Your browser doesn't support javascript.
loading
Infidelidade Conjugal: A Experiência de Homens e Mulheres / Infidelidad Conyugal: La Experiencia de Hombres y Mujeres / Marital Infidelity: The Experience of Men and Women
Scheeren, Patrícia; Apellániz, Iñigo de Alda Martínez de; Wagner, Adriana.
Afiliação
  • Scheeren, Patrícia; Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre. BR
  • Apellániz, Iñigo de Alda Martínez de; Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre. BR
  • Wagner, Adriana; Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre. BR
Trends Psychol ; 26(1): 355-369, jan.-mar. 2018. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-904556
Biblioteca responsável: BR1338.1
RESUMO
Resumo Este artigo visa conhecer a vivência da infidelidade em homens e mulheres casados ou em coabitação em termos de frequência, tipos de comportamentos e motivos para ser infiel. Participaram da pesquisa 237 sujeitos, 106 homens e 131 mulheres com idades entre 21 e 73 anos (M = 38; DP = 11,22) que reportaram terem sido infiéis ao companheiro(a) atual. Os participantes responderam a uma ficha de caracterização sociodemográfica e de dados sobre o relacionamento, o Questionário de Infidelidade e a Escala de Ajustamento Conjugal Revisada. Os resultados revelaram a similaridade dos comportamentos de infidelidade entre homens e mulheres, ainda que os homens refiram mais comportamentos sexuais enquanto as mulheres maior envolvimento emocional nestes relacionamentos. O estudo identificou que o principal motivador para a traição em ambos os sexos é a insatisfação com o companheiro(a) ou com a relação. Esses achados evidenciam a importância de se considerar a infidelidade como um fenômeno relacional. Destaca-se a importância deste enfoque relacional no tratamento de casais que vivenciam esse fenômeno.
RESUMEN
Resumen Este artículo tiene como objetivo conocer la experiencia de infidelidad en hombres y mujeres casados o que cohabitan en términos de la frecuencia, tipos de comportamientos y motivaciones para ser infiel. Los participantes fueron 237 sujetos, 106 hombres y 131 mujeres con una edad entre 21 y 73 años (M = 38; DE = 11.22) que reportaron haber sido infiel a su pareja actual. Los participantes respondieron a una hoja de datos sociodemográficos y de caracterización de la relación, el cuestionario de comportamientos de infidelidad y de la Escala de Ajuste Marital revisado. Los resultados revelan la similitud de comportamientos de infidelidad de hombres y mujeres, aunque los hombres refleren más comportamientos sexuales mientras las mujeres refleren involucrarse de manera afectiva en estas relaciones. El estudio identificó que la principal motivación para la traición para ambos sexos es la insatisfacción con su compañero(a) o con la relación. Estos resultados ponen de relieve la importancia de considerar la infidelidad como un fenómeno relacional. Se destaca la importancia de este enfoque relacional en el tratamiento de las parejas que experimentan este fenómeno.
ABSTRACT
Abstract This article aims to investigate the experience of infidelity in married or cohabiting men and women, considering the frequency, types of behaviors and reasons for infidelity. Participants of the study were 237 subjects, 106 men and 131 women, aged between 21 and 73 years (M=38; SD=11.22), who reported having been unfaithful to their current partner. Participants answered a sociodemographic and relationship questionnaire, the Infidelity Questionnaire and the Revised Dyadic Adjustment Scale. The results show the similarity of the infidelity behaviors between men and women, although men were more frequently involved in sexual behaviors and women more in emotional behaviors. The study identified dissatisfaction with the partner or the relationship as the main reason for infidelity for both men and women. These findings highlight the importance of considering infidelity as a relational phenomenon, which reveals the importance of the relational approach in the treatment of couples who experience infidelity.

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Português Revista: Trends Psychol Assunto da revista: Psicologia Ano de publicação: 2018 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Rio Grande do Sul/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Português Revista: Trends Psychol Assunto da revista: Psicologia Ano de publicação: 2018 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Rio Grande do Sul/BR
...