Your browser doesn't support javascript.
loading
Avaliação da qualidade do sono em estudantes de Biomedicina / Sleep quality assessment in Biomedicine students
Souza, Thais Cristina de Lima; Castro, Juliana Pedroso Moraes Vilela de.
Afiliação
  • Souza, Thais Cristina de Lima; Universidade Paulista. Curso de Biomedicina. Sorocaba. BR
  • Castro, Juliana Pedroso Moraes Vilela de; Universidade Paulista. Curso de Biomedicina. Sorocaba. BR
J. Health Sci. Inst ; 36(1): 14-18, jan-mar 2018. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-907006
Biblioteca responsável: BR1536.9
Localização: BR12.1
RESUMO
Objetivo ­ Avaliar a qualidade de sono e a sonolência diurna excessiva nos alunos de Biomedicina da Universidade Paulista ­ Sorocaba, comparando-as entre os alunos dos períodos diurno e noturno, além de identificar o cronotipo desses alunos. Métodos ­ Submeter 100 estudantes, de ambos os gêneros, com idade entre 18 e 52 anos, ao questionário de Qualidade de Sono de Pittsburgh (PSQI), à Escala de Sonolência de Epworth (ESE) e ao Questionário de Matutinidade/Vespertinidade. Resultados ­ Verificou-se que 61,5% dos alunos da manhã apresentaram má qualidade de sono, 51,3% sonolência diurna excessiva e 61,5% cronotipo indiferente; enquanto, 65,6% dos alunos da noite apresentavam má qualidade de sono, 57,4% sonolência diurna excessiva e 72,1% cronotipo indiferente. Conclusão ­ A má qualidade de sono foi mais frequente no período noturno, porém, mais relevante no período diurno. Ambos os períodos indicaram relevante prevalência de sonolência diurna excessiva, sem apresentar, contudo, uma preferência por um turno específico para realizarem suas atividades, o que foi observado por meio da maior frequência do cronotipo indiferente.
ABSTRACT
Objective ­ To evaluate the sleep quality and the presence of excessive daytime sleepiness in Biomedicine students from Universidade Paulista ­ Sorocaba; 2) to compare the results obtained from students enrolled in different periods of day or night; 3) to identify the best period of performance from these students. Methods ­ A hundred students from both genders, aged over 18 years, filled three questionnaires Pittsburgh Sleep Quality Index (PSQI), the Epworth Sleepiness Scale (ESS) and Questionnaire morningness/eveningness. Afterward, all the data was analyzed and presented accordingly. Results ­ It was found that 61.5% of the morning students presented poor sleep, 51.3% excessive daytime sleepiness, and 61.5% indifferent chronotype; while 65.6% of night's students presented poor sleep, 57.4% excessive daytime sleepiness, and 72.1% indifferent chronotype. Conclusions ­ Poor sleep was more frequent among night's students. In contrast, the worst quality of sleep was more relevant among morning's student. Students in both periods presented excessive daytime sleepiness and indifferent chronotype.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Transplante de Medula Óssea / Complexo Principal de Histocompatibilidade Limite: Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: J. Health Sci. Inst Assunto da revista: Medicina Ano de publicação: 2018 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Paulista/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Transplante de Medula Óssea / Complexo Principal de Histocompatibilidade Limite: Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: J. Health Sci. Inst Assunto da revista: Medicina Ano de publicação: 2018 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Paulista/BR
...