na Atenção Primária à Saúde.


Objective: To understand the extent of the components of the Person-Centered Clinical Method relates to the practice of acupuncture, based on the perception of the users. Methods: By a qualitative research with focus group, this study aimed to understand how acupuncture makes the person to perceive their health and illness experience; intensifies the person's perception as an integral being; allows for the person to participate in the process of care; strengths the physician-person relationship. Results: The themes that emerged included emancipation, self-knowledge, completeness, bonds and affections. They were organized in categories: Integrated MCCP/MTC practice producing rhizomes; Mind-body unity in the context of care; Perception of an emotional anatomy and MCCP and MTC reconfiguring the Circuit of Affections. Conclusions: The study reflects, from the perception of the users, the use of the knowledge that derives from other rationalities to enhance the care performed in Primary Health Care.


Objetivo: Comprender la extensión de los componentes del Método Clínico Centrado en la Persona en la práctica de la acupuntura, a partir de la percepción de los usuarios. Métodos: A través de una investigación cualitativa con grupo focal, buscamos comprender cómo la acupuntura hace que la persona perciba sus experiencias de salud y enfermedad; Intensifica la percepción de la persona como un ser integral; Permite que la persona se sienta involucrada en el proceso de cuidados; Esto ayuda a intensificar la relación médico-persona. Resultados: Surgieron temas relacionados a la emancipación, autoconocimiento, integralidad, vínculos y afecciones, que se sistematizaron en las categorías: práctica integrada MCCP/TCM produciendo rizomas; Unidad mente-cuerpo en el contexto del cuidado; Percepción de una anatomía emocional y MCCP y MTC como nuevos configuradores del Circuito de Afectos. Conclusiones: El estudio refleja, a partir de la percepción de los usuarios, el uso de conocimientos advenidos de otras racionalidades para mejorar el cuidado realizado en la Atención Primaria a la Salud.


Assuntos
Humanos , Terapia por Acupuntura , Assistência Centrada no Paciente , Medicina de Família e Comunidade
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA