Your browser doesn't support javascript.
loading
Saúde da família: uma análise baseada no sistema de informação da atenção básica / Family health: an analysis based on the basic care information system
Pereira, Adelyne Maria Mendes; Godinho, Mônica La-Salette da Costa; Bergamo, Maria Inêz Braga Barbosa.
Afiliação
  • Pereira, Adelyne Maria Mendes; s.af
  • Godinho, Mônica La-Salette da Costa; Universidade Federal de Alfenas. Departamento de Enfermagem. Disciplina Saúde do Adulto. Alfenas. Brasil
  • Bergamo, Maria Inêz Braga Barbosa; Universidade Federal de Alfenas. Departamento de Enfermagem. Disciplina Introdução à Saúde Coletiva e Ambiental. Alfenas. Brasil
Rev. aten. primária saúde ; 9(1): 50-63, jan.-jun. 2006.
Artigo em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-58408
Biblioteca responsável: BR67.1
Localização: BR67.1
ABSTRACT
A reforma sanitária brasileira constitui uma proposta abrangente de mudança social e, ao mesmo tempo, um processo de transformação da situação sanitária. A adoção da estratégia Saúde da Família como espaço potencial de mudança das práticas de saúde pode ser citada como uma das suas conquistas. A Saúde da Família tem o objetivo de proceder à reorganização da prática assistencial em novas bases e critérios, em substituição ao modelo tradicional de assistência orientando para a cura de doenças e centrado no hospital. Tem gerado uma quantidade significativa de dados, porém, muitas vezes, não os utiliza para observar seu desempenho e direcionar suas atividades. Trata o presente estudo de uma pesquisa epidemiológica, descritiva e transversal, que objetiva analisar a Saúde da Família no município de Alfenas/MG, com base nos dados do Sistema de Informação da Atenção Básica-SIAB, durante o ano de 2003. Constatou-se que 42,65 por cento da população do município são acompanhados; possuem nível sócio-econômico baixo e boas condições sanitárias nos domicílios; as principais patologias referidas foram hipertensão arterial, diabetes e alcoolismo; a taxa de mortalidade infantil é superior à nacional, sendo a mortalidade neonatal inferior à pós-neonatal; a mortalidade de mulheres em idade fértil é de 1,62 por cento; o índice de baixo peso ao nascer é de 10,74 por cento. As equipes de Saúde da Família desenvolvem procedimentos e exames diagnósticos de baixa complexidade, havendo prevalência da demanda espontânea sobre a busca preventiva. Foram realizados encaminhamentos para o atendimento especializado, serviços de urgência e emergência, internações hospitalares e domiciliárias. O total de encaminhamentos para especialidades não contradiz a efetividade da assistência prestada e prova que o direito a outros níveis de atenção não tem sido negado. Conclui-se que esse novo modelo de assistência está em construção, sendo necessários alguns esforços para que a assistência primitiva de saúde seja abandonada e a assistência primária atingida em tudo a que se propõe.(AU)
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados temática Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas / ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Objetivo 3: Recursos humanos em saúde / Objetivo 6: Sistemas de informação em saúde / Meta 3.2: Reduzir as mortes de recém nascidos e crianças com menos de 5 anos Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Cobertura de Serviços de Saúde / Perfil de Saúde / Medidas em Epidemiologia / Saúde da Família País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. aten. primária saúde Ano de publicação: 2006 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Alfenas/Brasil
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados temática Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas / ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Objetivo 3: Recursos humanos em saúde / Objetivo 6: Sistemas de informação em saúde / Meta 3.2: Reduzir as mortes de recém nascidos e crianças com menos de 5 anos Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Cobertura de Serviços de Saúde / Perfil de Saúde / Medidas em Epidemiologia / Saúde da Família País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. aten. primária saúde Ano de publicação: 2006 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Alfenas/Brasil
...