Your browser doesn't support javascript.
loading
Effect of sound amplification in speech perception in elderly with and without tinnitus / Efeitos da amplificação sonora na percepção da fala em idosos com e sem zumbido
Araujo, Tiago de Melo; Iório, Maria Cecília Martinelli.
Afiliação
  • Araujo, Tiago de Melo; Universidade Federal de São Paulo. Paulista School of Medicine. Speech Language Pathology and Audiology Department. São Paulo. BR
  • Iório, Maria Cecília Martinelli; Universidade Federal de São Paulo. Paulista School of Medicine. Speech Language Pathology and Audiology Department. São Paulo. BR
CoDAS ; 27(4): 319-325, July-Aug. 2015. tab, ilus
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-760419
Biblioteca responsável: BR1.1
ABSTRACT

PURPOSE:

To verify the effect of the use of auditory prostheses on speech perception tests in elderly individuals with and without tinnitus having hearing impairment.

METHODS:

We evaluated 24 elderly patients with moderate sensorineural hearing loss, aged between 60 and 70 years, distributed into two groups according to the presence or absence of tinnitus. All of them were fitted with micro-canal auditory prostheses from the same manufacturer and model, and underwent speech perception tests. The assessments were performed with and without the amplification devices after 1 and 3 months of effective use. For data analysis, Mann-Whitney test was used.

RESULTS:

Elderly people from the tinnitus group presented lower performance in speech perception tests than those from the group without tinnitus. In the evaluations with the devices, the performance of both groups was better than when they were evaluated without hearing aids.

CONCLUSION:

The acoustic stimulation through the effective use of hearing aids produced better speech perception, regardless of the presence of tinnitus.
RESUMO

OBJETIVO:

Verificar o efeito do uso de próteses auditivas em testes de percepção da fala em idosos deficientes auditivos com e sem zumbido.

MÉTODOS:

Foram avaliados 24 idosos com perda auditiva neurossensorial de grau moderado e idades entre 60 e 70 anos, distribuídos em dois grupos conforme a presença ou não de zumbido. Todos foram adaptados com próteses auditivas microcanais de mesmo fabricante e modelo, e submetidos a testes de percepção da fala. As avaliações ocorreram com e sem os dispositivos de amplificação após um e três meses de uso efetivo. Para análise dos dados foi utilizado o teste de Mann-Whitney.

RESULTADOS:

Os idosos do grupo com zumbido apresentaram, nos testes de percepção da fala, desempenho inferior aos do grupo sem zumbido. Nas avaliações com os dispositivos, o desempenho de ambos os grupos foi melhor do que quando avaliados sem as próteses auditivas.

CONCLUSÃO:

A estimulação acústica por meio do uso efetivo de próteses auditivas propiciou melhor percepção da fala, independentemente da presença do zumbido.
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Percepção da Fala / Implantes Cocleares / Auxiliares de Audição / Perda Auditiva Neurossensorial Limite: Idoso / Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Inglês Revista: CoDAS Assunto da revista: Audiologia / Patologia da Fala e Linguagem Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de São Paulo/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Percepção da Fala / Implantes Cocleares / Auxiliares de Audição / Perda Auditiva Neurossensorial Limite: Idoso / Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Inglês Revista: CoDAS Assunto da revista: Audiologia / Patologia da Fala e Linguagem Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de São Paulo/BR
...