Your browser doesn't support javascript.
loading
Patologia da medicina atual - DSM, CID e outros "rótulos"... Mas, não atendemos pessoas? / Patology of the current medicine - DSM, CID and other "labels"... Aren't we seeing people? / Patología de la medicina actual - DSM, CID y otros "rótulos"... ¿pero, no atendemos a personas?
Fernandes, Waldemar José.
Afiliação
  • Fernandes, Waldemar José; s.af
Vínculo ; 10(1): 9-13, maio 2013.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-731016
Biblioteca responsável: BR85.1
RESUMO
O rumo que a medicina vem tomando é desanimador, havendo maior interesse por doenças do que pela pessoa doente. Ninguém mais é normal, carregando síndromes e transtornos a cada passo. Cada pessoa tem sua diversidade, o mesmo ocorrendo com seus órgãos, fisiopatologia e com suas peculiaridades, seja quando se vincula com os demais, seja no vínculo consigo mesmo, afetando e sendo afetado pelo contexto. A doença não é algo que vem de fora e se superpõe ao homem, é um modo peculiar de a pessoa se expressar em circunstâncias adversas. Recomenda-se uma visão psicossomática, que contemple a pessoa, seu mundo e os sintomas de apresentação, que cada um traz qual um cartão de visitas. Propõe-se uma psiquiatria dinâmica, que inclua o conflito inconsciente e as relações internas e externas, numa compreensão vincular, não só dos sintomas, mas também dos motivos de ter vindo em busca de ajuda, já que a medicina é, de fato, uma ciência humana. É sugerida uma abordagem integrada da pessoa doente, apontando as estreitas relações entre o biológico, o contexto sócio-familiar-profissional e o psicológico...
ABSTRACT
The course medicine has been taking is discouraging, once there is more interest in illnesses rather than the diseased. No one else is normal; a person carries syndromes and disorders each step of the way. Each person has it's own diversity, the same happens with their organs, their physiopathology and their peculiarities, either when he or she is linked with others, or to him or herself, affecting and being affected by the context. The disease is not something external that overpowers men; it is a peculiar way of one's expression in unfavorable circumstances. It is recommended to have a psychosomatic view, which contemplate the person, its world and the presenting symptoms that each person brings along just like a business card. A dynamic psychiatry is proposed, including the unconscious conflict and the internal and external relations, in an understanding link, not only on the symptoms, but on the reasons of having come in search of help as well, once medicine is, in fact, a human science. An integrated approach of the diseased in suggested, pointing to the tight relations between the biological, the social-familiar-professional context and the psychological...
RESUMEN
El rumbo que viene tomando la medicina es desalentador, una vez que hay mayor interés por enfermedades que por la persona enferma. Ya no hay personas normales, uno lleva síndromes y trastornos a cada paso. Cada persona tiene su diversidad, lo mismo ocurre con sus órganos, con su fisiopatología y con sus peculiaridades, sea cuando se vincula con los demás, o en el vínculo con uno mismo, que afecta y se deja afectar por el contexto. La enfermedad no es algo que viene de fuera y se superpone al hombre, sino que es un modo peculiar de que la persona se exprese en circunstancias adversas. Se recomienda una visión psicosomática, que contemple la persona, su mundo y los síntomas de presentación, que los trae cada uno, así como una tarjeta de visita. Se propone una psiquiatría dinámica, que incluya el conflicto inconsciente y las relaciones internas e externas, en una comprensión vincular, no solo de los síntomas, pero también de los motivos que han motivado a buscar ayuda, una vez que la medicina es, de hecho, una ciencia humana. Se sugiere un abordaje integrado de la persona enferma, destacando las estrechas relaciones entre el biológico, en el contexto socio-familiar-profesional y el psicológico...
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Psiquiatria / Medicina Idioma: Português Revista: Vínculo Assunto da revista: Psiquiatria / SAUDE MENTAL Ano de publicação: 2013 Tipo de documento: Artigo
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Psiquiatria / Medicina Idioma: Português Revista: Vínculo Assunto da revista: Psiquiatria / SAUDE MENTAL Ano de publicação: 2013 Tipo de documento: Artigo
...