Your browser doesn't support javascript.
loading
The abundance of some pathogenic bacteria in mangrove habitats of Paraiba do Norte estuary and crabmeat contamination of mangrove crab Ucides cordatus
Grisi, Teresa Cristina Soares de Lima; Gorlach-Lira, Krystyna.
Afiliação
  • Grisi, Teresa Cristina Soares de Lima; Universidade Federal da Paraíba. Centro de Tecnologia. João Pessoa. BR
  • Gorlach-Lira, Krystyna; Universidade Federal da Paraíba. Centro de Ciências Exatas e da Natureza. Departamento de Biologia Molecular. João Pessoa. BR
Braz. arch. biol. technol ; 53(1): 227-234, Jan.-Feb. 2010. tab, ilus
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-543216
Biblioteca responsável: BR1.1
ABSTRACT
Study on mangrove water and sediment of Paraiba do Norte river (Northeastern Brazil) and crabmeat of Ucides cordatus was carried to investigate the relation between the abundance of bacteria in the mangrove habitat and in the crabmeat. Simultaneous collection of samples of water, sediment and crabs (U. cordatus) was done during the rainy and dry seasons at two areas of mangroves that differed in influence of tide and sewage discharge. The numbers of total heterotrophic bacteria in the mangrove water were between 0.04 and 6 log CFU 100mL-1, and in the sediment between 5 and 6 log CFU g-1. The location closer to waste discharge showed higher incidence of total heterotrophic bacteria, coliforms, Staphylococcus aureus and Salmonella spp. The counts of total heterotrophic bacteria in the crabmeat varied from 1.3 to 4.4 log CFU g-1, and did not differ significantly between the locations analysed. No crabmeat sample showed the presence of coliforms, S. aureus and Salmonella spp.
RESUMO
O estudo sobre água e sedimento do mangue do rio Paraíba do Norte (Nordeste do Brasil) e carne de caranguejo-uçá (Ucides cordatus) foi conduzido para investigar a relação entre a abundância de bactérias heterotróficas totais e patogênicas no ambiente e na carne de caranguejo. As amostras de água, sedimento e caranguejos U. cordatus foram coletadas simultaneamente em duas áreas do manguezal que diferiam em influencia da maré e do esgoto lançado no mangue. O número de bactérias heterotróficas totais nas amostras de água do mangue variaram de 0,04 a 6 log UFC 100mL-1, e no sedimento de 5 a 6 log UFC g-1. Em local mais próximo a desembocadura do esgoto evidenciou-se maior incidência de bactérias heterotróficas totais, coliformes, Staphylococcus aureus e Salmonella spp. As contagens de bactérias totais nas amostras da carne de caranguejo variaram de 1,3 a 4,4 log UFC g-1, não diferindo estatisticamente entre as áreas estudadas. Nenhuma amostra da carne de caranguejo apresentou coliformes, S. aureus e Salmonella spp.
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Inglês Revista: Braz. arch. biol. technol Assunto da revista: Biologia Ano de publicação: 2010 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal da Paraíba/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Inglês Revista: Braz. arch. biol. technol Assunto da revista: Biologia Ano de publicação: 2010 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal da Paraíba/BR
...