Your browser doesn't support javascript.
loading
Smoking cessation in Brazil: a survival analysis based on consumers' profile / Cessação do hábito de fumar no Brasil: uma análise de sobrevivência baseada no perfil dos consumidores
Vogt, Camila de Moura; Fochezatto, Adelar; Alvim, Augusto Mussi.
Afiliação
  • Vogt, Camila de Moura; Universidade Federal do Pará. Faculdade de Economia. Belém. BR
  • Fochezatto, Adelar; Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Programa de Pós-Graduação em Economia. Porto Alegre. BR
  • Alvim, Augusto Mussi; Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Programa de Pós-Graduação em Economia. Porto Alegre. BR
Ciênc. Saúde Colet ; 26(8): 3065-3076, ago. 2021. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1285965
Biblioteca responsável: BR1.1
ABSTRACT
Abstract Cigarette consumption is a worldwide epidemic and its reduction is one of the major public health concerns. In Brazil, although there is a wide literature on smoking cessation it is restricted to experimental studies. Based on data from the 2013 National Health Survey (PNS), this study uses the survival methodology and use population data and consumer's profile to investigate which characteristics will affect smoking cessation hazard. The results showed that the people who are less likely to quit smoking are older, single men, with low income and fewer education years. They also do not practice physical exercise. The findings of cigarette cessation hazard to Brazilian population are similar of experimental studies with smokers and ex-smokers in country. Therefore, in order to decrease public health spending, Brazilian health policies regarding tobacco cessation could focus on those groups who will likely smoke for a long time.
RESUMO
Resumo O consumo de cigarro é uma epidemia mundial e sua redução é uma das principais preocupações de saúde pública. No Brasil, embora exista uma ampla literatura sobre a cessação do tabagismo, ela se restringe a estudos experimentais. Com base nos dados da Pesquisa Nacional de Saúde de 2013 (PNS), este estudo usa a metodologia de sobrevivência e usa dados da população e os perfis dos consumidores para investigar quais características afetarão as chances de cessação do tabagismo. Os resultados mostraram que as pessoas com menor probabilidade de parar de fumar são homens mais velhos e solteiros, com baixa renda e menos anos de estudo, que não praticam exercícios físicos. Os achados do risco de cessação do cigarro para a população brasileira são semelhantes a estudos experimentais com fumantes e ex-fumantes no país. Portanto, para diminuir os gastos em saúde pública, as políticas de saúde brasileiras em relação à cessação do tabaco poderiam se concentrar nos grupos que fumarão por mais tempo.

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Inglês Revista: Ciênc. Saúde Colet Assunto da revista: Saúde Pública Ano de publicação: 2021 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul/BR / Universidade Federal do Pará/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Inglês Revista: Ciênc. Saúde Colet Assunto da revista: Saúde Pública Ano de publicação: 2021 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul/BR / Universidade Federal do Pará/BR
...