Your browser doesn't support javascript.
loading
Os marcadores sociais da diferença: contribuições para a terapia ocupacional social / The social markers of the difference: contributions to social occupational therapy
Melo, Késia Maria Maximiano de; Malfitano, Ana Paula Serrata; Lopes, Roseli Esquerdo.
Afiliação
  • Melo, Késia Maria Maximiano de; Universidade Federal de São Carlos. São Carlos. BR
  • Malfitano, Ana Paula Serrata; Universidade Federal de São Carlos. São Carlos. BR
  • Lopes, Roseli Esquerdo; Universidade Federal de São Carlos. São Carlos. BR
Cad. Bras. Ter. Ocup ; 28(3): 1061-1071, jul.-set. 2020.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1360270
Biblioteca responsável: BR1.1
RESUMO
Resumo Este texto decorre de um esforço de reflexão em torno dos aspectos teóricos que vêm parametrizando a terapia ocupacional social no Brasil e aqueles sob os quais se fundamentam os "marcadores sociais da diferença", visando a formulações que viabilizem a proposição de metodologias e ações terapêutico-ocupacionais que considerem os cotidianos que constituem a vida de diferentes sujeitos. Tais reflexões surgem com base nas demandas contemporâneas de diversos segmentos sociais e de preocupações quanto a uma melhor conformação do aporte teórico e metodológico que subsidia as práticas da terapia ocupacional social. Para tanto, retoma-se o processo histórico de constituição do social como um campo de ação da terapia ocupacional, apresenta-se a perspectiva dos marcadores sociais da diferença e, nesse entrelaçamento, o diálogo acerca das possibilidades e aproximações da e com a terapia ocupacional social. Pontua-se que os "marcadores sociais da diferença" podem se constituir como uma importante lente conceitual para informar a prática da terapia ocupacional social, à medida que inclui em seu arcabouço a constituição das diferenças - gênero, raça, etnia, classe, sexualidade, geração, entre outras - como ponto de partida para a compreensão das desigualdades sociais.
ABSTRACT
Abstract This text results from an effort to reflect on the theoretical aspects that have been parameterizing social occupational therapy in Brazil, and those on which "social makers of difference" are based, aiming at formulations that enable the proposition of occupational therapy methodologies and actions that take into account the daily lives of different subjects. These reflections arise from the contemporary demands of various social segments and concerns about a better conformation of the theoretical contribution subsidizing social occupational therapy practices. For that purpose, we take up the historical constitution of the "social" as a field of action for occupational therapy, as we present the perspective of social difference markers and, in this interlacement, the discussion about their possibilities and approaches in and with social occupational therapy. It is pointed out that the social makers of difference can constitute an important conceptual lens for social occupational theory practice since it includes the constitution of differences in its references - gender, race, ethnicity, class, sexuality, generation, etc. - as a starting point for the understanding of social inequalities.


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas Tema em saúde: Objetivo 11 Desigualdades e iniquidades na saúde Base de dados: Index Psicologia - Periódicos / LILACS Aspecto: Equidade e iniquidade Idioma: Português Revista: Cad. Bras. Ter. Ocup Assunto da revista: Medicina F¡sica e Reabilita‡Æo Ano de publicação: 2020 Tipo de documento: Artigo / Documento de projeto País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de São Carlos/BR

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas Tema em saúde: Objetivo 11 Desigualdades e iniquidades na saúde Base de dados: Index Psicologia - Periódicos / LILACS Aspecto: Equidade e iniquidade Idioma: Português Revista: Cad. Bras. Ter. Ocup Assunto da revista: Medicina F¡sica e Reabilita‡Æo Ano de publicação: 2020 Tipo de documento: Artigo / Documento de projeto País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de São Carlos/BR
...