Your browser doesn't support javascript.
loading
Relação das forças musculares respiratória e periférica com a limitação funcional em pacientes com insuficiência cardíaca / Relationship of respiratory and peripheral muscle forces with functional limitation in patients with heart failure
Chiodelli, Gabriéle Cândido; Araujo, Cintia Laura Pereira de; Reis, Cardine Martins dos; Karloh, Manuela; Mayer, Anamaria Fleig.
Afiliação
  • Chiodelli, Gabriéle Cândido; Prefeitura Municipal de Florianopólis. Florianopólis. BR
  • Araujo, Cintia Laura Pereira de; Universidade de Ciências da Saúde. Porto Alegre. BR
  • Reis, Cardine Martins dos; Universidade do Estado de Santa Catarina. Florianopólis. BR
  • Karloh, Manuela; Universidade Federal de Santa Catarina. Florianopólis. BR
  • Mayer, Anamaria Fleig; Universidade do Estado de Santa Catarina. Florianopólis. BR
Rev. bras. ciênc. mov ; 23(1): 136-145, jan.-mar.2015. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-758695
Biblioteca responsável: BR1552.1
RESUMO
A redução de força muscular está presente em pacientes com insuficiência cardíaca (IC),normalmente associada a perda de massa muscular, gerando fadiga e dispneia, que pode reduzir a capacidade de executar as atividades de vida diária (AVD). Entretanto, o impacto do prejuízo da força de cada compartimento muscular – de membros superiores, inferiores e respiratório - na capacidade funcional de pacientes com IC permanece desconhecido. Portanto, o presente estudo teve como objetivo verificar a relação das forças musculares respiratória e periférica com a capacidade funcional em pacientes com IC. Nove sujeitos com IC, idade de 53,5±6 anos, classe funcional II e III (NYHA) e fração de ejeção de ventrículo esquerdo (FEVE) de 26,2±8,1% foram avaliados quanto a função pulmonar, pressão muscular inspiratória (PImax) e expiratória (PEmax), força muscular de quadríceps (FMq) e de preensão palmar(FMp), tempo despendido no teste de AVD-Glittre (TGlittre), distância percorrida no teste da caminhada de seis minutos (TC6min) e escores de dispneia e limitação funcional. A FMq foi 29,7±6,3 kgf;71±18,8%prev, FMp foi 355,5±87,9 N; 96,1±16,2%prev. A PImax foi de -69,4±26,2 cmH2O;64,4±22,2% prev e a PEmax foi de 94,1±16,3 cmH2O; 78,4±26%prev. O tempo médio despendido noTGlittre foi 4,9±1,3min e a distância no TC6min foi 417,6±97,1m, que correspondeu a 74,4±18,3%prev. OTG littre mostrou forte correlação com a FMq (r=-0,82; p=0,006), não apresentando associação com as demais forças musculares. O domínio atividades domésticas da LCADL se correlacionou com distância doTC6min (r=-0,79; p=0,01). A FMp apresentou correlação significante com a PImax (r=0,76; p=0,01) e com a FMq (r=0,70; p=0,03). Conclui-se que os pacientes com IC estudados apresentam redução de força muscular inspiratória, expiratória e de membros inferiores. Entretanto, somente a força de membros inferiores mostrou estar fortemente relacionada à limitação funcional nesses pacientes...
ABSTRACT
The reduction of muscle strength is present in patients with heart failure (HF), usuallyassociated with loss of muscle mass, causing fatigue and dyspnea, which may reduce the ability to performactivities of daily living (ADL). However, the impact of the loss of strength of each muscle compartment –respiratory, upper and lower limbs - in the functional capacity of patients with HF remains unknown.Therefore, this study aimed to examine the relation between respiratory and peripheral muscle strengthwith functional capacity in patients with HF. Nine subjects with HF, age 53.5 ± 6 years, NYHA functionalclass II and III and left ventricle ejection fraction (LVEF) of 26.2 ± 8.1% were evaluated for pulmonaryfunction, maximal inspiratory (MIP) and expiratory (MEP) pressure, quadriceps (QMS) and hand grip(HGS) strength, time spent in the ADL-Glittre test (TGlittre), distance covered on the six-minute walk test(6MWT) and dyspnea and functional limitation scores. The QMS was 29,7±6,3 kgf; 71±18,8% pred, HGSwas 355,5±87,9 N; 96,1±16,2% pred. The MIP was -69,4±26,2 cmH2O; 64,4±22,2%pred and the MEP was94,1±16,3 cmH2O; 78,4±26%pred. Mean time spent on TGlittre was 4,9±1,3min and the distance coveredon 6MWT was 417,6±97,1m, corresponding to 74,4±18,3%pred. The TGlittre strongly correlated withQMS (r=-0.82; p=0.006), with no significant association with other muscle forces. The domestic activitiesdomain of LCADL correlated with 6MWT distance (r=-0.79; p=0.01). The HGS showed significantcorrelation with MIP (r=0.76; p=0.01) and with the QMS (r=0.70; p=0.03). We conclude that HF patientsstudied have reduced inspiratory, expiratory and lower limbs muscle strength. However, only the lowerlimb strength was shown to be strongly related to functional limitation in these patients...
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Força Muscular / Insuficiência Cardíaca Limite: Adulto / Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Rev. bras. ciênc. mov Assunto da revista: Medicina Esportiva Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Prefeitura Municipal de Florianopólis/BR / Universidade Federal de Santa Catarina/BR / Universidade de Ciências da Saúde/BR / Universidade do Estado de Santa Catarina/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Força Muscular / Insuficiência Cardíaca Limite: Adulto / Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Rev. bras. ciênc. mov Assunto da revista: Medicina Esportiva Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Prefeitura Municipal de Florianopólis/BR / Universidade Federal de Santa Catarina/BR / Universidade de Ciências da Saúde/BR / Universidade do Estado de Santa Catarina/BR
...