Your browser doesn't support javascript.
loading
Repensando a indentidade no contexto das migrações / Rethinking identity in the context of migrations
Corsini, Leonora.
Afiliação
  • Corsini, Leonora; Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro. BR
Psicol. soc. (Impr.) ; 18(3): 23-33, set.-dez. 2006.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-456536
Biblioteca responsável: BR1.1
RESUMO
Partindo da constatação de que existe um elemento inovador nos estudos atuais sobre as migrações que é a possibilidade de lançar um novo olhar sobre categorias como nação, etnia, identidade, cidadania, a partir da perspectiva da subjetividade serão feitas algumas considerações a respeito do conceito de identidade em articulação com a produção de subjetividade, entendida como o processo através do qual os indivíduos se singularizam e produzem novas modalidades relacionais, afetivas e cognitivas que se materializam nas atividades da nova classe de trabalhadores que Antonio Negri e Michael Hardt denominam "multidão" - uma nova ontologia da globalização que se explicita no desejo de tornar o espaço comum. Entendemos que a identidade deve ser estudada no contexto das relações com o outro, de produção de diferença, não confundindo "diferença entre" - que seria o oposto de "identidade" - com o processo de produção de diferença.
ABSTRACT
On account that there is an innovative aspect underlying contemporary studies on migrations which is the possibility of conceiving categories such as nation, ethnicities, identity and citizenship from the perspective of subjectivity, some considerations regarding the concept of identity in its interconnections with the production of subjectivity will be undertaken in this paper. The production of subjectivity is understood as the process through which individuals singularize themselves and produce new relational modalities - affective and cognitive - that materialize in activities of the new working class. This new class of workers has been denominated by Antonio Negri and Michael Hardt as "multitude" - a new ontology of globalization that clearly expresses itself in the desire of rendering the differences of space into something common. Our perspective is that identity must be studied in the context of relations with the other, from the production of difference, not mistaking "difference between" - which would be the opposite of "identity" - with the process of producing difference.
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Português Revista: Psicol. soc. (Impr.) Assunto da revista: Psicologia Ano de publicação: 2006 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Rio de Janeiro/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Português Revista: Psicol. soc. (Impr.) Assunto da revista: Psicologia Ano de publicação: 2006 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Rio de Janeiro/BR
...