Your browser doesn't support javascript.
loading
Perfil hematológico dos indivíduos portadores de ulceração aftosa recorrente / Hematological profile of patients with recurrent aphthous ulceration
Gouveia, Ana Paula Conceição; Motta, Claudia Silveira; Cherubini, Karen.
Afiliação
  • Gouveia, Ana Paula Conceição; Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. BR
  • Motta, Claudia Silveira; Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. BR
  • Cherubini, Karen; Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. BR
RFO UPF ; 8(2): 29-33, jul.-dez. 2003. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-391781
Biblioteca responsável: BR337.1
RESUMO
O presente estudo comparou o perfil hematológico de indivíduos portadores de ulceração aftosa recorrente (UAR), indivíduos fumantes e indivíduos não fumantes não portadores dessa enfermidade. A amostra estudada foi composta por homens e mulheres entre 15 e 60 anos de idade, assim distribuídos a) Grupo 1 indivíduos portadores de UAR; b) Grupo 2 indivíduos fumantes; c) Grupo 3 (controle) individuos não fumantes e não portadores de UAR, com história pregressa negativa para a doença. Os valores da velocidade de sedimentação globular (VSG e do hemograma foram obtidos dos prontuários, registrados e analisados comparativamente. No hemograma, foram avaliados contagem de eritrócitos, dosagem de hemoglobina, volume corpuscular médio (VCM), concetração de hemoglobina corpuscular média (CHCM), contagem de plaquetas e contagem de leucócitos, total e diferencial. A análise dos resultados foi feita por meio de estatística descritiva e do teste da análise de variância, considerando-se o nível de significância de 5 por cento. Os resultados revelaram (1) número de leucócitos significativamente maior no Grupo 2 quando comparado aos grupos 1 e 3; (2) o Grupo 1 apresentou VSG significativamente maior que os demais grupos; (3) o VCM mostrou-se significativamente maior no Grupo 2, quando comparado ao Grupo 1. As demais variáveis avaliadas não exibiram diferenças significativas entre os grupos. A partir dos resultados obtidos, foi possivel estabelecer as seguintes

conclusões:

não há associação entre UAR e alterações quantitativas do hemograma; portadores de UAR apresentam VSG signifcativamente maior que não portadores dessa enfermidade
Assuntos

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BBO - Odontologia / LILACS Assunto principal: Estomatite Aftosa / Contagem de Células Sanguíneas / Leucocitose / Mucosa Bucal / Neutropenia Idioma: Português Revista: RFO UPF Assunto da revista: Odontologia Ano de publicação: 2003 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul/BR