Your browser doesn't support javascript.
Depression and health behaviors in Brazilian adults - PNS 2013 / Depressão e comportamentos de saúde em adultos brasileiros - PNS 2013
Rev. saúde pública ; 51(supl.1): 8s, 2017. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-845914
Biblioteca responsável: BR1.1
ABSTRACT
ABSTRACT OBJECTIVE To evaluate the prevalence of health-related behaviors according to presence and type of depression in Brazilian adults. METHODS Based on a sample of 49,025 adults (18 to 59 years) from the National Survey on Health 2013 (PNS 2013), we estimated the prevalence of health-related behaviors (smoking; passive smoking; frequent or risky alcohol consumption; leisure time physical activity; time watching TV; and eating pattern indicators), according to the presence of depression (minor and major), evaluated by the Patient Health Questionnaire – 9 (PHQ-9), and the report of depressive mood (in up to seven days or more than seven days) over a two-week period. Prevalence ratios were estimated by Poisson regression. RESULTS Evaluated by the PHQ-9 scale, 9.7% of the Brazilian adults had depression and 3.9% presented major depression. About 21.0% reported depressive mood and, in 34.9% of them, that feeling has been present for more than seven days. In individuals with major depression (PHQ-9), higher prevalence was found in almost all unhealthy behaviors analyzed, in particular, smoking (PR = 1.65), passive smoking (PR = 1.55), risk alcohol consumption (PR = 1.72), TV for ≥ 5 hours/day (PR = 2.13), consumption of fat meat (PR = 1.43) and soft drink (PR = 1.42). The prevalence ratios tended to be lower in those with minor depression. Similar results were observed in adults with depressive mood. CONCLUSIONS This study detected relevant association between depression and health behaviors, in particular for smoking and physical activity. The associations found with the PHQ were similar to those observed with the application of a single question about depressive mood. Our results indicate the importance of assessing the presence of depression and the frequency and severity of symptoms when implementing actions for the promotion of healthy behaviors.
RESUMO
RESUMO OBJETIVO Avaliar a prevalência de comportamentos relacionados à saúde segundo a presença e tipo de depressão em adultos brasileiros. MÉTODOS Com base em amostra de 49.025 adultos (18 a 59 anos) da Pesquisa Nacional de Saúde 2013, foram estimadas as prevalências de comportamentos relacionados à saúde (tabagismo, fumo passivo, consumo frequente ou de risco de álcool, atividade física de lazer, horas de TV e indicadores de padrão alimentar), segundo a presença de depressão (menor e maior), avaliada pela escala PHQ-9, e o relato de humor depressivo (em até sete dias ou em mais de sete dias) em um período de duas semanas. Razões de prevalências foram estimadas por meio de regressão de Poisson. RESULTADOS Avaliados pela escala PHQ-9, 9,7% dos adultos brasileiros apresentaram depressão, e 3,9%, depressão maior. Cerca de 21,0% relataram humor depressivo e em 34,9% deles esse sentimento esteve presente por mais de sete dias. Nos indivíduos com depressão maior (PHQ-9), foram constatadas prevalências mais elevadas de quase todos os comportamentos não saudáveis analisados, principalmente tabagismo (RP = 1,65), fumo passivo (RP = 1,55), consumo de risco de álcool (RP = 1,72), horas de TV ≥ 5 h/dia (RP = 2,13), consumo de carne gordurosa (RP = 1,43) e refrigerante (RP = 1,42). As razões de prevalência tenderam a ser menores na depressão menor. Resultados similares foram observados nos adultos com humor depressivo. CONCLUSÕES O estudo detectou relevante associação entre depressão e comportamentos de saúde, em especial, para tabagismo e atividade física. As associações encontradas com o uso do PHQ foram similares às observadas com a aplicação de uma única pergunta sobre humor depressivo. Os resultados do estudo sinalizam a importância da avaliação da presença de depressão e da frequência e gravidade dos sintomas quando da implementação de ações para a promoção de comportamentos saudáveis.
Assuntos

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Depressão / Transtorno Depressivo Maior Aspecto clínico: Diagnóstico / Etiologia / Prognóstico Limite: Adolescente / Adulto / Feminino / Humanos / Masculino País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Inglês Revista: Rev. saúde pública Assunto da revista: Saúde Pública Ano de publicação: 2017 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Estadual de Campinas/BR