Your browser doesn't support javascript.
loading
Influência da concentração de ácidos no processo de extração e na qualidade de pectina de bagaço de maçã / Influence of acid concentration on extraction and quality of apple pomace pectin
Fertonani, Heloísa Cristina Ramos; Scabio, Ardalla; Schemin, Maria helene Canteri; Carneiro, Eliana Beleski Borba; Nogueira, Alessandro; Wosiacki, Gilvan.
Afiliação
  • Fertonani, Heloísa Cristina Ramos; Universidade Estadual de Ponta Grossa. Ponta Grossa. BR
  • Scabio, Ardalla; s.af
  • Schemin, Maria helene Canteri; Universidade Federal Tecnológica do Paraná. Ponta Grossa. BR
  • Carneiro, Eliana Beleski Borba; Universidade Estadual de Ponta Grossa. Ponta Grossa. BR
  • Nogueira, Alessandro; s.af
  • Wosiacki, Gilvan; s.af
Semina ciênc. agrar ; 27(4): 599-612, out.-dez. 2006.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-464863
Biblioteca responsável: BR512.1
RESUMO
No processamento do suco concentrado de maçã, o bagaço residual da primeira extração é reidratado e prensado novamente a fim de aumentar o rendimento, tornando-se então a matéria-prima para a obtenção industrial de pectina. Neste trabalho os objetivos compreenderam estabelecer os protocolos de beneficiamento do bagaço e de uso de ácidos minerais e orgânicos no rendimento gravimétrico, usando o grau de esterificação, medido por técnicas espectrofotométricas e titulométricas como referencial de qualidade. A farinha de bagaço de maçã, com umidade de 12 apresentava 33,4 de açúcares redutores, e 40 de fibra alimentar e 10-15 de pectina, em base seca, com coloração própria. Os parâmetros do processo de extração das substâncias pécticas, 97ºC/10 minutos e proporção soluto solvente 140 permitiram estabelecer a eficiência de cada ácido na concentração de 1 a 750mMol/L na solubilização da protopectina. Foram diferenciados dois tipos de comportamentos dos agentes ácidos [1] liberação de pectina em baixas concentrações e destruição em elevados teores e [2] rendimento gravimétrico crescente, atingindo valores superiores aos possíveis, indicando uma agregação de grupamentos orgânicos na estrutura. O HNO, foi considerado o mais indicado para a extração de pectina, em concentração máxima de 100 mMol/L.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Malus / Ácidos Inorgânicos / Ácidos Orgânicos / Resíduos Industriais Idioma: Português Revista: Semina ciênc. agrar Assunto da revista: Ciência / Saúde Ambiental Ano de publicação: 2006 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Estadual de Ponta Grossa/BR / Universidade Federal Tecnológica do Paraná/BR
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Malus / Ácidos Inorgânicos / Ácidos Orgânicos / Resíduos Industriais Idioma: Português Revista: Semina ciênc. agrar Assunto da revista: Ciência / Saúde Ambiental Ano de publicação: 2006 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Estadual de Ponta Grossa/BR / Universidade Federal Tecnológica do Paraná/BR
...