Your browser doesn't support javascript.
loading
Uso do subgalato de bismuto para hemostasia local em hepatectomias parciais em ratos / Bismuth subgallate for local hemostasis after partial hepatectomy in rats
Arroyo Júnior, Paulo Cesar; Silva, Rita de Cássia Martins Alves da; Santi Neto, Dalisio de; Santana Júnior, Devair de; Ferreira, Fabrício Dominici; Silva, Renato Ferreira da.
Afiliação
  • Arroyo Júnior, Paulo Cesar; FUNFARME. Hospital de Base. Unidade de Cirurgia e Transplante. São José do Rio Preto. BR
  • Silva, Rita de Cássia Martins Alves da; FAMERP. Departamento de Medicina Integrada. São José do Rio Preto. BR
  • Santi Neto, Dalisio de; Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto. Departamento de Patologia e Medicina Legal. São José do Rio Preto. BR
  • Santana Júnior, Devair de; Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto. Departamento de Ortopedia. São José do Rio Preto. BR
  • Ferreira, Fabrício Dominici; Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto. Departamento de Cirurgia Geral. São José do Rio Preto. BR
  • Silva, Renato Ferreira da; FUNFARME. Hospital de Base. Unidade de Cirurgia e Transplante. São José do Rio Preto. BR
Rev. Col. Bras. Cir ; 31(3): 165-171, maio-jun. 2004. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-451206
Biblioteca responsável: BR1.1
RESUMO

OBJETIVO:

Avaliar os efeitos do subgalato de bismuto (SGB) usado na área cruenta pós-hepatectomia parcial, quanto a sangramento, aderências e estudo histológico.

MÉTODO:

Foram utilizados 30 ratos divididos em dois grupos iguais,submetidos à hepatectomias parciais com bisturi de lâmina. Para realizar a hemostasia no grupo 1 (G1), foi utilizado bisturi eletrônico e no grupo 2 (G2), SGB. No 7° dia de pós-operatório (PO), os animais foram mortos, e na cavidade abdominal foram observados sangramento, aderências e, a seguir, realizada a hepatectomia total englobando todos os tecidos adjacentes para análise histológica. No estudo histológico foram analisados trombose da microcirculação, reação granulomatosa, necrose, fibrose, grau de inflamação e aderências.

RESULTADOS:

Não foi observado sangramento no PO nos dois grupos. No G1 estavam presentes aderências de omento ao fígado, consideradas neste trabalho como fisiológicas em 80 por cento dos ratos, e no G2 estas aderências foram por outros órgãos, consideradas neste trabalho como anômalas em todos os casos. No exame histológico, quanto à reação granulomatosa e aderências, todos os ratos as apresentaram. Quanto à trombose e necrose o G1 apresentou maior intensidade. Quanto à fibrose e grau de inflamação os resultados foram semelhantes em ambos os grupos.

CONCLUSÕES:

Ambos os métodos são eficientes para prevenir hemorragia. O G2 apresentou aderências anômalas inviabilizando seu uso em humanos. O G1 revelou mais trombose e necrose. Quanto à reação granulomatosa, fibrose, grau de inflamação e aderências microscópicas, os resultados foram iguais nos dois grupos.
ABSTRACT

BACKGROUND:

This study aimed to observe the effects of bismuth subgallate used on bleeding surfaces after hepatectomy, in relation to bleeding, adhesions and histological study.

METHODS:

A total of 30 rats divided in 2 equal groups were studied. Partial hepatectomy was performed in both groups. In group 1 (G-1) an electric scalpel was used and in group 2 (G-2) bismuth subgallate for hemostasis of the bloody surface was aplied. On the 7th post-operative day, rats were sacrificed and the abdominal cavity was investigated with respect to bleeding and adhesions. A total hepatectomy with the adhesions was performed for histological study. In the histological study, microcirculation thrombosis, granulomatosis reaction, necrosis, fibrosis, degree of inflammation and adhesions were analyzed.

RESULTS:

There was no post-operative bleeding in both groups. Adhesions were observed on all rats in both groups. G-1 presented omentum adhesions to the liver, here denominated physiological in 80 percent of the rats and the G-2 presented adhesions of other organs, here named pathological in all cases. The histological study showed that all rats presented a granulomatosis reaction and adhesions. G-1 presented a greater intensity of thrombosis and necrosis. There was no significant difference between the two groups in relation to fibrosis or the degree of inflammation.

CONCLUSION:

This study demonstrated that both methods were efficient to prevent hemorrhage. G-2 presented pathological adhesions suggesting its use is unfeasible in human beings. G-1 presented more thrombosis and also more necrosis. The granulomatosis reaction, fibrosis, degree of inflammation and microscopic adhesions were similar in between groups.
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Português Revista: Rev. Col. Bras. Cir Assunto da revista: CIRURGIA GERAL Ano de publicação: 2004 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: FAMERP/BR / FUNFARME/BR / Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Português Revista: Rev. Col. Bras. Cir Assunto da revista: CIRURGIA GERAL Ano de publicação: 2004 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: FAMERP/BR / FUNFARME/BR / Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto/BR
...