Your browser doesn't support javascript.
loading
Exposure of pediatric emergency patients to imaging exams, nowadays and in times of covid-19: an integrative review / Exposição de pacientes da emergência pediátrica a exames de imagem, na atualidade e em tempos de covid-19: uma revisão integrativa
Floriani, Isabela Dombeck; Borgmann, Ariela Victoria; Barreto, Marina Rachid; Ribeiro, Elaine Rossi.
Afiliação
  • Floriani, Isabela Dombeck; Faculdades Pequeno Príncipe. Curitiba. BR
  • Borgmann, Ariela Victoria; Faculdades Pequeno Príncipe. Curitiba. BR
  • Barreto, Marina Rachid; Faculdades Pequeno Príncipe. Curitiba. BR
  • Ribeiro, Elaine Rossi; Faculdades Pequeno Príncipe. Curitiba. BR
Rev. Paul. Pediatr. (Ed. Port., Online) ; 40: e2020302, 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS, Sec. Est. Saúde SP | ID: biblio-1143856
Biblioteca responsável: BR1.1
ABSTRACT
ABSTRACT

Objective:

To analyze literature data about unnecessary exposure of pediatric emergency patients to ionizing agents from imaging examinations, nowadays and during times of COVID-19. Data sources Between April and July 2020, articles were selected using the databases Virtual Health Library, PubMed and Scientific Electronic Library Online. The following descriptors were used [(pediatrics) AND (emergencies) AND (diagnostic imaging) AND (medical overuse)] and [(Coronavirus infections) OR (COVID-19) AND (pediatrics) AND (emergencies) AND (diagnostic imaging)]. Inclusion criteria were articles available in full, in Portuguese or English, published from 2016 to 2020 or from 2019 to 2020, and articles that covered the theme. Articles without adherence to the theme and duplicate texts in the databases were excluded. Data

synthesis:

61 publications were identified, of which 17 were comprised in this review. Some imaging tests used in pediatric emergency departments increase the possibility of developing future malignancies in patients, since they emit ionizing radiation. There are clinical decision instruments that allow reducing unnecessary exam requests, avoiding over-medicalization, and hospital expenses. Moreover, with the COVID-19 pandemic, there was a growing concern about the overuse of imaging exams in the pediatric population, which highlights the problems pointed out by this review.

Conclusions:

It is necessary to improve hospital staff training, use clinical decision instruments and develop guidelines to reduce the number of exams required, allowing hospital cost savings; and reducing children's exposure to ionizing agents.
RESUMO
RESUMO

Objetivo:

Analisar dados da literatura sobre exposição desnecessária de pacientes da emergência pediátrica a agentes ionizantes dos exames de imagem, na atualidade e em tempos de COVID-19. Fontes de dados Entre abril e julho de 2020 ocorreu a seleção dos artigos, utilizando-se as bases de dados Biblioteca Virtual em Saúde, PubMed e Scientific Electronic Library Online. Utilizaram-se os descritores [(pediatrics) AND (emergencies) AND (diagnostic imaging) AND (medical overuse)] e [(Coronavirus infections) OR (COVID-19) AND (pediatrics) AND (emergencies) AND (diagnostic imaging)]. Incluíram-se artigos disponíveis na íntegra, em português ou inglês, publicados no período de 2016 a 2020 ou de 2019 a 2020, e artigos que contemplassem o tema. Excluiu-se artigos sem aderência com a temática e textos duplicados. Síntese dos dados Identificaram-se 61 publicações, sendo 17 utilizadas para a elaboração desta revisão. Alguns exames de imagem utilizados nos Setores de Urgência e Emergência (SUEs) pediátricos, por emitirem radiação ionizante, aumentam a possibilidade de desenvolver malignidades futuras nas crianças. Destarte, há instrumentos de decisão clínica que possibilitam diminuir requisições de exames desnecessários, evitando a sobremedicalização e os gastos hospitalares. Ademais, com a pandemia da COVID-19, cresceu a preocupação com o uso excessivo de exames de imagem na população pediátrica, o que reafirma a problematização deste estudo.

Conclusões:

Veem-se como necessárias a capacitação da equipe hospitalar, a utilização de instrumentos de decisão clínica e a confecção de protocolos que possam avaliar a singularidade da criança. Isso permitirá reduzir o número de exames requeridos, possibilitando economia de custos hospitalares e redução da exposição de crianças a agentes ionizantes.
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados nacionais / Brasil Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas Tema em saúde: Objetivo 3: Recursos humanos em saúde Base de dados: LILACS / Sec. Est. Saúde SP Idioma: Inglês Revista: Rev. Paul. Pediatr. (Ed. Port., Online) Ano de publicação: 2022 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Faculdades Pequeno Príncipe/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados nacionais / Brasil Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas Tema em saúde: Objetivo 3: Recursos humanos em saúde Base de dados: LILACS / Sec. Est. Saúde SP Idioma: Inglês Revista: Rev. Paul. Pediatr. (Ed. Port., Online) Ano de publicação: 2022 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Faculdades Pequeno Príncipe/BR