Your browser doesn't support javascript.
loading
Ceratoplastia lamelar homóloga em cão com conservação em solução supersaturada de açúcar ou glicerina - aspectos macroscópicos / Lamellar homograft keratoplasty in dog with preservation in glycerin or supersaturated sugar solution - macroscopic aspect
Gonçalves, Gentil Ferreira; Pippi, Nei Luiz; Raiser, Alceu Gaspar; Oliveira, Simone Tostes de; Graça, Dominguita Luhers; Mazzanti, Alexandre; Stedile, Rafael.
Afiliação
  • Gonçalves, Gentil Ferreira; Universidade Paranaense. Umuarama. BR
  • Pippi, Nei Luiz; Universidade Federal de Santa Maria. Departamento de Clínica de Pequenos Animais. Santa Maria. BR
  • Raiser, Alceu Gaspar; Universidade Federal de Santa Maria. Departamento de Clínica de Pequenos Animais. Santa Maria. BR
  • Oliveira, Simone Tostes de; Universidade de Passo Fundo. BR
  • Graça, Dominguita Luhers; Universidade Federal de Santa Maria. Departamento de Patologia. Santa Maria. BR
  • Mazzanti, Alexandre; s.af
  • Stedile, Rafael; s.af
Arq. ciênc. vet. zool. UNIPAR ; 6(1): 31-37, jan.-jun. 2003. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-360724
Biblioteca responsável: BR68.1
RESUMO
O objetivo deste trabalho foi comparar os resultados clínicos da utilização de córneas previamente conservadas em solução supersaturada de açúcar a 300 por cento e glicerina PA 98 por cento em ceratoplastias lamelares homólogas. Foram utilizados 36 olhos de 18 cães, sem raça definida, saudáveis, com massa corpórea entre 4 e 12 kg. As córneas foram conservadas em solução supersaturada de açúcar 300 por cento ou glicerina 98 por cento. Os animais foram anestesiados e submetidos a ceratectomia profunda, seguida por ceratoplastia lamelar bilateral, com a aplicação do enxerto conservado em açúcar no olho direito e o conservado em glicerina no olho esquerdo. Pelas observações clínicas, a fotofobia e o blefaroespasmo foram uma constante até os 25 dias de pós-operatório (PO), a secreção ocular esteve presente em todos os olhos até o 21o dia, a neovascularização começou discreta e evoluiu até os 21 dias e iniciou o seu declínio até os 50 dias de PO, quando já era mínima. Todos os enxertos, no momento de sua aplicação, apresentavam-se opacos, evoluindo para a transparência até o período final de observações. Não foram registradas diferenças marcantes entre o aspecto macroscópico das córneas direitas ou esquerdas durante o PO. Desta forma é possível concluir que a solução supersaturada de açúcar 300 por cento assim como a glicerina se prestam à conservação de córneas de cães, para o uso em ceratoplastia lamelares homólogas, com resultados clínicos semelhantes e satisfatórios.
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Oftalmologia / Transplante de Córnea / Cães Limite: Animais Idioma: Português Revista: Arq. ciênc. vet. zool. UNIPAR Assunto da revista: Medicina Veterinária / ZOOLOGIA Ano de publicação: 2003 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Santa Maria/BR / Universidade Paranaense/BR / Universidade de Passo Fundo/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Oftalmologia / Transplante de Córnea / Cães Limite: Animais Idioma: Português Revista: Arq. ciênc. vet. zool. UNIPAR Assunto da revista: Medicina Veterinária / ZOOLOGIA Ano de publicação: 2003 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Santa Maria/BR / Universidade Paranaense/BR / Universidade de Passo Fundo/BR
...