Your browser doesn't support javascript.
loading
Intoxicações medicamentosas em crianças menores de cinco anos / Drug intoxication among children under five years old
Matos, Guacira Corrêa de; Rozenfeld, Suely; Bortoletto, Maria Elide.
Afiliação
  • Matos, Guacira Corrêa de; Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública. Mestrado. Rio de Janeiro. BR
  • Rozenfeld, Suely; Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública. Departamento de Epidemiologia. Rio de Janeiro. BR
  • Bortoletto, Maria Elide; Fundação Oswaldo Cruz. Sistema Nacional de Informações Tóxico-farmacológicas. Rio de Janeiro. BR
Rev. bras. saúde matern. infant ; 2(2): 167-176, maio-ago. 2002. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-456485
Biblioteca responsável: BR526.1
RESUMO

Objetivos:

conhecer a magnitude das ocorrências de intoxicações em crianças menores de cinco anos, no Brasil.

Métodos:

a partir de dados secundários do Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas (SINITOX) foram analisadas as freqüências por classe terapêutica, seguimento e circunstâncias, dos casos de intoxicação em menores de cinco anos, nos anos de 1997 e 1998 em São Paulo e Rio Grande do Sul.

Resultados:

no Brasil, foram registrados no período, 151.000 casos de intoxicações humanas. Quase um terço pôde ser associado a medicamentos, sendo que cerca de 40.000 casos ocorreram entre crianças menores de cinco anos. O maior número de casos correspondeu aos descongestionantes nasais, analgésicos, broncodilatadores, anticonvulsivantes, anti-histamínicos e contraceptivos orais. Os descongestionantes nasais, anticonvulsivantes, anti-histamínicos e expectorantes foram responsabilizados pelos óbitos. Conforme o SINITOX as principais circunstâncias dos eventos foram o acidente individual, o erro de administração e o uso terapêutico.

Conclusões:

as intoxicações medicamentosas representam um grave problema de saúde pública, que necessita intervenções no campo da prevenção e da promoção. Isto demonstra a necessidade de ações educativas, junto à população para reduzir o número de acidentes e injúrias. As principais lacunas do SINITOX são o sub-registro, a articulação insuficiente com os serviços de saúde e a falta de padronização dos dados.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Preparações Farmacêuticas / Pré-Escolar / Efeitos Colaterais e Reações Adversas Relacionados a Medicamentos Idioma: Português Revista: Rev. bras. saúde matern. infant Ano de publicação: 2002 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Fundação Oswaldo Cruz/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Preparações Farmacêuticas / Pré-Escolar / Efeitos Colaterais e Reações Adversas Relacionados a Medicamentos Idioma: Português Revista: Rev. bras. saúde matern. infant Ano de publicação: 2002 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Fundação Oswaldo Cruz/BR
...