Your browser doesn't support javascript.
Aspectos clínicos em pacientes com infecção pulmonar por micobactérias do complexo Mycobacterium abscessus na Amazônia brasileira/Clinical aspects in patients with pulmonary infection caused by mycobacteria of the Mycobacterium abscessus complex, in the Brazilian Amazon
J Bras Pneumol ; 44(2): 93-98, 2018. ilus., tab.
Artigo em Inglês | IEC | ID: iec-17453
Biblioteca responsável: BR275.1
Localização: PCIEC2018 / BR275.1
ABSTRACT

OBJECTIVE:

To describe the clinical manifestations of patients with pulmonary infection caused by mycobacteria of the Mycobacterium abscessus complex (MABSC), and to compare these manifestations with those of patients infected with other nontuberculous mycobacteria (NTM).

METHODS:

This was a retrospective cohort study involving 43 patients divided into two groups: the MABSC group, consisting of patients with pulmonary infection caused by MABSC (n = 17); and the NTM group, consisting of patients with pulmonary infection caused by NTM other than MABSC (n = 26). Patients were previously treated with a regimen of rifampin, isoniazid, pyrazinamide, and ethambutol before the diagnosis of NTM was confirmed by two culture-positive sputum samples. The nucleotide sequences of the hsp65, 16S rRNA, and/or rpoB genes were analyzed to identify the mycobacteria. Data were collected on demographic, clinical, and radiological characteristics, as well as on treatment responses and outcomes.

RESULTS:

Loss of appetite was the only clinical manifestation that was significantly more common in the MABSC group than in the NTM group (p = 0.0306). The chance of having to use a second treatment regimen was almost 12 times higher in the MABSC group than in the NTM group. Treatment success was significantly higher in the NTM group than in the MABSC group (83.2% vs. 17.6%; p < 0.0001). The chance of recurrence was approximately 37 times higher in the MABSC group than in the NTM group.

CONCLUSIONS:

In the study sample, treatment response of pulmonary disease caused by MABSC was less favorable than that of pulmonary disease caused by other NTM.
RESUMO

OBJETIVO:

Descrever as manifestações clínicas de pacientes com infecção pulmonar por micobactérias do complexo Mycobacterium abscessus (CMA) e compará-las com as daqueles infectados com outras micobactérias não tuberculosas (MNT).

MÉTODOS:

Estudo de coorte retrospectivo envolvendo 43 pacientes divididos em dois grupos: grupo CMA, com pacientes com infecção pulmonar por CMA (n = 17); e grupo MNT, com pacientes com infecção pulmonar por MNT que não CMA (n = 26). Os pacientes foram previamente tratados com o esquema rifampicina, isoniazida, pirazinamida e etambutol antes de o diagnóstico de MNT ser confirmado com culturas positivas em duas amostras de escarro diferentes. As sequências nucleotídicas dos genes hsp65, RNAr 16S e/ou rpoB foram analisadas para a identificação das micobactérias. Foram coletadas características demográficas, clínicas e radiológicas, assim como respostas terapêuticas e desfechos.

RESULTADOS:

A única manifestação clínica significativamente mais frequente no grupo CMA que no grupo MNT foi hiporexia (p = 0,0306). A chance de haver a necessidade de utilização de um segundo esquema terapêutico foi quase 12 vezes maior no grupo CMA que no grupo MNT. O sucesso terapêutico foi significativamente maior no grupo MNT que no grupo CMA (83,2% vs. 17,6%; p < 0,0001). A chance de recidiva no grupo CMA foi aproximadamente 37 vezes maior que no grupo MNT.

CONCLUSÕES:

Na amostra estudada, a resposta terapêutica da doença pulmonar causada por CMA evoluiu de forma menos favorável do que naquela causada pelas demais MNT.
Assuntos

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados nacionais Base de dados: IEC Assunto principal: Estudos Transversais / Quimioterapia Combinada / Mycobacterium abscessus / Pulmão / Pneumopatias / Antibacterianos / Micobactérias não Tuberculosas Aspecto clínico: Etiologia País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Inglês Revista: J Bras Pneumol Ano de publicação: 2018 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Fiocruz/BR / Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Inst/BR / Universidade Federal do Pará. Faculdade de Medicina/BR / Universidade do Estado do Pará. Programa de Pós-Graduação em Biologia Parasitária na Amazônia/BR / Universidade do Estado do Pará. Programa de Pós-Graduação em/BR