Your browser doesn't support javascript.
loading
O trabalho simbólico e o Self da empresa. Introduçäo ao estudo do trabalho pela psicologia simbólica / Symbolic work and the self of the company. An introduction to the study of work using symbolic psychology
Byington, Carlos Amadeu Botelho.
Afiliação
  • Byington, Carlos Amadeu Botelho; s.af
Junguiana ; (18): 153-164, 2000. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-299273
Biblioteca responsável: BR85.1
RESUMO
O autor descreve a natureza simbólica do trabalho, relacionando o trabalho social com o trabalho psicológico, cuja essência é o processo de elaboraçäo simbólica, que forma a identidade do Eu e do Outro na consciência e na sombra. Ele amplia o conceito junguiano de Self para englobar o subjetivo e o objetivo em todas as dimensöes humanas, inclusive no Self da empresa. Baseado nos conceitos da psicologia simbólica, descreve o trabalho como símbolo e funçäo estruturante, além da dimensäo econômica, dentro da totalidade do Self. O autor enfatiza a importância de o empresário conhecer os padröes arquetípicos de funcionamento da consciência e os quatro arquétipos regentes para tomar qualquer decisäo sistemicamente integrada no Self da empresa. O autor interpreta nossa relaçäo obsessiva e desprazível com o trabalho no Ocidente, dentro de sua teoria simbólica da história, na qual interpreta a maldiçäo do Gênese, que incluiu a relaçäo da humanidade com o trabalho e a terra, como uma distorçäo defensiva do arquétipo patriarcal. Assinala que o mito cristäo, constelado para implantar o arquétipo da alteridade e corrigir essa distorçäo, ao ser institucionalizado, foi patriarcalizado no Império Romano e teve seu símbolo da crucificaçäo fixado, o que impediu a vivência criativa cultural plena do símbolo da glória da ressurreiçäo. Vivenciado criativamente no renascimento, o símbolo da ressurreiçäo deu nascimento às ciências modernas e ao trabalho alquímico, sacralizado, porque vivenciava o trabalho junto com a realizaçäo plena da personalidade do alquimista dentro do Todo. Infelizmente, essa integraçäo sistêmica redentora do trabalho foi perdida e o trabalho voltou a ser alienado quando, no final do século XVIII, a ciência tomou o poder na Universidade, identificou a verdade exclusivamente com a objetividade e baniu a subjetividade junto com a inquisiçäo
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Inconsciente Psicológico / Trabalho / Mitologia Idioma: Português Revista: Junguiana Assunto da revista: Psicologia Ano de publicação: 2000 Tipo de documento: Artigo

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Inconsciente Psicológico / Trabalho / Mitologia Idioma: Português Revista: Junguiana Assunto da revista: Psicologia Ano de publicação: 2000 Tipo de documento: Artigo
...