Your browser doesn't support javascript.
loading
Uma concepção psicanalítica de personalidade: teoria das relações objetais de Fairbairn / Una concepción psicoanalítica de la personalidad: la teoría de las relaciones objetales de Fairbairn / A psychoanalytical conception of personality: Fairbairn's object-relations theory
Celes, Luiz Augusto M; Alves, Karen Cristina Martins; Santos, Ana Carolina Galli dos.
Afiliação
  • Celes, Luiz Augusto M; Universidade de Brasília. Instituto de psicologia. Brasília. BR
  • Alves, Karen Cristina Martins; Universidade de Brasília. Brasília. BR
  • Santos, Ana Carolina Galli dos; Universidade de Brasília. Brasília. BR
Psicol. estud ; 13(1): 53-61, jan.-mar. 2008.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-485709
Biblioteca responsável: BR513.1
RESUMO
Este artigo tem como propósito maior desenvolver a idéia de que a teoria das relações de objeto, introduzida no movimento psicanalítico em oposição à teoria da sexualidade como base da constituição psíquica, significou uma radical mudança na concepção psicanalítica dos sujeitos. Tal mudança se expressa no abandono da pulsionalidade como fundamento subjetivo em direção à apreensão e compreensão dos sujeitos como personalidade, isto é, algo substantivamente estruturado. Metodologicamente, opta-se pela análise e exposição da principal obra de Willian Ronald D. Fairbairn (1889-1964), tomada como paradigmática das teorias das relações de objeto. Busca-se expor a evolução do pensamento fairbairniano, desde seus estudos sobre a esquizoidia - e a contradição que isso trouxe para a teoria da libido da época - até as modificações e superações que o autor se propõe a realizar na teoria psicanalítica em função da concepção da meta libidinal como sendo o objeto.
ABSTRACT
The main purpose of this essay is to develop the idea that the object-relations theory, introduced in the psychoanalytical movement as an opposition to the libido theory as basis to psychic constitution, produced a radical change in the psychoanalytical concept of subjects. Change is represented by the quitting of the drive as a subject foundation and by the apprehension and comprehension of subjects as personalities, or rather, substantially structured. In terms of methodology, the main work by William Ronald D. Fairbairn (1889-1964) was analyzed and taken as paradigmatic for all object-relations theories. The evolution of Fairbairn's thoughts, from his studies on schizophrenia - and the contradiction it brought to the contemporary libido theory - to the changes and overcoming the author proposed to accomplish in psychoanalytical theory, as a result of his finding that the libidinal goal is an object, are presented.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Psicanálise Idioma: Português Revista: Psicol. estud Assunto da revista: Psicologia Ano de publicação: 2008 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade de Brasília/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Psicanálise Idioma: Português Revista: Psicol. estud Assunto da revista: Psicologia Ano de publicação: 2008 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade de Brasília/BR
...