Your browser doesn't support javascript.
loading
Grupo multifamiliar no contexto dos Transtornos Alimentares: a experiência compartilhada / Multifamily group in the context of Eating Disorders: a shared experience / Grupo multifamiliar en el contexto de los Trastornos Alimenticios: la experiencia compartida
Santos, Manoel Antônio; Leonidas, Carolina; Costa, Lilian Regiane de Souza.
Afiliação
  • Santos, Manoel Antônio; Universidade de São Paulo. Ribeirão Preto. BR
  • Leonidas, Carolina; Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Uberaba. BR
  • Costa, Lilian Regiane de Souza; Universidade de São Paulo. Ribeirão Preto. BR
Arq. bras. psicol. (Rio J. 2003) ; 68(3): 43-58, dez. 2016.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-907044
Biblioteca responsável: BR1194.1
RESUMO
Este estudo teve por objetivo explorar a experiência compartilhada por cuidadores que participam de um grupo de apoio para familiares de pessoas diagnosticadas com transtornos alimentares (TAs), buscando identificar os sentimentos vivenciados e as possíveis ressignificações de suas experiências como cuidadores. Foram analisadas cinco sessões do Grupo de Apoio Psicológico aos Familiares, das quais participaram 23 familiares de pacientes cadastrados em um serviço especializado em TAs do interior do estado de São Paulo. Os dados foram submetidos à análise de conteúdo temática e interpretados à luz do referencial psicodinâmico. Os resultados indicam que os familiares buscam compreender as causas do problema, percebem o filho afetado pelo transtorno como emocionalmente imaturo, experimentam sentimento de culpa e déficits de autocuidado, beneficiam-se da presença do pai e de outros familiares que não as mães no cenário do tratamento e tiram proveito do grupo para fortalecer seu papel de cuidadores familiares. Evidenciou-se que o espaço do grupo pode funcionar como alternativa importante na construção de relacionamentos mais saudáveis, induzindo mudanças na dinâmica familiar
ABSTRACT
This study aimed to explore the experience shared by caregivers who participated in a support group for family members of people who have eating disorders (ED), seeking to identify the feelings experienced and possible reinterpretations of their experiences as caregivers. Five group sessions of Family Support Group, attended by 23 relatives of patients registered in a specialized ED service in the state of São Paulo, Brazil, were analyzed. Data were subjected to thematic content analysis and interpreted in the light of a psychodynamic framework. The results indicate that family members seek to understand the causes of the problem, perceive the son/daughter affected by the disorder as an emotionally immature person, experience feelings of guilt and deficits of self-care, benefit from the presence of the father and other family members other than mothers in the setting of treatment and take advantage of the group to strengthen their role as family caregivers. It was evident that the group can function as an important alternative in building healthier relationships, eliciting changes in family dynamics
RESUMEN
Este estudio trata de explorar la experiencia compartida por los cuidadores que participaron en un grupo de apoyo para familiares de personas diagnosticadas con trastornos alimenticios (TA), buscando identificar los sentimientos experimentados y la posible reinterpretación de sus experiencias como cuidadores. Fueron analizadas cinco sesiones del Grupo de Apoyo Psicológico a Familiares, al que asistieron 23 familiares de pacientes registrados en una clínica especializada en TA en el estado de São Paulo, Brasil. Los datos fueron sometidos a análisis de contenido temático e interpretados a la luz de la teoría psicodinámica. Los resultados indican que los miembros de la familia tratan de comprender las causas del problema, perciben el miembro afectado por el trastorno como emocionalmente inmaduro, experimentan sentimientos de culpa y déficits de auto-cuidado, se benefician de la presencia del padre durante el tratamiento y de otros miembros de la familia que no sean las madres, y aprovechan el grupo para reforzar su papel como cuidadores familiares. Se hizo evidente que el grupo puede funcionar como una alternativa importante en la construcción de relaciones más sanas, induciendo cambios en la dinámica familiar
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos / LILACS Assunto principal: Família / Transtornos da Alimentação e da Ingestão de Alimentos / Cuidadores Limite: Humanos Idioma: Português Revista: Arq. bras. psicol. (Rio J. 2003) Assunto da revista: Psicologia Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Triângulo Mineiro/BR / Universidade de São Paulo/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos / LILACS Assunto principal: Família / Transtornos da Alimentação e da Ingestão de Alimentos / Cuidadores Limite: Humanos Idioma: Português Revista: Arq. bras. psicol. (Rio J. 2003) Assunto da revista: Psicologia Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Triângulo Mineiro/BR / Universidade de São Paulo/BR
...