Your browser doesn't support javascript.
loading
A medicina iluminista e o vitalismo: uma discussão do Nouveaux Éléments de la Science de l`Homme de P.-J. Barthez (1734-1806) / Enlightenment medicine and vitalism: a discussion of the Nouveaux Elements la Science de l `Homme de P.-J. Barthez (1734-1806)
Rio de Janeiro; s.n; 20100000. 103 p.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-616517
Biblioteca responsável: BR433.1
Localização: BR433.1; T1278
RESUMO
A dissertação comenta criticamente as interpretações recentes referentes ao vitalismo no século XVIII, dedicando atenção especial aos Nouveuax Éléments de la Science de l’Homme (publicado primeiramente em 1778), de Paul-Joseph Barthez (1734-1806). Até a segunda metade do século XX, como é primeiramente argumentado nesta dissertação, intérpretes do iluminismo entendiam a doutrina mecanicista como a herdeira direta da Revolução Científica, bem como a corrente dominante no mundo das “ciências da vida” ao longo de todo o século XVIII. Assim, na historiografia do século passado, o vitalismo era ou escassamente mencionado, ou visto como uma retrógrada corrente anti-iluminista. Mais recentemente, vários historiadores e pesquisadores da história das ciências no século XVIII (sobretudo Williams e Reill) entendem o iluminismo de um modo mais amplo e plural, considerando o “vitalismo iluminista” (um termo proposto por Reill) como parte integrante de um conceito mais dinâmico de iluminismo. A seguir, são apresentados a doutrina mecanicista e seus conceitos centrais, bem como as ideias de alguns dos principais representantes do mecanicismo no século XVII e início do XVIII, no caso, mais especificamente, do mecanicismo newtoniano. Em seguida, são expostos e comentados a doutrina vitalista e seus conceitos, no que é dado destaque ao vitalismo na Universidade de Montpellier. Nesse contexto, são comentados conceitos vitalistas, tal como apresentados nos Nouveuax Éléments de la Science de l’Homme, no qual Barthez propõe uma “nova fisiologia” baseada no “princípio vital”; nisso são apresentados sua metodologia de pesquisa, o conceito de “princípio vital”, as “forças sensitivas” e “motrizes” do princípio da vida, além dos conceitos de “simpatia”, “sinergia” e, por fim, o conceito de “temperamento”...
Assuntos

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Filosofia Médica / Vitalismo / Energia Vital em Homeopatia / Medicina Idioma: Português Ano de publicação: 2010 Tipo de documento: Tese