Your browser doesn't support javascript.
loading
Reflexões sobre o acesso empírico da teoria de identidade de Erik Erikson / Reflections about the empirical access of Erik Erikson's theory of identity
Noack, Juliane.
Afiliação
  • Noack, Juliane; Universidade Siegen. Siegen. DE
Interaçao psicol ; 11(1)jan.-jun. 2007. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-482724
Biblioteca responsável: BR628.1
RESUMO
O texto apresenta uma tentativa de apropriação da teoria de Erikson para as pesquisas sobre identidade, caras no campo educacional e na psicologia. Para tornar a teoria de desenvolvimento psicossocial de Erikson acessível empiricamente, James E. Marcia desenvolveu a Identity StatusInterview (ISI), que procura nos campos profissão, relacionamento/família e valores/ideologia indicadores para as variáveis compromisso e exploração/crise. O resultado é o estado da identidade da pessoa. O tema deste texto é a própria reflexão e continuação do desenvolvimento daISI. Teoricamente, pergunta-se como a concepção dos estados da identidade deixa-se deduzir da teoria de Erikson. Em relação ao método questiona-se se a concepção do estado de identidade é apropriada para a investigação da identidade e se a ISI é um instrumento adequado para investigar oestado de identidade. As construções do pesquisador serão baseadas nas construções dos entrevistados? Como a perspectiva do entrevistado deixa-se integrar no processo de pesquisa? Apreocupação com essas questões nos direciona para uma inovação do método de ISI, agora denominado Identity Status Interview Modificado (MISI), e para o desenvolvimento de um modelo de processo da crise de identidade.
ABSTRACT
The text presents an attempt towards the appropriation of Erikson's theory for identity development,important in the s of education and psychology. In order to make Erikson's theory of psychosocial development empirically accessible, James E. Marcia developed the Identity Interview Status (ISI), that searches within the topics of profession, relationship/family and values/ideology forthe variable commitment and exploration crises with the final output being the identity status ofthe individual. This paper presents a reflection and further development of the ISI. How is the concept of identity status theoretically deduced based on Erikon's theory in the ISI? Regarding methodology, it is questioned if identity status is appropriate for the inquiry of identity and if the ISI is an adequate instrument to investigate this. Are the constructions of the researcher based on the constructions of the person interviewed?. How is the perspective of the individual interview edintegrated in the research process? The concerns raised by these questions directed us to find an improvement to the ISI, called the Modified Identity Status Interview? (MISI) and for thedevelopment of a process model of the identity crisis.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Crise de Identidade Idioma: Português Revista: Interaçao psicol Assunto da revista: Psicologia Ano de publicação: 2007 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Alemanha Instituição/País de afiliação: Universidade Siegen/DE

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Crise de Identidade Idioma: Português Revista: Interaçao psicol Assunto da revista: Psicologia Ano de publicação: 2007 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Alemanha Instituição/País de afiliação: Universidade Siegen/DE
...