Your browser doesn't support javascript.
loading
Prenatal toxoplasmosis diagnosis from amniotic fluid by PCR
Vidigal, Paula Vieira Teixeira; Santos, Daniel Vitor Vasconcelos; Castro, Flávia Cipriano; Couto, Júlio César de Faria; Vitor, Ricardo Wagner de Almeida; Brasileiro Filho, Geraldo.
Afiliação
  • Vidigal, Paula Vieira Teixeira; universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Departamento de Anatomia Patológica e Medicina Legal. Belo Horizonte. BR
  • Santos, Daniel Vitor Vasconcelos; Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Departamento de Anatomia Patológica e Medicina Legal. Belo Horizonte. BR
  • Castro, Flávia Cipriano; Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Departamento de Anatomia Patológica e Medicina Legal. Belo Horizonte. BR
  • Couto, Júlio César de Faria; universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Departamento de Anatomia Patológica e Medicina Legal. Belo Horizonte. BR
  • Vitor, Ricardo Wagner de Almeida; Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Departamento de Anatomia Patológica e Medicina Legal. Belo Horizonte. BR
  • Brasileiro Filho, Geraldo; Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Departamento de Anatomia Patológica e Medicina Legal. Belo Horizonte. BR
Rev. Soc. Bras. Med. Trop ; 35(1): 1-6, jan.-fev. 2002.
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-331785
Biblioteca responsável: BR1.1
RESUMO
Toxoplasmosis is one of the most common infections all over the world. Most cases are asymptomatic, except in immunosuppressed individuals and fetuses, which can be seriously damaged. Prenatal diagnosis should be made as soon as possible since treatment of the mother can minimize fetal sequelae. Our aim in this study was to test the polymerase chain reaction technique (PCR) in 86 samples of amniotic fluid from women who seroconverted during pregnancy. DNA was amplified using external primers and, in a second step, internal primers, in a nested PCR system. Samples were also inoculated into mice and the newborn were evaluated by T. gondii serology, skull x-ray, transfontanel ultrasound, fundoscopic examination, lumbar puncture and clinical examination. PCR was positive in seven cases and negative in 79. Among PCR-positive cases, two were negative by inoculation into mice and by clinical evaluation; among PCR-negative ones, three had clinical evidence of toxoplasmosis and one was positive after inoculation into mice. PCR showed values of sensitivity = 62.5 and specificity = 97.4; the values of inoculation into mice where 42.9 and 100, respectively. Although PCR should not be used alone for prenatal diagnosis of congenital toxoplasmosis, it is a promising method and deserves more studies to improve its efficacy.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Doenças Neglicenciadas Tema em saúde: Zoonoses Base de dados: LILACS Assunto principal: Diagnóstico Pré-Natal / Toxoplasmose / Doenças Fetais Limite: Adulto / Feminino / Humanos / Masculino / Recém-Nascido / Gravidez Idioma: Inglês Revista: Rev. Soc. Bras. Med. Trop Assunto da revista: Medicina Tropical Ano de publicação: 2002 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Minas Gerais/BR / universidade Federal de Minas Gerais/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Doenças Neglicenciadas Tema em saúde: Zoonoses Base de dados: LILACS Assunto principal: Diagnóstico Pré-Natal / Toxoplasmose / Doenças Fetais Limite: Adulto / Feminino / Humanos / Masculino / Recém-Nascido / Gravidez Idioma: Inglês Revista: Rev. Soc. Bras. Med. Trop Assunto da revista: Medicina Tropical Ano de publicação: 2002 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Minas Gerais/BR / universidade Federal de Minas Gerais/BR
...