Your browser doesn't support javascript.
loading
Ultrastructure of bacteria adhesion in cell membrane of young mouse lingual mucosa
Watanabe, Li-Sei; Ogawa, Koichi; Silva, Marcelo Cavenaghi Pereira da; Kado, Eduardo Shigueaki.
Afiliação
  • Watanabe, Li-Sei; University of Sao Paulo. Institute of Biomedical Sciences. Department of Anatomy. Sao Paulo. BR
  • Ogawa, Koichi; Fukuoka University. School of Medicine. Department of Anatomy. Fukuoka. JP
  • Silva, Marcelo Cavenaghi Pereira da; Sao Leopoldo Mandic Research Center. Department of Anatomy. Campinas. BR
  • Kado, Eduardo Shigueaki; University of Sao Paulo. Institute of Biomedical Sciences. Department of Anatomy. Sao Paulo. BR
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 43(1): 81-86, 2006.
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-453744
Biblioteca responsável: BR68.1
ABSTRACT
Lingual mucosa of young mouse was examined by transmission and high resolution scanning electron microscopic images (HRSEM). The specimens were fixed with modified Karnovsky solution and embedded in Spurr resin for transmission electron micrascopy. Thin sections of 80 nm were cut and examined in the Jeol 1010 transmission electron microscope. For HRSEM method, the specimens were fixed in the same solution, postfixed in osmiun tetroxide, critical point dried and coated with palladium. The samples were examined under Hitachi S-900, SEM microscope. The results revealed groups of bacteria attached to the surface of keratinized epithelial cells. These streptococcus and coccus attached on the cell membrane were noted in the three-dimensional SEM images- At high magnification, the transmission electron microscopic images demonstrated the adhesion of bacteria to the cell membrane through numerous fimbria comprising the glycocalyx. The fine fibrillar structure rising from bacteria were clearly seen.
RESUMO
A mucosa lingual de camundongos jovens foi examinada através de imagens de microscopia eletrônica de transmissão e de varredura de alta resolução. Os espécimes foram fixados em solução modificada de Karnovsky e emblocadas em resina Spurr para a microscopia eletrônica de transmissão. Cortes finos de 80 nm foram feitos e examinados em um microscópio eletrônico de transmissão Jeol 1010. Para a microscopia eletrônica de varredura de alta resolução os espécimes foram imersos na mesma solução, pós fixados em tetróxido de ósmio, secos e cobertos com paládio. As amostras foram examinadas em um microscópio eletrônico de varredura Hitachi S-900. Os resultados revelaram grupos de bactéria aderidos à superfície queratinizada das células epiteliais. Estes estreptococos e cocos aderidos à membrana celular foram notados em imagens tridimensionais. Em aumentos maiores, as imagens de microscopia eletrônica de transmissão demonstraram a adesão de bactéria à membrana celular através de numerosas fimbrias compondo o glicocalice. A estrutura fibrilar emergindo da bactéria foi claramente observada.
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Bactérias / Língua / Membrana Celular / Camundongos Limite: Animais Idioma: Inglês Revista: Braz. j. vet. res. anim. sci Assunto da revista: Medicina Veterinária Ano de publicação: 2006 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil / Japão Instituição/País de afiliação: Fukuoka University/JP / Sao Leopoldo Mandic Research Center/BR / University of Sao Paulo/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Bactérias / Língua / Membrana Celular / Camundongos Limite: Animais Idioma: Inglês Revista: Braz. j. vet. res. anim. sci Assunto da revista: Medicina Veterinária Ano de publicação: 2006 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil / Japão Instituição/País de afiliação: Fukuoka University/JP / Sao Leopoldo Mandic Research Center/BR / University of Sao Paulo/BR
...