Your browser doesn't support javascript.
loading
Resposta hematológica, respiratória e cardiocirculatória de eqüinos submetidos a três protocolos de induçäo anestésica / Hematological, respiratory and cardiovascular response of equine submitted to three anesthetic protocols
Mello, Joäo Roberto Braga de; Castro Junior, Jarbas Francisco de; Silva Filho, Antônio da Pádua Ferreira da.
Afiliação
  • Mello, Joäo Roberto Braga de; Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Departamento de Farmacologia. BR
  • Castro Junior, Jarbas Francisco de; Jockey Club do Rio Grande do Sul. Hospital Dr. Joaquim Araújo. BR
  • Silva Filho, Antônio da Pádua Ferreira da; Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Departamento de Medicina Animal. BR
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 37(6): 491-496, dez. 2000. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-327454
Biblioteca responsável: BR68.1
RESUMO
O presente trabalho investigou os efeitos hematológicos, respiratórios e cardiocirculatórios de eqüinos PSI submetidos a três diferentes protocolos de induçäo anestésica. Os grupos (G1, G2 e G3), constituídos de 10 animais cada, receberam acepromazina 0,1 mg/kg, guaifenesina 113 mg/kg e tiopental sódico 2 g (G1); levomepromazina 0,2 mg/kg, midazolam 0,1 mg/kg e cloridrato de cetamina 2,0 mg/kg (G2); e cloridrato de detomidina 20 µg/kg e tiletamina-zolazepam 1,1 mg/kg (G3). As avaliaçöes realizadas constaram de exame clínico, análise hematológica, hemogasometria arterial e avaliaçäo eletrocardiográfica. As colheitas de dados foram procedidas antes da administraçäo de qualquer fármaco e quinze minutos após a administraçäo do último. Os resultados mostraram que os três protocolos utilizados sao efetivos como indutores da anestesia geral em eqüinos. A avaliaçäo da funçäo respiratória nao permite destaque positivo ou negativo para nenhum dos protocolos. As alteraçöes cardiocirculatórias observadas foram de caráter temporário e sem significado clínico. As principais diferenças observadas foram a preparaçäo laboriosa da combinaçäo usada no G1, a necessidade mais freqüente de suplementaçäo anestésica no G2 e a ocorrência de dificuldade de manejo do animal após a pré-anestesia no G3, em virtude das dificuldades de deambulaçäo
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Guaifenesina / Cavalos / Anestesia Limite: Animais Idioma: Português Revista: Braz. j. vet. res. anim. sci Assunto da revista: Medicina Veterinária Ano de publicação: 2000 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Jockey Club do Rio Grande do Sul/BR / Universidade Federal do Rio Grande do Sul/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Guaifenesina / Cavalos / Anestesia Limite: Animais Idioma: Português Revista: Braz. j. vet. res. anim. sci Assunto da revista: Medicina Veterinária Ano de publicação: 2000 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Jockey Club do Rio Grande do Sul/BR / Universidade Federal do Rio Grande do Sul/BR
...