Your browser doesn't support javascript.
loading
Prevalência e distribuição regional de fatores derisco para doenças crônicas não (de riesgo para enfermedades crónicas no) transmissíveis / Prevalence and regional distribution of risk factors for chronic non-communicable diseases
Moura, Erly Catarina; Carvalho Malta, Deborah; Libanio Morais Neto, Otaliba.
Afiliação
  • Moura, Erly Catarina; Universidade deSão Paulo. San Pablo. BR
  • Carvalho Malta, Deborah; Ministério daSaúde. Brasil. BR
  • Libanio Morais Neto, Otaliba; Ministério daSaúde. Brasil. BR
Salud(i)ciencia (Impresa) ; 20(1): 31-36, agos.2013. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-790719
Biblioteca responsável: AR144.1
RESUMO
Este artigo mostra prevalências de fatores de risco para doenças crônicas não (factores de riesgo para las enfermedades crónicas no) transmissíveis, obtidos pelo (obtenidos por el) VIGITEL (sistema de monitoramento de fatores de risco e proteção para doenças crônicas não transmissíveis por entrevista telefônica) em 2010. Foram entrevistados 54 339 adultos residentes em casas com linha telefônica fixa das capitais(con línea de teléfono fijo de las capitales) de estado brasileiros e do Distrito Federal. Investigou-se tabagismo; excesso de peso, obesidade; baixo (bajo) consumo de frutas, legumes e verduras; insuficiente atividade física no tempo livre (en el tiempo libre), sedentarismo, consumo abusivo de bebidas alcoólicas, segundo sexo (según el sexo), idade e escolaridade. Observaram-se altas prevalências de IAFTL, e baixo consumo de frutas, legumes e verduras (> 80%), seguidos do excesso de peso (quase 50%), consumo abusivo de bebidas alcoólicas (quase 20%), tabagismo, obesidade e sedentarismo (em torno de 15%). Aregião de moradia (La región del domicilio) (classificada conforme Produto Interno Bruto per capita) foi determinante para tabagismo (menor razão no Nordeste) e baixo consumo de frutas, legumes e verduras (maior razão no [mayor razón en el] Nordeste) em ambos os sexos, para consumo abusivo de bebidas alcoólicas em homens e (en los varones y) sedentarismo em mulheres. Discute-se a importância do monitoramento (de la monitorización) dos fatores de risco para apoio a políticas públicas e a implantação de programas de promoção à saúde...
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Meta 3.3: Acabar com as doenças tropicais negligenciadas e combater as doenças transmissíveis Base de dados: LILACS Assunto principal: Doença Crônica / Fatores de Risco Tipo de estudo: Estudo de prevalência / Estudo de rastreamento Idioma: Português Revista: Salud(i)ciencia (Impresa) Assunto da revista: Ciência / Medicina Ano de publicação: 2013 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Ministério daSaúde/BR / Universidade deSão Paulo/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Meta 3.3: Acabar com as doenças tropicais negligenciadas e combater as doenças transmissíveis Base de dados: LILACS Assunto principal: Doença Crônica / Fatores de Risco Tipo de estudo: Estudo de prevalência / Estudo de rastreamento Idioma: Português Revista: Salud(i)ciencia (Impresa) Assunto da revista: Ciência / Medicina Ano de publicação: 2013 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Ministério daSaúde/BR / Universidade deSão Paulo/BR
...