Your browser doesn't support javascript.
AUTOAVALIAÇÃO PARA MELHORIA DO ACESSO E QUALIDADE DA ATENÇÃO BÁSICA EM MUNICÍPIO DO INTERIOR DO CEARÁ / Self-evaluation to improve access and quality of Primary Care in a municipality in the interior of Ceará
Rev. APS ; 21(1): 29-36, 01/01/2018.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-970070
Biblioteca responsável: BR1861.9
RESUMO
A Autoavaliação para Melhoria do Acesso e Qualidade da Atenção Básica constitui-se como uma forma de discutir e identificar com os próprios atores do processo de cuidado as fragilidades do cotidiano da Atenção Básica e, a partir de então, subsidiar a tomada de decisão, de forma a permitir a corresponsabilidade da gestão da Atenção Básica. Trata-se de um estudo descritivo de abordagem qualitativa realizada em um município do interior do Ceará. A partir da autoavaliação, foram indicadas fragilidades, no que concerne aos aspectos relacionados à gestão do trabalho, à infraestrutura e equipamentos, à organização do processo de trabalho, à atenção integral à saúde e à participação social e satisfação do usuário. Assim, as intervenções tiveram como eixos norteadores a Educação Permanente e a articulação/diálogo com a comunidade e entre os trabalhadores. Nesse sentido, a autoavaliação constitui-se como um meio e processo potente de transformação das práticas de atenção à saúde das famílias, uma vez que a equipe de saúde reflete a realidade dos serviços e ações, por meio de padrões de qualidade.
ABSTRACT
Self-Assessment for Improving Access and Quality of Primary Care constitutes a way of discussing and identifying, with the caregivers themselves, the weaknesses of the Primary Care daily routine and thus aid decision-making, in order to allow co-responsibility for Primary Care management. This is a descriptive study with a qualitative approach carried out in a municipality in the interior of Ceará. From the self-assessment, weaknesses were identified regarding aspects related to work management, infrastructure and equipment, work process organization, integral health care, and user social participation and satisfaction. Thus, the interventions were based on continuing education and the bonding/ dialogue with the community and among the workers. In this way, self-assessment is a powerful means and process for transforming family health care practices, since the health team reflects the reality of the services to actions through quality standards.

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Português Revista: Rev. APS Assunto da revista: Prestação de Cuidados de Saúde Ano de publicação: 2018 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Estadual Vale do Acaraú/BR / Universidade Federal do Ceará/BR