Your browser doesn't support javascript.
loading
Infestação natural de moscas frugívoras (Diptera: Tephritoidea) em café arábica, sob cultivo orgânico arborizado e a pleno sol, em Valença, RJ / Natural infestation by frugivorous flies (Diptera: Tephritoidea) in shaded and unshaded arabic coffee under organic management in Valença, RJ, Brazil
Souza, Silvana A. S; Resende, André L. S; Strikis, Pedro C; Costa, Janaína R; Ricci, Marta S. F; Aguiar-Menezes, Elen L.
Afiliação
  • Souza, Silvana A. S; FAPERJ. IC. Seropédica. BR
  • Resende, André L. S; Embrapa Agrobiologia. Seropédica. BR
  • Strikis, Pedro C; Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Biologia. Depto. Parasitologia. Campinas. BR
  • Costa, Janaína R; Embrapa Agrobiologia. Seropédica. BR
  • Ricci, Marta S. F; Embrapa Agrobiologia. Seropédica. BR
  • Aguiar-Menezes, Elen L; Embrapa Agrobiologia. Seropédica. BR
Neotrop. entomol ; 34(4): 639-648, July-Aug. 2005. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-451382
Biblioteca responsável: BR1561.1
RESUMO
As moscas frugívoras vêm assumindo grande importância econômica em cafezais por provocarem queda prematura de frutos e redução significativa da qualidade da bebida. O café é um repositório natural de espécies de Tephritidae que infestam frutas de importância econômica. Este estudo avaliou a influência dos sistemas de café sombreado e a pleno sol, sob manejo orgânico, na infestação natural de frutos de Coffea arabica L. Icatu Amarelo por moscas frugívoras. Um experimento inteiramente casualizado foi instalado em Valença, RJ, com dois tratamentos (café sombreado com Musa sp. e Erithrina verna Vell. e solteiro a pleno sol) e quatro repetições. Uma amostra de 1 kg de frutos maduros por parcela foi colhida em março de 2004 para avaliar a infestação e identificar as espécies infestantes. O índice médio de infestação dos frutos foi significativamente maior no sistema sombreado. Quatro espécies de Tephritidae (Ceratitis capitata (Wiedemann), Anastrepha fraterculus (Wiedemann), Anastrepha obliqua (Macquart) e Anastrepha sororcula Zucchi) e seis de Lonchaeidae (Neosilba pendula (Bezzi), Neosilba pseudopendula (Korytkowski and Ojeda), Neosilba certa (Walker), Neosilba glaberrima (Wiedemann), Neosilba n.sp.9 e Neosilba n.sp.10) foram obtidas dos frutos de café. Nove espécies de parasitóides foram identificadas, das quais seis pertencem a Braconidae (Asobara anastrephae (Muesebeck), Doryctobracon areolatus (Szépligeti), Doryctobracon brasiliensis (Szépligeti), Utetes anastrephae (Viereck), Opius bellus Gahan e Opius sp.) e três a Figitidae (Aganaspis pelleranoi (Brèthes), Dicerataspis flavipes (Kieffer) e Odontosema anastrephae Borgmeier). A percentagem de parasitismo total foi de 8,8 por cento e 12,4 por cento em café sombreado e a pleno sol, respectivamente.
ABSTRACT
Frugivorous flies have been acquiring great economic importance in coffee crop because they cause premature dropping of coffee beans and significantly decrease the quality of the beverage. The coffee plant is also a natural reservoir of Tephritidae species that infest fruits of economic importance. This study evaluated the influence of the shaded and unshaded coffee systems, under organic management, on the natural infestation of fruits of Coffea arabica L. var. Icatu Amarelo by frugivorous flies. An experiment in completely randomized design was carried out in Valença, RJ, Brazil, with two treatments (shaded coffee with Musa sp. and Erithrina verna Vell. and unshaded coffee monoculture) and four replicates. A 1kg-sample of maturing fruits per plot was harvested in Mach 2004 to evaluate infestation and identify the flies. The mean infestation index was significantly higher in the shaded coffee system. Four species of Tephritidae (Ceratitis capitata (Wiedemann), Anastrepha fraterculus (Wiedemann), Anastrepha obliqua (Macquart) and Anastrepha sororcula Zucchi), and six of Lonchaeidae (Neosilba pendula (Bezzi), Neosilba pseudopendula (Korytkowski and Ojeda), Neosilba certa (Walker), Neosilba glaberrima (Wiedemann), Neosilba n.sp.9 and Neosilba n.sp.10) were recovered from coffee fruits. Nine parasitoid species were obtained, six belonging to Braconidae (Asobara anastrephae (Muesebeck), Doryctobracon areolatus (Szépligeti), Doryctobracon brasiliensis (Szépligeti), Utetes anastrephae (Viereck), Opius bellus Gahan and Opius sp.), and three to Figitidae (Aganaspis pelleranoi (Brèthes), Dicerataspis flavipes (Kieffer) and Odontosema anastrephae Borgmeier). The total percent parasitism was 8.8 percent and 12.4 percent in the shaded and unshaded coffee systems, respectively.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Tephritidae / Coffea / Miíase País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Neotrop. entomol Assunto da revista: Biologia / ZOOLOGIA Ano de publicação: 2005 Tipo de documento: Artigo / Documento de projeto País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Embrapa Agrobiologia/BR / FAPERJ/BR / Universidade Estadual de Campinas/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Tephritidae / Coffea / Miíase País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Neotrop. entomol Assunto da revista: Biologia / ZOOLOGIA Ano de publicação: 2005 Tipo de documento: Artigo / Documento de projeto País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Embrapa Agrobiologia/BR / FAPERJ/BR / Universidade Estadual de Campinas/BR
...