Your browser doesn't support javascript.
loading
Evaluation of phytochemicals and antioxidant activity of gamma irradiated quinoa (Chenopodium quinoa) / Avaliação de fitoquímicos e atividade antioxidante de quinoa gama irradiada (Chenopodium quinoa)
Abdelaleem, M. A.; Elbassiony, K. R. A..
Afiliação
  • Abdelaleem, M. A.; Atomic Energy Authority. Nuclear Research Center. Plant Research Department. Cairo. EG
  • Elbassiony, K. R. A.; Atomic Energy Authority. Nuclear Research Center. Plant Research Department. Cairo. EG
Braz. j. biol ; 81(3): 806-813, July-Sept. 2021. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1153395
Biblioteca responsável: BR1.1
ABSTRACT
Abstract Phytochemical and antioxidant activity of quinoa flour was evaluated after subjected to gamma irradiation processes at dose 3 and 6 kGy. Both non-irradiated and irradiated quinoa samples were subjected to successive extractions in ethanol solvent. The antioxidant activity after gamma irradiation treatment was investigated via Ferric reducing antioxidant power (FRAP) and radical-scavenging activity (RSA) using 2,2-diphenyl-1-picrylhydrazyl (DPPH).Total phenolic and flavonoid content were analyzed using Folin-Ciocalteu micro-method, aluminium chloride (AlCl3) method and High Performance Liquid Chromatography (HPLC). As well as, effect of irradiation treatment on saponin was also evaluated. Irradiation treatment showed slight differences in the saponin content after exposure to 3 and 6 kGy. Irradiation process enhanced both total phenolic content (TPC) and Total flavonoid content (TFC), TPC were 34.52 and 30.92 mg Gallic Acid Equivalent (GAE)/100g compared to 26.25 mg GAE/100g in non-irradiated quinoa. TFC were 67.44 and 62.89 mg Quercetin Equivalents (QE)/100g compared to 53.15 mg QE/100g. Irradiation dose 3 kGy significantly (p> 0.05) decreased the IC50 as DPPH-RSA and increased the FRAP.
RESUMO
Resumo Atividades fitoquímica e antioxidante da farinha de quinoa foram analisadas após submissão a processos de irradiação gama nas doses 3 e 6 kGy. As amostras de quinoa não irradiadas e irradiadas foram submetidas a extrações sucessivas em solvente etanol. A atividade antioxidante, após o tratamento com irradiação gama, foi investigada por meio do poder antioxidante redutor férrico (ARF) e da atividade de eliminação de radicais (AER) usando 2,2-difenil-1-picril-hidrazil (DPPH). O conteúdo fenólico total e o teor de flavonoide foram analisados usando o método de Folin-Ciocalteu, método de cloreto de alumínio (AlCl3) e cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE). Além disso, o efeito do tratamento de irradiação na saponina também foi avaliado. O tratamento por irradiação não mostrou diferenças significativas no conteúdo de saponina após exposição a 3 e 6 kGy. O processo de irradiação aumentou o conteúdo fenólico total (CFT) e o teor total de flavonoides (TTF); o CFT foi de 34,52 e 30,92 mg de equivalente de ácido gálico (EAG) / 100 g em comparação com 26,25 mg de EAG / 100 g na quinoa não irradiada. Os TTF foram 67,44 e 62,89 mg de equivalentes de quercetina (EQ) / 100 g em comparação com 53,15 mg de EQ / 100 g. A dose de irradiação de 3 kGy diminuiu significativamente (p > 0,05) o IC50 como DPPH-AER e aumentou o ARF.

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Inglês Revista: Braz. j. biol Assunto da revista: Biologia Ano de publicação: 2021 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Egito Instituição/País de afiliação: Atomic Energy Authority/EG

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Inglês Revista: Braz. j. biol Assunto da revista: Biologia Ano de publicação: 2021 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Egito Instituição/País de afiliação: Atomic Energy Authority/EG
...