Your browser doesn't support javascript.
loading
Cirurgia não ginecológica em pacientes com câncer de ovário / Nongynecologic surgery in patients with ovarian cancer
Silva-Filho, Agnaldo Lopes da; Cândido, Eduardo Batista; Noviello, Maurício Bechara; Santos-Filho, Admário Silva; Traiman, Paulo; Triginelli, Sérgio Augusto; Cunha-Melo, José Renan.
Afiliação
  • Silva-Filho, Agnaldo Lopes da; Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Departamentos de Ginecologia e Obstetrícia e Cirurgia. BR
  • Cândido, Eduardo Batista; Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Departamentos de Ginecologia e Obstetrícia e Cirurgia. BR
  • Noviello, Maurício Bechara; Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Departamentos de Ginecologia e Obstetrícia e Cirurgia. BR
  • Santos-Filho, Admário Silva; Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Departamentos de Ginecologia e Obstetrícia e Cirurgia. BR
  • Traiman, Paulo; Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Medicina de Botucatu. Departamento de Ginecologia e Obstetrícia. Botucatu. BR
  • Triginelli, Sérgio Augusto; Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Departamentos de Ginecologia e Obstetrícia e Cirurgia. BR
  • Cunha-Melo, José Renan; s.af
Rev. bras. ginecol. obstet ; 26(5): 411-416, jun. 2004. ilus, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-363343
Biblioteca responsável: BR26.1
RESUMO

OBJETIVO:

avaliar a freqüência da utilização de procedimentos cirúrgicos não ginecológicos no tratamento do câncer de ovário, assim como descrever as suas complicações.

MÉTODOS:

foram incluídas retrospectivamente 82 pacientes, atendidas no período de fevereiro de 1999 a outubro de 2003, e que haviam sido submetidas a laparotomia para tratamento cirúrgico do câncer de ovário. Foram incluídas no estudo apenas pacientes com adenocarcinoma epitelial de ovário. A média de idade foi de 54,1±15,1 anos, variando de 22 a 89 anos. O estadiamento (FIGO) mostrou 5 pacientes no estádio I (6,1 por cento), 18 pacientes no II (21,9 por cento), 40 pacientes no III (48,8 por cento) e 19 pacientes no IV (23,2 por cento). As pacientes foram divididas em 2 grupos aquelas em que foram realizados exclusivamente procedimentos ginecológicos e aquelas com realização de procedimentos não ginecológicos. As diferenças entre as médias foram analisadas pelo teste t de Student. As comparações entre grupos independentes foram feitas pelo teste do chi2.

RESULTADOS:

em 35 pacientes (42,7 por cento) foram realizados procedimentos cirúrgicos não ginecológicos, incluindo 17 colostomias, 16 enterectomias, oito peritonectomias pélvicas, sete colectomias, cinco ressecções parciais de cúpula frênica, quatro cistectomias parciais, quatro esplenectomias, duas ileostomias e uma hepatectomia parcial. Todas as pacientes submetidas a procedimentos não ginecológicos apresentavam-se nos estádios III e IV. Esse grupo apresentou maior tempo cirúrgico (5,3±1,4 versus 3,1±0,9 horas); p<0,001). Os grupos não mostraram diferenças significativas em relação à necessidade de hemotransfusão (42,2 versus 40 por cento; p=0,512) e tempo de internação (11,5±7,2 versus 10±9,9 dias; p=0,454). A realização de procedimentos cirúrgicos não ginecológicos associou-se a maior taxa de complicações pós-operatórias 37 por cento versus (17,1 por cento; p=0,042), sendo que duas pacientes desse grupo (2,4 por cento) evoluíram para o óbito.

CONCLUSÕES:

os procedimentos cirúrgicos não ginecológicos são freqüentemente empregados no tratamento de pacientes com câncer de ovário. A realização dessas cirurgias está associada a maior tempo cirúrgico e maior taxa de complicações pós-operatórias.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Neoplasias Ovarianas Limite: Adulto / Feminino / Humanos Idioma: Português Revista: Rev. bras. ginecol. obstet Assunto da revista: Ginecologia / Obstetrícia Ano de publicação: 2004 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Estadual Paulista/BR / Universidade Federal de Minas Gerais/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Neoplasias Ovarianas Limite: Adulto / Feminino / Humanos Idioma: Português Revista: Rev. bras. ginecol. obstet Assunto da revista: Ginecologia / Obstetrícia Ano de publicação: 2004 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Estadual Paulista/BR / Universidade Federal de Minas Gerais/BR
...