Your browser doesn't support javascript.
loading
Candidemias: aspectos preditivos da infecção em crianças hospitalizadas / Candidemia: predictors factors of infection in hospitalized children
São Paulo; s.n; 2002. xvi,129 p. tab.
Tese em Português | LILACS, Sec. Est. Saúde SP | ID: lil-334799
Biblioteca responsável: BR31.1
Localização: BR31.1; WC470, M348c, 2002
RESUMO
As infecções fúngicas, em particular aquelas causadas por Candida spp, têm aumentado na população pediátrica hospitalizada e submetida a procedimentos de risco, determinando alta letalidade. O objetivo desse estudo foi caracterizar a população de crianças com diagnóstico de candidemia hospitalar num hospital pediátrico em São Paulo no período de janeiro de 1994 a dezembro de 1997, e identificar os fatores de risco para essa doença, através de um estudo caso-controle pareado. Quarenta crianças com cultura positiva para Candida spp foram identificadas e um controle (sem candidemia) foi selecionado para cada caso. A idade das crianças variou de dois dias a 14 anos e mais de metade dos casos (52,5 por cento) tinha idade inferior a seis meses. Além da C. albicans, foram isoladas C. tropicalis, C. parapsilosis, C. krusei e C. guilliermondi. A letalidade global foi de 57,5 por cento entre os casos e de 2,5 por cento nos controles. A analise univariada revelou 11 procedimentos de risco para a candidemia hospitalar uso de cateter venoso (OR=17,00), sonda nasogástrica (OR=6,50), ventilação mecânica (OR=5,67), utilização de mais de cinco antibióticos na internação (OR=10,00), transfusão sanguínea (OR=5,00), permanência em UTI (OR=4,50), uso de vancomicina (OR=19,00), imipenem (OR=14,00), ceftazidime (OR=5,66), cefotaxime (OR=3,75) e metronidazol (OR=5,00). Para obter-se fatores provavelmente preditores para a infecção, inclui-se na análise, as variáveis clínicas e laboratoriais estatisticamente significativas encontradas a presença de febre (OR=7,00), hepatomegalia (OR=4,00), candidíase oral e/ou perineal (OR=3,50), leucocitose (OR=4,25) e plaquetopenia (OR=18,70). Considerando-se o tamanho da amostra pareada, para a análise multivariada, obteve-se duas variáveis preditoras para a infecção fúngica, a saber a presença de candidemia oral e/ou perineal (OR=4,29) e a utilização de cinco ou mais antimicrobianos (OR=11,32)
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados nacionais / Brasil Base de dados: LILACS / Sec. Est. Saúde SP Assunto principal: Candidíase Limite: Adolescente / Criança / Criança, pré-escolar / Humanos / Lactente / Recém-Nascido Idioma: Português Ano de publicação: 2002 Tipo de documento: Tese

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Buscar no Google
Coleções: Bases de dados nacionais / Brasil Base de dados: LILACS / Sec. Est. Saúde SP Assunto principal: Candidíase Limite: Adolescente / Criança / Criança, pré-escolar / Humanos / Lactente / Recém-Nascido Idioma: Português Ano de publicação: 2002 Tipo de documento: Tese
...