Your browser doesn't support javascript.
loading
Agenda 21 nacional e indicadores de desenvolvimento sustentável: contexto brasileiro / National agenda 21 and sustainable development indicators: the brazilian context
Malheiros, Tadeu Fabricio; Philippi Júnior, Arlindo; Coutinho, Sonia Maria Viggiani.
Afiliação
  • Malheiros, Tadeu Fabricio; Universidade de São Paulo. Escola de Engenharia de São Carlos. Sistema de Informações Ambientais para o Desenvolvimento Sustentável. São Carlos. Brasil
  • Philippi Júnior, Arlindo; Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Departamento de Saúde Ambiental. Projeto Siades. São Paulo. Brasil
  • Coutinho, Sonia Maria Viggiani; Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Departamento de Saúde Ambiental. Projeto Siades. São Paulo. Brasil
Saude Soc ; 17(1): 7-20, jan.-mar. 2008. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-57981
Biblioteca responsável: BR67.1
Localização: BR67.1
ABSTRACT
Respondendo às crescentes pressões da sociedade civil organizada para implementação de diretrizes estabelecidas nos instrumentos de comprometimento internacionais voltadas à promoção do desenvolvimento sustentável, estados nacionais vêm elaborando suas estratégias e planos de desenvolvimento sustentável. Esforços também vêm sendo dispensados na proposição de indicadores para acompanhar resultados e impactos na implementação de políticas. Em 2002, o Brasil aprovou sua Agenda 21, elaborada por meio de processo participativo, que é uma experiência significativa num contexto de grande diversidade social, ambiental e econômica, embora o Governo brasileiro não tenha ainda um sistema consolidado de monitoramento e avaliação da Agenda 21 brasileira. Seguindo orientação e incentivo da Comissão de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) publicou em 2002 os Indicadores de Desenvolvimento Sustentável - Brasil 2002. Apesar de ambos os esforços terem se desenvolvido em momentos concomitantes e possuírem como foco a mesma temática - desenvolvimento sustentável do Brasil - a não priorização da integração desses processos gerou lacunas no conjunto de indicadores, enfraquecendo oportunidade de se criar condições para a avaliação e a revisão da implementação do plano nacional de desenvolvimento sustentável e das agendas 21 locais. Esse é o foco deste documento, ao apresentar uma análise integrada sobre a elaboração da Agenda 21 brasileira, entendida como um Plano Nacional Estratégico para o Desenvolvimento Sustentável, e a construção dos Indicadores de Desenvolvimento Sustentável do Brasil, propostos pelo IBGE, apresentando pontos positivos, avanços, oportunidades, lacunas e perspectivas.(AU)
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas / ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Objetivo 4: Financiamento para a saúde / Meta 3.8 Atingir a cobertura universal de saúde Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Gestão Ambiental / Indicadores de Desenvolvimento / Desenvolvimento Sustentável País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Saude Soc Assunto da revista: PUBLIC HEALTH / Saúde Pública Ano de publicação: 2008 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Universidade de São Paulo/Brasil
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas / ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Objetivo 4: Financiamento para a saúde / Meta 3.8 Atingir a cobertura universal de saúde Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Gestão Ambiental / Indicadores de Desenvolvimento / Desenvolvimento Sustentável País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Saude Soc Assunto da revista: PUBLIC HEALTH / Saúde Pública Ano de publicação: 2008 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Universidade de São Paulo/Brasil
...