Your browser doesn't support javascript.
loading
Indole monoterpene alkaloids from Chimarrhis turbinata DC Prodr: a contribution to the chemotaxonomic studies of the Rubiaceae family / Alcalóides indólicos monoterpênicos de Chimarrhis turbinata DC. Prodr.: uma contribuição para os estudos de quimiotaxonomia da família Rubiaceae
Cardoso, Carmen L; Silva, Dulce Helena S; Young, Maria Cláudia M; Castro-Gamboa, Ian; Bolzani, Vanderlan da Silva.
Afiliação
  • Cardoso, Carmen L; Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto. Departamento de Química. Ribeirão Preto. BR
  • Silva, Dulce Helena S; Universidade Estadual Paulista. Instituto de Química. Núcleo de Bioensaios, Biossíntese e Ecofisiologia de Produtos Naturais. Araraquara. BR
  • Young, Maria Cláudia M; Instituto de Botânica. Seção de Fisiologia e Bioquímica de Plantas. São Paulo. BR
  • Castro-Gamboa, Ian; Universidade Estadual Paulista. Instituto de Química. Núcleo de Bioensaios, Biossíntese e Ecofisiologia de Produtos Naturais. Araraquara. BR
  • Bolzani, Vanderlan da Silva; Universidade Estadual Paulista. Instituto de Química. Núcleo de Bioensaios, Biossíntese e Ecofisiologia de Produtos Naturais. Araraquara. BR
Rev. bras. farmacogn ; 18(1): 26-29, jan.-mar. 2008. ilus
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-480833
Biblioteca responsável: BR8.1
ABSTRACT
The morphological parameters used to establish close connections among species taxonomically different into the Rubiaceae family is complex, mainly due to the lack of information on habitat and morphoanatomical characters in the lower hierarchic groups, for example, Chimarrhis genus. The micromolecular profile of delimited species into determined taxa can be useful to establish the boundaries among close taxonomic groups, and to indicate evolutionary phylogenetic trends into the taxa. Several indole alkaloids isolated from C. turbinata showed to be a valuable tool to support the taxonomic classification performed by Robbrecht, who established the most recent taxonomy for Rubiaceae, based on morphological characters, and concluded that Chimarrhis belong to Condamineae, and subfamily Cinchonoideae.
RESUMO
A utilização de parâmetros apenas morfológicos para posicionar taxonomicamente diversas espécies em sub-famílias e tribos na família Rubiaceae é bastante problemática devido à falta de informações sobre a distribuição geográfica e de características morfoanatômicas nos níveis hierárquicos mais baixos, como por exemplo, o gênero Chimarrhis. O perfil micromolecular de diferentes espécies pode auxiliar na delimitação de tribos indicando tendências filogenéticas mais completas entre as tribos das sub-famílias, já que os metabólitos secundários são expressões de adaptação, regulação e evolução de um determinado táxon. Nesse contexto, os alcalóides indólicos monoterpênicos isolados de Chimarrhis turbinata foram bastante úteis para embasar a classificação taxonômica feita por Robbrecht, em que posiciona Chimarrhis como um gênero da tribo Condamineae e subfamília Cinchonoideae.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Classificação / Rubiaceae / Alcaloides Indólicos / Monoterpenos Idioma: Inglês Revista: Rev. bras. farmacogn Assunto da revista: Farmácia Ano de publicação: 2008 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Instituto de Botânica/BR / Universidade Estadual Paulista/BR / Universidade de São Paulo/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Classificação / Rubiaceae / Alcaloides Indólicos / Monoterpenos Idioma: Inglês Revista: Rev. bras. farmacogn Assunto da revista: Farmácia Ano de publicação: 2008 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Instituto de Botânica/BR / Universidade Estadual Paulista/BR / Universidade de São Paulo/BR
...