Your browser doesn't support javascript.
loading
Investigação epidemiológica de estomatite vesicular por achados clínicos em bovinos e equinos no Estado do Maranhão / Stomatitis vesicular in cattle and horse in the Maranhão state
Arruda, Roberto C N de; Segundo, José M F; Soares, Bruno A; Martins, Nelson R S; Barçante, Thales A; Barçante, Joziana M P.
Afiliação
  • Arruda, Roberto C N de; Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento. São Luis. BR
  • Segundo, José M F; Agência de Defesa Agropecuária. Porto Franco. BR
  • Soares, Bruno A; Universidade Federal de Minas Gerais. Escola de Veterinária. Laboratório de Doenças das Aves. Belo Horizonte. BR
  • Martins, Nelson R S; Universidade Federal de Minas Gerais. Escola de Veterinária. Laboratório de Doenças das Aves. Belo Horizonte. BR
  • Barçante, Thales A; Universidade Federal de Lavras. Departamento de Medicina Veterinária Preventiva. Laboratório de Biologia Parasitária. BR
  • Barçante, Joziana M P; Universidade Federal de Lavras. Departamento de Medicina Veterinária Preventiva. Laboratório de Biologia Parasitária. BR
Pesqui. vet. bras ; 35(5): 391-395, May 2015. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-759376
Biblioteca responsável: BR68.1
RESUMO
A Estomatite Vesicular (EV) é uma doença infecciosa que acomete equinos, bovinos, suínos, mamíferos silvestres e humanos. Por apresentar sinais clínicos semelhantes a outras doenças vesiculares, principalmente, febre aftosa, sua presença em determinadas regiões pode interferir no intercâmbio comercial internacional dos animais, seus produtos e subprodutos. Apesar de sua importância, a epidemiologia e a manutenção do vírus no ambiente não estão totalmente esclarecidas dificultando a aplicação de medidas de controle efetivas. A doença já foi diagnosticada em todas as regiões brasileiras. Bovinos com sialorréia, perda do epitélio lingual, lesões abertas com bordas amareladas nas gengivas, lábios, língua e mucosa oral e equinos com sialorréia e lesões abertas na mucosa oral e lábios foram observados e notificados ao Serviço Veterinário Oficial do Estado do Maranhão, Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGRD/MA). Amostras de soro de equinos e bovinos com sintomas de EV foram coletadas para investigação por ELISA e por neutralização viral, além do diagnóstico diferencial para Febre Aftosa (FA). Fragmentos epiteliais de bovinos com lesões na língua foram coletados para identificação molecular do agente. Todos os animais foram negativos para FA. Todos os bovinos e equinos foram reativos para EV nos testes sorológicos. A partir dos fragmentos epiteliais de bovinos enviados ao Instituto Biológico de São Paulo para PCR, foi possível caracterizar o agente como VesiculovirusIndiana III (Alagoas/VSAV).
ABSTRACT
Vesicular stomatitis (VS) is an infectious viral disease that affects bovines, equines, swine, wild animals and humans. As it is indistinguishable from other vesicular diseases, mainly Foot and Mouth Disease (FMD), it causes restrictions in commercial livestock trade at national and international levels and also significant economic losses. As the epidemiology and maintenance of VS virus in nature are not clearly understood it is difficult to take effective control measures. VS was diagnosed in some regions of Brazil, such as Minas Gerais, Santa Catarina, São Paulo and Alagoas. Cattle and horses with clinical symptoms of drooling, shedding of the lingual epithelium, presence of vesicles on the oral mucosa were observed and reported to the National Animal Health Office health of Maranhão State, Brazil. Samples of serum of these animals were collected and sent to Laboratório Nacional de Agropecuaria for ELISA and virus neutralization and differential diagnosis for Foot and Mouth Disease (FMD). The results of ELISA confirmed the VS. In the differential diagnosis, the results were negative for FMD. Samples of bovine epithelial tissue for VS by PCR confirmation of diagnosis were collected and sent to Biological Institute of São Paulo. Molecular results confirmed the VesiculovirusIndiana III (Alagoas/VSAV) infection.
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas / ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Objetivo 8: Surtos, emergências e desastres / Meta 3.3: Acabar com as doenças tropicais negligenciadas e combater as doenças transmissíveis Base de dados: LILACS Assunto principal: Estomatite Vesicular / Monitoramento Epidemiológico Tipo de estudo: Estudo de rastreamento Limite: Animais Idioma: Português Revista: Pesqui. vet. bras Assunto da revista: Medicina Veterinária Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Agência de Defesa Agropecuária/BR / Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento/BR / Universidade Federal de Lavras/BR / Universidade Federal de Minas Gerais/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas / ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Objetivo 8: Surtos, emergências e desastres / Meta 3.3: Acabar com as doenças tropicais negligenciadas e combater as doenças transmissíveis Base de dados: LILACS Assunto principal: Estomatite Vesicular / Monitoramento Epidemiológico Tipo de estudo: Estudo de rastreamento Limite: Animais Idioma: Português Revista: Pesqui. vet. bras Assunto da revista: Medicina Veterinária Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Agência de Defesa Agropecuária/BR / Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento/BR / Universidade Federal de Lavras/BR / Universidade Federal de Minas Gerais/BR
...