Your browser doesn't support javascript.
loading
Caracterização da saúde bucal de indivíduos renais crônicos aptos a transplante / Characterization of the oral health of transplant-ready chronic kidney disease patients
Lacerda, Maria Carolina Santa Rita; Viana, Kelly de Brito; Dores, Deivy Ferreira; Bessa-Nogueira, Ricardo Viana; Ribeiro, Camila Maria Beder.
Afiliação
  • Lacerda, Maria Carolina Santa Rita; Centro Universitário Cesmac. Faculdade de Odontologia. Maceió. BR
  • Viana, Kelly de Brito; Centro Universitário Cesmac. Faculdade de Odontologia. Maceió. BR
  • Dores, Deivy Ferreira; Centro Universitário Cesmac. Faculdade de Odontologia. Maceió. BR
  • Bessa-Nogueira, Ricardo Viana; Centro Universitário Cesmac. Faculdade de Odontologia. Maceió. BR
  • Ribeiro, Camila Maria Beder; Centro Universitário Cesmac. Faculdade de Odontologia. Maceió. BR
Rev. odontol. UNESP (Online) ; 44(5): 292-298, set.-out. 2015. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-763348
Biblioteca responsável: BR1.1
RESUMO
ResumoIntroduçãoA doença renal crônica leva a alterações salivares que interferem na saúde bucal. A imunossupressão no pós-transplante pode facilitar que situações restritas à boca se tornem sistêmicas.ObjetivoCaracterizar a saúde bucal de pacientes renais crônicos aptos a transplante, avaliando fluxo e pH salivar, capacidade tamponante salivar (CTS), lesões estomatológicas, sangramento gengival, cálculo e índice de dentes cariados, perdidos e obturados (CPOD).Material e métodoEstudo transversal, observacional e analítico. Foi coletada saliva não estimulada de 83 voluntários, com hipofluxo salivar caracterizado como < 0,3 mL/min. O pH salivar foi mensurado por fita e considerado alcalino quando > 7. A CTS foi avaliada pela Técnica de Ericsson. Um único examinador calibrado procedeu às avaliações clínicas. Foram utilizados Teste Exato de Fisher, ANOVA e Regressão Linear, com nível de significância de 0,05 e Intervalo de Confiança de 95%.ResultadoHipofluxo salivar esteve presente em 61% da amostra e foi influenciado pelo ganho hídrico interdialítico (p=0,01). A presença de pH salivar alcalino foi influenciada pela ureia sérica (p<0,01) e pela hiperfosfatemia (p=0,01). A CTS foi ótima em 92% e sofreu influência do pH salivar (p=0,02). Três indivíduos apresentaram lesões estomatológicas infecciosas. Sangramento gengival esteve presente em 55%, cálculo em 94% e cárie em 88%. O índice CPOD da amostra foi 17,9 ± 7,48.ConclusãoA saúde bucal dos voluntários foi considerada precária e esse agravo pode se tornar mais maléfico se esses indivíduos forem transplantados. Salienta-se a importância da inserção do Dentista na equipe que assiste o renal crônico.
ABSTRACT
AbstractIntroductionChronic kidney disease (CKD) promotes salivary alterations that impact oral health. Post-transplantation immunosuppression could lead to localized mouth conditions becoming systemic.ObjectiveTo characterize the oral health of transplant-ready CKD patients by evaluating salivary flow and pH, salivary buffering capacity (SBC), oral lesions, gingival bleeding, calculus, and index of decayed, missing and filled teeth (DMFT).Material and methodIn the present cross-sectional, observational, and analytic study, spontaneous saliva was collected from 83 volunteers, with hyposalivation defined as < 0.3 mL/min. Salivary pH was measured using a test strip and considered alkaline when > 7. Ericsson's technique was used to assess SBC. A single trained examiner conducted the clinical assessments. Fisher's exact test, ANOVA, and linear regression were used in the statistical analysis, with a level of significance of 0.05 and 95% confidence interval.ResultHyposalivation occurred in 61% of the sample and was influenced by interdialytic fluid gains (p = 0.01). The presence of alkaline salivary pH was influenced by serum urea (p < 0.01) and hyperphosphatemia (p = 0.01). Salivary buffering capacity was optimal in 92% of patients and was influenced by salivary pH (p = 0.02). Three individuals exhibited infectious oral lesions. Gingival bleeding occurred in 55%, calculus in 94%, and caries in 88% of patients. The DMFT index of the sample was 17.9 ± 7.48.ConclusionThe participants' oral health was considered poor; this condition can worsen if these individuals undergo transplantation. The importance of having a dentist in the team assisting the CKD patient is paramount.

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Tipo de estudo: Estudo de prevalência Idioma: Português Revista: Rev. odontol. UNESP (Online) Assunto da revista: Odontologia Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Centro Universitário Cesmac/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Tipo de estudo: Estudo de prevalência Idioma: Português Revista: Rev. odontol. UNESP (Online) Assunto da revista: Odontologia Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Centro Universitário Cesmac/BR
...