Your browser doesn't support javascript.
loading
Iniciativa Unidade Básica Amiga da Amamentação: avaliando as práticas de uma Unidade de Saúde de Porto Alegre, 2007 / Breastfeeding-friendly primary care initiative: evaluating the practices of a Health Care Unit of Porto Alegre, 2007
Rivero Hernandez, Alessandra; Köhler, Celina Valderez; Falcão, Terezinha Ávila.
Afiliação
  • Rivero Hernandez, Alessandra; s.af
  • Köhler, Celina Valderez; s.af
  • Falcão, Terezinha Ávila; s.af
Bol. saúde ; 21(2): 51-59, jul.-dez. 2007. tab
Artigo em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-62689
Biblioteca responsável: BR67.1
Localização: BR67.1
ABSTRACT
O objetivo deste trabalho foi realizar uma auto-avaliação da Iniciativa Unidade Básica Amiga da Amamentação (IUBAAM) em uma Unidade Básica de Saúde da cidade de Porto Alegre. Para tanto, foram entrevistados 10 profissionais da equipe de saúde, 10 gestantes e 10 nutrizes, através de instrumento semi-estruturado, contemplando os ôDez Passos para o Sucesso da Amamentaçãoö. Questionou-se as usuárias sobre as razões pelas quais as mesmas se sentiram (ou não) apoiadas pela unidade de saúde para amamentar. Foram obtidos dados sobre a amamentação das crianças assistidas pela unidade, mediante a utilização de recordatório alimentar, aplicado em duas ocasiões, com um intervalo de 6 meses. A atuação da Unidade foi classificada como de mau desempenho. A análise dos Passos mostrou que o desempenho das gestantes foi expressivamente inferior ao das nutrizes. A análise compreensiva dos depoimentos mostrou que a maioria das gestantes não recebeu apoio para amamentar ou recebeu apoio como incentivo. Os resultados das duas pesquisas sobre a alimentação das crianças demonstraram, entre as crianças até 6 meses, uma diferença importante entre a prevalência de aleitamento materno exclusivo (de 33,3 por cento para 58,6 por cento) devido à diminuição do aleitamento materno predominante (de 28,6 por cento para 3,4 por cento). A prevalência de aleitamento materno parcial manteve-se inalterada. Por fim, apesar da melhora na prevalência de aleitamento exclusivo, evidenciou-se a necessidade de incrementar a educação continuada dos profissionais de saúde, possibilitando repensar a assistência prestada e valorizando o apoio à mulher para amamentar, de modo a fortalecer sua auto-confiança e autonomia desde o pré-natal. (AU)
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Atenção Primária à Saúde / Aleitamento Materno / Tutoria / Promoção da Saúde Idioma: Português Revista: Bol. saúde Ano de publicação: 2007 Tipo de documento: Artigo
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Atenção Primária à Saúde / Aleitamento Materno / Tutoria / Promoção da Saúde Idioma: Português Revista: Bol. saúde Ano de publicação: 2007 Tipo de documento: Artigo
...