Your browser doesn't support javascript.
loading
Crianças que utilizam os serviços de saúde mental: caracterização da população em uma cidade do sul do brasil / Children who use mental health services: characterization os the population in a city in southern Brazil
Delvan, Josiane da Silva; Portes, João Rodrigo Maciel; Cunha, Maiara Pereira; Menezes, Marina; Legal, Eduardo José.
Afiliação
  • Delvan, Josiane da Silva; Universidade do Vale do Itajaí. Curso de Psicologia. Disciplina de Psicologia do Desenvolvimento Humano. Itajaí. Brasil
  • Portes, João Rodrigo Maciel; Universidade do Vale do Itajaí. Curso de Psicologia. Itajaí. Brasil
  • Cunha, Maiara Pereira; Universidade do Vale do Itajaí. Curso de Psicologia. Itajaí. Brasil
  • Menezes, Marina; Universidade do Vale do Itajaí. Curso de Psicologia. Disciplina de Psicopatologia Infantil. Itajaí. Brasil
  • Legal, Eduardo José; Universidade do Vale do Itajaí. Curso de Psicologia. Disciplina de Psicopatologia Geral. Itajaí. Brasil
Rev. bras. crescimento desenvolv. hum ; 20(2): 228-237, mai.-ago. 2010. tab
Artigo em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-64065
Biblioteca responsável: BR67.1
Localização: BR67.1
ABSTRACT
Estudos têm indicado que a população infantil constitui grande demanda para os serviços de saúde mental. Neste trabalho, objetivou-se caracterizar o perfil da população infantil que procurou o atendimento nos serviços de saúde mental, na cidade de Itajaí entre os anos de 2002 a 2007. Os dados desta pesquisa foram levantados junto aos prontuários da população atendida em dois serviços públicos de saúde mental existentes na cidade, caracterizando este estudo como documental, exploratório e descritivo. Os resultados encontrados indicam que os transtornos mentais mais relatados como queixa são o Transtorno de Déficit de Atenção e Comportamento Disruptivo totalizando 28,7 por cento, Transtornos de Ansiedade 9,6 por cento e os Transtornos de Aprendizagem 7,8 por cento desta população que procura atendimento nos serviços de saúde mental. Em relação aos Problemas de Comportamento encontram-se os Problemas nas Relações 13,3 por cento, Condições Adicionais que Podem ser Foco de Atenção Clínica 2,7 por cento e Agressividade 2,1 por cento. Com base nestes dados, deve-se repensar o planejamento de políticas públicas para que haja a promoção e, sobretudo, a prevenção dos transtornos mentais que acometem a população infantil(AU)
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados temática Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade / Transtornos de Deficit da Atenção e do Comportamento Disruptivo / Transtorno da Conduta / Transtornos Mentais Limite: Criança / Humanos País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. bras. crescimento desenvolv. hum Ano de publicação: 2011 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Universidade do Vale do Itajaí/Brasil
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados temática Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade / Transtornos de Deficit da Atenção e do Comportamento Disruptivo / Transtorno da Conduta / Transtornos Mentais Limite: Criança / Humanos País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. bras. crescimento desenvolv. hum Ano de publicação: 2011 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Universidade do Vale do Itajaí/Brasil
...