Your browser doesn't support javascript.
Pharmacological treatment of frontotemporal lobar degeneration: systematic review / Tratamento farmacológico da degeneração lobar frontotemporal: revisão sistemática
Rev. bras. psiquiatr ; 33(1): 81-90, Mar. 2011. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-584109
Biblioteca responsável: BR1.1
ABSTRACT

OBJECTIVE:

To identify the therapeutic options available for treatment of cognitive and behavioral symptoms in frontotemporal lobar degeneration.

METHOD:

Systematic review using the descriptors "frontotemporal lobar degeneration" OR "frontotemporal dementia" OR "fronto-temporal dementia" OR "fronto-temporal degeneration" OR "Pick's disease" OR "Pick's atrophy" OR "semantic dementia" OR "progressive aphasia" AND "pharmacotherapy" OR "treatment" OR "efficacy" OR "effects" OR "management" was performed in the Medline and Lilacs databases.Selection criteria: Quality A - randomized clinical trials. Quality B - open studies or reports of six or more cases. Quality C - reports of five or fewer cases. Two reviewers independently assessed the clinical studies. Information collected included diagnostic criteria used, sample size, duration, efficacy and tolerability measures used and results obtained.

RESULTS:

From the 532 studies found, 29 complied with the inclusion criteria. All studies worked with a small sample, had short duration of treatment and used non-uniform measures in evaluating efficacy and tolerability. Studies showed disparate results with respect to behavior and cognition.

CONCLUSION:

There is still little, and poor, evidence available for treatment of frontotemporal lobar degeneration and studies with better methodological background are needed.
RESUMO

OBJETIVO:

Identificar as opções terapêuticas disponíveis para tratamento dos sintomas cognitivos e comportamentais da degeneração lobar frontotemporal.

MÉTODO:

Revisão sistemática utilizando os descritores "frontotemporal lobar degeneration OR frontotemporal dementia OR fronto-temporal dementia OR fronto-temporal degeneration OR Pick's disease OR Pick's atrophy OR semantic dementia OR progressive aphasia AND pharmacotherapy OR treatment OR efficacy OR effects OR management" nas bases Medline e Lilacs.Critérios de seleção: Qualidade A - Estudos clínicos randomizados. Qualidade B - Estudos abertos ou relatos de seis ou mais casos. Qualidade C - Relatos de cinco ou menos casos. Dois revisores avaliaram independentemente os estudos clínicos. As informações coletadas incluíram critérios de diagnóstico utilizados, número da amostra, duração, medidas de eficácia e tolerabilidade utilizadas e os resultados obtidos.

RESULTADOS:

Encontraram-se 532 estudos e 29 preenchiam os critérios. Todos os estudos incluíam uma amostra pequena, com curta duração de tratamento, com utilização de medidas não uniformes na avaliação da eficácia e da tolerabilidade. O comportamento e a cognição apresentaram resultados díspares entre os estudos.

CONCLUSÃO:

São poucas as evidências disponíveis para tratamento da degeneração lobar frontotemporal e de qualidade insatisfatória, sendo necessários estudos com maior rigor metodológico.
Assuntos

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Degeneração Lobar Frontotemporal Tipo de estudo: Ensaio clínico controlado / Overview / Revisão sistemática Aspecto clínico: Terapia Limite: Humanos Idioma: Inglês Revista: Rev. bras. psiquiatr Ano de publicação: 2011 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Rio de Janeiro/BR