Your browser doesn't support javascript.
loading
Articulaçäo crico-aritenóidea humana: altetraçöes histológicas de acordo com a faixa etéria / Histologic changes in the cricoarytenoid joint in human aging
Säo Paulo; s.n; 2000. 88 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-272583
Biblioteca responsável: BR1.2
Localização: BR1.2; 5888
RESUMO
Alterações vocais relacionadas ao processo de envelhecimento natural são reconhecidas há muitos anos. Alterações nas articulações crico-aritenóideas (ACA) têm sido supostas como uma possível razão. Foi estudada uma articulação crico-aritenóidea de vinte e quatro cadáveres frescos, de raça branca e sexo masculino, com óbito de causa não laríngea e divididos em três grupos com oito espécimes cada grupo I - adolescente, com idade entre 15 e 20 anos; grupo II - adulto, entre 25 e 35 anos; e grupo III - idosos, entre 60 e 75 anos. A preparação dos fragmentos incluiu a descalcificação e as colorações foram hematoxilina-eosina; tricrômio de Masson; Picrosirius; e Weigert. Foi realizada histometria para análise quantitativa. A análise dos resultados foi realizada pelos testes de Bonferroni, Exato de Fisher e Análise de Variância. Dos grupos I e III foram colhidos espécimes para estudo de microscopia eletrônica - quatro superfícies articulares cricóideas e quatro aritenóideas, em cada grupo. Na macroscopia, as cartilagens dos grupos I e II apresentavam aspecto branco nacarado, homogêneo, consistência fibro-elástica, rodeada por tecido muscular típico e, no grupo III, coloração amarelada, aspecto heterogêneo, consistência endurecida e tecido muscular endurecido. À microscopia, nos grupos I e II, a cartilagem era hialina típica, pericôndrio delgado, fibras musculares volumosas e rodeadas por algumas fibras colágenas. No grupo II, em quatro espécimes, havia ossificação em pequena área bem localizada no centro das cartilagens, com tecido ósseo do tipo lamelar e, em dois casos, uma cavidade óssea central preenchida por tecido adiposo. NO grupo III, a maior parte das cartilagens hialinas estava substituída por tecido ósseo lamelar t@ - 'Pico, em algumas com esboços de sistemas de Havers, com cavidade óssea e, em seis casos, tecido hematopoiético típico e, nos outros dois, tecido adiposo. O pericôndrio apresentou-se espessado e rico em fibras colágenas. Prevaleceram fibras musculares menores, rodeadas por grande concentração de colágeno. As fibras elásticas estavam em pequena quantidade na porção mais externa do pericôndrio nos três grupos. À microscopia eletrônica, quanto à matriz extracelular, não houve diferenças significativas em relação aos dois tipos de cartilagem - cricóidea e aritenóidea. No grupo I, a matriz era rica em material fibrilar representado por pequenas fibras colágenas e material amorfo e, no grupo III, o material fibrilar está ...(au)
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Cartilagem Aritenoide / Laringe Idioma: Português Ano de publicação: 2000 Tipo de documento: Tese

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Cartilagem Aritenoide / Laringe Idioma: Português Ano de publicação: 2000 Tipo de documento: Tese
...