Your browser doesn't support javascript.
loading
Uso de óxido de cromo como indicador da excreção fecal de bovinos em pastejo: variação das estimativas em função do horário de amostragem / Chromium oxide use as a marker for measuring fecal production of grazing cattle: estimative variations due to sampling schedule
Kozloski, Gilberto Vilmar; Netto, Diego Perez; Oliveira, Lisandre de; Maixner, Adriano Rudi; Leite, Daniel Terra; Maccari, Marcieli; Brondani, Ivan Luis; Sanchez, Luis Maria Bonnecarrère; Quadros, Fernando Luiz Ferreira de.
Afiliação
  • Kozloski, Gilberto Vilmar; Universidade Federal de Santa Maria. Santa Maria. BR
  • Netto, Diego Perez; Universidade Federal de Santa Maria. Santa Maria. BR
  • Oliveira, Lisandre de; Universidade Federal de Santa Maria. Santa Maria. BR
  • Maixner, Adriano Rudi; Universidade Federal de Santa Maria. Santa Maria. BR
  • Leite, Daniel Terra; Universidade Federal de Santa Maria. Santa Maria. BR
  • Maccari, Marcieli; Universidade Federal de Santa Maria. Santa Maria. BR
  • Brondani, Ivan Luis; Universidade Federal de Santa Maria. Departamento de Zootecnia. Santa Maria. BR
  • Sanchez, Luis Maria Bonnecarrère; Universidade Federal de Santa Maria. Departamento de Zootecnia. Santa Maria. BR
  • Quadros, Fernando Luiz Ferreira de; Universidade Federal de Santa Maria. Departamento de Zootecnia. Santa Maria. BR
Ciênc. rural ; 36(2): 599-603, mar.-abr. 2006. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-423205
Biblioteca responsável: BR409.1
RESUMO
Foi avaliado o efeito dos horários de amostragem sobre as estimativas de excreção fecal, utilizando óxido de cromo como indicador externo, em três experimentos com bovinos em pastejo. Em todos os experimentos foi utilizada uma única dosagem diária (entre 1500 e 1600h) de óxido de cromo (10g), durante aproximadamente 10 dias, fornecido via oral. O Experimento 1 foi conduzido com vacas da raça Holandês mantidas exclusivamente em pastagem de gramíneas perenes tropicais, e amostras de fezes foram obtidas nos horários 100, 500, 900, 1300, 1700 e 2100h ao longo de um período de 24 horas. Os Experimentos 2 e 3 foram conduzidos com novilhos de corte, cruzas Nelore com Charolês, mantidos em pastagens de gramíneas cultivadas durante 4 a 5 horas/dia, recebendo ou não suplementação com concentrados, e amostras de fezes foram obtidas nos horários 300, 600, 900, 1200, 1500, 1800, 2100 e 2400h ao longo de um período de 24 horas. As concentrações de cromo variaram ao longo do dia, principalmente nos experimentos com novilhos. No entanto, em todos os experimentos as estimativas de excreção fecal calculadas com base em todas ou somente em duas amostragens diárias (no início da manhã e final da tarde) foram semelhantes. Deste modo, a excreção fecal de animais em pastejo pode ser precisamente estimada pelo fornecimento de óxido de cromo somente uma vez ao dia associada a duas amostragens fecais, entre o oitavo e décimo dias do fornecimento do indicador.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Bovinos / Digestão / Fezes / Fenômenos Fisiológicos da Nutrição Animal Idioma: Português Revista: Ciênc. rural Assunto da revista: Ciência / Saúde Ambiental Ano de publicação: 2006 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Santa Maria/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Bovinos / Digestão / Fezes / Fenômenos Fisiológicos da Nutrição Animal Idioma: Português Revista: Ciênc. rural Assunto da revista: Ciência / Saúde Ambiental Ano de publicação: 2006 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Santa Maria/BR
...