Your browser doesn't support javascript.
Avaliação histórica das políticas públicas de saúde infantil no Brasil: revisão integrativa / Historical evaluation of children's public health policies in Brazil: integrative review
Rev. Ciênc. Plur; 5(1): 71-88, jun. 2019. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1007352
Biblioteca responsável: BR1264.1
RESUMO

INTRODUÇÃO:

Durante a trajetória histórica que envolve a política de saúde infantil no Brasil, houve pontos positivos e negativos no processo de cuidar, implementado por meio das políticas públicas. Nesse sentido, em vários anos e décadas, foram propostas diretrizes novas que vão ao encontro de uma assistência qualificada à saúde da criança.

OBJETIVO:

Analisar a trajetória histórica das políticas de saúde infantil no Brasil verificando as tendências do coeficiente de mortalidade infantil.

MÉTODO:

Revisão integrativa consolidada a partir de pesquisa realizada em documentos de domínio público, disponíveis em formato digital na rede de internet. Foram coletados dados sobre a saúde infantil do período de 1930 a 2016.

RESULTADOS:

Entre 1930 e 2015 observa-se uma redução na taxa de mortalidade infantil e melhoria na economia do país, além da implantação de várias políticas com ações voltadas diretamente com o objetivo desta redução. Porém, em 2016, um ano após a implantação da última política infantil, observou-se um aumento com 10,2% na taxa de mortalidade infantil referente ao ano anterior.

CONCLUSÕES:

Dessa forma, este estudo mostra que nos últimos 80 anos a taxa de mortalidade infantil vem reduzindo concomitantemente com o aumento de implantações de políticas. Todavia, foi possível ver que ainda se faz necessário melhorias e uma atenção mais direcionada a esta parte da população (AU).
ABSTRACT

INTRODUCTION:

During the historical trajectory that involves the policy of children's health in Brazil, there were positive and negative points in the care process, implemented through public policies. In this sense, in several years and decades, new guidelines have been proposed that meet assistance qualified child health care.

AIM:

To analyze the historical trajectory of child health policies in Brazil by verifying trends in the infant mortality coefficient.

METHODS:

Consolidated integrative review based on research carried out in public domain documents, available in digital format on the internet network. Data were collected on child health from the period 1930 to 2016.

RESULTS:

Between 1930 and 2015, there is a reduction in the infant mortality rate and improvement in the country's economy, as well as the implementation of several policies with actions aimed directly at the objective of this reduction. However, in 2016, one year after the implementation of the last child policy, there was a 10.2% increase in the infant mortality rate in relation to the previous year.

CONCLUSIONS:

Thus, this study shows that in the last 80 years the infant mortality rate has been reducing concomitantly with the increase in policy implementation. However, it was possible to see that there is still a need for improvements and more targeted attention to this part of the population (AU).
Assuntos

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BBO - Odontologia / LILACS Assunto principal: Política Pública / Brasil / Mortalidade Infantil / Saúde da Criança Tipo de estudo: Evaluation_studies País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. Ciênc. Plur Assunto da revista: Odontologia / Odontologia em Sa£de P£blica Ano de publicação: 2019 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: UFRN/BR