Your browser doesn't support javascript.
Aplicação das escalas de Glasgow, Braden e Rankin em pacientes acometidos por acidente vascular encefálico / Application of Glasgow, Braden and Ranking scales in patients affected by cerebrovascular accident
Rev. enferm. UFPE on line ; 10(5): 4226-4232, nov.2016. ilus
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-29995
Biblioteca responsável: BR9.1
RESUMO

OBJETIVO:

averiguar nível de consciência, risco de úlceras por pressão (UPP) e dependência funcional depacientes acometidos por Acidente Vascular Encefálico (AVE) utilizando as escalas de Glasgow, Braden eRankin modificada.

MÉTODO:

estudo transversal e analítico, de abordagem quantitativa, realizado emFortaleza-Ceará-Brasil, com 40 pacientes acometidos por AVE, nos meses de setembro e outubro de 2015. Osdados foram tabulados e submetidos à análise estatística pelo (SPSS) versão 20.0, apresentados em tabelas ede forma descritiva.

RESULTADOS:

a maioria dos pacientes tinha idade >60 anos, sexo masculino, mulatos,média de internação de 9 dias e de permanência na unidade de AVE de sete dias. Orientados no tempo eespaço, apresentavam baixo risco para UPP e nível de dependência funcional de moderado a grave.

CONCLUSÃO:

a aplicação das escalas visualizou como se encontravam os pacientes acometidos por AVE e anecessidade de cuidados de enfermagem individualizados que promovam a reabilitação.(AU)
Assuntos

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática / Brasil Base de dados: BDENF - Enfermagem Assunto principal: Pesos e Medidas / Escala de Coma de Glasgow / Estado de Consciência / Acidente Vascular Cerebral / Lesão por Pressão / Cuidados de Enfermagem Limite: Adolescente / Adulto / Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Rev. enferm. UFPE on line Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: UECE+Brasil