Your browser doesn't support javascript.
loading
Depressão pós-parto: o papel do obstetra / Post-partum depression: the role of the obstetrician
Faisal-Cury, Alexandre; Menezes, Paulo Rossi.
Afiliação
  • Faisal-Cury, Alexandre; Universidade de São Paulo. Hospital Universitário. Núcleo de Epidemiologia. São Paulo. BR
  • Menezes, Paulo Rossi; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Departamento de Medicina Preventiva. São Paulo. BR
Femina ; 33(2): 135-139, fev. 2005. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-423858
Biblioteca responsável: BR1365.1
RESUMO
Depressão pós-parto é tema atual, complexo e controverso. A depressão pós-parto afeta não só as mães que apresentam o problema, mas toda a família. A prevalência da depressão pós-parto está entre 12 e 15 porcento. Geralmente obstetras sentem-se inseguros para diagnosticar e tratar depressão pós-parto. Eles podem ter muita dificuldade para fazer o diagnóstico pois há ampla variação na apresentação clínica, considerando tanto a variedade quanto a gravidade dos sintomas. O obstetra deve estar atento a aspectos como agendamento oportuno de consulta após parto, valorização das queixas somáticas de difícil diagnóstico, prestar atenção às preocupações dos parentes mais próximos sobre o bem estar e atitudes da mãe, além de incluir a investigação das disfunções tireoidianas no puerpério. Fatores de risco como história pessoal e familiar de depressão, falta de suporte social, conflitos conjugais, ansiedade e depressão na gravidez são muito importantes. Os possíveis papéis do obstetra na depressão pós-parto são o desenvolvimento de uma nova atitude, a ser iniciada já no pré-natal, que inclua discussão de aspectos psico-sociais (sexualidade, matrimônio, vida sexual e profissional), utilização de instrumentos para rastreamento, conhecimento das opções terapêuticas, oferecer suporte durante o trabalho de parto, individualizar o atendimento, proporcionando cuidado próximo e atencioso ou, encaminhamento, quando indicado
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Papel do Médico / Psicoterapia / Transtornos Puerperais / Depressão Pós-Parto Limite: Feminino / Humanos / Gravidez Idioma: Português Revista: Femina Assunto da revista: Ginecologia / Obstetrícia Ano de publicação: 2005 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade de São Paulo/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Papel do Médico / Psicoterapia / Transtornos Puerperais / Depressão Pós-Parto Limite: Feminino / Humanos / Gravidez Idioma: Português Revista: Femina Assunto da revista: Ginecologia / Obstetrícia Ano de publicação: 2005 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade de São Paulo/BR
...